Medical Microinstruments nomeia o veterano do setor de cuidados de saúde, Mark Toland, como diretor executivo

Toland se junta a Andrew Cleeland (presidente do conselho, MMI) no desenvolvimento do campo de microcirurgia assistida por robótica

CALCI, Itália, 13 de janeiro de 2021 /PRNewswire/ -- A Medical Microinstruments (MMI) SpA, uma empresa de robótica dedicada a melhorar os resultados clínicos em pacientes que se submetem a microcirurgias, anunciou hoje a contratação de Mark Toland como CEO. Ele conta com mais de 25 anos de experiência no setor de dispositivos médicos e, mais recentemente, atuou como presidente e CEO da Corindus, uma empresa de robótica vascular que a Siemens Healthineers adquiriu por US$ 1,1 bilhão em 2019. Após a certificação CE do sistema cirúrgico Symani® da MMI em 2019 e a conclusão bem-sucedida dos primeiros casos de uso em humanos em 2020, a Toland impulsionará a direção estratégica da empresa desde a fase de desenvolvimento até a ampla comercialização.

"Há uma enorme necessidade em toda a área de saúde de evoluir os paradigmas de tratamento a partir de um modelo predominantemente manual para um que utlize a tecnologia robótica, a integração de dados e IA para melhorar os resultados dos pacientes", disse Toland. "O sistema cirúrgico Symani oferece um nível sem precedentes de precisão para procedimentos microcirúrgicos que têm o potencial de impactar significativamente os resultados dos pacientes em procedimentos muito complexos. Estou ansioso para ajudar a empresa a realizar este potencial e trabalhar com uma equipe de grande talento e em crescimento na MMI."

O sistema cirúrgico Symani foi usado para completar com sucesso quatro procedimentos cirúrgicos realizados pela primeira vez em humanos em Florença, Itália. Os casos incluíram uma reconstrução pós-oncológica da faringe e três reconstruções de membros inferiores pós-traumáticas e complexas, demonstrando os benefícios combinados de redução de tremores e dimensionamento de movimento (7-20x) com os instrumentos NanoWrist® do sistema, a menor instrumentação cirúrgica de pulso do mundo. O sistema oferece sete níveis de liberdade e destreza além do alcance das mãos humanas para melhorar as reconstruções com retalho livre, reimplantes, malformações congênitas, reparações de nervos periféricos e cirurgia linfática, que representam mais de um milhão de procedimentos combinados anualmente nos EUA e na Europa.

"A ampla experiência de Mark no setor de dispositivos médicos e particularmente no campo da robótica desempenhará um papel fundamental no crescimento contínuo da MMI e seu impacto na microcirurgia", declarou Andrew Cleeland, presidente do conselho de administração da MMI. "Esperamos capacitar os cirurgiões em todo o mundo com a tecnologia mais avançada que tornará os procedimentos altamente complexos mais reproduzíveis e possibilitar novos procedimentos." 

Toland ingressou na Corindus em 2016 e transformou a empresa em líder do setor de robótica vascular com o único sistema aprovado para indicações coronárias, periféricas e neurovasculares.  Sob a liderança de Toland, a empresa desenvolveu recursos avançados em automação e telerrobótica, que incluíram o primeiro procedimento cardíaco realizado remotamente no mundo e estudos pré-clínicos transcontinentais utilizando tecnologia 5G. A aquisição da Corindus pela Siemens Healthineers por US$ 1,1 bilhões foi a quinta maior aquisição de tecnologia médica de 2019. Antes de trabalhar na Corindus, Mark atuou como vice-presidente sênior da Boston Scientific, onde desenvolveu as soluções globais de negócios da empresa e liderou todos os aspectos dos negócios cardiovasculares da equipe comercial dos EUA, que representavam aproximadamente US$ 4 bilhões em receita. 

Sobre a MMI 

A Medical Microinstruments S.p.A. (MMI) foi fundada em 2015, perto de Pisa, Itália, para melhorar o desempenho cirúrgico por meio do desenvolvimento de um sistema robótico que permite aos cirurgiões obter melhores resultados em microcirurgia. O sistema cirúrgico Symani combina inovações proprietárias, incluindo os menores microinstrumentos de pulso do mundo, bem como tecnologias de redução de tremor e escala de movimento. Juntos, esses recursos poderosos permitem que mais cirurgiões realizem microcirurgia com sucesso ao mesmo tempo em que expandem o campo da microcirurgia. 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1308712/MMI_SpA_Logo.jpg

www.matternow.com 

 

FONTE MMI SpA

Toland se junta a Andrew Cleeland (presidente do conselho, MMI) no desenvolvimento do campo de microcirurgia assistida por robótica

CALCI, Itália, 13 de janeiro de 2021 /PRNewswire/ -- A Medical Microinstruments (MMI) SpA, uma empresa de robótica dedicada a melhorar os resultados clínicos em pacientes que se submetem a microcirurgias, anunciou hoje a contratação de Mark Toland como CEO. Ele conta com mais de 25 anos de experiência no setor de dispositivos médicos e, mais recentemente, atuou como presidente e CEO da Corindus, uma empresa de robótica vascular que a Siemens Healthineers adquiriu por US$ 1,1 bilhão em 2019. Após a certificação CE do sistema cirúrgico Symani® da MMI em 2019 e a conclusão bem-sucedida dos primeiros casos de uso em humanos em 2020, a Toland impulsionará a direção estratégica da empresa desde a fase de desenvolvimento até a ampla comercialização.

"Há uma enorme necessidade em toda a área de saúde de evoluir os paradigmas de tratamento a partir de um modelo predominantemente manual para um que utlize a tecnologia robótica, a integração de dados e IA para melhorar os resultados dos pacientes", disse Toland. "O sistema cirúrgico Symani oferece um nível sem precedentes de precisão para procedimentos microcirúrgicos que têm o potencial de impactar significativamente os resultados dos pacientes em procedimentos muito complexos. Estou ansioso para ajudar a empresa a realizar este potencial e trabalhar com uma equipe de grande talento e em crescimento na MMI."

O sistema cirúrgico Symani foi usado para completar com sucesso quatro procedimentos cirúrgicos realizados pela primeira vez em humanos em Florença, Itália. Os casos incluíram uma reconstrução pós-oncológica da faringe e três reconstruções de membros inferiores pós-traumáticas e complexas, demonstrando os benefícios combinados de redução de tremores e dimensionamento de movimento (7-20x) com os instrumentos NanoWrist® do sistema, a menor instrumentação cirúrgica de pulso do mundo. O sistema oferece sete níveis de liberdade e destreza além do alcance das mãos humanas para melhorar as reconstruções com retalho livre, reimplantes, malformações congênitas, reparações de nervos periféricos e cirurgia linfática, que representam mais de um milhão de procedimentos combinados anualmente nos EUA e na Europa.

"A ampla experiência de Mark no setor de dispositivos médicos e particularmente no campo da robótica desempenhará um papel fundamental no crescimento contínuo da MMI e seu impacto na microcirurgia", declarou Andrew Cleeland, presidente do conselho de administração da MMI. "Esperamos capacitar os cirurgiões em todo o mundo com a tecnologia mais avançada que tornará os procedimentos altamente complexos mais reproduzíveis e possibilitar novos procedimentos." 

Toland ingressou na Corindus em 2016 e transformou a empresa em líder do setor de robótica vascular com o único sistema aprovado para indicações coronárias, periféricas e neurovasculares.  Sob a liderança de Toland, a empresa desenvolveu recursos avançados em automação e telerrobótica, que incluíram o primeiro procedimento cardíaco realizado remotamente no mundo e estudos pré-clínicos transcontinentais utilizando tecnologia 5G. A aquisição da Corindus pela Siemens Healthineers por US$ 1,1 bilhões foi a quinta maior aquisição de tecnologia médica de 2019. Antes de trabalhar na Corindus, Mark atuou como vice-presidente sênior da Boston Scientific, onde desenvolveu as soluções globais de negócios da empresa e liderou todos os aspectos dos negócios cardiovasculares da equipe comercial dos EUA, que representavam aproximadamente US$ 4 bilhões em receita. 

Sobre a MMI 

A Medical Microinstruments S.p.A. (MMI) foi fundada em 2015, perto de Pisa, Itália, para melhorar o desempenho cirúrgico por meio do desenvolvimento de um sistema robótico que permite aos cirurgiões obter melhores resultados em microcirurgia. O sistema cirúrgico Symani combina inovações proprietárias, incluindo os menores microinstrumentos de pulso do mundo, bem como tecnologias de redução de tremor e escala de movimento. Juntos, esses recursos poderosos permitem que mais cirurgiões realizem microcirurgia com sucesso ao mesmo tempo em que expandem o campo da microcirurgia. 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1308712/MMI_SpA_Logo.jpg

www.matternow.com 

 

FONTE MMI SpA

Você acabou de ler:

Medical Microinstruments nomeia o veterano do setor de cuidados de saúde, Mark Toland, como diretor executivo

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/medical-microinstruments-nomeia-o-veterano-do-setor-de-cuidados-de-saude-mark-toland-como-diretor-executivo/