Memória da Eletricidade lança a plataforma Panorama da Energia

HUB REÚNE DADOS E ANÁLISES PUBLICADOS EM MAIS DE 140 FONTES NACIONAIS E INTERNACIONAIS E ATUALIZADOS QUINZENALMENTE PELO TIME DE CURADORES

SÃO PAULO, 18 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Memória da Eletricidade acaba de lançar o Panorama da Energia, um hub de conteúdos selecionados que reúne artigos e publicações de mais de 140 fontes nacionais e internacionais. É o maior repositório aberto de informações do setor energético em operação no país. Com atualização quinzenal, a iniciativa tem como objetivo oferecer em um só local a seleção dos melhores conteúdos publicados por instituições que são referência para profissionais, docentes e pesquisadores, além de fornecer análises elaboradas por um conselho editorial liderado por Ricardo Buratini, professor, pesquisador e Doutor em Economia, com 12 anos de experiência no setor de energia elétrica.

O conteúdo do Panorama da Energia é distribuído em quatro categorias - agências, artigos acadêmicos, artigos autorais e consultorias -, agrupadas em 24 subcategorias, como eficiência energética, geração distribuída, impactos da covid-19 e mobilidade elétrica. A divisão oferece maior amplitude na pesquisa dos usuários, que também podem submeter seus próprios artigos para avaliação no site.

"O Panorama da Energia foi criado a partir de encontros prévios que tivemos com diferentes profissionais do setor justamente para debater quais informações são relevantes, em que fontes eles mais pesquisam e outros temas", explica Ricardo Buratini. "Foi um time formado por profissionais referência no mercado, gente de universidades, setor elétrico, consultoria, diretores do Grupo Eletrobras. Os professores universitários deram uma grande contribuição na construção da plataforma que foi criada para contribuir com todos os públicos atuantes na área de energia. É a partir dessas referências que nós, da equipe de curadoria, atuamos", conclui.

Confira abaixo mais informações sobre as fontes e os conteúdos publicados na plataforma:

Agências: estudos das principais agências internacionais, das instituições multilaterais e de órgãos governamentais, cujos trabalhos são referência para todos os profissionais do setor energético mundial. Algumas das fontes: ANEEL, EPE, IEA, IRENA, OECD – Energia e World Economic Forum.

Artigos acadêmicos: trabalhos selecionados nas revistas acadêmicas direcionadas ao público universitário e ao público especializado que quer aprofundar seus conhecimentos. Algumas das revistas e jornais selecionados são: Nature, Energy & Environmental Science, Renewable & Sustainable Energy Reviews e Energy.

Artigos autorais: nessa categoria estão reunidos artigos de opinião escritos por analistas especializados e/ou por agentes influentes no debate sobre energia em âmbito nacional. Os artigos dessa categoria são selecionados em diversos sites, revistas especializadas e agências de notícias como o Canal Energia, a Editora Brasil Energia, GESEL, Instituto E+ Transição Energética e Instituto Ilumina.

Consultorias: trabalhos especializados e publicações das grandes consultorias internacionais e nacionais, cujo público-alvo principal são os agentes de mercado. Algumas das fontes são: Bain & Company, EY, McKinsey, Roland Berger, PSR e PwC.

Sobre a Memória da Eletricidade

Instituída em 1986 por iniciativa da Eletrobras com o objetivo de preservar a história da indústria da eletricidade no país, a Memória da Eletricidade trabalha com preservação de acervos, gestão da informação e gestão do conhecimento. A partir dessa premissa, a instituição desenvolve projetos, organiza eventos e promove ações em pesquisa histórica.  Ao longo dessas mais de três décadas, a instituição sem fins lucrativos publicou mais de 100 livros – pelos quais recebeu 16 prêmios e menções de reconhecimento –, empreendeu inúmeras pesquisas e promoveu várias exposições. A entidade organiza e mantém um precioso acervo histórico. São mais de 12 mil livros e periódicos em sua biblioteca e 50 mil itens em seu arquivo. Outra atividade importante da Memória da Eletricidade é o registro da história oral do setor elétrico brasileiro. Como parte desse programa, já foram colhidos, catalogados e arquivados cerca de 300 depoimentos de personalidades e profissionais ligados ao setor.

Para mais informações à imprensa:

Monica Santosmonica.santos@atomicalab.com.br 11 98210-0283

Ciro Bonilhaciro.bonilha@atomicalab.com.br 11 97522-9920

Vem com a gente Facebook @AtomicaLab  Instagram @lab_atomica

FONTE Memória da Eletricidade

HUB REÚNE DADOS E ANÁLISES PUBLICADOS EM MAIS DE 140 FONTES NACIONAIS E INTERNACIONAIS E ATUALIZADOS QUINZENALMENTE PELO TIME DE CURADORES

SÃO PAULO, 18 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Memória da Eletricidade acaba de lançar o Panorama da Energia, um hub de conteúdos selecionados que reúne artigos e publicações de mais de 140 fontes nacionais e internacionais. É o maior repositório aberto de informações do setor energético em operação no país. Com atualização quinzenal, a iniciativa tem como objetivo oferecer em um só local a seleção dos melhores conteúdos publicados por instituições que são referência para profissionais, docentes e pesquisadores, além de fornecer análises elaboradas por um conselho editorial liderado por Ricardo Buratini, professor, pesquisador e Doutor em Economia, com 12 anos de experiência no setor de energia elétrica.

O conteúdo do Panorama da Energia é distribuído em quatro categorias - agências, artigos acadêmicos, artigos autorais e consultorias -, agrupadas em 24 subcategorias, como eficiência energética, geração distribuída, impactos da covid-19 e mobilidade elétrica. A divisão oferece maior amplitude na pesquisa dos usuários, que também podem submeter seus próprios artigos para avaliação no site.

"O Panorama da Energia foi criado a partir de encontros prévios que tivemos com diferentes profissionais do setor justamente para debater quais informações são relevantes, em que fontes eles mais pesquisam e outros temas", explica Ricardo Buratini. "Foi um time formado por profissionais referência no mercado, gente de universidades, setor elétrico, consultoria, diretores do Grupo Eletrobras. Os professores universitários deram uma grande contribuição na construção da plataforma que foi criada para contribuir com todos os públicos atuantes na área de energia. É a partir dessas referências que nós, da equipe de curadoria, atuamos", conclui.

Confira abaixo mais informações sobre as fontes e os conteúdos publicados na plataforma:

Agências: estudos das principais agências internacionais, das instituições multilaterais e de órgãos governamentais, cujos trabalhos são referência para todos os profissionais do setor energético mundial. Algumas das fontes: ANEEL, EPE, IEA, IRENA, OECD – Energia e World Economic Forum.

Artigos acadêmicos: trabalhos selecionados nas revistas acadêmicas direcionadas ao público universitário e ao público especializado que quer aprofundar seus conhecimentos. Algumas das revistas e jornais selecionados são: Nature, Energy & Environmental Science, Renewable & Sustainable Energy Reviews e Energy.

Artigos autorais: nessa categoria estão reunidos artigos de opinião escritos por analistas especializados e/ou por agentes influentes no debate sobre energia em âmbito nacional. Os artigos dessa categoria são selecionados em diversos sites, revistas especializadas e agências de notícias como o Canal Energia, a Editora Brasil Energia, GESEL, Instituto E+ Transição Energética e Instituto Ilumina.

Consultorias: trabalhos especializados e publicações das grandes consultorias internacionais e nacionais, cujo público-alvo principal são os agentes de mercado. Algumas das fontes são: Bain & Company, EY, McKinsey, Roland Berger, PSR e PwC.

Sobre a Memória da Eletricidade

Instituída em 1986 por iniciativa da Eletrobras com o objetivo de preservar a história da indústria da eletricidade no país, a Memória da Eletricidade trabalha com preservação de acervos, gestão da informação e gestão do conhecimento. A partir dessa premissa, a instituição desenvolve projetos, organiza eventos e promove ações em pesquisa histórica.  Ao longo dessas mais de três décadas, a instituição sem fins lucrativos publicou mais de 100 livros – pelos quais recebeu 16 prêmios e menções de reconhecimento –, empreendeu inúmeras pesquisas e promoveu várias exposições. A entidade organiza e mantém um precioso acervo histórico. São mais de 12 mil livros e periódicos em sua biblioteca e 50 mil itens em seu arquivo. Outra atividade importante da Memória da Eletricidade é o registro da história oral do setor elétrico brasileiro. Como parte desse programa, já foram colhidos, catalogados e arquivados cerca de 300 depoimentos de personalidades e profissionais ligados ao setor.

Para mais informações à imprensa:

Monica Santosmonica.santos@atomicalab.com.br 11 98210-0283

Ciro Bonilhaciro.bonilha@atomicalab.com.br 11 97522-9920

Vem com a gente Facebook @AtomicaLab  Instagram @lab_atomica

FONTE Memória da Eletricidade