Merck é reconhecida pela primeira vez pelo GUINNESS WORLD RECORDS™ por conquistar o recorde de maior quantidade de testes online do pré-diabetes/diabetes realizados como parte de campanha de conscientização na América Latina

SÃO PAULO, Brasil, 12 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Merck, líder em ciência e tecnologia, acaba de conquistar o título inédito do GUINNESS WORD RECORDS™ por meio da campanha Um Recorde pela Saúde, que faz parte de seu compromisso permanente de conscientizar a população da América Latina sobre os riscos do pré-diabetes e diabetes. A companhia conseguiu atingir a marca de mais de 47 mil pessoas que completaram o teste online de pré-diabetes/diabetes ao longo de uma semana na América Latina, e assim ser reconhecido pela primeira vez pelo GUINNESS WORLD RECORDS™.  A iniciativa faz parte das ações da empresa em torno do Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro.

 

 

"Mais do que a conquista de um recorde da Merck, todos esses testes representam um total de mais de 47 mil pessoas que dedicaram alguns minutos para avaliar suas condições de saúde e seu risco potencial de desenvolver pré-diabetes/diabetes e procurar o auxílio de um médico, caso seja necessário. É um fato muito importante que representa um retorno à realização de exames e consultas médicas de rotina que foram interrompidas durante a pandemia", afirma Augusto Grinspan, médico e Vice-Presidente Médico da Merck para América Latina.

A campanha ocorreu entre 25 de outubro e 1º novembro e tinha como meta inicial mais de 10 mil testes a serem realizados nos países participantes. Para alcançar essa meta, foi realizada uma grande mobilização nas redes sociais em toda a América Latina como parte das ações da Merck de conscientização sobre o pré-diabetes/diabetes, que teve como objetivo alertar a população a respeito da importância dos cuidados de saúde, em especial nesse momento, em que saímos de  uma pandemia.

O diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue utilizar adequadamente a insulina que produz. O termo pré-diabetes é usado quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos do que o normal, mas ainda não altos o suficiente para um diagnóstico de diabetes.[1] Ou seja, é um alerta que o corpo dá quando o risco de desenvolver o diabetes é grande.

Para realização dos testes, a empresa criou uma plataforma – divulgada por meio das redes sociais – em que era possível responder um rápido questionário com perguntas simples sobre hábitos de vida para, então, descobrir o grau de risco de ter o pré-diabetes, condição que pode ser imperceptível, já que não apresenta sintomas, mas, ainda assim, implica no aumento de risco cardiovascular. A partir daí a própria ferramenta provia ao internauta algumas orientações sobre mudanças no estilo de vida, incluindo alimentação adequada e atividades físicas, já que, no caso do pré-diabetes, esses hábitos são essenciais para a prevenção dos fatores de risco mencionados[2]. Em alguns casos, é possível até mesmo reverter o quadro e evitar a evolução para o diabetes tipo 2 somente lançando mão dessas iniciativas[3].

Ao todo, cerca de 18% dos testes realizados em toda a América Latina tiveram como resultado risco alto e muito alto para a condição[4]. "É importante dizer que a ação também contemplou um alerta para a população sobre a importância de consultar um médico para confirmar ou descartar a suspeita do risco para o pré-diabetes, e receber instruções do profissional sobre mudanças necessárias no estilo de vida e, em alguns casos, se necessário, a prescrição de um tratamento medicamentoso", esclarece Augusto.

De acordo com estimativas da Federação Internacional do Diabetes (IDF), ao menos 31 milhões de pessoas na América Latina são diagnosticadas com o diabetes tipo 2.[5] 

Referências

1. Sociedade Brasileira de Diabetes: https://diabetes.org.br/ (Acesso em set. 2021)

2. Ministério da Saúde: http://antigo.saude.gov.br/saude-de-a-z/diabetes

3. Sociedade Brasileira de Diabetes. Considerações sobre diabetes e pré-diabetes. Sociedade Brasileira de Diabetes, [S. l.], 17 nov. 2016. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/publico/-temas-atuais-sbd/1427-consideracoes-sobre-diabetes-e-pre-diabetes.

4. Um recorde pela saúde, resultados do teste de pré-diabetes da Merck. Registrado em novembro de 2021

5. International Diabetes Federation. IDF Diabetes Atlas, 9th edn. Brussels, Belgium: 2019. Available at: https://www.diabetesatlas.orgSBD (Acesso em out. 2021) 

Sobre a Merck

A Merck é uma empresa líder em ciência e tecnologia em Saúde, Life Science e Electronics. Cerca de 58.000 colaboradores trabalham para fazer uma diferença positiva na vida de milhões de pessoas todos os dias, criando maneiras de viver mais qualitativas e sustentáveis. Desde o avanço das tecnologias de edição de genes e a descoberta de maneiras únicas de tratar as doenças mais desafiadoras até a viabilização do uso da inteligência dos dispositivos, a Merck está presente. Em 2020, a Merck gerou vendas de € 17,5 bilhões em 66 países.

A exploração científica e o empreendedorismo responsável foram essenciais para os avanços tecnológicos e científicos da Merck. Foi assim que a empresa prosperou desde a sua fundação em 1668. A família fundadora continua sendo a proprietária majoritária da empresa de capital aberto. A Merck detém os direitos globais do nome e da marca Merck, com exceção dos Estados Unidos e Canadá, onde os setores de negócios da Merck operam como EMD Serono na área da saúde, MilliporeSigma em ciências da vida e EMD Electronics. Para saber mais, acessewww.merck.com.br e siga-nos no Facebook (@grupomerckbrasil), Instagram (@merckbrasil) e LinkedIn (Merck Brasil).

Sobre o Guinness World Records   

Qual é a ave de caça mais rápida da Europa? Foi essa a pergunta que inspirou a fundação do Guinness World Records em 1955. O que começou com a publicação de um único livro em um salão de ginástica, nos dias de hoje o GWR é uma marca multimídia global, com escritórios em Londres, Nova York, Miami, Pequim, Tóquio e Dubai. Atualmente, oferecemos conteúdo de classe mundial, não apenas em livros, mas também através de programas de televisão, redes sociais e eventos. Todos os anos, a nossa consultoria interna ajuda milhares de marcas, empresas e organizações a aproveitar o poder de quebrar recordes e entrega soluções de negócios e campanhas premiadas - engajando audiências, criando conteúdo cativante e compartilhável e contando histórias autênticas que geram impacto.  

Para saber mais sobre a quebra de recordes para empresas, visite: https://www.guinnessworldrecords.com.br/business-marketing-solutions/  

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1687026/Merck_World_Record.jpg

 



   

 

FONTE Merck

SÃO PAULO, Brasil, 12 de novembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Merck, líder em ciência e tecnologia, acaba de conquistar o título inédito do GUINNESS WORD RECORDS™ por meio da campanha Um Recorde pela Saúde, que faz parte de seu compromisso permanente de conscientizar a população da América Latina sobre os riscos do pré-diabetes e diabetes. A companhia conseguiu atingir a marca de mais de 47 mil pessoas que completaram o teste online de pré-diabetes/diabetes ao longo de uma semana na América Latina, e assim ser reconhecido pela primeira vez pelo GUINNESS WORLD RECORDS™.  A iniciativa faz parte das ações da empresa em torno do Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro.

 

 

"Mais do que a conquista de um recorde da Merck, todos esses testes representam um total de mais de 47 mil pessoas que dedicaram alguns minutos para avaliar suas condições de saúde e seu risco potencial de desenvolver pré-diabetes/diabetes e procurar o auxílio de um médico, caso seja necessário. É um fato muito importante que representa um retorno à realização de exames e consultas médicas de rotina que foram interrompidas durante a pandemia", afirma Augusto Grinspan, médico e Vice-Presidente Médico da Merck para América Latina.

A campanha ocorreu entre 25 de outubro e 1º novembro e tinha como meta inicial mais de 10 mil testes a serem realizados nos países participantes. Para alcançar essa meta, foi realizada uma grande mobilização nas redes sociais em toda a América Latina como parte das ações da Merck de conscientização sobre o pré-diabetes/diabetes, que teve como objetivo alertar a população a respeito da importância dos cuidados de saúde, em especial nesse momento, em que saímos de  uma pandemia.

O diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue utilizar adequadamente a insulina que produz. O termo pré-diabetes é usado quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos do que o normal, mas ainda não altos o suficiente para um diagnóstico de diabetes.[1] Ou seja, é um alerta que o corpo dá quando o risco de desenvolver o diabetes é grande.

Para realização dos testes, a empresa criou uma plataforma – divulgada por meio das redes sociais – em que era possível responder um rápido questionário com perguntas simples sobre hábitos de vida para, então, descobrir o grau de risco de ter o pré-diabetes, condição que pode ser imperceptível, já que não apresenta sintomas, mas, ainda assim, implica no aumento de risco cardiovascular. A partir daí a própria ferramenta provia ao internauta algumas orientações sobre mudanças no estilo de vida, incluindo alimentação adequada e atividades físicas, já que, no caso do pré-diabetes, esses hábitos são essenciais para a prevenção dos fatores de risco mencionados[2]. Em alguns casos, é possível até mesmo reverter o quadro e evitar a evolução para o diabetes tipo 2 somente lançando mão dessas iniciativas[3].

Ao todo, cerca de 18% dos testes realizados em toda a América Latina tiveram como resultado risco alto e muito alto para a condição[4]. "É importante dizer que a ação também contemplou um alerta para a população sobre a importância de consultar um médico para confirmar ou descartar a suspeita do risco para o pré-diabetes, e receber instruções do profissional sobre mudanças necessárias no estilo de vida e, em alguns casos, se necessário, a prescrição de um tratamento medicamentoso", esclarece Augusto.

De acordo com estimativas da Federação Internacional do Diabetes (IDF), ao menos 31 milhões de pessoas na América Latina são diagnosticadas com o diabetes tipo 2.[5] 

Referências

1. Sociedade Brasileira de Diabetes: https://diabetes.org.br/ (Acesso em set. 2021)

2. Ministério da Saúde: http://antigo.saude.gov.br/saude-de-a-z/diabetes

3. Sociedade Brasileira de Diabetes. Considerações sobre diabetes e pré-diabetes. Sociedade Brasileira de Diabetes, [S. l.], 17 nov. 2016. Disponível em: https://www.diabetes.org.br/publico/-temas-atuais-sbd/1427-consideracoes-sobre-diabetes-e-pre-diabetes.

4. Um recorde pela saúde, resultados do teste de pré-diabetes da Merck. Registrado em novembro de 2021

5. International Diabetes Federation. IDF Diabetes Atlas, 9th edn. Brussels, Belgium: 2019. Available at: https://www.diabetesatlas.orgSBD (Acesso em out. 2021) 

Sobre a Merck

A Merck é uma empresa líder em ciência e tecnologia em Saúde, Life Science e Electronics. Cerca de 58.000 colaboradores trabalham para fazer uma diferença positiva na vida de milhões de pessoas todos os dias, criando maneiras de viver mais qualitativas e sustentáveis. Desde o avanço das tecnologias de edição de genes e a descoberta de maneiras únicas de tratar as doenças mais desafiadoras até a viabilização do uso da inteligência dos dispositivos, a Merck está presente. Em 2020, a Merck gerou vendas de € 17,5 bilhões em 66 países.

A exploração científica e o empreendedorismo responsável foram essenciais para os avanços tecnológicos e científicos da Merck. Foi assim que a empresa prosperou desde a sua fundação em 1668. A família fundadora continua sendo a proprietária majoritária da empresa de capital aberto. A Merck detém os direitos globais do nome e da marca Merck, com exceção dos Estados Unidos e Canadá, onde os setores de negócios da Merck operam como EMD Serono na área da saúde, MilliporeSigma em ciências da vida e EMD Electronics. Para saber mais, acessewww.merck.com.br e siga-nos no Facebook (@grupomerckbrasil), Instagram (@merckbrasil) e LinkedIn (Merck Brasil).

Sobre o Guinness World Records   

Qual é a ave de caça mais rápida da Europa? Foi essa a pergunta que inspirou a fundação do Guinness World Records em 1955. O que começou com a publicação de um único livro em um salão de ginástica, nos dias de hoje o GWR é uma marca multimídia global, com escritórios em Londres, Nova York, Miami, Pequim, Tóquio e Dubai. Atualmente, oferecemos conteúdo de classe mundial, não apenas em livros, mas também através de programas de televisão, redes sociais e eventos. Todos os anos, a nossa consultoria interna ajuda milhares de marcas, empresas e organizações a aproveitar o poder de quebrar recordes e entrega soluções de negócios e campanhas premiadas - engajando audiências, criando conteúdo cativante e compartilhável e contando histórias autênticas que geram impacto.  

Para saber mais sobre a quebra de recordes para empresas, visite: https://www.guinnessworldrecords.com.br/business-marketing-solutions/  

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1687026/Merck_World_Record.jpg

 



   

 

FONTE Merck

Você acabou de ler:

Merck é reconhecida pela primeira vez pelo GUINNESS WORLD RECORDS™ por conquistar o recorde de maior quantidade de testes online do pré-diabetes/diabetes realizados como parte de campanha de conscientização na América Latina

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/merck-e-reconhecida-pela-primeira-vez-pelo-guinness-world-records-por-conquistar-o-recorde-de-maior-quantidade-de-testes-online-do-pre-diabetes-diabetes-realizados-como-parte-de-campanha-de-c/