MGI apresenta sequenciadores genéticos e sistemas de automação de laboratórios na Hospitalar no Brasil, Trazendo Soluções Tecnológicas Exatas, Eficientes e Acessíveis para o Mercado da América Latina

SÃO PAULO, 24 de maio de 2019 /PRNewswire/ -- A MGI, subsidiária do grupo global de genômica BGI Group, trouxe suas plataformas de sequenciamento genético e de automação de laboratório para o Brasil, onde a empresa participou da conferência Hospitalar de 21 a 24 de maio.

A MGI apresentou sua inovação na tecnologia de sequenciamento de próxima geração (NGS) junto com seu usuário pioneiro no mercado local, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com base em sua tecnologia proprietária, a MGI produz dispositivos de sequenciamento, equipamentos, consumíveis e reagentes para apoiar a pesquisa em ciências da vida, diagnóstico médico e assistência médica.

Na Hospitalar, a MGI exibiu seus sequenciadores genéticos MGISEQ-200RS e MGISEQ-2000RS, o sistema de preparação de amostras MGISP-960 e a estação de trabalho modular MGIFLP.

Os sequenciadores genéticos MGISEQ-200RS e MGISEQ-2000RS, baseados na tecnologia de sequenciamento DNBSEQTM da MGI, combinam baixa acumulação de erros, baixa leitura duplicada, alta intensidade de sinal na detecção da 2ª fita e alta uniformidade para região rica em GC, o que pode melhorar a precisão da detecção e conseguir um sequenciamento mais eficiente.

O sistema automatizado de preparação de amostras MGISP-960 High-throughput é uma estação de trabalho flexível e totalmente automatizada, com um processo de preparação de amostras NGS integrado e fluxos de trabalho personalizados, para atender às necessidades exclusivas de laboratórios individuais. As aplicações estão disponíveis para genômica, biologia celular, descoberta de drogas, ciência de proteínas, química analítica e muito mais.

O MGIFLP é uma estação de trabalho NGS modular desenvolvida independentemente pela MGI. Ele integra todo o processo do NGS em uma única etapa e fornece ao pessoal clínico e aos pesquisadores uma solução totalmente automatizada, desde o relatório de amostra até o de sequenciamento.

A tecnologia de sequenciamento da MGI pode apoiar os esforços da BGI e de parceiros na América Latina para o avanço de pesquisas médicas, transgênicas e científicas. O BGI Group também se associou à Fundação Oswaldo Cruz em cooperação científica. O BGI e outros quatro hospitais, parceiros de pesquisa e tecnologia na China, assinaram um acordo com a Fiocruz em fevereiro de 2018 para trabalharem juntos na criação de dois Centros Brasil-China de Pesquisa e Prevenção de Doenças Infecciosas, um no Brasil e um na China. Os centros visam abordar a pesquisa básica e translacional aplicada à saúde, com foco na prevenção e controle de epidemias e outras doenças infecciosas

https://en.mgitech.cn/

FONTE MGI

SÃO PAULO, 24 de maio de 2019 /PRNewswire/ -- A MGI, subsidiária do grupo global de genômica BGI Group, trouxe suas plataformas de sequenciamento genético e de automação de laboratório para o Brasil, onde a empresa participou da conferência Hospitalar de 21 a 24 de maio.

A MGI apresentou sua inovação na tecnologia de sequenciamento de próxima geração (NGS) junto com seu usuário pioneiro no mercado local, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com base em sua tecnologia proprietária, a MGI produz dispositivos de sequenciamento, equipamentos, consumíveis e reagentes para apoiar a pesquisa em ciências da vida, diagnóstico médico e assistência médica.

Na Hospitalar, a MGI exibiu seus sequenciadores genéticos MGISEQ-200RS e MGISEQ-2000RS, o sistema de preparação de amostras MGISP-960 e a estação de trabalho modular MGIFLP.

Os sequenciadores genéticos MGISEQ-200RS e MGISEQ-2000RS, baseados na tecnologia de sequenciamento DNBSEQTM da MGI, combinam baixa acumulação de erros, baixa leitura duplicada, alta intensidade de sinal na detecção da 2ª fita e alta uniformidade para região rica em GC, o que pode melhorar a precisão da detecção e conseguir um sequenciamento mais eficiente.

O sistema automatizado de preparação de amostras MGISP-960 High-throughput é uma estação de trabalho flexível e totalmente automatizada, com um processo de preparação de amostras NGS integrado e fluxos de trabalho personalizados, para atender às necessidades exclusivas de laboratórios individuais. As aplicações estão disponíveis para genômica, biologia celular, descoberta de drogas, ciência de proteínas, química analítica e muito mais.

O MGIFLP é uma estação de trabalho NGS modular desenvolvida independentemente pela MGI. Ele integra todo o processo do NGS em uma única etapa e fornece ao pessoal clínico e aos pesquisadores uma solução totalmente automatizada, desde o relatório de amostra até o de sequenciamento.

A tecnologia de sequenciamento da MGI pode apoiar os esforços da BGI e de parceiros na América Latina para o avanço de pesquisas médicas, transgênicas e científicas. O BGI Group também se associou à Fundação Oswaldo Cruz em cooperação científica. O BGI e outros quatro hospitais, parceiros de pesquisa e tecnologia na China, assinaram um acordo com a Fiocruz em fevereiro de 2018 para trabalharem juntos na criação de dois Centros Brasil-China de Pesquisa e Prevenção de Doenças Infecciosas, um no Brasil e um na China. Os centros visam abordar a pesquisa básica e translacional aplicada à saúde, com foco na prevenção e controle de epidemias e outras doenças infecciosas

https://en.mgitech.cn/

FONTE MGI

Você acabou de ler:

MGI apresenta sequenciadores genéticos e sistemas de automação de laboratórios na Hospitalar no Brasil, Trazendo Soluções Tecnológicas Exatas, Eficientes e Acessíveis para o Mercado da América Latina

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/mgi-apresenta-sequenciadores-geneticos-e-sistemas-de-automacao-de-laboratorios-na-hospitalar-no-brasil-trazendo-solucoes-tecnologicas-exatas-eficientes-e-acessiveis-para-o-mercado-da-america-latina/