Microsoft anuncia que será carbono negativa até 2030

REDMOND, Washington, 16 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- A Microsoft Corp. anunciou na quinta-feira uma meta ambiciosa e um plano novo para reduzir até acabar com sua pegada de carbono. Até 2030 a Microsoft será carbono negativa, e até 2050 a Microsoft removerá do meio ambiente todo o carbono que a empresa emitiu diretamente ou por consumo de energia elétrica desde sua fundação em 1975.

Em um evento no campus Redmond, Satya Nadella, diretora executiva da Microsoft, Brad Smith, presidente, Amy Hood, diretora financeira e Lucas Joppa, diretor ambiental, anunciaram as novas metas da empresa e um plano detalhado para torná-la carbono negativa.

"O mundo precisará alcançar zero de emissões, e aqueles de nós que podem se dar ao luxo de agir mais rápido e fazer mais, devem fazê-lo. É por isso que hoje estamos anunciando um objetivo ambicioso e um plano novo para reduzir até acabar com a pegada de carbono da Microsoft", disse Brad Smith, presidente da Microsoft. "Até 2030 a Microsoft será carbono negativa, e até 2050 a Microsoft removerá do meio ambiente todo o carbono que a empresa emitiu diretamente ou por consumo de energia elétrica desde sua fundação em 1975".

O blog oficial da Microsoft tem mais informações sobre o objetivo ousado da empresa e o plano detalhado para remover sua pegada de carbono: https://blogs.microsoft.com/?p=52558785.

A empresa anunciou um programa agressivo para reduzir as emissões de carbono em mais da metade até 2030, tanto para suas emissões diretas como para toda sua rede de fornecimento e valor. Isto inclui reduzir suas próprias emissões diretas e emissões relacionadas com a energia que é utilizada para quase zero até meados desta década. Também foi anunciada uma nova iniciativa para usar a tecnologia Microsoft para ajudar seus fornecedores e clientes em todo o mundo a reduzir suas próprias pegadas de carbono e um novo fundo de inovação climática de um bilhão de dólares para acelerar o desenvolvimento global de tecnologias para redução, captura e remoção de carbono. A partir do próximo ano, a empresa também tornará a redução de carbono um aspecto explícito de seus processos de aquisição para sua rede de fornecimento. Um novo Relatório de Sustentabilidade Ambiental anual irá detalhar a jornada de impacto e redução de carbono da Microsoft. Além disso, a empresa usará sua voz e ajuda para apoiar políticas públicas que irão acelerar as oportunidades de redução e remoção de carbono.

Mais informações podem ser encontradas no microsite da Microsoft: https://news.microsoft.com/climate.

A Microsoft (Nasdaq "MSFT" @microsoft) possibilita a transformação digital para a era de uma nuvem inteligente e de uma borda inteligente. Sua missão é capacitar todas as pessoas e empresas do planeta para que possam conseguir mais.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/24227/microsoft_corp_logo226_9217jpg.jpg  

FONTE Microsoft Corp.

REDMOND, Washington, 16 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- A Microsoft Corp. anunciou na quinta-feira uma meta ambiciosa e um plano novo para reduzir até acabar com sua pegada de carbono. Até 2030 a Microsoft será carbono negativa, e até 2050 a Microsoft removerá do meio ambiente todo o carbono que a empresa emitiu diretamente ou por consumo de energia elétrica desde sua fundação em 1975.

Em um evento no campus Redmond, Satya Nadella, diretora executiva da Microsoft, Brad Smith, presidente, Amy Hood, diretora financeira e Lucas Joppa, diretor ambiental, anunciaram as novas metas da empresa e um plano detalhado para torná-la carbono negativa.

"O mundo precisará alcançar zero de emissões, e aqueles de nós que podem se dar ao luxo de agir mais rápido e fazer mais, devem fazê-lo. É por isso que hoje estamos anunciando um objetivo ambicioso e um plano novo para reduzir até acabar com a pegada de carbono da Microsoft", disse Brad Smith, presidente da Microsoft. "Até 2030 a Microsoft será carbono negativa, e até 2050 a Microsoft removerá do meio ambiente todo o carbono que a empresa emitiu diretamente ou por consumo de energia elétrica desde sua fundação em 1975".

O blog oficial da Microsoft tem mais informações sobre o objetivo ousado da empresa e o plano detalhado para remover sua pegada de carbono: https://blogs.microsoft.com/?p=52558785.

A empresa anunciou um programa agressivo para reduzir as emissões de carbono em mais da metade até 2030, tanto para suas emissões diretas como para toda sua rede de fornecimento e valor. Isto inclui reduzir suas próprias emissões diretas e emissões relacionadas com a energia que é utilizada para quase zero até meados desta década. Também foi anunciada uma nova iniciativa para usar a tecnologia Microsoft para ajudar seus fornecedores e clientes em todo o mundo a reduzir suas próprias pegadas de carbono e um novo fundo de inovação climática de um bilhão de dólares para acelerar o desenvolvimento global de tecnologias para redução, captura e remoção de carbono. A partir do próximo ano, a empresa também tornará a redução de carbono um aspecto explícito de seus processos de aquisição para sua rede de fornecimento. Um novo Relatório de Sustentabilidade Ambiental anual irá detalhar a jornada de impacto e redução de carbono da Microsoft. Além disso, a empresa usará sua voz e ajuda para apoiar políticas públicas que irão acelerar as oportunidades de redução e remoção de carbono.

Mais informações podem ser encontradas no microsite da Microsoft: https://news.microsoft.com/climate.

A Microsoft (Nasdaq "MSFT" @microsoft) possibilita a transformação digital para a era de uma nuvem inteligente e de uma borda inteligente. Sua missão é capacitar todas as pessoas e empresas do planeta para que possam conseguir mais.

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/24227/microsoft_corp_logo226_9217jpg.jpg  

FONTE Microsoft Corp.

Você acabou de ler:

Microsoft anuncia que será carbono negativa até 2030

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/microsoft-anuncia-que-sera-carbono-negativa-ate-2030/