Microsoft e Open Data Institute anunciam um Desafio de Dados Abertos de Educação para ajudar a fechar o abismo digital

LONDRES e REDMOND, Washington, 11 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- A Microsoft e o Open Data Institute (ODI) anunciaram hoje o lançamento de um Desafio de Dados Abertos de Educação para lançar luz sobre a relação entre o acesso à banda larga e resultados educacionais de crianças de 5 a 18 anos de idade. Após a pandemia de COVID-19, o Desafio de Dados Abertos de Educação ajudará educadores e organizações de pesquisa a entender melhor o impacto potencial a longo prazo que a ruptura atual com a aprendizagem tradicional terá sobre os estudantes mais vulneráveis do mundo.

A Microsoft e o ODI estão incentivando equipes que queiram participar do desafio de ajudar a criar soluções inovadoras para fechar o abismo digital na educação de crianças de 5 a 18 anos a ir aqui para obter mais informações. A equipe vencedora será convidada a eleger uma organização sem fins lucrativos de sua escolha para receber um prêmio de 50.000 libras, e a segunda classificada elegerá organizações sem fins lucrativos de sua escolha para receber prêmios de 30.000 e 20.000 libras. O desafio está aberto para equipes e indivíduos do mundo inteiro.

"Como estudantes do mundo todo dependem cada vez mais da tecnologia e conectividade para obter sucesso na escola, devemos encontrar maneiras de permitir que cada estudante, em qualquer lugar, tenha sucesso. Combinar conjuntos de dados de novas formas pode ajudar a encontrar soluções para ampliar o acesso equitativo e estável à banda larga", disse Jennifer Yokoyama, vice-presidente da Microsoft e advogada chefe de propriedade intelectual. "Estamos empolgados para fazer parte do lançamento deste Desafio de Dados Abertos de Educação para ajudar a fechar o abismo digital e igualar as condições de estudantes do mundo todo."

Os participantes receberão acesso a ferramentas e recursos da Microsoft, do ODI e da Broadbandnow, assim como dados disponibilizados pela primeira vez como parte deste desafio:

O uso de tecnologias que preservam a privacidade passará a ser mais prevalente à medida que as empresas buscarem colaborar em todos os espectros de dados. Os conjuntos de dados que serão disponibilizados abertamente com o desafio ajudarão os participantes a avaliar e entender o efeito que tecnologias como a privacidade diferencial podem ter nas perspectivas e na análise de dados.    

"Empresas como a Microsoft e BroadbandNow possuem uma riqueza de dados interessantes que podem ser usados para proporcionar perspectivas e dar suporte a tomadores de decisões no setor da educação, entre outros, principalmente no momento em que eles enfrentam desafios sem precedentes. Este desafio estimulará a exploração de usos inovadores para estes dados, fora dos limites das empresas que os retêm", disse Jeni Tennison, vice-presidente e conselheira-chefe de estratégia da ODI. "A ODI está aqui para ajudar as empresas que querem garantir que os dados que elas retêm tragam o máximo de valor para os setores, comunidades e sociedades em que trabalham."

A pandemia de COVID-19 interrompeu a aprendizagem de mais de 1,6 bilhões de crianças e jovens mundo afora, já que governos do mundo todo fecharam instituições de ensino para conter a proliferação do vírus. Em resposta, escolas e professores fizeram um esforço sem precedentes para chegar até os alunos remotamente, por meio de ferramentas e plataformas de ensino à distância.  

À medida que o abismo digital se amplia devido à transição mundial abrupta para o ensino remoto, entender como e onde ele afeta as comunidades será crucial para gerenciar o fornecimento da educação a curto prazo e garantir uma recuperação econômica sustentável e justa.

"Estamos animados para participar da disponibilização de dados para o Desafio de Dados Abertos e ansiosos para conhecer as descobertas feitas pelos participantes", disse John Busby, diretor geral da BroadbandNow. "Acesso à internet com banda larga é essencial para a educação e igualdade digital." 

Será solicitado às equipes participantes que identifiquem lacunas na infraestrutura digital que afetem o fornecimento de serviços educacionais on-line, identificar impactos potenciais sobre os resultados de aprendizagem e sugerir soluções inovadoras e realistas para remediar estas lacunas com boa relação custo/benefício. Abaixo, estão algumas das perguntas que o desafio busca responder:

  • Como os estudantes acessam a aprendizagem à distância, principalmente aqueles que não podem ter acesso fácil à infraestrutura digital (por exemplo, tecnologia e conectividade à internet)?
  • Qual nível de acesso digital à aprendizagem os alunos de grupos desfavorecidos têm, em relação àqueles de grupos mais favorecidos?
  • Qual é a relação entre níveis de habilidades digitais e resultados de aprendizagem para regiões demográficas diferentes?

Os participantes terão quatro meses para concluir o desafio a partir da data de abertura. Indivíduos e equipes interessados em participar do desafio podem obter mais informações e registrar seu interesse aqui. Uma vez registrados, os indivíduos serão convidados a participar de atividades específicas a fim de visualizar dados, obter mais informações sobre eles dos parceiros envolvidos e aprender a utilizá-los melhor antes do lançamento ao público em 10 de dezembro de 2020.

Sobre a Microsoft

A Microsoft (Nasdaq "MSFT" @microsoft) permite a transformação digital para a era de uma nuvem inteligente e uma borda inteligente. Sua missão é capacitar cada pessoa e cada organização no planeta para que alcancem ainda mais.

Sobre o Open Data Institute

O ODI foi cofundado em 2012 pelo inventor da web, Sir Tim Berners-Lee, e pelo especialista em inteligência artificial Sir Nigel Shadbolt, para mostrar o valor dos dados e para advogar em favor do uso inovador dos dados a fim de promover uma mudança positiva no mundo inteiro. Somos uma empresa independente, sem fins lucrativos e apartidária, com sede em Londres, com alcance internacional. Trabalhamos com empresas e governos para construir um ecossistema de dados aberto e confiável, em que as pessoas possam tomar decisões melhores usando dados e gerenciar qualquer impacto negativo.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/24227/microsoft_corp_logo226_9217jpg.jpg

FONTE Microsoft Corporation

LONDRES e REDMOND, Washington, 11 de novembro de 2020 /PRNewswire/ -- A Microsoft e o Open Data Institute (ODI) anunciaram hoje o lançamento de um Desafio de Dados Abertos de Educação para lançar luz sobre a relação entre o acesso à banda larga e resultados educacionais de crianças de 5 a 18 anos de idade. Após a pandemia de COVID-19, o Desafio de Dados Abertos de Educação ajudará educadores e organizações de pesquisa a entender melhor o impacto potencial a longo prazo que a ruptura atual com a aprendizagem tradicional terá sobre os estudantes mais vulneráveis do mundo.

A Microsoft e o ODI estão incentivando equipes que queiram participar do desafio de ajudar a criar soluções inovadoras para fechar o abismo digital na educação de crianças de 5 a 18 anos a ir aqui para obter mais informações. A equipe vencedora será convidada a eleger uma organização sem fins lucrativos de sua escolha para receber um prêmio de 50.000 libras, e a segunda classificada elegerá organizações sem fins lucrativos de sua escolha para receber prêmios de 30.000 e 20.000 libras. O desafio está aberto para equipes e indivíduos do mundo inteiro.

"Como estudantes do mundo todo dependem cada vez mais da tecnologia e conectividade para obter sucesso na escola, devemos encontrar maneiras de permitir que cada estudante, em qualquer lugar, tenha sucesso. Combinar conjuntos de dados de novas formas pode ajudar a encontrar soluções para ampliar o acesso equitativo e estável à banda larga", disse Jennifer Yokoyama, vice-presidente da Microsoft e advogada chefe de propriedade intelectual. "Estamos empolgados para fazer parte do lançamento deste Desafio de Dados Abertos de Educação para ajudar a fechar o abismo digital e igualar as condições de estudantes do mundo todo."

Os participantes receberão acesso a ferramentas e recursos da Microsoft, do ODI e da Broadbandnow, assim como dados disponibilizados pela primeira vez como parte deste desafio:

O uso de tecnologias que preservam a privacidade passará a ser mais prevalente à medida que as empresas buscarem colaborar em todos os espectros de dados. Os conjuntos de dados que serão disponibilizados abertamente com o desafio ajudarão os participantes a avaliar e entender o efeito que tecnologias como a privacidade diferencial podem ter nas perspectivas e na análise de dados.    

"Empresas como a Microsoft e BroadbandNow possuem uma riqueza de dados interessantes que podem ser usados para proporcionar perspectivas e dar suporte a tomadores de decisões no setor da educação, entre outros, principalmente no momento em que eles enfrentam desafios sem precedentes. Este desafio estimulará a exploração de usos inovadores para estes dados, fora dos limites das empresas que os retêm", disse Jeni Tennison, vice-presidente e conselheira-chefe de estratégia da ODI. "A ODI está aqui para ajudar as empresas que querem garantir que os dados que elas retêm tragam o máximo de valor para os setores, comunidades e sociedades em que trabalham."

A pandemia de COVID-19 interrompeu a aprendizagem de mais de 1,6 bilhões de crianças e jovens mundo afora, já que governos do mundo todo fecharam instituições de ensino para conter a proliferação do vírus. Em resposta, escolas e professores fizeram um esforço sem precedentes para chegar até os alunos remotamente, por meio de ferramentas e plataformas de ensino à distância.  

À medida que o abismo digital se amplia devido à transição mundial abrupta para o ensino remoto, entender como e onde ele afeta as comunidades será crucial para gerenciar o fornecimento da educação a curto prazo e garantir uma recuperação econômica sustentável e justa.

"Estamos animados para participar da disponibilização de dados para o Desafio de Dados Abertos e ansiosos para conhecer as descobertas feitas pelos participantes", disse John Busby, diretor geral da BroadbandNow. "Acesso à internet com banda larga é essencial para a educação e igualdade digital." 

Será solicitado às equipes participantes que identifiquem lacunas na infraestrutura digital que afetem o fornecimento de serviços educacionais on-line, identificar impactos potenciais sobre os resultados de aprendizagem e sugerir soluções inovadoras e realistas para remediar estas lacunas com boa relação custo/benefício. Abaixo, estão algumas das perguntas que o desafio busca responder:

  • Como os estudantes acessam a aprendizagem à distância, principalmente aqueles que não podem ter acesso fácil à infraestrutura digital (por exemplo, tecnologia e conectividade à internet)?
  • Qual nível de acesso digital à aprendizagem os alunos de grupos desfavorecidos têm, em relação àqueles de grupos mais favorecidos?
  • Qual é a relação entre níveis de habilidades digitais e resultados de aprendizagem para regiões demográficas diferentes?

Os participantes terão quatro meses para concluir o desafio a partir da data de abertura. Indivíduos e equipes interessados em participar do desafio podem obter mais informações e registrar seu interesse aqui. Uma vez registrados, os indivíduos serão convidados a participar de atividades específicas a fim de visualizar dados, obter mais informações sobre eles dos parceiros envolvidos e aprender a utilizá-los melhor antes do lançamento ao público em 10 de dezembro de 2020.

Sobre a Microsoft

A Microsoft (Nasdaq "MSFT" @microsoft) permite a transformação digital para a era de uma nuvem inteligente e uma borda inteligente. Sua missão é capacitar cada pessoa e cada organização no planeta para que alcancem ainda mais.

Sobre o Open Data Institute

O ODI foi cofundado em 2012 pelo inventor da web, Sir Tim Berners-Lee, e pelo especialista em inteligência artificial Sir Nigel Shadbolt, para mostrar o valor dos dados e para advogar em favor do uso inovador dos dados a fim de promover uma mudança positiva no mundo inteiro. Somos uma empresa independente, sem fins lucrativos e apartidária, com sede em Londres, com alcance internacional. Trabalhamos com empresas e governos para construir um ecossistema de dados aberto e confiável, em que as pessoas possam tomar decisões melhores usando dados e gerenciar qualquer impacto negativo.

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/24227/microsoft_corp_logo226_9217jpg.jpg

FONTE Microsoft Corporation

Você acabou de ler:

Microsoft e Open Data Institute anunciam um Desafio de Dados Abertos de Educação para ajudar a fechar o abismo digital

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/microsoft-e-open-data-institute-anunciam-um-desafio-de-dados-abertos-de-educacao-para-ajudar-a-fechar-o-abismo-digital/