MVC-COV1901 da Medigen selecionada entre vacinas contra COVID-19 do ensaio clínico Solidarity da OMS

TAIPEI, 27 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- A candidata a vacina da Medigen Vaccine Biologics Corp (MVC), MVC-COV1901, foi recomendada por um grupo independente de consultoria de priorização de vacinas para ser incluída entre as vacinas do ensaio clínico Solidarity (STv) da Organização Mundial da Saúde (OMS). Após a análise de cerca de 20 candidatas a vacinas pelo grupo externo de consultoria, a vacina da MVC foi escolhida como uma das duas a serem incluídas no estudo global. 

O anúncio da OMS veio após a aprovação do Comitê de Análise de Ética da OMS e depois que as autoridades reguladoras e comitês de ética relevantes da Colômbia, Mali e Filipinas concederam aprovação para dar prosseguimento ao estudo. Cada unidade clínica e seus respectivos investigadores principais e equipes de pesquisa nacionais começaram a recrutar voluntários para participar do estudo.

Trata-se de uma plataforma de estudo clínico internacional randomizado desenvolvida para avaliar com rapidez a eficácia e a segurança de novas candidatas a vacinas promissoras, contribuindo para a criação de um portfólio maior de vacinas, necessárias para proteger as pessoas contra a COVID-19 em todo o mundo.

A MVC começou a desenvolver sua própria vacina em fevereiro de 2020 com a esperança de criar uma solução capaz de ajudar, em parte, a acabar com a pandemia devastadora. A MVC-COV1901 é uma vacina de subunidade com adjuvante do antígeno recombinante S-2P com CpG 1018 fornecido pela Dynavax e hidróxido de alumínio.

"Estamos extremamente gratos por termos sido escolhidos para fazer parte das vacinas do estudo internacional Solidarity da OMS contra a COVID-19. Temos trabalhado para desenvolver uma vacina que tenha efeitos colaterais leves e que proteja ativamente as pessoas contra os efeitos adversos do vírus. Vendo resultados promissores até agora, esperamos que o estudo internacional realizado pela OMS e pelos países participantes ajude a conter o aumento dos casos", disse Charles Chen, vice-presidente e CEO da Medigen Vaccine Biologics Corp.

Com a batalha contra a pandemia ainda em andamento, ainda há uma alta demanda por vacinas eficazes, e a MVC acredita que tem a capacidade, infraestrutura e experiência para contribuir para que se consiga a proteção global.

Sobre a MVC-COV1901

A MVC-COV1901 é uma vacina de subunidade com adjuvante do antígeno recombinante S-2P com CpG 1018 fornecido pela Dynavax e hidróxido de alumínio. O antígeno S-2P é uma proteína spike recombinante trimérica e de prefusão estável desenvolvida pelo NIH dos EUA. A MVC obteve uma licença global de tecnologia para o S-2P do Centro de Pesquisa de Vacinas nos Institutos Nacionais de Saúde (NIH) dos EUA.  Com base na plataforma S-2P, a MVC realizou análises em larga escala de vários adjuvantes e finalizou as composições da vacina MVC-COV1901 para otimizar a segurança e as propriedades de imunogenicidade desejadas. A MVC estabeleceu a plataforma de produção da MVC-COV1901 e, com base nos dados do estudo clínico pré-clínico de Fase 1 e Fase 2 da MVC-COV1901 realizado pela MVC, demonstrou segurança robusta e respostas promissoras de imunogenicidade e, como resultado, se candidatou e recebeu autorização de uso emergencial no Taiwan. A empresa continua a buscar a aprovação regulatória global.

Sobre a Medigen Vaccine Biologics Corp. (MVC)

A MVC é uma empresa biofarmacêutica que utiliza tecnologias baseadas em células para desenvolver novas vacinas e biosimilares. Com a meta de autossuficiência nacional, a MVC também visa oferecer vacinas e produtos biofarmacêuticos para atender às necessidades regionais, além de ter o desejo de ajudar globalmente a combater as ameaças de doenças infecciosas. O pipeline da MVC inclui a vacina EV71 contra o enterovírus, a vacina contra a dengue e a vacina quadrivalente contra a influenza, que já estão em estágio clínico avançado. A unidade de produção em larga escala da MVC é de última geração e está em conformidade com os requisitos internacionais PIC/s GMP. Para mais informações, acesse www.medigenvac.com.

Consultas da imprensa à OMS

mediainquiries@who.int

Contato da Medigen:

Paul Torkehagen

Diretor de desenvolvimento de negócios internacionais

paul@medigenvac.com

Relações com investidores:

ir@medigenvac.com

Consultas da imprensa à Medigen:

Michelle Bridget, Continuum PR, Tel.: +6012 697 7356 ou e-mail: michelle.bridget@continuumpr.com  

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1671127/MVC_Logo.jpg

 

FONTE Medigen Vaccine Biologics Corporation

TAIPEI, 27 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- A candidata a vacina da Medigen Vaccine Biologics Corp (MVC), MVC-COV1901, foi recomendada por um grupo independente de consultoria de priorização de vacinas para ser incluída entre as vacinas do ensaio clínico Solidarity (STv) da Organização Mundial da Saúde (OMS). Após a análise de cerca de 20 candidatas a vacinas pelo grupo externo de consultoria, a vacina da MVC foi escolhida como uma das duas a serem incluídas no estudo global. 

O anúncio da OMS veio após a aprovação do Comitê de Análise de Ética da OMS e depois que as autoridades reguladoras e comitês de ética relevantes da Colômbia, Mali e Filipinas concederam aprovação para dar prosseguimento ao estudo. Cada unidade clínica e seus respectivos investigadores principais e equipes de pesquisa nacionais começaram a recrutar voluntários para participar do estudo.

Trata-se de uma plataforma de estudo clínico internacional randomizado desenvolvida para avaliar com rapidez a eficácia e a segurança de novas candidatas a vacinas promissoras, contribuindo para a criação de um portfólio maior de vacinas, necessárias para proteger as pessoas contra a COVID-19 em todo o mundo.

A MVC começou a desenvolver sua própria vacina em fevereiro de 2020 com a esperança de criar uma solução capaz de ajudar, em parte, a acabar com a pandemia devastadora. A MVC-COV1901 é uma vacina de subunidade com adjuvante do antígeno recombinante S-2P com CpG 1018 fornecido pela Dynavax e hidróxido de alumínio.

"Estamos extremamente gratos por termos sido escolhidos para fazer parte das vacinas do estudo internacional Solidarity da OMS contra a COVID-19. Temos trabalhado para desenvolver uma vacina que tenha efeitos colaterais leves e que proteja ativamente as pessoas contra os efeitos adversos do vírus. Vendo resultados promissores até agora, esperamos que o estudo internacional realizado pela OMS e pelos países participantes ajude a conter o aumento dos casos", disse Charles Chen, vice-presidente e CEO da Medigen Vaccine Biologics Corp.

Com a batalha contra a pandemia ainda em andamento, ainda há uma alta demanda por vacinas eficazes, e a MVC acredita que tem a capacidade, infraestrutura e experiência para contribuir para que se consiga a proteção global.

Sobre a MVC-COV1901

A MVC-COV1901 é uma vacina de subunidade com adjuvante do antígeno recombinante S-2P com CpG 1018 fornecido pela Dynavax e hidróxido de alumínio. O antígeno S-2P é uma proteína spike recombinante trimérica e de prefusão estável desenvolvida pelo NIH dos EUA. A MVC obteve uma licença global de tecnologia para o S-2P do Centro de Pesquisa de Vacinas nos Institutos Nacionais de Saúde (NIH) dos EUA.  Com base na plataforma S-2P, a MVC realizou análises em larga escala de vários adjuvantes e finalizou as composições da vacina MVC-COV1901 para otimizar a segurança e as propriedades de imunogenicidade desejadas. A MVC estabeleceu a plataforma de produção da MVC-COV1901 e, com base nos dados do estudo clínico pré-clínico de Fase 1 e Fase 2 da MVC-COV1901 realizado pela MVC, demonstrou segurança robusta e respostas promissoras de imunogenicidade e, como resultado, se candidatou e recebeu autorização de uso emergencial no Taiwan. A empresa continua a buscar a aprovação regulatória global.

Sobre a Medigen Vaccine Biologics Corp. (MVC)

A MVC é uma empresa biofarmacêutica que utiliza tecnologias baseadas em células para desenvolver novas vacinas e biosimilares. Com a meta de autossuficiência nacional, a MVC também visa oferecer vacinas e produtos biofarmacêuticos para atender às necessidades regionais, além de ter o desejo de ajudar globalmente a combater as ameaças de doenças infecciosas. O pipeline da MVC inclui a vacina EV71 contra o enterovírus, a vacina contra a dengue e a vacina quadrivalente contra a influenza, que já estão em estágio clínico avançado. A unidade de produção em larga escala da MVC é de última geração e está em conformidade com os requisitos internacionais PIC/s GMP. Para mais informações, acesse www.medigenvac.com.

Consultas da imprensa à OMS

mediainquiries@who.int

Contato da Medigen:

Paul Torkehagen

Diretor de desenvolvimento de negócios internacionais

paul@medigenvac.com

Relações com investidores:

ir@medigenvac.com

Consultas da imprensa à Medigen:

Michelle Bridget, Continuum PR, Tel.: +6012 697 7356 ou e-mail: michelle.bridget@continuumpr.com  

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1671127/MVC_Logo.jpg

 

FONTE Medigen Vaccine Biologics Corporation

Você acabou de ler:

MVC-COV1901 da Medigen selecionada entre vacinas contra COVID-19 do ensaio clínico Solidarity da OMS

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/mvc-cov1901-da-medigen-selecionada-entre-vacinas-contra-covid-19-do-ensaio-clinico-solidarity-da-oms/