Nansha oferece vislumbre do compromisso da GBA com o desenvolvimento de qualidade

GUANGZHOU, China, 28 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- No centro da região da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (GBA), no sul da China, fica Nansha, próxima das duas regiões administrativas especiais (SARs). Um plano diretor recém-lançado de Guangzhou Nansha sobre o aprofundamento da cooperação abrangente entre Guangdong, Hong Kong e Macau com a Global Perspective foi comunicado em uma coletiva de imprensa realizada pelo Gabinete de Informação do Conselho Estadual da China em 24 de Junho.

Nansha tem condições geográficas favoráveis, com amplo espaço de desenvolvimento e base industrial sólida. Sob o forte desejo de cooperação e desenvolvimento, Nansha desfruta de vantagens únicas na promoção da cooperação geral entre Guangdong, Hong Kong e Macau, disse Guo Lanfeng, membro do Grupo de Membros Líderes do Partido da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China.

Entre as regiões mais abertas da China, a GBA economicamente dinâmica simboliza como o país alinha seu sistema econômico aberto com o mundo em seu caminho para um nível mais alto de cooperação monetária global, impulsionando uma maior coordenação, liderada pela GBA, entre Guangdong, Hong Kong e Macau. Destacam-se Nansha e Qianhai, em Shenzhen, e Hengqin em Zhuhai. O ambicioso plano para Nansha marcou outra etapa significativa na construção da GBA com alta qualidade. O distrito se destaca novamente após décadas de desenvolvimento, de acordo com o Governo Popular do Distrito de Nansha da cidade de Guangzhou.

O plano enfatizou a necessidade de Nansha intensificar a construção de bases de cooperação industrial para inovação científica e tecnológica, de acordo com a coletiva de imprensa. Além disso, o distrito precisou reforçar os esforços conjuntos de Guangdong-Hong Kong-Macau para a inovação científica e tecnológica por meio do lançamento de grandes plataformas para esse fim e a desenvolver o setor de alta tecnologia, atraindo funcionários de alto calibre com uma perspectiva global. Além disso, o plano estabeleceu que, para tornar Nansha um ímã para empresas e talentos em alta tecnologia, as start ups baseadas em zona de inicialização nos setores incentivadas pelo Estado terão direito ao imposto de renda corporativa à taxa reduzida de 15%, e a renda individual de cidadãos de Hong Kong e Macau que trabalham em Nansha será isenta de aumentos fiscais. Além disso, Nansha apresentou um pacote de medidas para promover o desenvolvimento dos setores de semicondutores e circuitos integrados. Sendo assim, a área piloto de livre comércio oferecerá suporte em nove frentes, que vão desde o lançamento de grandes projetos e financiamento de negócios até a mudança da cadeia industrial de circuitos integrados e o subsídio dos usos de eletricidade na produção até o incentivo aos padrões de classe automotiva entre as empresas.

Nansha agora abriga mais de 400 empresas de inteligência artificial (IA) à medida que conecta o corredor de inovação científica e tecnológica de Guangzhou-Shenzhen-Hong Kong à sua contraparte que liga Zhuhai a Macau.

"A principal razão pela qual começamos um negócio em Nansha é que o distrito criou sinergia suficiente entre setores, universidades e institutos de pesquisa para o crescimento de IA", disse Cao Tiantian, cofundador do DeepMirror, desenvolvedor de inteligência espacial.

Nos últimos anos, uma riqueza de institutos de pesquisa excepcionais e instalações científicas avançadas de larga escala cresceram em Nansha, com o objetivo de impulsionar o crescimento da ciência básica e da tecnologia de ponta, entre outras. Esses recém-chegados se beneficiarão dos pontos fortes da base de inovação e tecnologia em Qingsheng e da cidade da ciência de 99 quilômetros quadrados de Nansha, que permanece em construção. "Com seu recente impulso em inovação científica e tecnológica, Nansha começa a demonstrar força como um início tardio", observou Fu Zhengping, diretor do Instituto de zonas de livre comércio da Universidade Sun Yat-sen.

Um ímã das principais empresas globais de tecnologia, o Vale do Silício tem uma influência muito mais significativa do que a região da baía de São Francisco. As cidades globais desejam se tornar seu rival mais forte. O aspecto positivo de Nansha é que jovens de todo o mundo a consideram um lugar ideal para promover a inovação e o empreendedorismo.

Fundada em 2017, a TIMETABLE, uma incubadora de negócios para jovens da GBA, com sede em Nansha, ajudou mais de 40 startups de Hong Kong e Macau a inovarem e se desenvolverem. Ela foi projetada para oferecer serviços de incubação para desenvolver áreas como tecnologia digital e entretenimento e novos tipos de consumo e varejo.

"Para aqueles que desejam iniciar um negócio, um momento oportuno e um clima propício são muito importantes", disse Wu Jiahui, fundador da TIMETABLE." "O GBA voltado para a tecnologia oferece oportunidades extraordinárias de mercado e vê um fluxo incomparável de fatores de produção, além de uma gama completa de serviços empresariais de apoio e um ambiente de negócios incomparável que Nansha tem a oferecer. Tudo isso torna o distrito uma boa escolha para os empreendedores de Hong Kong e Macau."

Além das oportunidades de desenvolvimento, um ambiente urbano modernizado também tem a chave para reter talentos. Como um componente integral do "soft power" de uma cidade, a campanha cidade inteligente coloca a GBA em um caminho de crescimento acelerado. E Nansha está mostrando seu lado brilhante à medida que os meios de subsistência das pessoas estão sendo capacitados por tecnologias inovadoras, que vão desde big data até computação em nuvem.

De acordo com um líder do programa cidade inteligente de Nansha, o distrito está avançando em direção a um destino mais atencioso e inteligente. Isso significa que estabelecerá as bases sólidas para a percepção dos dados urbanos universais e construirá um centro para todas as operações inteligentes. Dessa forma, está sendo preparado para implementação um sistema inclusivo projetado para tornar mais acessíveis e orientados para a tecnologia, os serviços de educação, saúde e de assistência a idosos. Além disso, os serviços aos cidadãos de Hong Kong e Macau, bem como aos profissionais do resto do mundo, serão ainda mais modernizados.

FONTE Nansha District People's Government of Guangzhou City

GUANGZHOU, China, 28 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- No centro da região da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (GBA), no sul da China, fica Nansha, próxima das duas regiões administrativas especiais (SARs). Um plano diretor recém-lançado de Guangzhou Nansha sobre o aprofundamento da cooperação abrangente entre Guangdong, Hong Kong e Macau com a Global Perspective foi comunicado em uma coletiva de imprensa realizada pelo Gabinete de Informação do Conselho Estadual da China em 24 de Junho.

Nansha tem condições geográficas favoráveis, com amplo espaço de desenvolvimento e base industrial sólida. Sob o forte desejo de cooperação e desenvolvimento, Nansha desfruta de vantagens únicas na promoção da cooperação geral entre Guangdong, Hong Kong e Macau, disse Guo Lanfeng, membro do Grupo de Membros Líderes do Partido da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China.

Entre as regiões mais abertas da China, a GBA economicamente dinâmica simboliza como o país alinha seu sistema econômico aberto com o mundo em seu caminho para um nível mais alto de cooperação monetária global, impulsionando uma maior coordenação, liderada pela GBA, entre Guangdong, Hong Kong e Macau. Destacam-se Nansha e Qianhai, em Shenzhen, e Hengqin em Zhuhai. O ambicioso plano para Nansha marcou outra etapa significativa na construção da GBA com alta qualidade. O distrito se destaca novamente após décadas de desenvolvimento, de acordo com o Governo Popular do Distrito de Nansha da cidade de Guangzhou.

O plano enfatizou a necessidade de Nansha intensificar a construção de bases de cooperação industrial para inovação científica e tecnológica, de acordo com a coletiva de imprensa. Além disso, o distrito precisou reforçar os esforços conjuntos de Guangdong-Hong Kong-Macau para a inovação científica e tecnológica por meio do lançamento de grandes plataformas para esse fim e a desenvolver o setor de alta tecnologia, atraindo funcionários de alto calibre com uma perspectiva global. Além disso, o plano estabeleceu que, para tornar Nansha um ímã para empresas e talentos em alta tecnologia, as start ups baseadas em zona de inicialização nos setores incentivadas pelo Estado terão direito ao imposto de renda corporativa à taxa reduzida de 15%, e a renda individual de cidadãos de Hong Kong e Macau que trabalham em Nansha será isenta de aumentos fiscais. Além disso, Nansha apresentou um pacote de medidas para promover o desenvolvimento dos setores de semicondutores e circuitos integrados. Sendo assim, a área piloto de livre comércio oferecerá suporte em nove frentes, que vão desde o lançamento de grandes projetos e financiamento de negócios até a mudança da cadeia industrial de circuitos integrados e o subsídio dos usos de eletricidade na produção até o incentivo aos padrões de classe automotiva entre as empresas.

Nansha agora abriga mais de 400 empresas de inteligência artificial (IA) à medida que conecta o corredor de inovação científica e tecnológica de Guangzhou-Shenzhen-Hong Kong à sua contraparte que liga Zhuhai a Macau.

"A principal razão pela qual começamos um negócio em Nansha é que o distrito criou sinergia suficiente entre setores, universidades e institutos de pesquisa para o crescimento de IA", disse Cao Tiantian, cofundador do DeepMirror, desenvolvedor de inteligência espacial.

Nos últimos anos, uma riqueza de institutos de pesquisa excepcionais e instalações científicas avançadas de larga escala cresceram em Nansha, com o objetivo de impulsionar o crescimento da ciência básica e da tecnologia de ponta, entre outras. Esses recém-chegados se beneficiarão dos pontos fortes da base de inovação e tecnologia em Qingsheng e da cidade da ciência de 99 quilômetros quadrados de Nansha, que permanece em construção. "Com seu recente impulso em inovação científica e tecnológica, Nansha começa a demonstrar força como um início tardio", observou Fu Zhengping, diretor do Instituto de zonas de livre comércio da Universidade Sun Yat-sen.

Um ímã das principais empresas globais de tecnologia, o Vale do Silício tem uma influência muito mais significativa do que a região da baía de São Francisco. As cidades globais desejam se tornar seu rival mais forte. O aspecto positivo de Nansha é que jovens de todo o mundo a consideram um lugar ideal para promover a inovação e o empreendedorismo.

Fundada em 2017, a TIMETABLE, uma incubadora de negócios para jovens da GBA, com sede em Nansha, ajudou mais de 40 startups de Hong Kong e Macau a inovarem e se desenvolverem. Ela foi projetada para oferecer serviços de incubação para desenvolver áreas como tecnologia digital e entretenimento e novos tipos de consumo e varejo.

"Para aqueles que desejam iniciar um negócio, um momento oportuno e um clima propício são muito importantes", disse Wu Jiahui, fundador da TIMETABLE." "O GBA voltado para a tecnologia oferece oportunidades extraordinárias de mercado e vê um fluxo incomparável de fatores de produção, além de uma gama completa de serviços empresariais de apoio e um ambiente de negócios incomparável que Nansha tem a oferecer. Tudo isso torna o distrito uma boa escolha para os empreendedores de Hong Kong e Macau."

Além das oportunidades de desenvolvimento, um ambiente urbano modernizado também tem a chave para reter talentos. Como um componente integral do "soft power" de uma cidade, a campanha cidade inteligente coloca a GBA em um caminho de crescimento acelerado. E Nansha está mostrando seu lado brilhante à medida que os meios de subsistência das pessoas estão sendo capacitados por tecnologias inovadoras, que vão desde big data até computação em nuvem.

De acordo com um líder do programa cidade inteligente de Nansha, o distrito está avançando em direção a um destino mais atencioso e inteligente. Isso significa que estabelecerá as bases sólidas para a percepção dos dados urbanos universais e construirá um centro para todas as operações inteligentes. Dessa forma, está sendo preparado para implementação um sistema inclusivo projetado para tornar mais acessíveis e orientados para a tecnologia, os serviços de educação, saúde e de assistência a idosos. Além disso, os serviços aos cidadãos de Hong Kong e Macau, bem como aos profissionais do resto do mundo, serão ainda mais modernizados.

FONTE Nansha District People's Government of Guangzhou City