Nenhum fruto deve ser proibido: a Dole Sunshine Company apela para que Sua Santidade resgate a maçã

A carta alegre tem como objetivo promover a maçã do pecado original para o lanche original e atrair a atenção de todo o mundo para a importância da boa alimentação para todos 

SINGAPURA, 1 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- A calamidade do pecado original, e o papel da maçã nele, é indiscutivelmente o desastre mais catastrófico já enfrentado por uma fruta nas relações públicas. Hoje, em homenagem ao Dia Internacional da Fruta, a Dole Sunshine Company (DSC) publicou uma carta aberta para Sua Santidade, o Papa Francisco, no jornal La Repubblica, buscando a absolvição da maçã. A DSC está pedindo o resgate da reputação da fruta para passar a chamá-la de o lanche "saudável" original.

Por milhares de anos, a maçã vem enfrentado essa vilificação depois que Eva mordeu o "fruto proibido" no jardim do Éden. De forma divertida, mas esperamos que frutífera, a DSC está tentando reverter essa vilificação e pediu ao Papa Francisco para absolver a fruta de seu papel mal compreendido no pecado original. A carta, um apelo divertido e sem precedentes ao Pontífice, tem como objetivo estimular um diálogo global sobre a importância das frutas para uma dieta nutritiva e se concentrar nos benefícios e na acessibilidade global geral das frutas.

"Entendemos que o pedido dessa mudança é ousado e provocante, e obviamente não queremos desrespeitar Sua Santidade ou a Igreja", disse Pier Luigi Sigismondi, presidente da Dole Packaged Foods & Beverages Group. "Acreditamos que se pudermos resolver esse problema de representação da fruta, poderemos iniciar uma nova narrativa global que se concentre em seus benefícios e crie hábitos alimentares novos e mais saudáveis que sejam consistentes com nosso objetivo de levar boa nutrição a todos."

A carta, publicada no único jornal que o Papa Francisco afirmou que lê, ressalta respeitosamente que, embora a maçã nunca tenha sido mencionada pelo nome na Bíblia, essa fruta, em particular, tem sido caluniada desde que foi injustamente associada ao pecado original. E, em um mundo onde há claramente alimentos mais pecaminosos e decadentes ao alcance, a maçã não deve mais ser considerada proibida. Em vez disso, a DSC argumenta que a própria fruta pode ser a heroína e impulsionar uma mudança na conversa sobre alimentação saudável e promover uma melhora na alimentação em todo o mundo.

A DSC conclui a carta com este humilde, mas convincente pedido ao Papa Francisco:

"Por todas essas razões e muitas outras, pedimos humildemente a absolvição que somente o senhor pode conceder. Uma pequenina mudança que pode mudar o mundo. O senhor consideraria alterar a Bíblia? Só uma palavrinha. Substituir "fruto" por qualquer outro alimento não saudável, por exemplo? Só uma ideia. Se esse pedido parecer um pouco ambicioso, não se preocupe. Nós entendemos. Talvez então uma mensagem de apoio fizesse muito para restaurar a fé do mundo em nossas amadas frutas."

Veja a carta na íntegra, que foi publicada hoje no jornal preferido do Papa Francisco, La Repubblica, em DoleSunshine.com.

Sobre a Dole Sunshine Company

O nome Dole Sunshine Company é utilizado para representar os interesses e esforços globais combinados da Dole Asia Holdings, Dole Worldwide Packaged Foods e Dole Asia Fresh. A Dole Sunshine Company não é uma entidade comercial real e não opera como tal em nenhum país ou região. Para mais informações sobre a Dole Sunshine Company, acesse DoleSunshine.com.

Sobre a Promessa da Dole

Em junho de 2020, a Dole Asia Holdings anunciou a Promessa da Dole, com seus três pilares relacionados à nutrição, sustentabilidade e geração de valor compartilhado.

Melhor para as pessoas: acesso à alimentação sustentável para um bilhão de pessoas até 2025, com a meta de ter zero açúcar processado em todos os produtos da Dole Packaged Foods até 2025.

Melhor para o planeta: trabalhando para atingir a meta de zero perda de frutas entre as fazendas da Dole e os mercados até 2025 e de zero uso de embalagens de plástico de origem fóssil até 2025. Trabalhando para atingir zero emissão de carbono nas operações da Dole até 2030.

Melhor para todas as partes interessadas: a Dole continuará a exercer impacto positivo em todos os agricultores, comunidades e pessoas que trabalham para a empresa por meio do seu compromisso com igualdade de oportunidades, salários dignos e um nível sempre crescente de segurança, nutrição e bem-estar. A empresa também busca promover os direitos humanos nas operações diretas e nas cadeias de suprimentos por meio do desenvolvimento de uma cultura de transparência e responsabilidade. Além disso, a empresa visa um aumento de 50% no valor de seus negócios até 2025.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1851554/Dole_Unforbidden_Fruit.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/152677/dole_packaged_foods_logo.jpg

FONTE Dole Sunshine Company

A carta alegre tem como objetivo promover a maçã do pecado original para o lanche original e atrair a atenção de todo o mundo para a importância da boa alimentação para todos 

SINGAPURA, 1 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- A calamidade do pecado original, e o papel da maçã nele, é indiscutivelmente o desastre mais catastrófico já enfrentado por uma fruta nas relações públicas. Hoje, em homenagem ao Dia Internacional da Fruta, a Dole Sunshine Company (DSC) publicou uma carta aberta para Sua Santidade, o Papa Francisco, no jornal La Repubblica, buscando a absolvição da maçã. A DSC está pedindo o resgate da reputação da fruta para passar a chamá-la de o lanche "saudável" original.

Por milhares de anos, a maçã vem enfrentado essa vilificação depois que Eva mordeu o "fruto proibido" no jardim do Éden. De forma divertida, mas esperamos que frutífera, a DSC está tentando reverter essa vilificação e pediu ao Papa Francisco para absolver a fruta de seu papel mal compreendido no pecado original. A carta, um apelo divertido e sem precedentes ao Pontífice, tem como objetivo estimular um diálogo global sobre a importância das frutas para uma dieta nutritiva e se concentrar nos benefícios e na acessibilidade global geral das frutas.

"Entendemos que o pedido dessa mudança é ousado e provocante, e obviamente não queremos desrespeitar Sua Santidade ou a Igreja", disse Pier Luigi Sigismondi, presidente da Dole Packaged Foods & Beverages Group. "Acreditamos que se pudermos resolver esse problema de representação da fruta, poderemos iniciar uma nova narrativa global que se concentre em seus benefícios e crie hábitos alimentares novos e mais saudáveis que sejam consistentes com nosso objetivo de levar boa nutrição a todos."

A carta, publicada no único jornal que o Papa Francisco afirmou que lê, ressalta respeitosamente que, embora a maçã nunca tenha sido mencionada pelo nome na Bíblia, essa fruta, em particular, tem sido caluniada desde que foi injustamente associada ao pecado original. E, em um mundo onde há claramente alimentos mais pecaminosos e decadentes ao alcance, a maçã não deve mais ser considerada proibida. Em vez disso, a DSC argumenta que a própria fruta pode ser a heroína e impulsionar uma mudança na conversa sobre alimentação saudável e promover uma melhora na alimentação em todo o mundo.

A DSC conclui a carta com este humilde, mas convincente pedido ao Papa Francisco:

"Por todas essas razões e muitas outras, pedimos humildemente a absolvição que somente o senhor pode conceder. Uma pequenina mudança que pode mudar o mundo. O senhor consideraria alterar a Bíblia? Só uma palavrinha. Substituir "fruto" por qualquer outro alimento não saudável, por exemplo? Só uma ideia. Se esse pedido parecer um pouco ambicioso, não se preocupe. Nós entendemos. Talvez então uma mensagem de apoio fizesse muito para restaurar a fé do mundo em nossas amadas frutas."

Veja a carta na íntegra, que foi publicada hoje no jornal preferido do Papa Francisco, La Repubblica, em DoleSunshine.com.

Sobre a Dole Sunshine Company

O nome Dole Sunshine Company é utilizado para representar os interesses e esforços globais combinados da Dole Asia Holdings, Dole Worldwide Packaged Foods e Dole Asia Fresh. A Dole Sunshine Company não é uma entidade comercial real e não opera como tal em nenhum país ou região. Para mais informações sobre a Dole Sunshine Company, acesse DoleSunshine.com.

Sobre a Promessa da Dole

Em junho de 2020, a Dole Asia Holdings anunciou a Promessa da Dole, com seus três pilares relacionados à nutrição, sustentabilidade e geração de valor compartilhado.

Melhor para as pessoas: acesso à alimentação sustentável para um bilhão de pessoas até 2025, com a meta de ter zero açúcar processado em todos os produtos da Dole Packaged Foods até 2025.

Melhor para o planeta: trabalhando para atingir a meta de zero perda de frutas entre as fazendas da Dole e os mercados até 2025 e de zero uso de embalagens de plástico de origem fóssil até 2025. Trabalhando para atingir zero emissão de carbono nas operações da Dole até 2030.

Melhor para todas as partes interessadas: a Dole continuará a exercer impacto positivo em todos os agricultores, comunidades e pessoas que trabalham para a empresa por meio do seu compromisso com igualdade de oportunidades, salários dignos e um nível sempre crescente de segurança, nutrição e bem-estar. A empresa também busca promover os direitos humanos nas operações diretas e nas cadeias de suprimentos por meio do desenvolvimento de uma cultura de transparência e responsabilidade. Além disso, a empresa visa um aumento de 50% no valor de seus negócios até 2025.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1851554/Dole_Unforbidden_Fruit.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/152677/dole_packaged_foods_logo.jpg

FONTE Dole Sunshine Company

Você acabou de ler:

Nenhum fruto deve ser proibido: a Dole Sunshine Company apela para que Sua Santidade resgate a maçã

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/nenhum-fruto-deve-ser-proibido-a-dole-sunshine-company-apela-para-que-sua-santidade-resgate-a-maca/