Netglobe lança campanha para fazer de fevereiro o ''mês da conexão''

Especialista em promover interações e criar vínculos, empresa quer estabelecer diálogo sobre o que realmente aproxima as pessoas

SÃO PAULO, 11 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- É do escritor norte-americano Joseph Fort Newton (1880-1950) uma frase basilar sobre interações humanas: "As pessoas são solitárias porque erguem muros em vez de pontes". O Brasil está, segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), entre os cinco países que mais usam a internet no planeta. Ainda assim, nunca foi tão dividido ou viu tanta gente cerrada em suas bolhas. O desafio de estabelecer vínculos, outrora tecnológico, tornou-se muito mais complexo. Foi por isso que a Netglobe, empresa especialista na promoção de interações, resolveu fazer de fevereiro de 2022 o "mês da conexão".

A campanha incluirá posts em redes sociais, criação de conteúdo, apresentação de dados e a realização de um evento virtual para falar sobre diferentes formas de conexão. Com isso, a meta da Netglobe é abordar o tema em diferentes perspectivas e construir diálogos.

A proposta da companhia é aproveitar o período para mostrar que conexão é algo muito maior do que escolha de equipamentos ou contratação de um plano de acesso à internet, por exemplo. Ao mesmo tempo, a campanha pretende valorizar o elemento mais relevante em qualquer processo de interação: o fator humano.

"O distanciamento social e o aumento de demanda por ambientes híbridos na pandemia nos mostraram que conexão tem muitas dimensões. Precisamos pensar nas necessidades que os profissionais precisam ter para poderem trabalhar ou estabelecer vínculos reais com clientes sem estarem presencialmente no mesmo espaço, por exemplo, e entender como as novas possibilidades podem afetar a estrutura de relacionamentos", diz Renato Batista, CEO da Netglobe.

Em 2002, quando fundou a empresa, o executivo partiu do ideal inovador de reinventar relações corporativas e apostar em novos modelos de trabalho. Ainda que muitas tecnologias fossem incipientes naquela época, a proposta era baseada em eficiência na comunicação entre pessoas que estavam em endereços diferentes e precisavam compartilhar informações entre si.

Os anos seguintes transformaram a conectividade em necessidade básica e popularizaram o acesso a sistemas que facilitam a interação. A conexão com a internet já chega a 82,7% dos domicílios brasileiros, por exemplo, e o país passa de 150 milhões de pessoas com acesso à web.

"Nunca foi tão fácil estabelecer um vínculo com outras pessoas. Ao mesmo tempo, nunca foi tão complexo pensar em um jeito verdadeiramente assertivo para construir essas conexões. É por isso que a Netglobe decidiu provocar reflexões sobre o que promove interações entre as pessoas", comenta Batista.

Sobre a Netglobe

Netglobe é especialista em conexões. A empresa foi fundada em 2002 por Renato Batista, idealizador do livro "Por trás da TI - histórias de vida de líderes que inspiraram gerações" e condutor da série de entrevistas Live50CIOs, que reuniu alguns dos principais nomes da tecnologia no país. Sediada em Campinas, conta com mais de 60 funcionários no Brasil, atua no suporte a processos colaborativos de diferentes modelos de trabalho (presencial, remoto ou híbrido) e lidera discussões sobre o futuro de colaboração corporativa, lives & streaming e workplace.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1744903/Renato_Batista__CEO_da_Netglobe.jpg

 

FONTE Netglobe

Especialista em promover interações e criar vínculos, empresa quer estabelecer diálogo sobre o que realmente aproxima as pessoas

SÃO PAULO, 11 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- É do escritor norte-americano Joseph Fort Newton (1880-1950) uma frase basilar sobre interações humanas: "As pessoas são solitárias porque erguem muros em vez de pontes". O Brasil está, segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), entre os cinco países que mais usam a internet no planeta. Ainda assim, nunca foi tão dividido ou viu tanta gente cerrada em suas bolhas. O desafio de estabelecer vínculos, outrora tecnológico, tornou-se muito mais complexo. Foi por isso que a Netglobe, empresa especialista na promoção de interações, resolveu fazer de fevereiro de 2022 o "mês da conexão".

A campanha incluirá posts em redes sociais, criação de conteúdo, apresentação de dados e a realização de um evento virtual para falar sobre diferentes formas de conexão. Com isso, a meta da Netglobe é abordar o tema em diferentes perspectivas e construir diálogos.

A proposta da companhia é aproveitar o período para mostrar que conexão é algo muito maior do que escolha de equipamentos ou contratação de um plano de acesso à internet, por exemplo. Ao mesmo tempo, a campanha pretende valorizar o elemento mais relevante em qualquer processo de interação: o fator humano.

"O distanciamento social e o aumento de demanda por ambientes híbridos na pandemia nos mostraram que conexão tem muitas dimensões. Precisamos pensar nas necessidades que os profissionais precisam ter para poderem trabalhar ou estabelecer vínculos reais com clientes sem estarem presencialmente no mesmo espaço, por exemplo, e entender como as novas possibilidades podem afetar a estrutura de relacionamentos", diz Renato Batista, CEO da Netglobe.

Em 2002, quando fundou a empresa, o executivo partiu do ideal inovador de reinventar relações corporativas e apostar em novos modelos de trabalho. Ainda que muitas tecnologias fossem incipientes naquela época, a proposta era baseada em eficiência na comunicação entre pessoas que estavam em endereços diferentes e precisavam compartilhar informações entre si.

Os anos seguintes transformaram a conectividade em necessidade básica e popularizaram o acesso a sistemas que facilitam a interação. A conexão com a internet já chega a 82,7% dos domicílios brasileiros, por exemplo, e o país passa de 150 milhões de pessoas com acesso à web.

"Nunca foi tão fácil estabelecer um vínculo com outras pessoas. Ao mesmo tempo, nunca foi tão complexo pensar em um jeito verdadeiramente assertivo para construir essas conexões. É por isso que a Netglobe decidiu provocar reflexões sobre o que promove interações entre as pessoas", comenta Batista.

Sobre a Netglobe

Netglobe é especialista em conexões. A empresa foi fundada em 2002 por Renato Batista, idealizador do livro "Por trás da TI - histórias de vida de líderes que inspiraram gerações" e condutor da série de entrevistas Live50CIOs, que reuniu alguns dos principais nomes da tecnologia no país. Sediada em Campinas, conta com mais de 60 funcionários no Brasil, atua no suporte a processos colaborativos de diferentes modelos de trabalho (presencial, remoto ou híbrido) e lidera discussões sobre o futuro de colaboração corporativa, lives & streaming e workplace.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1744903/Renato_Batista__CEO_da_Netglobe.jpg

 

FONTE Netglobe

Você acabou de ler:

Netglobe lança campanha para fazer de fevereiro o ''mês da conexão''

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/netglobe-lanca-campanha-para-fazer-de-fevereiro-o-mes-da-conexao/