NEXUS: uma arquitetura de formas na SP Arte.

O artista Luca Benites lançará com um solo show na próxima edição da Feira em Sao Paulo seu mais novo projeto.

SAO PAULO, 8 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Nome de destaque e em plena ascensão no mundo da arte contemporânea, o brasileiro Luca Benites, que vive em Barcelona desde 2010, está se preparando para o lançamento de seu novo projeto NEXUS durante a próxima edição da SP Arte em São Paulo, cidade que recentemente escolheu como sua segunda casa.

O solo show será no stand da DAN Galeria Interior (Estande F2) onde será apresentado o projeto NEXUS na íntegra.

O projeto é composto por 99 peças em latão maciço e organizadas de maneira tal que cria uma interdependência entre elas, construindo, assim, uma pseudo cidade geométrica - e afetiva – na qual o artista enfatiza a importância de cada pessoa que transitou em sua vida.

Luca Benites destaca que o eixo central do projeto trata-se de uma reflexão: "Uma cidade interconectada, uma arquitetura de formas como meio de comunicação, lugares diferentes e que a partir de agora terão um laço de união, interligando pessoas, culturas e interesses comuns".

Com mais de 20 anos no cenário das artes, Luca Benites já expôs em importantes galerias, centros de arte, feiras internacionais e alguns museus mundo afora. Ganhou repercussão internacional com seu projeto FOGO, performance artística de 2017, na Áustria, quando queimou 298 obras, entre quadros, fotografias, maquetes e pequenas esculturas. "Foi uma espécie de reflexão que fiz naquele momento, uma depuração", comenta o artista. Para ele, "foi um processo pessoal e espiritual de autoconhecimento e renovação", caminho que também o levou para concretizar seu mais recente projeto.

Desta vez, no projeto NEXUS, Luca Benites se apropria de conceitos, relações pessoais, momentos importantes em sua vida, e inclusive de artistas que foram inspirações durante sua formação como arquiteto e artista. Um exemplo destas referências é a abstração do relógio de cinzas (ampulhetas), obra exposta em diversos países, fruto da queima de sua produção artística, e que é muito importante na sua história recente, porque representa um momento decisivo na sua carreira. "Existe uma relação óbvia desta obra com o tempo, com a efemeridade, com as situações fugazes e com o próprio passar do nosso dia a dia", ressalta.

O reconhecido curador francês Aurelien Le Genissel, quem escreveu o texto sobre este projeto, se manifesta a respeito do NEXUS: "uma totalidade meticulosamente organizada que nada mais é do que o retrato criativo (quase) total do artista naquele preciso momento. Algo como aquela tentativa de esgotamento de um lugar parisiense de Perec, aquela desconstrução de perspectiva Picassiana ou aqueles fragmentos de um discurso amoroso de Barthes". Aurelien completa, ressaltando que "arquiteto de formação, o trabalho de Benites sempre combina linhas limpas e minimalismo fino, um classicismo de formas, que subverte com inteligência, um vocabulário visual que sintetiza clareza e expressividade ".

Luca Benites também se refere a Donald Judd como uma das principais inspirações em sua obra escultórica, e cita o minimalismo do artista americano dos anos 1950, Carl Andre, que o fez entender a arte ligada fortemente à arquitetura. Entre tantos outros artistas, menciona Hélio Oiticica, que tem seu espaço destacado entre as 99 peças, com uma pintura de formas geométricas levadas ao tridimensional.

O projeto será exposto a partir do dia 12 de abril no novo espaço da DAN Galeria localizado na rua Amauri, em Sao Paulo.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1783657/NEXUS_2.jpg

CONTATO: PRISCILLA KOPKE -  55 31 988538135 - PRISCILLAKOPKE@KOMUNIC.ART.BR

FONTE Luca Benites

O artista Luca Benites lançará com um solo show na próxima edição da Feira em Sao Paulo seu mais novo projeto.

SAO PAULO, 8 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Nome de destaque e em plena ascensão no mundo da arte contemporânea, o brasileiro Luca Benites, que vive em Barcelona desde 2010, está se preparando para o lançamento de seu novo projeto NEXUS durante a próxima edição da SP Arte em São Paulo, cidade que recentemente escolheu como sua segunda casa.

O solo show será no stand da DAN Galeria Interior (Estande F2) onde será apresentado o projeto NEXUS na íntegra.

O projeto é composto por 99 peças em latão maciço e organizadas de maneira tal que cria uma interdependência entre elas, construindo, assim, uma pseudo cidade geométrica - e afetiva – na qual o artista enfatiza a importância de cada pessoa que transitou em sua vida.

Luca Benites destaca que o eixo central do projeto trata-se de uma reflexão: "Uma cidade interconectada, uma arquitetura de formas como meio de comunicação, lugares diferentes e que a partir de agora terão um laço de união, interligando pessoas, culturas e interesses comuns".

Com mais de 20 anos no cenário das artes, Luca Benites já expôs em importantes galerias, centros de arte, feiras internacionais e alguns museus mundo afora. Ganhou repercussão internacional com seu projeto FOGO, performance artística de 2017, na Áustria, quando queimou 298 obras, entre quadros, fotografias, maquetes e pequenas esculturas. "Foi uma espécie de reflexão que fiz naquele momento, uma depuração", comenta o artista. Para ele, "foi um processo pessoal e espiritual de autoconhecimento e renovação", caminho que também o levou para concretizar seu mais recente projeto.

Desta vez, no projeto NEXUS, Luca Benites se apropria de conceitos, relações pessoais, momentos importantes em sua vida, e inclusive de artistas que foram inspirações durante sua formação como arquiteto e artista. Um exemplo destas referências é a abstração do relógio de cinzas (ampulhetas), obra exposta em diversos países, fruto da queima de sua produção artística, e que é muito importante na sua história recente, porque representa um momento decisivo na sua carreira. "Existe uma relação óbvia desta obra com o tempo, com a efemeridade, com as situações fugazes e com o próprio passar do nosso dia a dia", ressalta.

O reconhecido curador francês Aurelien Le Genissel, quem escreveu o texto sobre este projeto, se manifesta a respeito do NEXUS: "uma totalidade meticulosamente organizada que nada mais é do que o retrato criativo (quase) total do artista naquele preciso momento. Algo como aquela tentativa de esgotamento de um lugar parisiense de Perec, aquela desconstrução de perspectiva Picassiana ou aqueles fragmentos de um discurso amoroso de Barthes". Aurelien completa, ressaltando que "arquiteto de formação, o trabalho de Benites sempre combina linhas limpas e minimalismo fino, um classicismo de formas, que subverte com inteligência, um vocabulário visual que sintetiza clareza e expressividade ".

Luca Benites também se refere a Donald Judd como uma das principais inspirações em sua obra escultórica, e cita o minimalismo do artista americano dos anos 1950, Carl Andre, que o fez entender a arte ligada fortemente à arquitetura. Entre tantos outros artistas, menciona Hélio Oiticica, que tem seu espaço destacado entre as 99 peças, com uma pintura de formas geométricas levadas ao tridimensional.

O projeto será exposto a partir do dia 12 de abril no novo espaço da DAN Galeria localizado na rua Amauri, em Sao Paulo.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1783657/NEXUS_2.jpg

CONTATO: PRISCILLA KOPKE -  55 31 988538135 - PRISCILLAKOPKE@KOMUNIC.ART.BR

FONTE Luca Benites