NIBIOHN e Shionogi descobrem novo anticorpo anti-coronavírus imunodependente do hospedeiro

- Potencial candidato a agente terapêutico de amplo espectro para doenças de coronavírus causadas por diferentes coronavírus, incluindo variantes -

OSAKA, Japão, 17 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- O Instituto Nacional de Inovação Biomédica, Saúde e Nutrição (NIBIOHN; Ibaraki-shi, Osaka; diretor geral: Yoshihiro Yoneda), em parceria com a Shionogi & Co., Ltd. (Chuo-ku, Osaka; presidente e CEO: Isao Teshirogi), conseguiu identificar um novo anticorpo antiviral para a síndrome respiratória aguda grave coronavírus 2 (SARS-CoV-2), suas variantes e espécies de coronavírus intimamente associadas.

Logotipo: https://kyodonewsprwire.jp/img/202202107244-O2-7jtU6NgB

Imagem:

https://kyodonewsprwire.jp/prwfile/release/M107030/202202107244/_prw_PI1fl_34k50Eru.jpg

O anticorpo recém-identificado se liga a proteínas spike do vírus apresentadas na superfície da célula infectada. O anticorpo ligado dá suporte à resposta imunológica dos indivíduos infectados para atacar as células infectadas por meio de citotoxicidade mediada por células dependente de anticorpos (ADCC). Diferentemente de muitos outros medicamentos com anticorpos, o local de ligação do anticorpo identificado recentemente (epítopo) reside em uma parte específica da estrutura spike pouco suscetível a mutação. Portanto, o anticorpo reage com várias variantes do vírus, inclusive a variante Ômicron. Além disso, como a estrutura do epítopo com poucas mutações é comum entre muitos outros coronavírus relacionados, espera-se que o anticorpo antiviral recém-identificado demonstre eficácia contra um amplo espectro de coronavírus, inclusive variantes potenciais no futuro.

No uso clínico atual, coquetéis de anticorpos e outros anticorpos neutralizantes são direcionados a indivíduos com infecção leve. Em contrapartida, o anticorpo identificado recentemente pode ser adequado para tratar pacientes com alto risco de desenvolver doença mais grave. Além disso, um "anticorpo antiviral de amplo espectro" deve ser ideal para uso emergencial no caso de uma provável nova pandemia do coronavírus no futuro. O NIBIOHN realizará mais pesquisas.

Para obter detalhes da pesquisa, acesse:

https://kyodonewsprwire.jp/attach/202202107244-O1-E6Gkw0h2.pdf

FONTE National Institutes of Biomedical Innovation, Health and Nutrition

- Potencial candidato a agente terapêutico de amplo espectro para doenças de coronavírus causadas por diferentes coronavírus, incluindo variantes -

OSAKA, Japão, 17 de fevereiro de 2022 /PRNewswire/ -- O Instituto Nacional de Inovação Biomédica, Saúde e Nutrição (NIBIOHN; Ibaraki-shi, Osaka; diretor geral: Yoshihiro Yoneda), em parceria com a Shionogi & Co., Ltd. (Chuo-ku, Osaka; presidente e CEO: Isao Teshirogi), conseguiu identificar um novo anticorpo antiviral para a síndrome respiratória aguda grave coronavírus 2 (SARS-CoV-2), suas variantes e espécies de coronavírus intimamente associadas.

Logotipo: https://kyodonewsprwire.jp/img/202202107244-O2-7jtU6NgB

Imagem:

https://kyodonewsprwire.jp/prwfile/release/M107030/202202107244/_prw_PI1fl_34k50Eru.jpg

O anticorpo recém-identificado se liga a proteínas spike do vírus apresentadas na superfície da célula infectada. O anticorpo ligado dá suporte à resposta imunológica dos indivíduos infectados para atacar as células infectadas por meio de citotoxicidade mediada por células dependente de anticorpos (ADCC). Diferentemente de muitos outros medicamentos com anticorpos, o local de ligação do anticorpo identificado recentemente (epítopo) reside em uma parte específica da estrutura spike pouco suscetível a mutação. Portanto, o anticorpo reage com várias variantes do vírus, inclusive a variante Ômicron. Além disso, como a estrutura do epítopo com poucas mutações é comum entre muitos outros coronavírus relacionados, espera-se que o anticorpo antiviral recém-identificado demonstre eficácia contra um amplo espectro de coronavírus, inclusive variantes potenciais no futuro.

No uso clínico atual, coquetéis de anticorpos e outros anticorpos neutralizantes são direcionados a indivíduos com infecção leve. Em contrapartida, o anticorpo identificado recentemente pode ser adequado para tratar pacientes com alto risco de desenvolver doença mais grave. Além disso, um "anticorpo antiviral de amplo espectro" deve ser ideal para uso emergencial no caso de uma provável nova pandemia do coronavírus no futuro. O NIBIOHN realizará mais pesquisas.

Para obter detalhes da pesquisa, acesse:

https://kyodonewsprwire.jp/attach/202202107244-O1-E6Gkw0h2.pdf

FONTE National Institutes of Biomedical Innovation, Health and Nutrition

Você acabou de ler:

NIBIOHN e Shionogi descobrem novo anticorpo anti-coronavírus imunodependente do hospedeiro

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/nibiohn-e-shionogi-descobrem-novo-anticorpo-anti-coronavirus-imunodependente-do-hospedeiro/