Ninguém está realmente prestando atenção em sua reunião por videoconferência: mais de dois terços executam diversas tarefas durante as chamadas

LONDRES, 25 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- É oficial - ninguém está realmente prestando atenção em sua videochamada. De acordo com uma pesquisa conduzida pela plataforma de videoconferências Whereby, em parceria com o Dr. Steven Rogelberg, autor de The Surprising Science of Meetings, 66% dos funcionários admitiram realizar várias tarefas durante as chamadas, o que normalmente não fariam em reuniões presenciais. Destes, 68% disseram que verificam os e-mails durante as videoconferências, enquanto 25% admitiram enviar mensagens de texto. 

Como nos aproximamos de completar um ano desde que a maioria dos países entrou em isolamento, a Whereby publicou dados que mostram como a relação do mundo com as videochamadas mudou. 

Øyvind Reed, CEO da Whereby, disse: "Em um ano recordista de videoconferências, é fascinante ver como os países estão usando a tecnologia para manter contato – embora a pesquisa do Dr. Rogelberg tenha destacado que precisamos ser melhores em manter um dia de trabalho equilibrado. Estamos sempre pensando em novos recursos para ajudar as pessoas na condução de reuniões melhores e mais eficazes, o que na nossa opinião ajudará a enfrentar esta fadiga crescente." 

A fadiga das videochamadas é real  

A pesquisa do Dr. Rogelberg, realizada com base em um estudo com 1.000 funcionários diversos, explorou como o aumento do número de videochamadas afetou os níveis de produtividade e constatou que é preciso gastar mais tempo incentivando as pessoas a se manterem concentradas durante as reuniões virtuais.

84% dos funcionários disseram sentir-se cansados durante ou após uma reunião virtual, sendo que mais da metade (53%) considerou um dia inteiro de reuniões virtuais mais cansativo do que as reuniões presenciais. 

O estudo também revelou que 34% das reuniões one-on-one são agendadas de forma improvisada, considerando que as pessoas procuram recriar ambientes de escritório com pouca participação, como ir até a mesa de um colega para trocar ideias. 

O impacto global  

Como o isolamento se tornou uma realidade para muitos, março teve os dias mais movimentados do ano para a Noruega. Por outro lado, o dia mais tranquilo ao longo do ano passado foi o dia de ano novo, que registrou uma queda de 99% na média diária. 

Apesar de 2020 ter sido um ano de crescimento recorde em videochamadas, o aumento do uso da Internet causou, sem dúvida, um impacto nas emissões de carbono, e um relatório recente revelou que uma hora de videoconferência ou streaming emite entre 150 e 1.000 gramas de dióxido de carbono. Por isso, a Whereby assumiu o compromisso de se tornar uma empresa sustentável, plantando um milhão de árvores em locais protegidos no Quênia, Moçambique e Madagascar, uma área equivalente a 137 campos de futebol. 

FONTE Whereby

LONDRES, 25 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- É oficial - ninguém está realmente prestando atenção em sua videochamada. De acordo com uma pesquisa conduzida pela plataforma de videoconferências Whereby, em parceria com o Dr. Steven Rogelberg, autor de The Surprising Science of Meetings, 66% dos funcionários admitiram realizar várias tarefas durante as chamadas, o que normalmente não fariam em reuniões presenciais. Destes, 68% disseram que verificam os e-mails durante as videoconferências, enquanto 25% admitiram enviar mensagens de texto. 

Como nos aproximamos de completar um ano desde que a maioria dos países entrou em isolamento, a Whereby publicou dados que mostram como a relação do mundo com as videochamadas mudou. 

Øyvind Reed, CEO da Whereby, disse: "Em um ano recordista de videoconferências, é fascinante ver como os países estão usando a tecnologia para manter contato – embora a pesquisa do Dr. Rogelberg tenha destacado que precisamos ser melhores em manter um dia de trabalho equilibrado. Estamos sempre pensando em novos recursos para ajudar as pessoas na condução de reuniões melhores e mais eficazes, o que na nossa opinião ajudará a enfrentar esta fadiga crescente." 

A fadiga das videochamadas é real  

A pesquisa do Dr. Rogelberg, realizada com base em um estudo com 1.000 funcionários diversos, explorou como o aumento do número de videochamadas afetou os níveis de produtividade e constatou que é preciso gastar mais tempo incentivando as pessoas a se manterem concentradas durante as reuniões virtuais.

84% dos funcionários disseram sentir-se cansados durante ou após uma reunião virtual, sendo que mais da metade (53%) considerou um dia inteiro de reuniões virtuais mais cansativo do que as reuniões presenciais. 

O estudo também revelou que 34% das reuniões one-on-one são agendadas de forma improvisada, considerando que as pessoas procuram recriar ambientes de escritório com pouca participação, como ir até a mesa de um colega para trocar ideias. 

O impacto global  

Como o isolamento se tornou uma realidade para muitos, março teve os dias mais movimentados do ano para a Noruega. Por outro lado, o dia mais tranquilo ao longo do ano passado foi o dia de ano novo, que registrou uma queda de 99% na média diária. 

Apesar de 2020 ter sido um ano de crescimento recorde em videochamadas, o aumento do uso da Internet causou, sem dúvida, um impacto nas emissões de carbono, e um relatório recente revelou que uma hora de videoconferência ou streaming emite entre 150 e 1.000 gramas de dióxido de carbono. Por isso, a Whereby assumiu o compromisso de se tornar uma empresa sustentável, plantando um milhão de árvores em locais protegidos no Quênia, Moçambique e Madagascar, uma área equivalente a 137 campos de futebol. 

FONTE Whereby

Você acabou de ler:

Ninguém está realmente prestando atenção em sua reunião por videoconferência: mais de dois terços executam diversas tarefas durante as chamadas

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/ninguem-esta-realmente-prestando-atencao-em-sua-reuniao-por-videoconferencia-mais-de-dois-tercos-executam-diversas-tarefas-durante-as-chamadas/