No 1T21, o Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 1.266 milhões, 52% superior ao 4T20

SÃO PAULO, 5 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A BRASKEM S.A. (B3: BRKM3, BRKM5 e BRKM6; NYSE: BAK; LATIBEX: XBRK) divulga hoje os resultados do 1T21.

PRINCIPAIS DESTAQUES 1T21:

Consolidado:

  • No 1T21, o Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 1.266 milhões, 52% superior ao 4T20 explicado, principalmente, (i) pelos melhores spreads de PE, PP e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa e PE no México e (ii) pelo maior volume de vendas de PP na Europa. Em relação ao mesmo período do ano anterior, o Resultado Operacional recorrente da Companhia em dólar foi 341% superior, em função (i) dos melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa e PE no México e (ii) do maior volume de vendas de PP nos Estados Unidos e Europa e de principais químicos no Brasil. Em reais, o Resultado Operacional recorrente foi de R$ 6.943 milhões, 54% e 444% superior ao 4T20 e 1T20, respectivamente, em função da depreciação do real frente ao dólar de 23% na comparação com o 1T20. 
  • No trimestre, a Companhia registrou lucro líquido de R$ 2.494 milhões, 195% superior ao 4T20, representando R$ 3,14 por ação ordinária e ação preferencial classe "A".
  • A geração livre de caixa no 1T21 foi de R$ 1.766 milhões explicado, principalmente, (i) pelo Resultado Operacional recorrente no trimestre; (ii) pela monetização de créditos de PIS/COFINS no valor de aproximadamente R$ 761 milhões; (iii) pela redução do capex operacional em função das paradas programadas de manutenção nos Estados Unidos e Europa, além de ajustes operacionais na central petroquímica de São Paulo realizados no 4T20; e (iv) pela redução dos investimentos estratégicos. A esses impactos positivos, se contrapõem, principalmente (i) a variação negativa do capital de giro, principalmente em função do impacto do aumento do preço de resinas e principais químicos no mercado internacional em contas a receber e do impacto do aumento do preço da nafta no custo do produto acabado em estoques; e (ii) ao maior pagamento de juros no trimestre, que foi superior ao último trimestre de 2020 por conta do pagamento de juros de bonds emitidos pela Companhia em 2020.
  • Em linha com o contínuo compromisso com a higidez financeira e com o objetivo de retornar ao nível de risco de grau de investimento, a Companhia seguiu reduzindo a sua alavancagem corporativa, medida pela relação dívida líquida/Resultado Operacional recorrente em dólares e encerrou o 1T21 em 1,80x, 39% inferior em relação ao 4T20 (2,94x).
  • No acumulado do ano até março, a taxa de frequência global de acidentes com e sem afastamento (CAF + SAF) foi de 0,75 (eventos / MM HH), 77% abaixo da média do setor, com destaque para o mês de janeiro onde foram reportados zero acidentes com ou sem afastamento nas operações da Companhia.
  • Em fevereiro de 2021, a Companhia firmou parceria estratégica com a maior empresa global de logística, a A.P. Moller - Maersk e and PSA Corporation Ltd (PSA), uma das maiores operadoras portuárias no mundo, para a utilização de seus terminais em Cingapura e iniciar operação de transbordo para servir o continente asiático. O acordo permitirá à Companhia fornecer aos seus clientes na Ásia acesso regular ao seu vasto portfólio de polímeros, representando mais um passo para a diversificação geográfica da Companhia ao criar condições logísticas mais favoráveis para o atendimento de clientes direto.
  • Em abril, a Braskem conquistou a certificação como Operador Econômico Autorizado (OEA) – Modalidade Conformidade, concedida pela Receita Federal do Brasil. Ser um operador OEA é ser reconhecido internacionalmente por adotar processos de gestão que minimizam os eventos de riscos existentes em suas operações de importação e que cumprem voluntariamente critérios de conformidade, confiabilidade e segurança aplicados à cadeia logística global, assim como obrigações tributárias e aduaneiras.
  • As ações preferenciais classe "A" da Companhia (BRKM5) apresentaram valorização de 121% no acumulado do ano até 05 de maio de 2021.

Veja o release de resultados no site de RI: www.braskem-ri.com.br

A Braskem realizará teleconferência sobre seus Resultados QUINTA-FEIRA, 06 de maio, às 14h00.

Informações adicionais podem ser obtidas junto ao Departamento de Relações com Investidores através do tel +55 11 3576-9531 ou braskem-ri@braskem.com.br.

FONTE Braskem S.A.

SÃO PAULO, 5 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- A BRASKEM S.A. (B3: BRKM3, BRKM5 e BRKM6; NYSE: BAK; LATIBEX: XBRK) divulga hoje os resultados do 1T21.

PRINCIPAIS DESTAQUES 1T21:

Consolidado:

  • No 1T21, o Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 1.266 milhões, 52% superior ao 4T20 explicado, principalmente, (i) pelos melhores spreads de PE, PP e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa e PE no México e (ii) pelo maior volume de vendas de PP na Europa. Em relação ao mesmo período do ano anterior, o Resultado Operacional recorrente da Companhia em dólar foi 341% superior, em função (i) dos melhores spreads de resinas e principais químicos no Brasil, PP nos Estados Unidos e na Europa e PE no México e (ii) do maior volume de vendas de PP nos Estados Unidos e Europa e de principais químicos no Brasil. Em reais, o Resultado Operacional recorrente foi de R$ 6.943 milhões, 54% e 444% superior ao 4T20 e 1T20, respectivamente, em função da depreciação do real frente ao dólar de 23% na comparação com o 1T20. 
  • No trimestre, a Companhia registrou lucro líquido de R$ 2.494 milhões, 195% superior ao 4T20, representando R$ 3,14 por ação ordinária e ação preferencial classe "A".
  • A geração livre de caixa no 1T21 foi de R$ 1.766 milhões explicado, principalmente, (i) pelo Resultado Operacional recorrente no trimestre; (ii) pela monetização de créditos de PIS/COFINS no valor de aproximadamente R$ 761 milhões; (iii) pela redução do capex operacional em função das paradas programadas de manutenção nos Estados Unidos e Europa, além de ajustes operacionais na central petroquímica de São Paulo realizados no 4T20; e (iv) pela redução dos investimentos estratégicos. A esses impactos positivos, se contrapõem, principalmente (i) a variação negativa do capital de giro, principalmente em função do impacto do aumento do preço de resinas e principais químicos no mercado internacional em contas a receber e do impacto do aumento do preço da nafta no custo do produto acabado em estoques; e (ii) ao maior pagamento de juros no trimestre, que foi superior ao último trimestre de 2020 por conta do pagamento de juros de bonds emitidos pela Companhia em 2020.
  • Em linha com o contínuo compromisso com a higidez financeira e com o objetivo de retornar ao nível de risco de grau de investimento, a Companhia seguiu reduzindo a sua alavancagem corporativa, medida pela relação dívida líquida/Resultado Operacional recorrente em dólares e encerrou o 1T21 em 1,80x, 39% inferior em relação ao 4T20 (2,94x).
  • No acumulado do ano até março, a taxa de frequência global de acidentes com e sem afastamento (CAF + SAF) foi de 0,75 (eventos / MM HH), 77% abaixo da média do setor, com destaque para o mês de janeiro onde foram reportados zero acidentes com ou sem afastamento nas operações da Companhia.
  • Em fevereiro de 2021, a Companhia firmou parceria estratégica com a maior empresa global de logística, a A.P. Moller - Maersk e and PSA Corporation Ltd (PSA), uma das maiores operadoras portuárias no mundo, para a utilização de seus terminais em Cingapura e iniciar operação de transbordo para servir o continente asiático. O acordo permitirá à Companhia fornecer aos seus clientes na Ásia acesso regular ao seu vasto portfólio de polímeros, representando mais um passo para a diversificação geográfica da Companhia ao criar condições logísticas mais favoráveis para o atendimento de clientes direto.
  • Em abril, a Braskem conquistou a certificação como Operador Econômico Autorizado (OEA) – Modalidade Conformidade, concedida pela Receita Federal do Brasil. Ser um operador OEA é ser reconhecido internacionalmente por adotar processos de gestão que minimizam os eventos de riscos existentes em suas operações de importação e que cumprem voluntariamente critérios de conformidade, confiabilidade e segurança aplicados à cadeia logística global, assim como obrigações tributárias e aduaneiras.
  • As ações preferenciais classe "A" da Companhia (BRKM5) apresentaram valorização de 121% no acumulado do ano até 05 de maio de 2021.

Veja o release de resultados no site de RI: www.braskem-ri.com.br

A Braskem realizará teleconferência sobre seus Resultados QUINTA-FEIRA, 06 de maio, às 14h00.

Informações adicionais podem ser obtidas junto ao Departamento de Relações com Investidores através do tel +55 11 3576-9531 ou braskem-ri@braskem.com.br.

FONTE Braskem S.A.

Você acabou de ler:

No 1T21, o Resultado Operacional recorrente da Companhia foi de US$ 1.266 milhões, 52% superior ao 4T20

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/no-1t21-o-resultado-operacional-recorrente-da-companhia-foi-de-us-1-266-milhoes-52-superior-ao-4t20/