No atual momento de crise, os heróis andam sob duas rodas

SÃO PAULO, 1 de abril de 2020 /PRNewswire/ -- O ano de 2020 está sendo um ano atípico, estamos vivendo um momento que necessita de muita cautela. Uma pandemia, fruto do que ficou conhecido como coronavírus, mudou completamente a rotina do Brasil e do mundo.

Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, agência especializada em saúde, fundada em 7 de abril de 1948 e subordinada à Organização das Nações Unidas, a ordem é ficar em casa, com objetivo de que o vírus são se alastre e as consequências sejam ainda mais graves.

É preciso evitar o grande volume de pessoas doentes ao mesmo tempo, aumentando o número de enfermos que precisam de internação e ou UTI. Tais ações são necessárias, uma vez que o número de leitos no Brasil não será suficiente caso uma grande quantidade de pessoas necessite de cuidados especiais ao mesmo tempo. A regra é, quanto menos gente na rua, melhor!

As entregas via motoboys se tornaram grandes aliadas para pequenos comércios ou grandes empresas. Nesse sentido, esse tipo de serviço passou a ser essencial, e sem sombra de dúvidas, um dos setores estratégicos que vem contribuindo de duas formas bem importantes nesse cenário:

Diminuindo o número de pessoas na rua

Como manter as pessoas dentro de casa se elas precisam comprar alimentos, medicamentos, entregar produtos etc.? A resposta é um tanto óbvia, mas nem todos perceberam a grande responsabilidade que o setor de logística de entregas assumiu.

"Nossa missão hoje está muito além de transportar remessas do ponto A para o ponto B. Tenho conversado com os mensageiros da empresa e mostrado a importância de cada um deles. Hoje, tenho motoboys fazendo de 50 a 70 entregas diariamente; me sinto seguro em dizer que nosso trabalho evita que milhares de pessoas saiam de casa todos os dias. Estamos fazendo a nossa parte contribuindo com a sociedade, bem como médicos, enfermeiros, policiais e outros primordiais", destaca Genésio Jr, diretor de operações da FAST VIA, uma empresa de soluções em entregas expressas de pequenas/ médias encomendas, localizada na cidade de São Paulo.

Viabilizando o comercio on-line

Atualmente, por questões de necessidades básicas e movimentação de economia, é primordial manter as redes de abastecimentos e as malhas de entregas ativas, seja para entregas de itens básico, seja para movimentar o comércio de vendas on-line. Assim, a logística tornou se a protagonista no cenário mundial. Um fato curioso é que os motoboys passaram a ser elo entre os meios de produção e a população, que embora isolada, segue com necessidade de consumo.

"Sempre ressaltei a importância de um empresário escolher uma empresa de logística séria e cuidadosa para realizar as entrega de seus produtos. Essa importância tem ficado cada vez mais evidente. Uma entrega malfeita destrói um bom trabalho de desenvolvimento de produto, marketing e pode acabar com a imagem de uma empresa. Nesse momento, além desse fato, empresários precisam poder contar com companhias de logística que sejam capazes de manter as atividades e ainda zelar pela saúde dos entregadores e de quem recebe as entregas", pontua Genésio Jr.

www.fastvia.com.br 

Assessoria Trilha Cultural | Conteúdo e Cultura

WhatsApp: + 1 940-390-9095

FONTE Fast Via

SÃO PAULO, 1 de abril de 2020 /PRNewswire/ -- O ano de 2020 está sendo um ano atípico, estamos vivendo um momento que necessita de muita cautela. Uma pandemia, fruto do que ficou conhecido como coronavírus, mudou completamente a rotina do Brasil e do mundo.

Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, agência especializada em saúde, fundada em 7 de abril de 1948 e subordinada à Organização das Nações Unidas, a ordem é ficar em casa, com objetivo de que o vírus são se alastre e as consequências sejam ainda mais graves.

É preciso evitar o grande volume de pessoas doentes ao mesmo tempo, aumentando o número de enfermos que precisam de internação e ou UTI. Tais ações são necessárias, uma vez que o número de leitos no Brasil não será suficiente caso uma grande quantidade de pessoas necessite de cuidados especiais ao mesmo tempo. A regra é, quanto menos gente na rua, melhor!

As entregas via motoboys se tornaram grandes aliadas para pequenos comércios ou grandes empresas. Nesse sentido, esse tipo de serviço passou a ser essencial, e sem sombra de dúvidas, um dos setores estratégicos que vem contribuindo de duas formas bem importantes nesse cenário:

Diminuindo o número de pessoas na rua

Como manter as pessoas dentro de casa se elas precisam comprar alimentos, medicamentos, entregar produtos etc.? A resposta é um tanto óbvia, mas nem todos perceberam a grande responsabilidade que o setor de logística de entregas assumiu.

"Nossa missão hoje está muito além de transportar remessas do ponto A para o ponto B. Tenho conversado com os mensageiros da empresa e mostrado a importância de cada um deles. Hoje, tenho motoboys fazendo de 50 a 70 entregas diariamente; me sinto seguro em dizer que nosso trabalho evita que milhares de pessoas saiam de casa todos os dias. Estamos fazendo a nossa parte contribuindo com a sociedade, bem como médicos, enfermeiros, policiais e outros primordiais", destaca Genésio Jr, diretor de operações da FAST VIA, uma empresa de soluções em entregas expressas de pequenas/ médias encomendas, localizada na cidade de São Paulo.

Viabilizando o comercio on-line

Atualmente, por questões de necessidades básicas e movimentação de economia, é primordial manter as redes de abastecimentos e as malhas de entregas ativas, seja para entregas de itens básico, seja para movimentar o comércio de vendas on-line. Assim, a logística tornou se a protagonista no cenário mundial. Um fato curioso é que os motoboys passaram a ser elo entre os meios de produção e a população, que embora isolada, segue com necessidade de consumo.

"Sempre ressaltei a importância de um empresário escolher uma empresa de logística séria e cuidadosa para realizar as entrega de seus produtos. Essa importância tem ficado cada vez mais evidente. Uma entrega malfeita destrói um bom trabalho de desenvolvimento de produto, marketing e pode acabar com a imagem de uma empresa. Nesse momento, além desse fato, empresários precisam poder contar com companhias de logística que sejam capazes de manter as atividades e ainda zelar pela saúde dos entregadores e de quem recebe as entregas", pontua Genésio Jr.

www.fastvia.com.br 

Assessoria Trilha Cultural | Conteúdo e Cultura

WhatsApp: + 1 940-390-9095

FONTE Fast Via