Novo visual da antiga trilha: vídeo promocional da trilha histórica do sul da China estreou na Times Square

NOVA YORK, 18 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- O vídeo promocional apresentando a trilha histórica do sul da China fez sua estreia na Times Square, em Nova York, em 17 de outubro, o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza e o Dia do Combate à Pobreza Nacional da China.

Longas estradas, poços antigos, campos de chá, estalagens, culinária cantonesa, eventos esportivos e vários outros elementos da cultura cantonesa serão apresentados no vídeo divulgado pelo Departamento de Recursos Naturais da Província de Guangdong, que mostra o passado e o presente dessa trilha histórica e oferece uma viagem pela história e cultura cantonesas.

O vídeo apresenta o ecossistema, a mobilização de recursos e a redução direcionada da pobreza juntamente com a trilha histórica do sul da China. Por meio da introdução dos elementos verdes da cultura, dos esportes, do turismo e da agricultura, ele defende a ideia de que "águas cristalinas e montanhas exuberantes são ativos de valor incalculável" e revela ao mundo o grande sucesso de Guangdong na redução da pobreza rural.

A trilha histórica do sul da China remonta à Dinastia Qin (221 a.C. a 207 d.C.). Ela era uma importante rota para os antigos povos chineses viajarem e comercializarem entre as planícies centrais e a região de Lingnan, no sul dos Cinco Cumes, e é uma extensão da Rota Marítima da Seda para o interior.

Guangdong concluiu a restauração de uma rede de base da trilha histórica do sul da China, abrangendo 18 estradas de 1.200 quilômetros em 18 municípios e 31 condados (incluindo cidades e distritos de nível de condado). Entre as 18 estradas, a trilha Conghua, a trilha Zhuhai-Zhongshan, a trilha do Monte Luofu em Huizhou e a trilha Gaotan estão distribuídas pela área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau. Os eventos esportivos e culturais realizados nessas rotas antigas têm atraído um número crescente de jovens da região, conectando a área da Grande Baía e estimulando seu desenvolvimento.

Dentro de Guangdong, a trilha histórica do sul da China passa por 21 municípios, envolvendo uma vasta área rural menos desenvolvida. A província conecta 98 vilas em situação de pobreza (conforme verificado no nível da província) e 104 vilarejos com estradas rurais, e classificou 250 destinos de interesse cultural e humanitário, formando um museu da natureza e da história que está sempre aberto.

Ao promover eventos esportivos, retenção cultural e criatividade, os vilarejos, um após o outro, se tornam ícones de aproveitamento de recursos e patrimônio cultural, e algumas tradições preciosas, mas em vias de desaparecer, são descobertas e protegidas. As comunidades locais conseguiram construir uma rota turística de qualidade e transformá-la, posteriormente, em várias rotas de destaque. Os agricultores ao longo da trilha são incentivados a solicitar marcas geográficas nacionais para seus produtos agrícolas, e foram feitas melhorias na infraestrutura. Por meio da mobilização de recursos e da redução direcionada da pobreza, a trilha histórica do sul da China proporcionou um forte impulso na revitalização rural e adicionou um polo de crescimento a Guangdong.

 

 

FONTE The Department of Natural Resources of Guangdong Province

NOVA YORK, 18 de outubro de 2021 /PRNewswire/ -- O vídeo promocional apresentando a trilha histórica do sul da China fez sua estreia na Times Square, em Nova York, em 17 de outubro, o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza e o Dia do Combate à Pobreza Nacional da China.

Longas estradas, poços antigos, campos de chá, estalagens, culinária cantonesa, eventos esportivos e vários outros elementos da cultura cantonesa serão apresentados no vídeo divulgado pelo Departamento de Recursos Naturais da Província de Guangdong, que mostra o passado e o presente dessa trilha histórica e oferece uma viagem pela história e cultura cantonesas.

O vídeo apresenta o ecossistema, a mobilização de recursos e a redução direcionada da pobreza juntamente com a trilha histórica do sul da China. Por meio da introdução dos elementos verdes da cultura, dos esportes, do turismo e da agricultura, ele defende a ideia de que "águas cristalinas e montanhas exuberantes são ativos de valor incalculável" e revela ao mundo o grande sucesso de Guangdong na redução da pobreza rural.

A trilha histórica do sul da China remonta à Dinastia Qin (221 a.C. a 207 d.C.). Ela era uma importante rota para os antigos povos chineses viajarem e comercializarem entre as planícies centrais e a região de Lingnan, no sul dos Cinco Cumes, e é uma extensão da Rota Marítima da Seda para o interior.

Guangdong concluiu a restauração de uma rede de base da trilha histórica do sul da China, abrangendo 18 estradas de 1.200 quilômetros em 18 municípios e 31 condados (incluindo cidades e distritos de nível de condado). Entre as 18 estradas, a trilha Conghua, a trilha Zhuhai-Zhongshan, a trilha do Monte Luofu em Huizhou e a trilha Gaotan estão distribuídas pela área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau. Os eventos esportivos e culturais realizados nessas rotas antigas têm atraído um número crescente de jovens da região, conectando a área da Grande Baía e estimulando seu desenvolvimento.

Dentro de Guangdong, a trilha histórica do sul da China passa por 21 municípios, envolvendo uma vasta área rural menos desenvolvida. A província conecta 98 vilas em situação de pobreza (conforme verificado no nível da província) e 104 vilarejos com estradas rurais, e classificou 250 destinos de interesse cultural e humanitário, formando um museu da natureza e da história que está sempre aberto.

Ao promover eventos esportivos, retenção cultural e criatividade, os vilarejos, um após o outro, se tornam ícones de aproveitamento de recursos e patrimônio cultural, e algumas tradições preciosas, mas em vias de desaparecer, são descobertas e protegidas. As comunidades locais conseguiram construir uma rota turística de qualidade e transformá-la, posteriormente, em várias rotas de destaque. Os agricultores ao longo da trilha são incentivados a solicitar marcas geográficas nacionais para seus produtos agrícolas, e foram feitas melhorias na infraestrutura. Por meio da mobilização de recursos e da redução direcionada da pobreza, a trilha histórica do sul da China proporcionou um forte impulso na revitalização rural e adicionou um polo de crescimento a Guangdong.

 

 

FONTE The Department of Natural Resources of Guangdong Province