O distrito de Nansha conquista o auge da indústria de inteligência artificial

GUANGZHOU, China, 31 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- Na 2ª Cúpula Internacional de Inteligência Artificial e Inteligência de Guangzhou, foi lançado o Centro Educacional e de Treinamento Profissional em Inteligência Artificial do distrito Nansha, em Guangzhou. O centro fará parceria nas áreas de recursos de ensino, criação de currículo e reconhecimento recíproco de créditos com universidades nacionais e estrangeiras, como a Universidade Politécnica de Hong Kong, a Universidade do Sul da Califórnia e a Universidade de Tecnologia do Sul da China.

Por fazer parte do ecossistema setorial de IA, o treinamento de talentos profissionais é de suma importância. De acordo com o relatório sobre distribuição industrial mundial de inteligência artificial, divulgado pela Goldman Sachs, entre todos os projetos emergentes de IA, em 2017, o número de chineses representou 51% e superou o dos EUA. No entanto, apenas 5% dos talentos globais de IA são provenientes da China. Especialistas acreditam que o Centro ajudará a cultivar talentos para apoiar o desenvolvimento aprofundado do setor.

Nos últimos anos, o distrito de Nansha fez a IA e os setores de apoio relevantes avançarem de maneira proativa, com o objetivo de ser um pilar do setor. Em 2017, Nansha planejou estabelecer o Fundo Guangzhou do Setor de IA, com 10 bilhões de yuans e atrair uma série de fundos do setor de IA para a construção de um parque de valor de inovação da IA, abrangendo 5 km2 em cinco a dez anos. Para as equipes de ponta do setor, o distrito disponibilizará até 100 milhões de yuans para ajudar no financiamento de seus projetos em Nansha.

Em 2018, Nansha, sendo uma das principais apoiadoras da China para o setor de IA, introduziu políticas de apoio em série, como as medidas para dar suporte ao desenvolvimento do setor de IA, o plano de trabalho sobre dados abertos e cenários de implementação, no distrito de Nansha, Guangzhou e o plano de ação de três anos para o desenvolvimento do setor de IA, no distrito de Nansha, em Guangzhou.

Guiado e apoiado por políticas, o grupo do setor de IA de Nansha vem testemunhando rápido desenvolvimento, tendo atraído quatro plataformas integradas do setor de IA: o Instituto Internacional de Inteligência Artificial de Guangzhou, o Instituto de Pesquisa Industrial de Software Inteligente de Guangzhou, o Instituto de Inteligência Artificial iFLYTEK do Sul da China e o Centro de Pesquisa e Inovação de Imagens Visuais de Cloudwalk (uma empresa unicórnio), que ajudam a criar avanços nas principais tecnologias.

Enquanto isso, mais de 170 empresas de IA, como a Cloudwalk, Pony.ai, iFLYTEK, LinkDoc, NovuMind, Tongdun Technology e Makeblock Co., Ltd foram introduzidas em Nansha, com negócios que incluem chips de IA, direção automática, algoritmo básico de software, biometria, processamento de linguagem natural, novo tipo de interação homem-máquina e controle autônomo.

As estatísticas mostram que os resultados totais das empresas de IA relevantes, estabelecidas em Nansha, atingiram 2,4 bilhões de yuans. Existem 15 e 10 empresas, respectivamente, cada uma contribuindo com o resultado de mais de 10 milhões de yuans e 100 milhões de yuans. O que aconteceu em Nansha foi o efeito da aglomeração industrial.

De acordo com o Plano de Desenvolvimento de Esboço para a região da Grande Baía de Guangdong, Hong Kong e Macau, o distrito de Nansha será desenvolvido em uma zona de demonstração para ampla cooperação entre Guangdong, Hong Kong e Macau. Para o setor de IA, Nansha também valoriza parcerias com as outras duas regiões. Em setembro, o campus da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong, em Guangzhou, começou a construção. No futuro, serão oferecidos cursos de IA e ciência de dados, fortalecendo o apoio intelectual ao setor de IA da região da Grande Baía.

Em abril, o DM-AI, fundado pelos melhores profissionais do mundo do setor de IA, foi introduzido em Nansha. Dong Le, assistente do presidente, disse que Nansha ostenta atmosfera rica, mecanismos aprimorados e políticas vantajosas de inovação. O governo estabeleceu um relacionamento próximo com as empresas e ajudou a promover o setor de IA, permitindo que as empresas percebessem sua determinação e apoio.

FONTE Guangzhou Nansha District Artificial Intelligence Vocational Education and Training Center

GUANGZHOU, China, 31 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- Na 2ª Cúpula Internacional de Inteligência Artificial e Inteligência de Guangzhou, foi lançado o Centro Educacional e de Treinamento Profissional em Inteligência Artificial do distrito Nansha, em Guangzhou. O centro fará parceria nas áreas de recursos de ensino, criação de currículo e reconhecimento recíproco de créditos com universidades nacionais e estrangeiras, como a Universidade Politécnica de Hong Kong, a Universidade do Sul da Califórnia e a Universidade de Tecnologia do Sul da China.

Por fazer parte do ecossistema setorial de IA, o treinamento de talentos profissionais é de suma importância. De acordo com o relatório sobre distribuição industrial mundial de inteligência artificial, divulgado pela Goldman Sachs, entre todos os projetos emergentes de IA, em 2017, o número de chineses representou 51% e superou o dos EUA. No entanto, apenas 5% dos talentos globais de IA são provenientes da China. Especialistas acreditam que o Centro ajudará a cultivar talentos para apoiar o desenvolvimento aprofundado do setor.

Nos últimos anos, o distrito de Nansha fez a IA e os setores de apoio relevantes avançarem de maneira proativa, com o objetivo de ser um pilar do setor. Em 2017, Nansha planejou estabelecer o Fundo Guangzhou do Setor de IA, com 10 bilhões de yuans e atrair uma série de fundos do setor de IA para a construção de um parque de valor de inovação da IA, abrangendo 5 km2 em cinco a dez anos. Para as equipes de ponta do setor, o distrito disponibilizará até 100 milhões de yuans para ajudar no financiamento de seus projetos em Nansha.

Em 2018, Nansha, sendo uma das principais apoiadoras da China para o setor de IA, introduziu políticas de apoio em série, como as medidas para dar suporte ao desenvolvimento do setor de IA, o plano de trabalho sobre dados abertos e cenários de implementação, no distrito de Nansha, Guangzhou e o plano de ação de três anos para o desenvolvimento do setor de IA, no distrito de Nansha, em Guangzhou.

Guiado e apoiado por políticas, o grupo do setor de IA de Nansha vem testemunhando rápido desenvolvimento, tendo atraído quatro plataformas integradas do setor de IA: o Instituto Internacional de Inteligência Artificial de Guangzhou, o Instituto de Pesquisa Industrial de Software Inteligente de Guangzhou, o Instituto de Inteligência Artificial iFLYTEK do Sul da China e o Centro de Pesquisa e Inovação de Imagens Visuais de Cloudwalk (uma empresa unicórnio), que ajudam a criar avanços nas principais tecnologias.

Enquanto isso, mais de 170 empresas de IA, como a Cloudwalk, Pony.ai, iFLYTEK, LinkDoc, NovuMind, Tongdun Technology e Makeblock Co., Ltd foram introduzidas em Nansha, com negócios que incluem chips de IA, direção automática, algoritmo básico de software, biometria, processamento de linguagem natural, novo tipo de interação homem-máquina e controle autônomo.

As estatísticas mostram que os resultados totais das empresas de IA relevantes, estabelecidas em Nansha, atingiram 2,4 bilhões de yuans. Existem 15 e 10 empresas, respectivamente, cada uma contribuindo com o resultado de mais de 10 milhões de yuans e 100 milhões de yuans. O que aconteceu em Nansha foi o efeito da aglomeração industrial.

De acordo com o Plano de Desenvolvimento de Esboço para a região da Grande Baía de Guangdong, Hong Kong e Macau, o distrito de Nansha será desenvolvido em uma zona de demonstração para ampla cooperação entre Guangdong, Hong Kong e Macau. Para o setor de IA, Nansha também valoriza parcerias com as outras duas regiões. Em setembro, o campus da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong, em Guangzhou, começou a construção. No futuro, serão oferecidos cursos de IA e ciência de dados, fortalecendo o apoio intelectual ao setor de IA da região da Grande Baía.

Em abril, o DM-AI, fundado pelos melhores profissionais do mundo do setor de IA, foi introduzido em Nansha. Dong Le, assistente do presidente, disse que Nansha ostenta atmosfera rica, mecanismos aprimorados e políticas vantajosas de inovação. O governo estabeleceu um relacionamento próximo com as empresas e ajudou a promover o setor de IA, permitindo que as empresas percebessem sua determinação e apoio.

FONTE Guangzhou Nansha District Artificial Intelligence Vocational Education and Training Center