O estudo sobre a eficácia da vacina Sputnik Light (o primeiro componente da vacina Sputnik V) entre os idosos na Argentina foi publicado na revista EClinicalMedicine

EClinicalMedicine: uma revista médica arbitrada de acesso aberto (publicada pela principal revista médica The Lancet)

MOSCOU, 13 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, o fundo soberano da Federação Russa) anuncia a publicação na revista internacional revisada por pares "EclinicalMedicine" (publicada pela principal revista médica "The Lancet") de um estudo sobre a eficácia da vacina contra o coronavírus Sputnik Light (o primeiro componente da vacina Sputnik V) na vacinação de idosos na província de Buenos Aires (Argentina).

Encontra o artigo com o link:

https://www.thelancet.com/journals/eclinm/article/PIIS2589-5370(21)00406-5/fulltext#%20

A vacina Sputnik Light é o primeiro componente (sorotipo 26 de adenovírus humano recombinante (rAd26)) da vacina Sputnik V. De acordo com o estudo na província de Buenos Aires, a Sputnik Light demonstrou ser 78,6-83,7% eficaz contra o coronavírus entre as pessoas idosas de 60-79 anos que estão em maior risco. A "Sputnik Light" demonstrou eficácia significativamente maior contra o coronavírus em idosos em comparação com muitas outras vacinas de dois componentes.

A Sputnik Light demonstrou também a sua eficácia contra a internação no nível de 82,1-87,6%. Os cálculos são baseados em dados de mais de 40 mil pessoas obtidos pelo Ministério da Saúde da província de Buenos Aires.

Os autores do estudo publicado são 15 especialistas (Soledad Gonzalez, Santiago Olszewski, Martin Salazar, Ana Calabria, Lorena Regairas, Lupe Marín, Patricia Campos, Teresa Varela, Veronica Gonzalez Martinez, Leticia Seriani, Mari Eniaso García, Elisa Estenssoro e Franco Marsico) do Ministério da Saúde da Província de Buenos Aires e da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Nacional de La Plata, do Departamento de Imunologia do Hospital das Crianças Irmã Maria Ludovica (La Plata, Província de Buenos Aires) e do Instituto de Informática da Universidade de Buenos Aires.

Vantagens principais da vacina Sputnik Light:

  • A vacina "Sputnik Light" é o primeiro componente (sorotipo 26 de adenovírus humano recombinante (rAd26)) da vacina Sputnik V, a primeira vacina registrada no mundo contra o coronavírus.
  • "Sputnik Light" é eficaz contra novas cepas de coronavírus de acordo com os resultados de estudos de laboratório do Cento Gamaleya. 
  • "Sputnik Light" não requer condições especiais de armazenamento e logística.
  • A vacina "Sputnik Light" é criada na plataforma estudada e testada de vetores adenovirais humanos cujas vantagens importantes são a segurança, a eficácia e a ausência de consequências negativas de longo prazo, confirmadas em mais de 250 estudos clínicos conduzidos no mundo ao longo de duas décadas (com a história de uso de adenovírus humano em vacinas iniciada em 1953). 

O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) foi fundado em 2011 para investir no capital de empresas principalmente na Rússia, juntamente com os principais investidores financeiros e estratégicos estrangeiros. O fundo atua como um catalisador para o investimento direto na economia russa. No momento, o RDIF tem um histórico de sucesso na implementação conjunta de mais de 80 projetos com parceiros estrangeiros com um volume total de mais de 2 trilhões de rublos cobrindo 95% das regiões da Federação Russa. As empresas do portfólio do RDIF empregam mais de 800 mil funcionários e têm a receita anual de 6% do PIB da Rússia. O RDIF estabeleceu parcerias estratégicas conjuntas com os principais co-investidores internacionais de 18 países, totalizando mais de US$ 40 bilhões. Pode encontrar mais informações no site: rdif.ru

Logo: https://mma.prnewswire.com/media/1140939/Russian_Direct_Investment_Fund_Logo.jpg 

FONTE The Russian Direct Invest Fund (RDIF)

EClinicalMedicine: uma revista médica arbitrada de acesso aberto (publicada pela principal revista médica The Lancet)

MOSCOU, 13 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, o fundo soberano da Federação Russa) anuncia a publicação na revista internacional revisada por pares "EclinicalMedicine" (publicada pela principal revista médica "The Lancet") de um estudo sobre a eficácia da vacina contra o coronavírus Sputnik Light (o primeiro componente da vacina Sputnik V) na vacinação de idosos na província de Buenos Aires (Argentina).

Encontra o artigo com o link:

https://www.thelancet.com/journals/eclinm/article/PIIS2589-5370(21)00406-5/fulltext#%20

A vacina Sputnik Light é o primeiro componente (sorotipo 26 de adenovírus humano recombinante (rAd26)) da vacina Sputnik V. De acordo com o estudo na província de Buenos Aires, a Sputnik Light demonstrou ser 78,6-83,7% eficaz contra o coronavírus entre as pessoas idosas de 60-79 anos que estão em maior risco. A "Sputnik Light" demonstrou eficácia significativamente maior contra o coronavírus em idosos em comparação com muitas outras vacinas de dois componentes.

A Sputnik Light demonstrou também a sua eficácia contra a internação no nível de 82,1-87,6%. Os cálculos são baseados em dados de mais de 40 mil pessoas obtidos pelo Ministério da Saúde da província de Buenos Aires.

Os autores do estudo publicado são 15 especialistas (Soledad Gonzalez, Santiago Olszewski, Martin Salazar, Ana Calabria, Lorena Regairas, Lupe Marín, Patricia Campos, Teresa Varela, Veronica Gonzalez Martinez, Leticia Seriani, Mari Eniaso García, Elisa Estenssoro e Franco Marsico) do Ministério da Saúde da Província de Buenos Aires e da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade Nacional de La Plata, do Departamento de Imunologia do Hospital das Crianças Irmã Maria Ludovica (La Plata, Província de Buenos Aires) e do Instituto de Informática da Universidade de Buenos Aires.

Vantagens principais da vacina Sputnik Light:

  • A vacina "Sputnik Light" é o primeiro componente (sorotipo 26 de adenovírus humano recombinante (rAd26)) da vacina Sputnik V, a primeira vacina registrada no mundo contra o coronavírus.
  • "Sputnik Light" é eficaz contra novas cepas de coronavírus de acordo com os resultados de estudos de laboratório do Cento Gamaleya. 
  • "Sputnik Light" não requer condições especiais de armazenamento e logística.
  • A vacina "Sputnik Light" é criada na plataforma estudada e testada de vetores adenovirais humanos cujas vantagens importantes são a segurança, a eficácia e a ausência de consequências negativas de longo prazo, confirmadas em mais de 250 estudos clínicos conduzidos no mundo ao longo de duas décadas (com a história de uso de adenovírus humano em vacinas iniciada em 1953). 

O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) foi fundado em 2011 para investir no capital de empresas principalmente na Rússia, juntamente com os principais investidores financeiros e estratégicos estrangeiros. O fundo atua como um catalisador para o investimento direto na economia russa. No momento, o RDIF tem um histórico de sucesso na implementação conjunta de mais de 80 projetos com parceiros estrangeiros com um volume total de mais de 2 trilhões de rublos cobrindo 95% das regiões da Federação Russa. As empresas do portfólio do RDIF empregam mais de 800 mil funcionários e têm a receita anual de 6% do PIB da Rússia. O RDIF estabeleceu parcerias estratégicas conjuntas com os principais co-investidores internacionais de 18 países, totalizando mais de US$ 40 bilhões. Pode encontrar mais informações no site: rdif.ru

Logo: https://mma.prnewswire.com/media/1140939/Russian_Direct_Investment_Fund_Logo.jpg 

FONTE The Russian Direct Invest Fund (RDIF)

Você acabou de ler:

O estudo sobre a eficácia da vacina Sputnik Light (o primeiro componente da vacina Sputnik V) entre os idosos na Argentina foi publicado na revista EClinicalMedicine

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/o-estudo-sobre-a-eficacia-da-vacina-sputnik-light-o-primeiro-componente-da-vacina-sputnik-v-entre-os-idosos-na-argentina-foi-publicado-na-revista-eclinicalmedicine/