O otimismo para o crescimento do setor de construção continua alto, mas seu sucesso na transformação digital depende da implementação centrada no ser humano, de acordo com relatório

Noventa e seis por cento dos profissionais de projetos de capital e de construção estão otimistas em relação ao futuro de suas empresas. As tecnologias digitais são o principal impulsionador do crescimento, mas o gerenciamento das mudanças deve melhorar para que haja uma transformação bem-sucedida 

SCOTTSDALE, Arizona, 20 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- A InEight Inc., líder global em software de gestão de projetos de construção, lançou hoje seu segundo relatório anual Perspectiva Global de Projetos de Capital. A Perspectiva extrai dados de pesquisas realizadas com 300 dos maiores proprietários de projetos de capital do mundo e profissionais de empreiteiras nas Américas, Europa e APAC.

A pesquisa revela que 96% dos entrevistados estão muito ou razoavelmente otimistas quanto às perspectivas de crescimento de sua empresa para o próximo ano, um aumento em relação aos 92% em 2021. As tecnologias digitais (57%) e coleta de dados, análises e percepções (53%) oferecem as principais oportunidades de crescimento; no entanto, quase todos (93%) os entrevistados disseram que sua experiência de gerenciamento de mudanças ainda precisa melhorar, sinalizando a necessidade de uma abordagem mais sofisticada e centrada no ser humano para a implementação das tecnologias.

Em particular, os entrevistados identificaram a implementação desigual ou esporádica (58%), questões relacionadas à integração de processos e de dados (54%), comunicação insatisfatória (51%) e limitações técnicas e de sistemas (51%) como as principais frustrações causadas pela implementação das tecnologias.

Tendências semelhantes também foram identificadas quando eles foram questionados sobre barreiras para um maior investimento em tecnologia. Os entrevistados identificaram a dificuldade de integração com os sistemas existentes e a falta de talentos com qualificações técnicas para facilitar o processo como questões-chave.

Ao comentar sobre a Perspectiva, Jake Macholtz, CEO da InEight, disse:  " Todas as pessoas com quem conversamos estão falando sobre oportunidades de crescimento tanto para os proprietários quanto para os empreiteiros. O otimismo, a resiliência e a confiança do setor são quase tangíveis, de tão fortes. Isso é particularmente animador considerando a situação econômica na qual as empresas estão operando e as dificuldades de implementação associadas com a transformação digital. Parece que a perspectiva de alavancar tecnologias digitais para construir um mundo melhor está mantendo o astral alto."

Transformação centrada no ser humano

A Perspectiva constatou que os entrevistados consideram as tecnologias digitais muito úteis em suas funções cotidianas. Entre os fatores que trazem mais benefícios estão: obter informações detalhadas e holísticas sobre projetos e eventos (51%), priorizar tarefas/gerenciar o fluxo de trabalho dos projetos (50%) e garantir que as políticas de meio ambiente, saúde e segurança (EHS) estejam sendo seguidas (54%).

No entanto, destacando a necessidade de uma abordagem centrada no ser humano, 94% dos entrevistados disseram que têm preocupações específicas sobre o futuro da transformação digital. A redução da comunicação presencial (45%), a substituição da experiência profissional e da intuição humana pela tecnologia (43%), danos ao equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (41%) ou a substituição de cargos pela automação (39%) eram as primeiras coisas que vieram à mente dos entrevistados.

Quando questionados sobre quais benefícios esperavam da transformação digital no futuro, os entrevistados citaram mais automação (49%), mais controle (48%), maiores dados estratégicos (47%) e melhor comunicação (49%).

"Estão claros para os entrevistados os benefícios das tecnologias digitais, e eles estão ansiosos para concretizar esta nova visão do futuro, mas no momento o setor está deixando a desejar quando se trata de gerenciar mudanças organizacionais, tornando a transformação digital desnecessariamente árdua", disse Macholtz.

Um ambiente operacional fraco

Em um cenário de escassez na cadeia de suprimentos, pressão inflacionária, desafios em relação à energia e guerra na Ucrânia, proprietários de projetos de capital e empreiteiras demonstram um otimismo inabalável em relação à direção do setor. Notavelmente, os entrevistados relataram um aumento significativo nos gastos com construção e projetos de capital (um aumento de 68% no ano passado para 76% em 2022), enquanto a resiliência também permanece alta, uma vez que 91% dos entrevistados consideram que sua empresa é muito ou razoavelmente resiliente.

No entanto, em relação à Perspectiva do ano passado, a conclusão de projetos dentro do prazo e do orçamento caiu drasticamente. A conclusão dentro do prazo, conforme relatado pelas empreiteiras, caiu 16% em relação ao ano anterior, de 51% para 35%, enquanto a conclusão dentro ou abaixo do orçamento aprovado também caiu de 51% para 38%. Os proprietários ainda não observaram o mesmo impacto, relatando 43% dos projetos concluídos dentro do prazo e 45% dentro do orçamento.

Ressaltando o fraco ambiente operacional global, os entrevistados destacaram o risco não gerenciado ou inesperado como o fator que mais influencia na conclusão ou não de um projeto dentro do prazo e do orçamento.

Para acessar o relatório completo, acesse  ineight.com/annual-global-capital-projects-report

Sobre a Perspectiva Global de Projetos de Capital da InEight

Este relatório baseia-se em uma pesquisa com 300 grandes proprietários de projetos de capital e profissionais de construção, realizada em março de 2022 por meio de uma pesquisa on-line. 

A pesquisa incluiu 26 perguntas elaboradas para medir a confiança geral e os níveis de otimismo do setor e avaliar o histórico, os planos e as atitudes em relação à transformação digital.

Dos 300 entrevistados, foram extraídos 100 participantes de cada uma de nossas regiões de foco nas Américas, Europa e APAC, conferindo peso igual a cada uma das regiões no relatório. Globalmente, 67% dos entrevistados são proprietários de projetos e 33% são empreiteiros.

Todos os entrevistados trabalham no setor da construção; no entanto, para obter uma verdadeira leitura do setor global da construção em todo o mundo, incluímos aqueles que trabalham em funções de construção nos setores mais amplos, como:

Fabricação

Serviços de TI/computação

Construção

Mineração

Transporte

Telecomunicações

Petróleo, gás e serviços públicos

Serviços de saúde

Governo local

Governo central ou órgão público não departamental (NDPB)

Produtos químicos e farmacêuticos

Produtos e tecnologias da área da saúde

A pesquisa foi elaborada e realizada em conjunto com um parceiro especializado em pesquisas de mercado de tecnologia empresarial global, e os resultados foram, posteriormente, analisados e enviados a especialistas da InEight para comentários com base em suas experiências e pontos vantajosos no setor.

Sempre que possível, os resultados foram comparados a nossa pesquisa anterior de 2021. No entanto, isso não é possível em todos os casos devido a novas perguntas e alterações na redação na edição deste ano.

Sobre a InEight 

A InEight oferece softwares de gestão de projetos testados em campo para os proprietários, empreiteiros, engenheiros e projetistas que estão construindo o mundo ao nosso redor. Mais de 575 mil usuários e mais de 850 clientes em todo o mundo confiam na InEight para obter dados em tempo real que ajudam a gerenciar riscos e manter os projetos dentro do cronograma e dentro do orçamento durante todo o ciclo de vida.

Do planejamento ao projeto, da estimativa ao cronograma e da execução de campo até o faturamento, a InEight já impulsionou mais de USD 1 trilhão em projetos no mundo todo nas áreas de infraestrutura, setor público, energia e eletricidade, petróleo, gás e produtos químicos, mineração e comercial. Para mais informações, siga a InEight no LinkedIn ou acesse InEight.com.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1861906/InEight_Report.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/715598/InEight_Logo.jpg

FONTE InEight

Noventa e seis por cento dos profissionais de projetos de capital e de construção estão otimistas em relação ao futuro de suas empresas. As tecnologias digitais são o principal impulsionador do crescimento, mas o gerenciamento das mudanças deve melhorar para que haja uma transformação bem-sucedida 

SCOTTSDALE, Arizona, 20 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- A InEight Inc., líder global em software de gestão de projetos de construção, lançou hoje seu segundo relatório anual Perspectiva Global de Projetos de Capital. A Perspectiva extrai dados de pesquisas realizadas com 300 dos maiores proprietários de projetos de capital do mundo e profissionais de empreiteiras nas Américas, Europa e APAC.

A pesquisa revela que 96% dos entrevistados estão muito ou razoavelmente otimistas quanto às perspectivas de crescimento de sua empresa para o próximo ano, um aumento em relação aos 92% em 2021. As tecnologias digitais (57%) e coleta de dados, análises e percepções (53%) oferecem as principais oportunidades de crescimento; no entanto, quase todos (93%) os entrevistados disseram que sua experiência de gerenciamento de mudanças ainda precisa melhorar, sinalizando a necessidade de uma abordagem mais sofisticada e centrada no ser humano para a implementação das tecnologias.

Em particular, os entrevistados identificaram a implementação desigual ou esporádica (58%), questões relacionadas à integração de processos e de dados (54%), comunicação insatisfatória (51%) e limitações técnicas e de sistemas (51%) como as principais frustrações causadas pela implementação das tecnologias.

Tendências semelhantes também foram identificadas quando eles foram questionados sobre barreiras para um maior investimento em tecnologia. Os entrevistados identificaram a dificuldade de integração com os sistemas existentes e a falta de talentos com qualificações técnicas para facilitar o processo como questões-chave.

Ao comentar sobre a Perspectiva, Jake Macholtz, CEO da InEight, disse:  " Todas as pessoas com quem conversamos estão falando sobre oportunidades de crescimento tanto para os proprietários quanto para os empreiteiros. O otimismo, a resiliência e a confiança do setor são quase tangíveis, de tão fortes. Isso é particularmente animador considerando a situação econômica na qual as empresas estão operando e as dificuldades de implementação associadas com a transformação digital. Parece que a perspectiva de alavancar tecnologias digitais para construir um mundo melhor está mantendo o astral alto."

Transformação centrada no ser humano

A Perspectiva constatou que os entrevistados consideram as tecnologias digitais muito úteis em suas funções cotidianas. Entre os fatores que trazem mais benefícios estão: obter informações detalhadas e holísticas sobre projetos e eventos (51%), priorizar tarefas/gerenciar o fluxo de trabalho dos projetos (50%) e garantir que as políticas de meio ambiente, saúde e segurança (EHS) estejam sendo seguidas (54%).

No entanto, destacando a necessidade de uma abordagem centrada no ser humano, 94% dos entrevistados disseram que têm preocupações específicas sobre o futuro da transformação digital. A redução da comunicação presencial (45%), a substituição da experiência profissional e da intuição humana pela tecnologia (43%), danos ao equilíbrio entre trabalho e vida pessoal (41%) ou a substituição de cargos pela automação (39%) eram as primeiras coisas que vieram à mente dos entrevistados.

Quando questionados sobre quais benefícios esperavam da transformação digital no futuro, os entrevistados citaram mais automação (49%), mais controle (48%), maiores dados estratégicos (47%) e melhor comunicação (49%).

"Estão claros para os entrevistados os benefícios das tecnologias digitais, e eles estão ansiosos para concretizar esta nova visão do futuro, mas no momento o setor está deixando a desejar quando se trata de gerenciar mudanças organizacionais, tornando a transformação digital desnecessariamente árdua", disse Macholtz.

Um ambiente operacional fraco

Em um cenário de escassez na cadeia de suprimentos, pressão inflacionária, desafios em relação à energia e guerra na Ucrânia, proprietários de projetos de capital e empreiteiras demonstram um otimismo inabalável em relação à direção do setor. Notavelmente, os entrevistados relataram um aumento significativo nos gastos com construção e projetos de capital (um aumento de 68% no ano passado para 76% em 2022), enquanto a resiliência também permanece alta, uma vez que 91% dos entrevistados consideram que sua empresa é muito ou razoavelmente resiliente.

No entanto, em relação à Perspectiva do ano passado, a conclusão de projetos dentro do prazo e do orçamento caiu drasticamente. A conclusão dentro do prazo, conforme relatado pelas empreiteiras, caiu 16% em relação ao ano anterior, de 51% para 35%, enquanto a conclusão dentro ou abaixo do orçamento aprovado também caiu de 51% para 38%. Os proprietários ainda não observaram o mesmo impacto, relatando 43% dos projetos concluídos dentro do prazo e 45% dentro do orçamento.

Ressaltando o fraco ambiente operacional global, os entrevistados destacaram o risco não gerenciado ou inesperado como o fator que mais influencia na conclusão ou não de um projeto dentro do prazo e do orçamento.

Para acessar o relatório completo, acesse  ineight.com/annual-global-capital-projects-report

Sobre a Perspectiva Global de Projetos de Capital da InEight

Este relatório baseia-se em uma pesquisa com 300 grandes proprietários de projetos de capital e profissionais de construção, realizada em março de 2022 por meio de uma pesquisa on-line. 

A pesquisa incluiu 26 perguntas elaboradas para medir a confiança geral e os níveis de otimismo do setor e avaliar o histórico, os planos e as atitudes em relação à transformação digital.

Dos 300 entrevistados, foram extraídos 100 participantes de cada uma de nossas regiões de foco nas Américas, Europa e APAC, conferindo peso igual a cada uma das regiões no relatório. Globalmente, 67% dos entrevistados são proprietários de projetos e 33% são empreiteiros.

Todos os entrevistados trabalham no setor da construção; no entanto, para obter uma verdadeira leitura do setor global da construção em todo o mundo, incluímos aqueles que trabalham em funções de construção nos setores mais amplos, como:

Fabricação

Serviços de TI/computação

Construção

Mineração

Transporte

Telecomunicações

Petróleo, gás e serviços públicos

Serviços de saúde

Governo local

Governo central ou órgão público não departamental (NDPB)

Produtos químicos e farmacêuticos

Produtos e tecnologias da área da saúde

A pesquisa foi elaborada e realizada em conjunto com um parceiro especializado em pesquisas de mercado de tecnologia empresarial global, e os resultados foram, posteriormente, analisados e enviados a especialistas da InEight para comentários com base em suas experiências e pontos vantajosos no setor.

Sempre que possível, os resultados foram comparados a nossa pesquisa anterior de 2021. No entanto, isso não é possível em todos os casos devido a novas perguntas e alterações na redação na edição deste ano.

Sobre a InEight 

A InEight oferece softwares de gestão de projetos testados em campo para os proprietários, empreiteiros, engenheiros e projetistas que estão construindo o mundo ao nosso redor. Mais de 575 mil usuários e mais de 850 clientes em todo o mundo confiam na InEight para obter dados em tempo real que ajudam a gerenciar riscos e manter os projetos dentro do cronograma e dentro do orçamento durante todo o ciclo de vida.

Do planejamento ao projeto, da estimativa ao cronograma e da execução de campo até o faturamento, a InEight já impulsionou mais de USD 1 trilhão em projetos no mundo todo nas áreas de infraestrutura, setor público, energia e eletricidade, petróleo, gás e produtos químicos, mineração e comercial. Para mais informações, siga a InEight no LinkedIn ou acesse InEight.com.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1861906/InEight_Report.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/715598/InEight_Logo.jpg

FONTE InEight

Você acabou de ler:

O otimismo para o crescimento do setor de construção continua alto, mas seu sucesso na transformação digital depende da implementação centrada no ser humano, de acordo com relatório

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/o-otimismo-para-o-crescimento-do-setor-de-construcao-continua-alto-mas-seu-sucesso-na-transformacao-digital-depende-da-implementacao-centrada-no-ser-humano-de-acordo-com-relatorio/