O relatório da Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (IARD) mostra que os produtores líderes de cerveja, vinho e destilados alcançaram centenas de milhões de pessoas em todo o mundo em sua missão de combater o uso prejudicial de bebidas alcoólicas

LONDRES, 9 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- As 11 empresas por trás de algumas das mais populares marcas de cerveja, vinho e destilados do mundo criaram novas e inovadoras parcerias em diversos setores por meio dos compromissos de seus produtores.

As conquistas incluem:

  • realização da média de 347 programas de prevenção ao consumo de bebidas alcoólicas na direção, por ano, entre 2014 e 2017
  • alcance de mais de 6 milhões de jovens por meio de interações presenciais, entre 2015 e 2017, com mensagens contra o uso de bebidas alcoólicas por menores de idade;
  • especificação de que as agências de publicidade devem cumprir os códigos de publicidade responsável sobre bebidas alcoólicas em 97% dos contratos com eles em 2017;
  • o número de iniciativas locais de varejo responsável aumentou 66% entre 2014 e 2017;
  • a média de 224 iniciativas locais de varejo responsável operando, por ano, entre 2014 e 2017.

Em 2012, os principais produtores de cerveja, vinho e destilados que se comprometeram a fazer parte da Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (International Alliance for Responsible Drinking, IARD) comprometeram-se a trabalhar juntos para combater o uso nocivo de álcool e estabelecer novos padrões de responsabilidade para o setor como um todo.

O relatório completo detalha os progressos realizados ao longo dos cinco anos e demonstra o que pode ser alcançado quando os setores público, privado e civil se unem para enfrentar os desafios, incluindo o uso nocivo do álcool, doenças não transmissíveis (DNTs) e as metas estabelecidas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Temos conseguido muito trabalhando juntos e com os outros, e ainda há muito mais que podemos fazer. Estamos vendo mudanças positivas em muitas partes do mundo, no consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade, no consumo excessivo e no que se refere a beber e dirigir. Mas, queremos ver mudanças positivas em todas as partes do mundo.

O CEO e presidente da IARD e diretor executivo da Diageo, Ivan Menezes, comentou: "Tendo chegado ao fim dos cinco anos, podemos refletir com orgulho sobre a diferença tangível que já fizemos, bem como o trabalho que ainda precisamos fazer.

É nosso dever combater o uso nocivo do álcool, para ajudar a melhorar a saúde global, bem como reduzir o risco de doenças não transmissíveis.

Por meio dos compromissos dos nossos produtores, estabelecemos bases sólidas para o trabalho à frente, mas reconhecemos que há muito mais a ser feito. Mas não podemos agir sozinhos. Parcerias inovadoras com varejistas, departamentos governamentais, agências de saúde e organizações não governamentais têm sido fundamentais para o progresso que fizemos".

O CEO e presidente da IARD, Henry Ashworth, afirmou que "os compromissos dos produtores demonstram a determinação desses principais produtores globais de serem catalisadores de mudança e destacam o impacto que podem ter ao trabalharem com governos e ONGs.

Uma abordagem de toda a sociedade é fundamental para fornecer desenvolvimento sustentável local, nacional e globalmente, e os nossos esforços coletivos podem ir muito além se passarmos da agenda compartilhada para o desenvolvimento de soluções compartilhadas. Juntos podemos alcançar a mudança, reduzindo o uso nocivo do álcool e acelerando o progresso em direção aos ODS".

As principais conquistas dos compromissos dos produtores incluem:

Redução do consumo de álcool por menores de idade

  • Entre 2016 e 2017, 6 milhões de jovens alcançados com as interações presenciais
  • Entre 2015 e 2017, 3 milhões de influenciadores alcançados por meio de interações presenciais
  • Mais de meio bilhão de pessoas (546 milhões) foram alcançados entre 2014 e 2017 por meio dos canais de mídia e sociais

Redução do uso de bebidas alcoólicas por motoristas

  • Os membros realizaram a média de 347 programas de prevenção ao uso de álcool na direção, por ano, entre 2014 e 2017
  • Programas de álcool e direção e pilotos estavam em vigor em 76% dos países nos quais os integrantes estavam comercialmente ativos em 2017

Reforço dos códigos de prática de marketing

  • Em 2017, 97% dos contratos de membros com agências de publicidade especificaram que eles tinham de cumprir os códigos de publicidade responsável
  • A participação não setorial foi estabelecida em processos de autorregulação em 53 países de atividade comercial, em média, entre 2014 e 2017

Fornecimento de informações ao consumidor e inovação responsável de produtos

  • Dos quatro signatários que informaram o volume consumido, 85% dos produtos tinham símbolos ou palavras alertando contra o consumo prejudicial de bebidas em 2017
  • Dos sete signatários relatados pelas marcas, 59% dos produtos tinham símbolos ou palavras alertando contra o consumo prejudicial de bebidas em 2017

Trabalho com varejistas 

  • A média de 224 iniciativas locais de varejo responsável estavam em vigor por ano entre 2014 e 2017
  • Aumento de 66% no número de iniciativas locais de varejo responsável entre 2014 e 2017

Dentre os exemplos de iniciativas destacadas no relatório, estão:

Ação contra dirigir alcoolizado na Austrália e na Nova Zelândia

A DrinkWise Australia administra campanhas inovadoras de prevenção ao uso de bebidas alcoólicas por motoristas e é financiada por produtores australianos de bebidas alcoólicas. Fez parceria com a empresa Uber, em 2017, para desestimular os fãs de corridas de dirigirem embriagados, por meio da utilização do "DrinkWise UberZONE", durante o Melbourne Cup Carnival, que forneceu um ponto de acesso seguro e confiável para os participantes entrarem e saírem do hipódromo. A UberZONE promoveu as mensagens da DrinkWise Australia e da Uber sobre viagens seguras e consumo responsável de álcool, oferecendo água gratuita para os participantes enquanto esperavam, com conforto, suas viagens para casa com a Uber.

Políticas de marketing responsável sobre o uso do álcool no Camboja

A Aliança Internacional de Vinhos e Bebidas da Ásia-Pacífico (APIWSA), com o Ministro da Informação, Khieu Kanharith, assinou o "Código de conduta de marketing e comunicação responsável sobre o álcool no Camboja" em fevereiro de 2017. O código estabelece as regras relativas ao marketing do álcool e representa um conjunto de padrões comuns apoiados pelos principais produtores internacionais de álcool, como declarações sobre a força do álcool, o consumo nocivo de álcool e o não direcionamento para menores de 18 anos.

Melhora da prática de testes de respiração na Namíbia

Trabalhamos com o Fórum da Indústria do Álcool Autorregulável (Self-Regulating Alcohol Industry Forum, SAIF) para implementar o programa "Dirigindo embriagado", entre 2015 e 2017, que visava ajudar a reduzir a direção por pessoas embriagadas por meio de mensagens educativas públicas, melhores normas de fiscalização e métodos de detecção.

Entre 1º de agosto de 2017 e 31 de janeiro de 2018, os agentes de tráfego testaram mais de 153.000 motoristas e descobriram que 1% teve resultado positivo para o consumo de álcool. O policiamento de alta visibilidade dissuadiu os motoristas de beber, e a porcentagem dos motoristas presos por dirigir embriagados caiu de 6,8%, em 2016, para 0,5%, em 2017.

Letônia: você venderia álcool para o seu filho?

A Associação da Indústria do Álcool da Letônia Associação da Indústria do Álccol da Letônia (Latvian Alcohol Industry Association, LANA) lançou campanhas de conscientização e operações de compras de testes, usando voluntários menores de idade em 2016 e 2017. A LANA fez parceria com a Associação de Hotéis e Restaurantes da Letônia (Association of Hotels and Restaurants of Latvia, AHRL), a Associação de Comerciantes da Letônia, a Associação de Varejistas de Alimentos da Letônia (Latvian Food Retailers' Association, LPTA) e da Associação Médica da Letônia, para realizar mais de 40 compromissos com varejistas. A iniciativa pediu à equipe de vendas para imaginar quais seriam as consequências da venda de bebidas alcoólicas para seus próprios filhos e os lembrou de pedir um documento de identificação.

Em 2017, aproximadamente 1.250 caixas registradoras de lojas do varejo exibiram os materiais da campanha, e cerca de 400 hotéis, cafés e restaurantes aderiram à iniciativa. A campanha foi exibida na TV, rádio e internet, alcançando, potencialmente, cerca de 2 milhões de pessoas. Após a campanha, 90% dos meninos e pouco mais de 65% das meninas foram impedidos de comprar bebidas alcoólicas sem apresentar o documento de identidade.

Os 11 signatários dos compromissos dos produtores de cerveja, vinho e bebidas para reduzir o consumo de bebidas nocivas são a Anheuser-Busch InBev, a Asahi Group Holdings, a Bacardi, a Beam Suntory, a Brown-Forman Corporation, a Carlsberg, a Diageo, a HEINEKEN, a Kirin Holdings, a Molson Coors e a Pernod Ricard.

Compromissos dos produtores:

  • Reduzir o consumo de álcool entre jovens menores de idade
  • Fortalecer e ampliar os códigos de prática de marketing
  • Fornecer informações ao consumidor e inovação responsável de produtos
  • Reduzir o uso de bebidas e a direção de veículos
  • Recrutar o apoio dos varejistas para reduzir o consumo prejudicial do álcool

A Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (IARD) é uma organização sem fins lucrativos, dedicada a abordar o consumo prejudicial do álcool em todo o mundo e promover o consumo responsável entre aqueles que optam por beber. A IARD é apoiada por empresas associadas de todos os setores da indústria regulamentada do álcool (cerveja, vinho e destilados) em seu propósito comum de fazer parte da solução para reduzir o uso prejudicial do álcool.

Para obter mais informações sobre a associação de membros e o que fazemos, visite o site: http://www.producerscommitments.org.

Logo: https://mma.prnewswire.com/media/715226/IARD_Logo.jpg 

 

FONTE IARD - International Alliance for Responsible Drinking

LONDRES, 9 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- As 11 empresas por trás de algumas das mais populares marcas de cerveja, vinho e destilados do mundo criaram novas e inovadoras parcerias em diversos setores por meio dos compromissos de seus produtores.

As conquistas incluem:

  • realização da média de 347 programas de prevenção ao consumo de bebidas alcoólicas na direção, por ano, entre 2014 e 2017
  • alcance de mais de 6 milhões de jovens por meio de interações presenciais, entre 2015 e 2017, com mensagens contra o uso de bebidas alcoólicas por menores de idade;
  • especificação de que as agências de publicidade devem cumprir os códigos de publicidade responsável sobre bebidas alcoólicas em 97% dos contratos com eles em 2017;
  • o número de iniciativas locais de varejo responsável aumentou 66% entre 2014 e 2017;
  • a média de 224 iniciativas locais de varejo responsável operando, por ano, entre 2014 e 2017.

Em 2012, os principais produtores de cerveja, vinho e destilados que se comprometeram a fazer parte da Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (International Alliance for Responsible Drinking, IARD) comprometeram-se a trabalhar juntos para combater o uso nocivo de álcool e estabelecer novos padrões de responsabilidade para o setor como um todo.

O relatório completo detalha os progressos realizados ao longo dos cinco anos e demonstra o que pode ser alcançado quando os setores público, privado e civil se unem para enfrentar os desafios, incluindo o uso nocivo do álcool, doenças não transmissíveis (DNTs) e as metas estabelecidas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Temos conseguido muito trabalhando juntos e com os outros, e ainda há muito mais que podemos fazer. Estamos vendo mudanças positivas em muitas partes do mundo, no consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade, no consumo excessivo e no que se refere a beber e dirigir. Mas, queremos ver mudanças positivas em todas as partes do mundo.

O CEO e presidente da IARD e diretor executivo da Diageo, Ivan Menezes, comentou: "Tendo chegado ao fim dos cinco anos, podemos refletir com orgulho sobre a diferença tangível que já fizemos, bem como o trabalho que ainda precisamos fazer.

É nosso dever combater o uso nocivo do álcool, para ajudar a melhorar a saúde global, bem como reduzir o risco de doenças não transmissíveis.

Por meio dos compromissos dos nossos produtores, estabelecemos bases sólidas para o trabalho à frente, mas reconhecemos que há muito mais a ser feito. Mas não podemos agir sozinhos. Parcerias inovadoras com varejistas, departamentos governamentais, agências de saúde e organizações não governamentais têm sido fundamentais para o progresso que fizemos".

O CEO e presidente da IARD, Henry Ashworth, afirmou que "os compromissos dos produtores demonstram a determinação desses principais produtores globais de serem catalisadores de mudança e destacam o impacto que podem ter ao trabalharem com governos e ONGs.

Uma abordagem de toda a sociedade é fundamental para fornecer desenvolvimento sustentável local, nacional e globalmente, e os nossos esforços coletivos podem ir muito além se passarmos da agenda compartilhada para o desenvolvimento de soluções compartilhadas. Juntos podemos alcançar a mudança, reduzindo o uso nocivo do álcool e acelerando o progresso em direção aos ODS".

As principais conquistas dos compromissos dos produtores incluem:

Redução do consumo de álcool por menores de idade

  • Entre 2016 e 2017, 6 milhões de jovens alcançados com as interações presenciais
  • Entre 2015 e 2017, 3 milhões de influenciadores alcançados por meio de interações presenciais
  • Mais de meio bilhão de pessoas (546 milhões) foram alcançados entre 2014 e 2017 por meio dos canais de mídia e sociais

Redução do uso de bebidas alcoólicas por motoristas

  • Os membros realizaram a média de 347 programas de prevenção ao uso de álcool na direção, por ano, entre 2014 e 2017
  • Programas de álcool e direção e pilotos estavam em vigor em 76% dos países nos quais os integrantes estavam comercialmente ativos em 2017

Reforço dos códigos de prática de marketing

  • Em 2017, 97% dos contratos de membros com agências de publicidade especificaram que eles tinham de cumprir os códigos de publicidade responsável
  • A participação não setorial foi estabelecida em processos de autorregulação em 53 países de atividade comercial, em média, entre 2014 e 2017

Fornecimento de informações ao consumidor e inovação responsável de produtos

  • Dos quatro signatários que informaram o volume consumido, 85% dos produtos tinham símbolos ou palavras alertando contra o consumo prejudicial de bebidas em 2017
  • Dos sete signatários relatados pelas marcas, 59% dos produtos tinham símbolos ou palavras alertando contra o consumo prejudicial de bebidas em 2017

Trabalho com varejistas 

  • A média de 224 iniciativas locais de varejo responsável estavam em vigor por ano entre 2014 e 2017
  • Aumento de 66% no número de iniciativas locais de varejo responsável entre 2014 e 2017

Dentre os exemplos de iniciativas destacadas no relatório, estão:

Ação contra dirigir alcoolizado na Austrália e na Nova Zelândia

A DrinkWise Australia administra campanhas inovadoras de prevenção ao uso de bebidas alcoólicas por motoristas e é financiada por produtores australianos de bebidas alcoólicas. Fez parceria com a empresa Uber, em 2017, para desestimular os fãs de corridas de dirigirem embriagados, por meio da utilização do "DrinkWise UberZONE", durante o Melbourne Cup Carnival, que forneceu um ponto de acesso seguro e confiável para os participantes entrarem e saírem do hipódromo. A UberZONE promoveu as mensagens da DrinkWise Australia e da Uber sobre viagens seguras e consumo responsável de álcool, oferecendo água gratuita para os participantes enquanto esperavam, com conforto, suas viagens para casa com a Uber.

Políticas de marketing responsável sobre o uso do álcool no Camboja

A Aliança Internacional de Vinhos e Bebidas da Ásia-Pacífico (APIWSA), com o Ministro da Informação, Khieu Kanharith, assinou o "Código de conduta de marketing e comunicação responsável sobre o álcool no Camboja" em fevereiro de 2017. O código estabelece as regras relativas ao marketing do álcool e representa um conjunto de padrões comuns apoiados pelos principais produtores internacionais de álcool, como declarações sobre a força do álcool, o consumo nocivo de álcool e o não direcionamento para menores de 18 anos.

Melhora da prática de testes de respiração na Namíbia

Trabalhamos com o Fórum da Indústria do Álcool Autorregulável (Self-Regulating Alcohol Industry Forum, SAIF) para implementar o programa "Dirigindo embriagado", entre 2015 e 2017, que visava ajudar a reduzir a direção por pessoas embriagadas por meio de mensagens educativas públicas, melhores normas de fiscalização e métodos de detecção.

Entre 1º de agosto de 2017 e 31 de janeiro de 2018, os agentes de tráfego testaram mais de 153.000 motoristas e descobriram que 1% teve resultado positivo para o consumo de álcool. O policiamento de alta visibilidade dissuadiu os motoristas de beber, e a porcentagem dos motoristas presos por dirigir embriagados caiu de 6,8%, em 2016, para 0,5%, em 2017.

Letônia: você venderia álcool para o seu filho?

A Associação da Indústria do Álcool da Letônia Associação da Indústria do Álccol da Letônia (Latvian Alcohol Industry Association, LANA) lançou campanhas de conscientização e operações de compras de testes, usando voluntários menores de idade em 2016 e 2017. A LANA fez parceria com a Associação de Hotéis e Restaurantes da Letônia (Association of Hotels and Restaurants of Latvia, AHRL), a Associação de Comerciantes da Letônia, a Associação de Varejistas de Alimentos da Letônia (Latvian Food Retailers' Association, LPTA) e da Associação Médica da Letônia, para realizar mais de 40 compromissos com varejistas. A iniciativa pediu à equipe de vendas para imaginar quais seriam as consequências da venda de bebidas alcoólicas para seus próprios filhos e os lembrou de pedir um documento de identificação.

Em 2017, aproximadamente 1.250 caixas registradoras de lojas do varejo exibiram os materiais da campanha, e cerca de 400 hotéis, cafés e restaurantes aderiram à iniciativa. A campanha foi exibida na TV, rádio e internet, alcançando, potencialmente, cerca de 2 milhões de pessoas. Após a campanha, 90% dos meninos e pouco mais de 65% das meninas foram impedidos de comprar bebidas alcoólicas sem apresentar o documento de identidade.

Os 11 signatários dos compromissos dos produtores de cerveja, vinho e bebidas para reduzir o consumo de bebidas nocivas são a Anheuser-Busch InBev, a Asahi Group Holdings, a Bacardi, a Beam Suntory, a Brown-Forman Corporation, a Carlsberg, a Diageo, a HEINEKEN, a Kirin Holdings, a Molson Coors e a Pernod Ricard.

Compromissos dos produtores:

  • Reduzir o consumo de álcool entre jovens menores de idade
  • Fortalecer e ampliar os códigos de prática de marketing
  • Fornecer informações ao consumidor e inovação responsável de produtos
  • Reduzir o uso de bebidas e a direção de veículos
  • Recrutar o apoio dos varejistas para reduzir o consumo prejudicial do álcool

A Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (IARD) é uma organização sem fins lucrativos, dedicada a abordar o consumo prejudicial do álcool em todo o mundo e promover o consumo responsável entre aqueles que optam por beber. A IARD é apoiada por empresas associadas de todos os setores da indústria regulamentada do álcool (cerveja, vinho e destilados) em seu propósito comum de fazer parte da solução para reduzir o uso prejudicial do álcool.

Para obter mais informações sobre a associação de membros e o que fazemos, visite o site: http://www.producerscommitments.org.

Logo: https://mma.prnewswire.com/media/715226/IARD_Logo.jpg 

 

FONTE IARD - International Alliance for Responsible Drinking

Você acabou de ler:

O relatório da Aliança Internacional para o Consumo Responsável de Bebidas (IARD) mostra que os produtores líderes de cerveja, vinho e destilados alcançaram centenas de milhões de pessoas em todo o mundo em sua missão de combater o uso prejudicial de bebidas alcoólicas

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/o-relatorio-da-alianca-internacional-para-o-consumo-responsavel-de-bebidas-iard-mostra-que-os-produtores-lideres-de-cerveja-vinho-e-destilados-alcancaram-centenas-de-milhoes-de-pessoas-em-todo-o-mu/