Open Finance exige credibilidade e segurança para acesso ao sistema financeiro

Fintech brasileira se destaca no modelo de gestão digital seja para Pequenas e Médias Empresas seja para grandes players do sistema financeiro

CURITIBA, Brasil, 17 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- O Open Finance, etapa que consolida o Open Banking no Brasil, marca a evolução do modelo do Sistema Financeiro Aberto que oportuniza o compartilhamento de informações e de serviços entre bancos e instituições financeiras e marca uma revolução no mercado. O open finance foi além do compartilhamento de informações básicas e abriu a visão estratégica, com a devida permissão do cliente, de serviços financeiros como: credenciamento, câmbio, investimentos, seguro e previdência.

E isso tem exigido um grande poder de adaptação das empresas às oportunidades apresentadas pelo modelo digital. Para aderir a essa proposta é importante buscar o conhecimento de uma empresa com reconhecimento no mercado. É o caso da fintech Celero que além de credibilidade oferece ao setor a capacidade de ajustar serviços financeiros diferenciados, com a segurança de quem atua no mercado brasileiro e conhece as exigências e legislações que impactam o setor.

A fintech se estabeleceu com soluções customizadas às diferentes necessidades dos clientes iniciais, pequenas e médias empresas (PMEs), com uma plataforma que interliga as informações bancárias e agiliza a gestão financeira das empresas. E recentemente passou a integrar os serviços da Visa ao disponibilizar uma solução de BFM (Business Financial Management - Gestão Financeira Empresarial, em português) já adequada ao conceito do Open Banking. A plataforma também customizável é comercializada para bancos, credenciadores e parceiros com o objetivo de apoiá-los na oferta de produtos e serviços customizáveis para seus clientes pessoa jurídica (PJ).

Com o consentimento das empresas, a tecnologia com inteligência artificial consegue identificar onde cada CNPJ possui contas a receber e a pagar; reunir as informações; cruzar e analisar os dados e, assim, oferecer benefícios interessantes aos seus usuários. O compartilhamento dessas informações torna a tarefa administrativa fácil e corriqueira, inserida na rotina do empreendedor. "A nossa plataforma simplifica a rotina com gráficos e instruções seguras, mostrando todo o fluxo do negócio por meio digital. O sistema traz inúmeras possibilidades para o uso dos dados", analisa João Tosin, CEO da Celero.

O Open Finance também responde a uma grande expectativa das instituições financeiras com soluções mais amplas que os serviços oferecidos tradicionalmente, passando a consolidar um hub de soluções. "No nosso caso, essa integração e rapidez na transmissão dos dados foi a chave para a criação de uma plataforma que atendesse às cerca de 95% das pequenas e médias empresas do País que não têm contato e não utilizam nenhuma ferramenta de gestão e ao mesmo tempo podemos fornecer essas atividades através das contas dos clientes das grandes instituições financeiras. Ou seja, mercado aberto para atuação estratégica dos dois lados da balança", afirma o executivo da Celero.

O Open Finance vem sendo regulamentado pelo Banco Central e pelo Conselho Monetário Nacional que incorporaram dispositivos para garantir que atuação no setor seja compatível com boas práticas de governança (administração), políticas de controles internos, gestão de riscos, auditoria, transparência e políticas de comunicação. "Estamos acompanhando esse passo a passo, desde o início, e ter a dimensão exata de onde vamos atuar é extremamente promissor. Esse universo de gestão empresarial digital vai ser um grande passo e as instituições financeiras que entenderam o conceito da mudança, o quanto antes, vão estar à frente", resume Tosin.

Até 30 de junho, o BC deve aprovar a estrutura definitiva de monitoramento do open finance.

Sobre a Celero

A Celero oferece soluções para pequenos e médios empreendedores com a possibilidade de descomplicar a rotina do setor financeiro através de um software para gestão financeira fácil de usar. É a única solução que não exige conhecimento técnico no Brasil. Sediada em Curitiba, é um dos expoentes do open finance, a evolução do open banking, sendo referência a pequenas e médias empresas com soluções que promovem integração e rapidez aos processos de gestão financeira.

 

FONTE Celero

Fintech brasileira se destaca no modelo de gestão digital seja para Pequenas e Médias Empresas seja para grandes players do sistema financeiro

CURITIBA, Brasil, 17 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- O Open Finance, etapa que consolida o Open Banking no Brasil, marca a evolução do modelo do Sistema Financeiro Aberto que oportuniza o compartilhamento de informações e de serviços entre bancos e instituições financeiras e marca uma revolução no mercado. O open finance foi além do compartilhamento de informações básicas e abriu a visão estratégica, com a devida permissão do cliente, de serviços financeiros como: credenciamento, câmbio, investimentos, seguro e previdência.

E isso tem exigido um grande poder de adaptação das empresas às oportunidades apresentadas pelo modelo digital. Para aderir a essa proposta é importante buscar o conhecimento de uma empresa com reconhecimento no mercado. É o caso da fintech Celero que além de credibilidade oferece ao setor a capacidade de ajustar serviços financeiros diferenciados, com a segurança de quem atua no mercado brasileiro e conhece as exigências e legislações que impactam o setor.

A fintech se estabeleceu com soluções customizadas às diferentes necessidades dos clientes iniciais, pequenas e médias empresas (PMEs), com uma plataforma que interliga as informações bancárias e agiliza a gestão financeira das empresas. E recentemente passou a integrar os serviços da Visa ao disponibilizar uma solução de BFM (Business Financial Management - Gestão Financeira Empresarial, em português) já adequada ao conceito do Open Banking. A plataforma também customizável é comercializada para bancos, credenciadores e parceiros com o objetivo de apoiá-los na oferta de produtos e serviços customizáveis para seus clientes pessoa jurídica (PJ).

Com o consentimento das empresas, a tecnologia com inteligência artificial consegue identificar onde cada CNPJ possui contas a receber e a pagar; reunir as informações; cruzar e analisar os dados e, assim, oferecer benefícios interessantes aos seus usuários. O compartilhamento dessas informações torna a tarefa administrativa fácil e corriqueira, inserida na rotina do empreendedor. "A nossa plataforma simplifica a rotina com gráficos e instruções seguras, mostrando todo o fluxo do negócio por meio digital. O sistema traz inúmeras possibilidades para o uso dos dados", analisa João Tosin, CEO da Celero.

O Open Finance também responde a uma grande expectativa das instituições financeiras com soluções mais amplas que os serviços oferecidos tradicionalmente, passando a consolidar um hub de soluções. "No nosso caso, essa integração e rapidez na transmissão dos dados foi a chave para a criação de uma plataforma que atendesse às cerca de 95% das pequenas e médias empresas do País que não têm contato e não utilizam nenhuma ferramenta de gestão e ao mesmo tempo podemos fornecer essas atividades através das contas dos clientes das grandes instituições financeiras. Ou seja, mercado aberto para atuação estratégica dos dois lados da balança", afirma o executivo da Celero.

O Open Finance vem sendo regulamentado pelo Banco Central e pelo Conselho Monetário Nacional que incorporaram dispositivos para garantir que atuação no setor seja compatível com boas práticas de governança (administração), políticas de controles internos, gestão de riscos, auditoria, transparência e políticas de comunicação. "Estamos acompanhando esse passo a passo, desde o início, e ter a dimensão exata de onde vamos atuar é extremamente promissor. Esse universo de gestão empresarial digital vai ser um grande passo e as instituições financeiras que entenderam o conceito da mudança, o quanto antes, vão estar à frente", resume Tosin.

Até 30 de junho, o BC deve aprovar a estrutura definitiva de monitoramento do open finance.

Sobre a Celero

A Celero oferece soluções para pequenos e médios empreendedores com a possibilidade de descomplicar a rotina do setor financeiro através de um software para gestão financeira fácil de usar. É a única solução que não exige conhecimento técnico no Brasil. Sediada em Curitiba, é um dos expoentes do open finance, a evolução do open banking, sendo referência a pequenas e médias empresas com soluções que promovem integração e rapidez aos processos de gestão financeira.

 

FONTE Celero