Os dados da Aireon são integrados com sucesso ao sistema SAGITARIO da Atech

Dados ADS-B baseados no espaço são testados e validados na poderosa plataforma de automação de controle de tráfego aéreo do Brasil.

MCLEAN, Virginia, 21 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A Aireon e a Atech Negócios em Tecnologias S/A anunciaram hoje que os dados ADS-B (do inglês, Automatic Dependent Surveillance-Broadcast), baseados no espaço, foram integrados com sucesso à SAGITARIO, a plataforma de automação do controle de tráfego aéreo da Atech, utilizada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) brasileiro.

A plataforma SAGITARIO faz a fusão de dados ADS-B baseados no espaço com outras fontes de vigilância, como o ADS-B baseado em solo, o radar e a multilateração (MLAT). Isso fornece aos clientes da Atech, como o DECEA, o controle total do tráfego aéreo, de portão a portão do aeroporto de origem ao de destino. Atualmente, a Atech está validando a aplicabilidade do sistema no ambiente do centro de Controle de Tráfego Aéreo (CTA), aderindo às normas e práticas recomendadas, estabelecidas pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), pela EUROCONTROL, pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (AESA) e pela Administração Federal de Aviação (FAA).

Essa integração é o resultado bem-sucedido da colaboração entre a Aireon e a Atech. Em novembro de 2018, a Aireon e a Atech anunciaram a assinatura de um Memorando de Entendimento (MOU) para incorporar os dados ADS-B baseados no espaço da Aireon a uma ampla suíte de produtos da Atech.

O diretor executivo da Atech, Edson Carlos Mallaco, afirmou: "A inovação é o núcleo da Atech e da Aireon, e esse projeto de integração fornece aos serviços de navegação aérea do mundo todo uma ferramenta poderosa e unificada para melhorar os serviços".

O MOU também incluiu a integração dos dados ADS-B baseados no espaço da Aireon às plataformas de Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo (ATFM) SIGMA e SKYFLOW da Atech. Isso também foi realizado, permitindo aos usuários o gerenciamento aperfeiçoado do fluxo de longo prazo e a análise do tráfego transfronteiriço. A cobertura global da Aireon ajudará essas plataformas a avaliar a capacidade e a demanda por consciência situacional antes da tática e a melhorar a tomada de decisão colaborativa na região.

"Essa integração pode aperfeiçoar a tomada de decisão colaborativa entre países com informações de voo de regiões vizinhas", disse Don Thoma, diretor executivo da Aireon. "Estamos felizes com esta parceria com a Atech para desenvolver a capacidade de implantar os dados ADS-B da Aireon baseados no espaço para melhorar a conscientização situacional e os ambientes de gerenciamento de tráfego aéreo no mundo todo".

Por meio de seu amplo conjunto de ferramentas de gerenciamento de tráfego aéreo, a Atech, uma empresa do Grupo Embraer, fornece suporte às decisões críticas aos principais provedores de serviços de navegação aérea (ANSPs), muitos dos quais são clientes ANPS da Aireon.

"Estamos na fase inicial, porém, entusiasmados em ver os principais ANSPs, como a AAI e o DECEA, se beneficiarem dessa capacidade que estamos trazendo ao mercado com a Atech", disse Don Thoma.

Sobre a Aireon LLC

A Aireon implementou um sistema de vigilância de tráfego aéreo baseado no espaço para aeronaves equipadas com ADS-B (Automatic Dependent Surveillance-Broadcast) no mundo todo. A empresa está se beneficiando das tecnologias de vigilância da aviação de última geração que, antes, eram baseadas em solo e, pela primeira vez, está ampliando o seu alcance em nível global, para melhorar significativamente a eficiência, aumentar a segurança, reduzir as emissões e proporcionar benefícios econômicos a todas as partes interessadas. A vigilância ADS-B baseada no espaço abrange regiões oceânicas, polares e remotas, além de ampliar os sistemas baseados em solo existentes, limitados ao espaço aéreo terrestre. Em parceria com os principais ANSPs do mundo todo, como a NAV CANADA, a Autoridade de Aviação Irlandesa (IAA), a Enav, a NATS e a Naviair, bem como a Iridium Communications, a Aireon está fornecendo um sistema global de vigilância do tráfego aéreo, baseado no espaço, em tempo real, disponível para todas as partes interessadas do setor da aviação. Para obter mais informações, visite o site: www.aireon.com.

Sobre a Atech 

A Atech é responsável pela evolução dos sistemas que controlam quase 100% do espaço aéreo brasileiro, além de ser uma das poucas empresas do mundo capazes de implementar, fornecer e integrar esse tipo de solução com tecnologia própria. Consolidada no mercado de caixas eletrônicos, a Atech reúne conhecimento e habilidades comerciais completas, adquiridos ao longo de anos de experiência, para fornecer uma suíte completa de soluções para gerenciar e controlar o espaço aéreo, de pouso a pouso, com segurança, eficiência e otimização. Para obter mais informações, visite o site: www.atech.com.br.

Contato de imprensa:

Jessie Hillenbrand

Aireon

+1.571.401.1407

Jessie.Hillenbrand@Aireon.com

Marianne K. Haak

Atech Negócios em Tecnologias S/A

+55 11 31034600

mhaak@atech.com.br

FONTE Aireon

Dados ADS-B baseados no espaço são testados e validados na poderosa plataforma de automação de controle de tráfego aéreo do Brasil.

MCLEAN, Virginia, 21 de outubro de 2019 /PRNewswire/ -- A Aireon e a Atech Negócios em Tecnologias S/A anunciaram hoje que os dados ADS-B (do inglês, Automatic Dependent Surveillance-Broadcast), baseados no espaço, foram integrados com sucesso à SAGITARIO, a plataforma de automação do controle de tráfego aéreo da Atech, utilizada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) brasileiro.

A plataforma SAGITARIO faz a fusão de dados ADS-B baseados no espaço com outras fontes de vigilância, como o ADS-B baseado em solo, o radar e a multilateração (MLAT). Isso fornece aos clientes da Atech, como o DECEA, o controle total do tráfego aéreo, de portão a portão do aeroporto de origem ao de destino. Atualmente, a Atech está validando a aplicabilidade do sistema no ambiente do centro de Controle de Tráfego Aéreo (CTA), aderindo às normas e práticas recomendadas, estabelecidas pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI), pela EUROCONTROL, pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (AESA) e pela Administração Federal de Aviação (FAA).

Essa integração é o resultado bem-sucedido da colaboração entre a Aireon e a Atech. Em novembro de 2018, a Aireon e a Atech anunciaram a assinatura de um Memorando de Entendimento (MOU) para incorporar os dados ADS-B baseados no espaço da Aireon a uma ampla suíte de produtos da Atech.

O diretor executivo da Atech, Edson Carlos Mallaco, afirmou: "A inovação é o núcleo da Atech e da Aireon, e esse projeto de integração fornece aos serviços de navegação aérea do mundo todo uma ferramenta poderosa e unificada para melhorar os serviços".

O MOU também incluiu a integração dos dados ADS-B baseados no espaço da Aireon às plataformas de Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo (ATFM) SIGMA e SKYFLOW da Atech. Isso também foi realizado, permitindo aos usuários o gerenciamento aperfeiçoado do fluxo de longo prazo e a análise do tráfego transfronteiriço. A cobertura global da Aireon ajudará essas plataformas a avaliar a capacidade e a demanda por consciência situacional antes da tática e a melhorar a tomada de decisão colaborativa na região.

"Essa integração pode aperfeiçoar a tomada de decisão colaborativa entre países com informações de voo de regiões vizinhas", disse Don Thoma, diretor executivo da Aireon. "Estamos felizes com esta parceria com a Atech para desenvolver a capacidade de implantar os dados ADS-B da Aireon baseados no espaço para melhorar a conscientização situacional e os ambientes de gerenciamento de tráfego aéreo no mundo todo".

Por meio de seu amplo conjunto de ferramentas de gerenciamento de tráfego aéreo, a Atech, uma empresa do Grupo Embraer, fornece suporte às decisões críticas aos principais provedores de serviços de navegação aérea (ANSPs), muitos dos quais são clientes ANPS da Aireon.

"Estamos na fase inicial, porém, entusiasmados em ver os principais ANSPs, como a AAI e o DECEA, se beneficiarem dessa capacidade que estamos trazendo ao mercado com a Atech", disse Don Thoma.

Sobre a Aireon LLC

A Aireon implementou um sistema de vigilância de tráfego aéreo baseado no espaço para aeronaves equipadas com ADS-B (Automatic Dependent Surveillance-Broadcast) no mundo todo. A empresa está se beneficiando das tecnologias de vigilância da aviação de última geração que, antes, eram baseadas em solo e, pela primeira vez, está ampliando o seu alcance em nível global, para melhorar significativamente a eficiência, aumentar a segurança, reduzir as emissões e proporcionar benefícios econômicos a todas as partes interessadas. A vigilância ADS-B baseada no espaço abrange regiões oceânicas, polares e remotas, além de ampliar os sistemas baseados em solo existentes, limitados ao espaço aéreo terrestre. Em parceria com os principais ANSPs do mundo todo, como a NAV CANADA, a Autoridade de Aviação Irlandesa (IAA), a Enav, a NATS e a Naviair, bem como a Iridium Communications, a Aireon está fornecendo um sistema global de vigilância do tráfego aéreo, baseado no espaço, em tempo real, disponível para todas as partes interessadas do setor da aviação. Para obter mais informações, visite o site: www.aireon.com.

Sobre a Atech 

A Atech é responsável pela evolução dos sistemas que controlam quase 100% do espaço aéreo brasileiro, além de ser uma das poucas empresas do mundo capazes de implementar, fornecer e integrar esse tipo de solução com tecnologia própria. Consolidada no mercado de caixas eletrônicos, a Atech reúne conhecimento e habilidades comerciais completas, adquiridos ao longo de anos de experiência, para fornecer uma suíte completa de soluções para gerenciar e controlar o espaço aéreo, de pouso a pouso, com segurança, eficiência e otimização. Para obter mais informações, visite o site: www.atech.com.br.

Contato de imprensa:

Jessie Hillenbrand

Aireon

+1.571.401.1407

Jessie.Hillenbrand@Aireon.com

Marianne K. Haak

Atech Negócios em Tecnologias S/A

+55 11 31034600

mhaak@atech.com.br

FONTE Aireon