Os relatórios da TerraCom registram as vendas dos últimos 12 meses

CLERMONT, Queensland, 2 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- A TerraCom Limited ("TerraCom" ou "a empresa") (ASX: TER) anunciou hoje vendas recordes de US$ 141,1 milhões e EBITDA de US$ 28,6 milhões para os 12 meses concluídos em 30 de junho de 2018, reforçando a significativa virada operacional na mina de carvão de Blair Athol no centro de Queensland.

Ao comentar os progressos significativos alcançados no ano fiscal de 2018, o presidente da Terracom, Wal King, disse que a empresa estava no rumo certo para informar lucro operacional líquido de até US$ 100 milhões no ano fiscal de 2019.

Destaques:

  • A produção de carvão teve vendas de US$ 141,1 milhões
  • EBITDA de US$ 28,6 milhões
  • Fluxo de caixa operacional líquido de US$ 34,3 milhões
  • Perda líquida de US$ 19,1 milhões
  • 1,9 milhão de toneladas de Blair Athol e Baruun Noyon Uul, Mongólia
  • As reservas de Blair Athol JORC (1) aumentaram para 18 milhões de toneladas, com recursos de 44 milhões de toneladas
  • Comissionamento da linha férrea adjacente, conectando Blair Athol à principal linha ferroviária de Goonyella

Wal King afirmou que o desempenho de Blair Athol justificou a decisão da empresa de recomissionar o que já foi o maior projeto de carvão térmico da Austrália, após a conclusão de sua compra da Rio Tinto no início de 2017.

"É bom ter feito este nível de progresso em um período tão curto e ter atingido vários marcos importantes durante o ano", disse Wal King.

"Aumentamos a produção de carvão em Blair Athol, em todos os trimestres, e continuamos a negociar contratos de vendas de longo prazo com vários clientes importantes no Japão e na Coreia."

"Nós nos beneficiamos do crescimento da demanda do Sudeste Asiático, e a reputação de longa data de Blair Athol como produtora de carvão térmico de alta qualidade trará contratos com novos clientes este ano."

"Nosso prejuízo líquido do ano refletiu nossas dívidas, e a diretoria está dando prioridade ao refinanciamento total do nosso portfólio de dívida de US$ 180 milhões para aproveitar o fato de que agora estamos produzindo carvão com margem de US$ 51 por tonelada."

A empresa também está à frente em relação a um dos maiores projetos de reabilitação de minas do país, em Blair Athol, e conseguiu reduzir as garantias financeiras de reabilitação com o governo de Queensland, de US$ 80 milhões para US$ 72 milhões.

Outro marco significativo foi a conclusão da linha ferroviária adjacente, em Blair Athol, que permite que a conexão da mina diretamente com a linha férrea principal de Goonyella, que transporta carvão até o porto de Dalrymple, reduzindo, assim, os custos de produção em cerca de US$ 20 a tonelada.

Na Mongólia, a empresa também aumentou a produção de carvão metalúrgico em todos os trimestres e melhorou as margens.

SOBRE A TERRACOM – terracomresources.com 

A TerraCom comissionou integralmente a mina de carvão metalúrgico de Baruun Noyon Uul (BNU), no sul de Gobi, na Mongólia. As exportações de um contrato de 5,5 anos começaram de acordo com o cronograma. O objetivo da empresa é tornar-se uma das maiores e mais qualificadas produtoras de carvão metalúrgico da Mongólia, fornecendo valor excepcional para os clientes produtores de aço.

A TerraCom concluiu a aquisição da mina de carvão de Blair Athol em maio de 2017. A aquisição incluiu o arrendamento da mina, as licenças relevantes, o terreno, a infraestrutura do local, os contratos ativos e todas as instalações e equipamentos de mineração, incluindo uma escavadeira, para executar o cronograma de produção previsto da TerraCom e a progressiva reabilitação.

A aquisição da Mina de Carvão de Blair Athol é um marco significativo para a TerraCom, trazendo os seguintes benefícios:

  • reabilitação progressiva de uma das mais antigas minas de carvão de Queensland;
  • a retomada das vendas da mineração e exportação de carvão da mina de Blair Athol, proporcionando às economias municipais, estaduais e federais o aumento da atividade econômica, do emprego, dos royalties e da tributação; e
  • a previsão de fluxo de caixa positivo, por meio de estrutura de baixos custos gerais e eficiência operacional.

A TerraCom concluiu mais de 50 hectares de reabilitação do local enquanto retomava a produção da mina. A operação, sob gestão da TerraCom, está planejada para produzir aproximadamente 2 milhões de toneladas por ano (Mtpa), ao longo de 9 anos1 e reabilitação progressiva em andamento.

Além disso, a TerraCom tem planos de exploração de longo prazo, com intenção de desenvolver dois projetos em Queensland, Austrália: o grande projeto de carvão térmico Northern Galilee e o Springsure de carvão térmico de alta energia.

(1) Consulte o anúncio da ASX do dia 13 de fevereiro de 2018, para obter mais informações e esclarecimentos sobre a estimativa de produção de Blair Athol. As principais premissas que sustentam a meta de produção de Blair Athol neste anúncio da ASX continuam válidas e não sofreram alterações significativas.

Para perguntas sobre mídia, entre em contato com Nathan Boom, +61-7-4983-2038, info@terracomresources.com 

 

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/737965/TerraCom_Limited_Logo.jpg

FONTE TerraCom Limited

CLERMONT, Queensland, 2 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- A TerraCom Limited ("TerraCom" ou "a empresa") (ASX: TER) anunciou hoje vendas recordes de US$ 141,1 milhões e EBITDA de US$ 28,6 milhões para os 12 meses concluídos em 30 de junho de 2018, reforçando a significativa virada operacional na mina de carvão de Blair Athol no centro de Queensland.

Ao comentar os progressos significativos alcançados no ano fiscal de 2018, o presidente da Terracom, Wal King, disse que a empresa estava no rumo certo para informar lucro operacional líquido de até US$ 100 milhões no ano fiscal de 2019.

Destaques:

  • A produção de carvão teve vendas de US$ 141,1 milhões
  • EBITDA de US$ 28,6 milhões
  • Fluxo de caixa operacional líquido de US$ 34,3 milhões
  • Perda líquida de US$ 19,1 milhões
  • 1,9 milhão de toneladas de Blair Athol e Baruun Noyon Uul, Mongólia
  • As reservas de Blair Athol JORC (1) aumentaram para 18 milhões de toneladas, com recursos de 44 milhões de toneladas
  • Comissionamento da linha férrea adjacente, conectando Blair Athol à principal linha ferroviária de Goonyella

Wal King afirmou que o desempenho de Blair Athol justificou a decisão da empresa de recomissionar o que já foi o maior projeto de carvão térmico da Austrália, após a conclusão de sua compra da Rio Tinto no início de 2017.

"É bom ter feito este nível de progresso em um período tão curto e ter atingido vários marcos importantes durante o ano", disse Wal King.

"Aumentamos a produção de carvão em Blair Athol, em todos os trimestres, e continuamos a negociar contratos de vendas de longo prazo com vários clientes importantes no Japão e na Coreia."

"Nós nos beneficiamos do crescimento da demanda do Sudeste Asiático, e a reputação de longa data de Blair Athol como produtora de carvão térmico de alta qualidade trará contratos com novos clientes este ano."

"Nosso prejuízo líquido do ano refletiu nossas dívidas, e a diretoria está dando prioridade ao refinanciamento total do nosso portfólio de dívida de US$ 180 milhões para aproveitar o fato de que agora estamos produzindo carvão com margem de US$ 51 por tonelada."

A empresa também está à frente em relação a um dos maiores projetos de reabilitação de minas do país, em Blair Athol, e conseguiu reduzir as garantias financeiras de reabilitação com o governo de Queensland, de US$ 80 milhões para US$ 72 milhões.

Outro marco significativo foi a conclusão da linha ferroviária adjacente, em Blair Athol, que permite que a conexão da mina diretamente com a linha férrea principal de Goonyella, que transporta carvão até o porto de Dalrymple, reduzindo, assim, os custos de produção em cerca de US$ 20 a tonelada.

Na Mongólia, a empresa também aumentou a produção de carvão metalúrgico em todos os trimestres e melhorou as margens.

SOBRE A TERRACOM – terracomresources.com 

A TerraCom comissionou integralmente a mina de carvão metalúrgico de Baruun Noyon Uul (BNU), no sul de Gobi, na Mongólia. As exportações de um contrato de 5,5 anos começaram de acordo com o cronograma. O objetivo da empresa é tornar-se uma das maiores e mais qualificadas produtoras de carvão metalúrgico da Mongólia, fornecendo valor excepcional para os clientes produtores de aço.

A TerraCom concluiu a aquisição da mina de carvão de Blair Athol em maio de 2017. A aquisição incluiu o arrendamento da mina, as licenças relevantes, o terreno, a infraestrutura do local, os contratos ativos e todas as instalações e equipamentos de mineração, incluindo uma escavadeira, para executar o cronograma de produção previsto da TerraCom e a progressiva reabilitação.

A aquisição da Mina de Carvão de Blair Athol é um marco significativo para a TerraCom, trazendo os seguintes benefícios:

  • reabilitação progressiva de uma das mais antigas minas de carvão de Queensland;
  • a retomada das vendas da mineração e exportação de carvão da mina de Blair Athol, proporcionando às economias municipais, estaduais e federais o aumento da atividade econômica, do emprego, dos royalties e da tributação; e
  • a previsão de fluxo de caixa positivo, por meio de estrutura de baixos custos gerais e eficiência operacional.

A TerraCom concluiu mais de 50 hectares de reabilitação do local enquanto retomava a produção da mina. A operação, sob gestão da TerraCom, está planejada para produzir aproximadamente 2 milhões de toneladas por ano (Mtpa), ao longo de 9 anos1 e reabilitação progressiva em andamento.

Além disso, a TerraCom tem planos de exploração de longo prazo, com intenção de desenvolver dois projetos em Queensland, Austrália: o grande projeto de carvão térmico Northern Galilee e o Springsure de carvão térmico de alta energia.

(1) Consulte o anúncio da ASX do dia 13 de fevereiro de 2018, para obter mais informações e esclarecimentos sobre a estimativa de produção de Blair Athol. As principais premissas que sustentam a meta de produção de Blair Athol neste anúncio da ASX continuam válidas e não sofreram alterações significativas.

Para perguntas sobre mídia, entre em contato com Nathan Boom, +61-7-4983-2038, info@terracomresources.com 

 

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/737965/TerraCom_Limited_Logo.jpg

FONTE TerraCom Limited

Você acabou de ler:

Os relatórios da TerraCom registram as vendas dos últimos 12 meses

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/os-relatorios-da-terracom-registram-as-vendas-dos-ultimos-12-meses/