Oxitec Avança Solução Autolimitante de Controle da Lagarta do Cartucho do Milho para Próxima Fase de Desenvolvimento

Novo acordo de colaboração avançará com os testes de campo iniciais em larga escala utilizando a lagarta-do-cartucho autolimitante da Oxitec Solução foi projetada para combater a crescente ameaça da lagarta-do-cartucho, e ajudar a proteger a sustentabilidade de inseticidas e ferramentas biotecnológicas existentes em escala global

OXFORD, Reino Unido, 9 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A Oxitec Ltd., uma subsidiária integral da Intrexon (NASDAQ: XON), anunciou hoje a assinatura de um segundo contrato com um colaborador para avançar para a próxima fase o desenvolvimento de sua solução autolimitante para controle da lagarta-do-cartucho. Este anúncio acontece após a conclusão bem sucedida de uma colaboração inicial de três anos em pesquisa e desenvolvimento, que financiou o desenvolvimento inicial da linhagem autolimitante da lagarta-do-cartucho. Sob o novo acordo, a colaboração se concentrará no aumento de escala da tecnologia e no lançamento das fases iniciais de testes de campo no Brasil.

A lagarta-do-cartucho representa uma ameaça crescente a dezenas de milhões de hectares de culturas agrícolas somente na América Latina, um desafio à produtividade agrícola nas Américas e, mais recentemente, na África e na Ásia, atingindo uma variedade de espécies incluindo milho, sorgo, arroz, algodão e cana de açúcar. O dano causado pela lagarta-do-cartucho requer novas soluções para enfrentar o problema da resistência aos produtos tradicionais de proteção de cultivos.

Assim como com os mosquitos Aedes do Bem™ de 2ª geração da Oxitec, a lagarta-do-cartucho autolimitante é projetada para acasalar com fêmeas selvagens e passar à progênie os genes de seleção de machos, fazendo com que as fêmeas morram, e reduzindo assim a população de pragas. Os machos autolimitantes continuarão a emergir e passarão o gene autolimitante aos descendentes por um número limitado de gerações subsequentes, até que o gene desapareça do ambiente. Além de reduzir a abundância da praga alvo, a lagarta-do-cartucho autolimitante da Oxitec também pode aumentar a suscetibilidade a inseticidas das populações remanescentes da espécie, complementando as ferramentas existentes disponíveis para os produtores, incluindo culturas biotecnológicas.

"Dado o crescente desafio de controlar essa praga agrícola cada vez mais resistente e prejudicial, a lagarta-do-cartucho autolimitante da Oxitec poderá ser uma adição importante às opções atuais de controle de pragas agrícolas", disse Kelly Matzen, Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Oxitec. "No Brasil, principalmente, a lagarta-do-cartucho desenvolveu resistência aos produtos tradicionais de proteção de culturas agrícolas, assim como às ferramentas biotecnológicas que protegem o milho. Nossa nova geração de insetos autolimitantes pode mudar o paradigma de como as pragas são controladas usando uma abordagem integrada com as ferramentas atuais".

"Estudos feitos na Cornell University com um inseto semelhante cada vez mais resistente a inseticidas - a traça-das-crucíferas - analisados juntamente com técnicas de modelagem matemática mostram que as liberações de insetos autolimitantes da Oxitec têm o potencial de retardar ou mesmo reverter a disseminação da resistência a inseticidas ou a traços biotecnológicos em populações de lagarta-do-cartucho", declarou Neil Morrison, PhD, Gerente do Projeto na Oxitec. "Prevemos que a nossa lagarta-do-cartucho autolimitante fornecerá aos produtores mais do que apenas mais uma opção de manejo eficaz da praga. Essa tecnologia tem o potencial de proteger os rendimentos mais altos que as culturas biotecnológicas podem oferecer, enquanto torna as soluções existentes mais eficazes e duradouras. É uma vitória".

À medida que a lagarta-do-cartucho da Oxitec avança para os próximos estágios de desenvolvimento, a empresa também busca aprovação regulatória para estudos de campo no Brasil no intuito de avaliar o desempenho da lagarta-do-cartucho autolimitante no meio ambiente. Esse processo incluirá a coleta de dados para determinar o melhor mecanismo de liberação e a frequência de entrega no campo para que os agricultores protejam suas safras, uma vez que o produto esteja aprovado e disponível para uso comercial.

"Com o enorme impacto que a lagarta-do-cartucho está exercendo sobre a produtividade agrícola global, nossa tecnologia tem o potencial de proporcionar benefícios aos produtores, comunidades, partes interessadas da indústria agrícola, governos e consumidores", acrescentou Grey Frandsen, CEO da Oxitec. "Esta próxima etapa da nossa colaboração irá avançar a tecnologia através de um conjunto de marcos importantes na preparação para a sua implantação como uma nova ferramenta em uma abordagem integrada para combater esta praga devastadora".

Sobre a Oxitec

A Oxitec é pioneira no uso de engenharia genética para controlar pragas de insetos que disseminam doenças e danificam plantações, e foi fundada em 2002 como uma spinout da Universidade de Oxford (Reino Unido). A Oxitec é uma subsidiária da Intrexon Corporation (NASDAQ: XON), que alia a biologia à engenharia para ajudar a solucionar alguns dos maiores problemas do mundo. Siga-nos no Twitter em @Oxitec.

Sobre a Intrexon Corporation

A Intrexon Corporation (NASDAQ: XON) está impulsionando a Revolução Bioindustrial com o Better DNA ™ para criar produtos de base biológica que melhorem a qualidade de vida e a saúde do planeta. O conjunto de tecnologias integradas da empresa fornece a seus parceiros em diversos mercados o design e o desenvolvimento em escala industrial de sistemas biológicos complexos, proporcionando controle, qualidade, função e desempenho de células vivas sem precedentes. Chamamos nossa abordagem de biologia sintética Better DNA® e convidamos você a descobrir mais em www.dna.com ou a nos seguir no Twitter em @Intrexon, no Facebook e no LinkedIn.

Declaração

Algumas das declarações feitas neste comunicado de imprensa são prospectivas. Estas declarações prospectivas baseiam-se em nossas expectativas e projeções atuais sobre eventos futuros, e geralmente se relacionam com nossos planos, objetivos e expectativas para o desenvolvimento de nossos negócios. Embora a administração acredite que os planos e objetivos refletidos ou sugeridos por essas declarações prospectivas sejam razoáveis, todas as declarações prospectivas envolvem riscos e incertezas e os resultados futuros reais podem ser materialmente diferentes dos planos, objetivos e expectativas expressos neste comunicado à imprensa.

Para mais informações entre em contato:

Oxitec:

Neil Morrison, PhD

Tel: +44 (0)7980 822 571

info@oxitec.com  

Intrexon:

Marie Rossi, PhD

Vice President, Communications

Tel: +1 (301) 556-9850

publicrelations@dna.com 

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/790286/Oxitec_Logo.jpg

FONTE Oxitec Ltd.

Novo acordo de colaboração avançará com os testes de campo iniciais em larga escala utilizando a lagarta-do-cartucho autolimitante da Oxitec Solução foi projetada para combater a crescente ameaça da lagarta-do-cartucho, e ajudar a proteger a sustentabilidade de inseticidas e ferramentas biotecnológicas existentes em escala global

OXFORD, Reino Unido, 9 de abril de 2019 /PRNewswire/ -- A Oxitec Ltd., uma subsidiária integral da Intrexon (NASDAQ: XON), anunciou hoje a assinatura de um segundo contrato com um colaborador para avançar para a próxima fase o desenvolvimento de sua solução autolimitante para controle da lagarta-do-cartucho. Este anúncio acontece após a conclusão bem sucedida de uma colaboração inicial de três anos em pesquisa e desenvolvimento, que financiou o desenvolvimento inicial da linhagem autolimitante da lagarta-do-cartucho. Sob o novo acordo, a colaboração se concentrará no aumento de escala da tecnologia e no lançamento das fases iniciais de testes de campo no Brasil.

A lagarta-do-cartucho representa uma ameaça crescente a dezenas de milhões de hectares de culturas agrícolas somente na América Latina, um desafio à produtividade agrícola nas Américas e, mais recentemente, na África e na Ásia, atingindo uma variedade de espécies incluindo milho, sorgo, arroz, algodão e cana de açúcar. O dano causado pela lagarta-do-cartucho requer novas soluções para enfrentar o problema da resistência aos produtos tradicionais de proteção de cultivos.

Assim como com os mosquitos Aedes do Bem™ de 2ª geração da Oxitec, a lagarta-do-cartucho autolimitante é projetada para acasalar com fêmeas selvagens e passar à progênie os genes de seleção de machos, fazendo com que as fêmeas morram, e reduzindo assim a população de pragas. Os machos autolimitantes continuarão a emergir e passarão o gene autolimitante aos descendentes por um número limitado de gerações subsequentes, até que o gene desapareça do ambiente. Além de reduzir a abundância da praga alvo, a lagarta-do-cartucho autolimitante da Oxitec também pode aumentar a suscetibilidade a inseticidas das populações remanescentes da espécie, complementando as ferramentas existentes disponíveis para os produtores, incluindo culturas biotecnológicas.

"Dado o crescente desafio de controlar essa praga agrícola cada vez mais resistente e prejudicial, a lagarta-do-cartucho autolimitante da Oxitec poderá ser uma adição importante às opções atuais de controle de pragas agrícolas", disse Kelly Matzen, Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Oxitec. "No Brasil, principalmente, a lagarta-do-cartucho desenvolveu resistência aos produtos tradicionais de proteção de culturas agrícolas, assim como às ferramentas biotecnológicas que protegem o milho. Nossa nova geração de insetos autolimitantes pode mudar o paradigma de como as pragas são controladas usando uma abordagem integrada com as ferramentas atuais".

"Estudos feitos na Cornell University com um inseto semelhante cada vez mais resistente a inseticidas - a traça-das-crucíferas - analisados juntamente com técnicas de modelagem matemática mostram que as liberações de insetos autolimitantes da Oxitec têm o potencial de retardar ou mesmo reverter a disseminação da resistência a inseticidas ou a traços biotecnológicos em populações de lagarta-do-cartucho", declarou Neil Morrison, PhD, Gerente do Projeto na Oxitec. "Prevemos que a nossa lagarta-do-cartucho autolimitante fornecerá aos produtores mais do que apenas mais uma opção de manejo eficaz da praga. Essa tecnologia tem o potencial de proteger os rendimentos mais altos que as culturas biotecnológicas podem oferecer, enquanto torna as soluções existentes mais eficazes e duradouras. É uma vitória".

À medida que a lagarta-do-cartucho da Oxitec avança para os próximos estágios de desenvolvimento, a empresa também busca aprovação regulatória para estudos de campo no Brasil no intuito de avaliar o desempenho da lagarta-do-cartucho autolimitante no meio ambiente. Esse processo incluirá a coleta de dados para determinar o melhor mecanismo de liberação e a frequência de entrega no campo para que os agricultores protejam suas safras, uma vez que o produto esteja aprovado e disponível para uso comercial.

"Com o enorme impacto que a lagarta-do-cartucho está exercendo sobre a produtividade agrícola global, nossa tecnologia tem o potencial de proporcionar benefícios aos produtores, comunidades, partes interessadas da indústria agrícola, governos e consumidores", acrescentou Grey Frandsen, CEO da Oxitec. "Esta próxima etapa da nossa colaboração irá avançar a tecnologia através de um conjunto de marcos importantes na preparação para a sua implantação como uma nova ferramenta em uma abordagem integrada para combater esta praga devastadora".

Sobre a Oxitec

A Oxitec é pioneira no uso de engenharia genética para controlar pragas de insetos que disseminam doenças e danificam plantações, e foi fundada em 2002 como uma spinout da Universidade de Oxford (Reino Unido). A Oxitec é uma subsidiária da Intrexon Corporation (NASDAQ: XON), que alia a biologia à engenharia para ajudar a solucionar alguns dos maiores problemas do mundo. Siga-nos no Twitter em @Oxitec.

Sobre a Intrexon Corporation

A Intrexon Corporation (NASDAQ: XON) está impulsionando a Revolução Bioindustrial com o Better DNA ™ para criar produtos de base biológica que melhorem a qualidade de vida e a saúde do planeta. O conjunto de tecnologias integradas da empresa fornece a seus parceiros em diversos mercados o design e o desenvolvimento em escala industrial de sistemas biológicos complexos, proporcionando controle, qualidade, função e desempenho de células vivas sem precedentes. Chamamos nossa abordagem de biologia sintética Better DNA® e convidamos você a descobrir mais em www.dna.com ou a nos seguir no Twitter em @Intrexon, no Facebook e no LinkedIn.

Declaração

Algumas das declarações feitas neste comunicado de imprensa são prospectivas. Estas declarações prospectivas baseiam-se em nossas expectativas e projeções atuais sobre eventos futuros, e geralmente se relacionam com nossos planos, objetivos e expectativas para o desenvolvimento de nossos negócios. Embora a administração acredite que os planos e objetivos refletidos ou sugeridos por essas declarações prospectivas sejam razoáveis, todas as declarações prospectivas envolvem riscos e incertezas e os resultados futuros reais podem ser materialmente diferentes dos planos, objetivos e expectativas expressos neste comunicado à imprensa.

Para mais informações entre em contato:

Oxitec:

Neil Morrison, PhD

Tel: +44 (0)7980 822 571

info@oxitec.com  

Intrexon:

Marie Rossi, PhD

Vice President, Communications

Tel: +1 (301) 556-9850

publicrelations@dna.com 

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/790286/Oxitec_Logo.jpg

FONTE Oxitec Ltd.

Você acabou de ler:

Oxitec Avança Solução Autolimitante de Controle da Lagarta do Cartucho do Milho para Próxima Fase de Desenvolvimento

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/oxitec-avanca-solucao-autolimitante-de-controle-da-lagarta-do-cartucho-do-milho-para-proxima-fase-de-desenvolvimento/