Perspectiva de crescimento do mercado de carros elétricos no Brasil impulsiona o desenvolvimento do Liggo, um dos primeiros projetos de veículo elétrico do país

SÃO PAULO, 26 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Recentes notícias sobre veículos elétricos no Brasil começam a acelerar este promissor mercado.

Em 2018, BMW, EDP e Ipiranga inauguraram seis postos de recarga na Rodovia Presidente Dutra que interliga São Paulo e Rio de Janeiro. Com investimento de R$ 1 milhão tornou-se o "maior corredor elétrico da América Latina".

A Resolução do CONTRAN Nº 573 - 16/12/2015 também impulsiona o mercado ao definir a categoria em que os veículos elétricos compactos se enquadram: Quadriciclos. Ela estabelece requisitos obrigatórios de circulação e segurança para veículos automotores elétricos ultracompactos, para circulação urbana, com cabine fechada e volante, produzidos, importados ou comercializados no Brasil.

Esta decisão também abre mercado para o aluguel de veículos elétricos em centros urbanos (Carsharing), modelo de negócio maduro na Europa e EUA. A crescente onda de patinetes elétricos no Brasil também é um sinal deste segmento.

Os criadores do Liggo retomaram o desenvolvimento do projeto no final de 2018 ao sentiram uma atmosfera positiva no mercado. "Recebemos contatos de empresários, fornecedores e investidores interessados em energia limpa e, mesmo com o protótipo em desenvolvimento, pedidos para produção, na maioria dos casos, investidores interessados numa versão Carsharing", disse Sandro Lima", Consultor de Negócios, Branding e Design Estratégico.

Ao estudar o mercado e a concorrência, o Designer do projeto entende que elétricos importados não são necessariamente uma ameaça aos fabricantes nacionais. Segundo ele, a China, por exemplo, consegue operar com baixo custo e qualidade, mas os entraves estão na incidência de taxas, impostos e regulamentações, que precisam ser revistas para viabilizar a entrada destes veículos no país.

Sandro Lima acredita que atualmente os importados não possuem qualidade ideal e sim buscam viabilizar a modalidade de aluguéis. Outro ponto é o design que não tem aderência com o público brasileiro. Porém, ele acredita que quanto mais veículos elétricos trafegando em território nacional, maior será a viabilização do segmento.

"Com incentivos e desburocratização, aumentam as condições de desenvolvimento nacional de veículos elétricos com qualidade, preço atrativo, gerando ainda mais economia com baixíssimos custos em energia e manutenção", complementou. 

"O Sandro me apresentou o projeto com foco na mobilidade urbana das grandes cidades, onde as pessoas precisam percorrer pequenas distâncias, sem ocupar muito espaço, de forma econômica e sustentável: o Liggo! Veículo 100% elétrico e provavelmente um dos primeiros 100% nacionais. O mercado de energia renovável no Brasil é urgente e necessário, e consequentemente promissor", citou Giovanni Cataldi, especialista em Captação de Investidores e Estruturação de Operações Financeiras.

Segundo Giovanni, o atual modelo baseado em combustíveis fósseis, caro e poluente, não é compatível com as necessidades da população, e desinteressante para investidores. "Bons projetos sempre serão atrativos, principalmente na área de energia sustentável", citou.

Émerson Gottardi, Engenheiro Automotivo e Especialista em Veículos Elétricos, disse que, além de ser um "veículo verde", o Liggo foi concebido com chassi dinâmico, possibilitando adequação às diferentes necessidades de mercado, como utilitários ou veículos mais compactos.

"Optamos por focar no protótipo 100% "fabricável", e todas as "matrizes" estão sendo desenvolvidas para que tenham um modelo para produção em escala. Com chassi e motor elétrico montados, a meta é concluir ainda em 2019".

Os criadores do projeto seguem estudando propostas para acelerar o protótipo e introduzir o Liggo no mercado. O objetivo deles vai muito além, pois possuem expertise para criar um marketplace neste mercado.

"Juntos temos ampla experiência para desenvolver este projeto. Formamos um time que se complementa." Finalizou Giovanni Cataldi.

Website: http://altagreenmotors.com

Contato: contact@altagreenmotors.com

Fone: +55 51 992746580

FONTE AltaGrenMotors

SÃO PAULO, 26 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Recentes notícias sobre veículos elétricos no Brasil começam a acelerar este promissor mercado.

Em 2018, BMW, EDP e Ipiranga inauguraram seis postos de recarga na Rodovia Presidente Dutra que interliga São Paulo e Rio de Janeiro. Com investimento de R$ 1 milhão tornou-se o "maior corredor elétrico da América Latina".

A Resolução do CONTRAN Nº 573 - 16/12/2015 também impulsiona o mercado ao definir a categoria em que os veículos elétricos compactos se enquadram: Quadriciclos. Ela estabelece requisitos obrigatórios de circulação e segurança para veículos automotores elétricos ultracompactos, para circulação urbana, com cabine fechada e volante, produzidos, importados ou comercializados no Brasil.

Esta decisão também abre mercado para o aluguel de veículos elétricos em centros urbanos (Carsharing), modelo de negócio maduro na Europa e EUA. A crescente onda de patinetes elétricos no Brasil também é um sinal deste segmento.

Os criadores do Liggo retomaram o desenvolvimento do projeto no final de 2018 ao sentiram uma atmosfera positiva no mercado. "Recebemos contatos de empresários, fornecedores e investidores interessados em energia limpa e, mesmo com o protótipo em desenvolvimento, pedidos para produção, na maioria dos casos, investidores interessados numa versão Carsharing", disse Sandro Lima", Consultor de Negócios, Branding e Design Estratégico.

Ao estudar o mercado e a concorrência, o Designer do projeto entende que elétricos importados não são necessariamente uma ameaça aos fabricantes nacionais. Segundo ele, a China, por exemplo, consegue operar com baixo custo e qualidade, mas os entraves estão na incidência de taxas, impostos e regulamentações, que precisam ser revistas para viabilizar a entrada destes veículos no país.

Sandro Lima acredita que atualmente os importados não possuem qualidade ideal e sim buscam viabilizar a modalidade de aluguéis. Outro ponto é o design que não tem aderência com o público brasileiro. Porém, ele acredita que quanto mais veículos elétricos trafegando em território nacional, maior será a viabilização do segmento.

"Com incentivos e desburocratização, aumentam as condições de desenvolvimento nacional de veículos elétricos com qualidade, preço atrativo, gerando ainda mais economia com baixíssimos custos em energia e manutenção", complementou. 

"O Sandro me apresentou o projeto com foco na mobilidade urbana das grandes cidades, onde as pessoas precisam percorrer pequenas distâncias, sem ocupar muito espaço, de forma econômica e sustentável: o Liggo! Veículo 100% elétrico e provavelmente um dos primeiros 100% nacionais. O mercado de energia renovável no Brasil é urgente e necessário, e consequentemente promissor", citou Giovanni Cataldi, especialista em Captação de Investidores e Estruturação de Operações Financeiras.

Segundo Giovanni, o atual modelo baseado em combustíveis fósseis, caro e poluente, não é compatível com as necessidades da população, e desinteressante para investidores. "Bons projetos sempre serão atrativos, principalmente na área de energia sustentável", citou.

Émerson Gottardi, Engenheiro Automotivo e Especialista em Veículos Elétricos, disse que, além de ser um "veículo verde", o Liggo foi concebido com chassi dinâmico, possibilitando adequação às diferentes necessidades de mercado, como utilitários ou veículos mais compactos.

"Optamos por focar no protótipo 100% "fabricável", e todas as "matrizes" estão sendo desenvolvidas para que tenham um modelo para produção em escala. Com chassi e motor elétrico montados, a meta é concluir ainda em 2019".

Os criadores do projeto seguem estudando propostas para acelerar o protótipo e introduzir o Liggo no mercado. O objetivo deles vai muito além, pois possuem expertise para criar um marketplace neste mercado.

"Juntos temos ampla experiência para desenvolver este projeto. Formamos um time que se complementa." Finalizou Giovanni Cataldi.

Website: http://altagreenmotors.com

Contato: contact@altagreenmotors.com

Fone: +55 51 992746580

FONTE AltaGrenMotors

Você acabou de ler:

Perspectiva de crescimento do mercado de carros elétricos no Brasil impulsiona o desenvolvimento do Liggo, um dos primeiros projetos de veículo elétrico do país

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/perspectiva-de-crescimento-do-mercado-de-carros-eletricos-no-brasil-impulsiona-o-desenvolvimento-do-liggo-um-dos-primeiros-projetos-de-veiculo-eletrico-do-pais/