Polyplastics usa novo método de teste para identificar e prevenir queimaduras por gás durante moldagem por injeção

TÓQUIO, 16 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Polyplastics Co., Ltd., fornecedora líder global de termoplásticos de engenharia, identificou diversas soluções para ajudar os processadores a limitar a ocorrência de queimaduras por gás durante o processo de moldagem por injeção. A empresa usou seu método de investigação de gases no método de teste de moldagem por injeção (GIMIM) para analisar o fenômeno e ajudar a apresentar medidas preventivas.

(Imagem: https://kyodonewsprwire.jp/prwfile/release/M100475/202109069686/_prw_PI1fl_27qUX9ew.jpeg)

Os gases produzidos durante a moldagem não têm por onde escapar e são comprimidos, resultando, assim, em uma superfície de resina quente e queimada que ameaça a moldagem contínua. Em primeiro lugar, o estudo examinou o gás resultante da perda de energia no momento da injeção. Os nódulos das máquinas de injeção típicas são compostos por uma estrutura drasticamente contraída e a perda de energia surge devido à forma. As soluções potenciais incluem a redução da velocidade da injeção, o uso de várias portas ou cavidades e o aumento do tamanho do portão e do bico.

Para evitar a condução térmica desigual dentro do tubo de injeção, os resultados sugerem evitar máquinas de injeção que são excessivamente grandes em relação aos artigos moldados, reduzir a temperatura do cilindro e evitar moldagem por contato com o molde para que a perda de calor do molde não ocorra.

O método GIMIM também determinou que o entupimento de ventilação é causado pelo funcionamento de uma relação complexa entre os volumes de substâncias de baixa e de alta fervura e o volume total de substâncias no gás de decomposição. As medidas corretivas incluem a redução da temperatura do cilindro e a utilização de um pano ou objeto similar para eliminar com frequência depósitos no molde que estão levemente presos aos respiros do gás.

Por último, determinou-se que o método de teste GIMIM pudesse verificar o processo de purga. Até agora, não havia nenhum método para verificar os efeitos do processo de purgação que não fosse a confirmação visual após moldar muitas doses de material. Como o GIMIM pode detectar substâncias em unidades de ppm, ele pode ser usado para verificar se o processo de purga foi realizado corretamente por meio de apenas um pequeno número de disparos da máquina.

Para obter mais informações, visite https://www.polyplastics.com/en/support/mold/gas_burn/index.html

Sobre a Polyplastics: https://kyodonewsprwire.jp/attach/202109069686-O1-ovxjUQEC.pdf

 

FONTE Polyplastics Co., Ltd.

TÓQUIO, 16 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- A Polyplastics Co., Ltd., fornecedora líder global de termoplásticos de engenharia, identificou diversas soluções para ajudar os processadores a limitar a ocorrência de queimaduras por gás durante o processo de moldagem por injeção. A empresa usou seu método de investigação de gases no método de teste de moldagem por injeção (GIMIM) para analisar o fenômeno e ajudar a apresentar medidas preventivas.

(Imagem: https://kyodonewsprwire.jp/prwfile/release/M100475/202109069686/_prw_PI1fl_27qUX9ew.jpeg)

Os gases produzidos durante a moldagem não têm por onde escapar e são comprimidos, resultando, assim, em uma superfície de resina quente e queimada que ameaça a moldagem contínua. Em primeiro lugar, o estudo examinou o gás resultante da perda de energia no momento da injeção. Os nódulos das máquinas de injeção típicas são compostos por uma estrutura drasticamente contraída e a perda de energia surge devido à forma. As soluções potenciais incluem a redução da velocidade da injeção, o uso de várias portas ou cavidades e o aumento do tamanho do portão e do bico.

Para evitar a condução térmica desigual dentro do tubo de injeção, os resultados sugerem evitar máquinas de injeção que são excessivamente grandes em relação aos artigos moldados, reduzir a temperatura do cilindro e evitar moldagem por contato com o molde para que a perda de calor do molde não ocorra.

O método GIMIM também determinou que o entupimento de ventilação é causado pelo funcionamento de uma relação complexa entre os volumes de substâncias de baixa e de alta fervura e o volume total de substâncias no gás de decomposição. As medidas corretivas incluem a redução da temperatura do cilindro e a utilização de um pano ou objeto similar para eliminar com frequência depósitos no molde que estão levemente presos aos respiros do gás.

Por último, determinou-se que o método de teste GIMIM pudesse verificar o processo de purga. Até agora, não havia nenhum método para verificar os efeitos do processo de purgação que não fosse a confirmação visual após moldar muitas doses de material. Como o GIMIM pode detectar substâncias em unidades de ppm, ele pode ser usado para verificar se o processo de purga foi realizado corretamente por meio de apenas um pequeno número de disparos da máquina.

Para obter mais informações, visite https://www.polyplastics.com/en/support/mold/gas_burn/index.html

Sobre a Polyplastics: https://kyodonewsprwire.jp/attach/202109069686-O1-ovxjUQEC.pdf

 

FONTE Polyplastics Co., Ltd.

Você acabou de ler:

Polyplastics usa novo método de teste para identificar e prevenir queimaduras por gás durante moldagem por injeção

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/polyplastics-usa-novo-metodo-de-teste-para-identificar-e-prevenir-queimaduras-por-gas-durante-moldagem-por-injecao/