''Possua o Impossuível'': Mintus dá aos investidores a chance de comprar ações e investir em obras contemporâneas, de Warhol a Condo

A nova plataforma on-line da Mintus de investimento em arte oferece uma nova forma de comprar ações e investir em arte contemporânea excepcional, abrindo o mercado anual de arte de USD 65 bilhões 

As primeiras obras de arte disponíveis são pinturas icônicas de Andy Warhol e George Condo, com mais peças de artistas consagrados e emergentes por vir 

Saiba mais: www.mintus.com 

LONDRES, 21 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Foi lançada hoje a Mintus, uma nova plataforma de investimento em arte que oferece aos investidores a oportunidade de investir em arte moderna e contemporânea de alto valor. Os investidores poderão comprar ações em uma empresa do Reino Unido que possui e administra diretamente a obra de arte. As pinturas de Andy Warhol e George Condo são as duas primeiras obras a serem apresentadas pela Mintus, que é autorizada e regulamentada pela Autoridade de Conduta Financeira e a primeira plataforma desse tipo no Reino Unido. Mais de USD 200 milhões em pinturas serão oferecidos aos investidores da Mintus durante o ano de 2022, tanto individualmente quanto por meio de portfólios de arte selecionados.

 

 

A primeira pintura incrível na plataforma Mintus será um Autorretrato de Andy Warhol de 1966, no valor de USD 5 milhões e avaliado no mês passado em USD 6,8 milhões por um importante avaliador independente. A outra pintura é The Outcast de George Condo, de 2018, no valor de USD 2,775 milhões e avaliado no mês passado em USD 3 milhões. Ambas as pinturas são exemplos excepcionais dos estilos quintessenciais de cada artista.

O Autorretrato de Warhol está em uma coleção particular desde 1991 e foi exibido pela última vez em 2003. Ao disponibilizar a obra publicamente pela primeira vez em 31 anos, a Mintus está permitindo que as pessoas que buscam formas alternativas de investir seu dinheiro tenham a chance de possuir ações e invistam em uma obra de arte icônica do lendário artista pop.

George Condo é um dos artistas mais requisitados do mercado, profundamente inspirado e influenciado por Pablo Picasso. Ele dá vida a suas figuras e composições por meio da originalidade e perspicácia. A composição com visual surpreendente de The Outcast oferece uma oportunidade única de os investidores possuírem ações e investirem em uma obra marcante de Condo.

Brett Gorvy, membro do conselho consultivo e curador-chefe da Mintus, disse:

"Andy Warhol e George Condo estão entre os artistas contemporâneos mais desejados e procurados por colecionadores atualmente. Seus mercados são muito internacionais, e ambos os artistas estão vivenciando hoje novos patamares populares como resultado de grandes retrospectivas de museus e preços recordes obtidos em leilões." 

Antes, o acesso a uma obra de arte icônica de alto valor era predominantemente limitado a indivíduos e instituições selecionados. A Mintus, por meio de sua plataforma de investimento on-line de última geração, agora está viabilizando essa experiência para todos os investidores qualificados. 

A arte contemporânea teve um retorno anual de 14% nos últimos 25 anos, em comparação com 9,5%, de acordo com a S&P 500. Da mesma forma, as 411 obras de Andy Warhol que apareceram em leilões várias vezes entre 2003 e 2017 alcançaram uma taxa média de crescimento anual composta de 14,2%.

Viabilizando a propriedade compartilhada de arte por meio de ações em uma empresa que a adquire, conhecida como "fracionalização", surge à medida que as pessoas estão investindo cada vez mais na economia compartilhada, uma tendência que moldará o crescimento financeiro na próxima década e além. 

Nicky Clark, diretor administrativo da Divisão de Belas Artes da Mintus, disse:

"A propriedade fracionária de arte está abrindo o setor, permitindo que os investidores possuam uma fração do mercado de arte. Nos últimos anos, vimos os investidores cada vez mais buscarem estratégias de investimento alternativo para gerar retornos ajustados ao risco. Estamos entusiasmados em oferecer a eles uma nova forma de acessar uma classe de ativos alimentados por paixão."

Notas aos editores  

Qualquer obra de arte selecionada por especialistas e oferecida para propriedade compartilhada pela Mintus estará sujeita a verificação e avaliação independentes. As obras de arte serão mantidas em uma instalação de armazenamento de arte segura e especializada. Entre os investidores qualificados estão investidores certificados de alto patrimônio líquido e investidores sofisticados autocertificados. Os investidores podem se certificar como parte do processo de inscrição.

A Mintus gerenciará ativamente os investimentos em arte até que, por fim, as obras sejam vendidas para permitir que os investidores saiam do investimento.

A Mintus conta com profissionais de empresas de gestão de investimentos, tecnologia e arte em toda a equipe de gestão, conselho de liderança e conselho consultivo:

  • Maarten Slendebroek, presidente da Mintus e membro do conselho. Ele é o atual presidente da Robeco, a principal gerente europeia de ESG. Antes dessa função, ele foi CEO da Jupiter Fund Management de 2014 a 2019. 
  • Tamer Ozmen, fundador e diretor executivo da Mintus. Ele era executivo sênior na Microsoft, administrando seus serviços no Reino Unido, e anteriormente fez parte da equipe que iniciou, lançou e flutuou a Priceline.com (agora, Bookings Holding Inc).  
  • Nicky Clark, diretor administrativo da Divisão de Belas Artes da Mintus. Anteriormente, ele foi diretor de negócios do departamento de arte contemporânea da Sotheby's em Nova York. Ele trabalhou em vários leilões, inclusive nas vendas de USD 50 milhões do Study for a Head de Francis Bacon e Sem Título de Mark Rothko. 
  • Brett Gorvy, membro do conselho consultivo e curador-chefe da Mintus. Brett é sócio-gerente da LGDR, uma das principais galerias de arte contemporânea e colaborações criativas do mundo, foi pioneiro do boom da arte contemporânea como presidente e diretor internacional de arte pós-guerra e arte contemporânea na Christie's. 

Entre os membros do conselho estão também: Chris Kaladeen, diretor da Rothschild & Co's, empresa bancária de seguros e gestão de investimentos; e Daglar Cizmeci, presidente executivo de uma empresa de realidade aumentada e metaverso. Também faz parte do conselho consultivo Tad Smith, ex-presidente e CEO da Sotheby's e ex-CEO da Madison Square Garden.

Os detalhes completos do investimento e dos riscos estão incluídos nos documentos de investimento disponíveis para todos os investidores qualificados que concluírem com sucesso o processo de inscrição junto à Mintus. Pede-se a atenção dos investidores para os seguintes riscos importantes:

  • Liquidez. As ações detidas pelos investidores não são negociadas em uma bolsa de investimentos reconhecida. Os investimentos são de longo prazo. A Mintus poderá permitir transações secundárias em ações por meio de seu site no futuro.
  • Risco de perdas. Todos os investimentos em ações envolvem um alto grau de risco, e não haverá indenização por perdas de investimentos.
  • Falta de diversificação. As ações detidas pelos investidores representam interesses em uma obra de arte específica e pré-identificada, e o desempenho passado do mercado de arte, da obra de um artista em particular ou de uma determinada obra de arte não é um indicador confiável de seu desempenho futuro.

A Mintus Trading Limited é limitada e autorizada e regulamentada pela Autoridade de Conduta Financeira sob o número de referência de empresa 942522.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1797557/Mintus_1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1797559/Mintus_2.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1797560/Mintus_3.jpg

 

 

 

FONTE Mintus

A nova plataforma on-line da Mintus de investimento em arte oferece uma nova forma de comprar ações e investir em arte contemporânea excepcional, abrindo o mercado anual de arte de USD 65 bilhões 

As primeiras obras de arte disponíveis são pinturas icônicas de Andy Warhol e George Condo, com mais peças de artistas consagrados e emergentes por vir 

Saiba mais: www.mintus.com 

LONDRES, 21 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Foi lançada hoje a Mintus, uma nova plataforma de investimento em arte que oferece aos investidores a oportunidade de investir em arte moderna e contemporânea de alto valor. Os investidores poderão comprar ações em uma empresa do Reino Unido que possui e administra diretamente a obra de arte. As pinturas de Andy Warhol e George Condo são as duas primeiras obras a serem apresentadas pela Mintus, que é autorizada e regulamentada pela Autoridade de Conduta Financeira e a primeira plataforma desse tipo no Reino Unido. Mais de USD 200 milhões em pinturas serão oferecidos aos investidores da Mintus durante o ano de 2022, tanto individualmente quanto por meio de portfólios de arte selecionados.

 

 

A primeira pintura incrível na plataforma Mintus será um Autorretrato de Andy Warhol de 1966, no valor de USD 5 milhões e avaliado no mês passado em USD 6,8 milhões por um importante avaliador independente. A outra pintura é The Outcast de George Condo, de 2018, no valor de USD 2,775 milhões e avaliado no mês passado em USD 3 milhões. Ambas as pinturas são exemplos excepcionais dos estilos quintessenciais de cada artista.

O Autorretrato de Warhol está em uma coleção particular desde 1991 e foi exibido pela última vez em 2003. Ao disponibilizar a obra publicamente pela primeira vez em 31 anos, a Mintus está permitindo que as pessoas que buscam formas alternativas de investir seu dinheiro tenham a chance de possuir ações e invistam em uma obra de arte icônica do lendário artista pop.

George Condo é um dos artistas mais requisitados do mercado, profundamente inspirado e influenciado por Pablo Picasso. Ele dá vida a suas figuras e composições por meio da originalidade e perspicácia. A composição com visual surpreendente de The Outcast oferece uma oportunidade única de os investidores possuírem ações e investirem em uma obra marcante de Condo.

Brett Gorvy, membro do conselho consultivo e curador-chefe da Mintus, disse:

"Andy Warhol e George Condo estão entre os artistas contemporâneos mais desejados e procurados por colecionadores atualmente. Seus mercados são muito internacionais, e ambos os artistas estão vivenciando hoje novos patamares populares como resultado de grandes retrospectivas de museus e preços recordes obtidos em leilões." 

Antes, o acesso a uma obra de arte icônica de alto valor era predominantemente limitado a indivíduos e instituições selecionados. A Mintus, por meio de sua plataforma de investimento on-line de última geração, agora está viabilizando essa experiência para todos os investidores qualificados. 

A arte contemporânea teve um retorno anual de 14% nos últimos 25 anos, em comparação com 9,5%, de acordo com a S&P 500. Da mesma forma, as 411 obras de Andy Warhol que apareceram em leilões várias vezes entre 2003 e 2017 alcançaram uma taxa média de crescimento anual composta de 14,2%.

Viabilizando a propriedade compartilhada de arte por meio de ações em uma empresa que a adquire, conhecida como "fracionalização", surge à medida que as pessoas estão investindo cada vez mais na economia compartilhada, uma tendência que moldará o crescimento financeiro na próxima década e além. 

Nicky Clark, diretor administrativo da Divisão de Belas Artes da Mintus, disse:

"A propriedade fracionária de arte está abrindo o setor, permitindo que os investidores possuam uma fração do mercado de arte. Nos últimos anos, vimos os investidores cada vez mais buscarem estratégias de investimento alternativo para gerar retornos ajustados ao risco. Estamos entusiasmados em oferecer a eles uma nova forma de acessar uma classe de ativos alimentados por paixão."

Notas aos editores  

Qualquer obra de arte selecionada por especialistas e oferecida para propriedade compartilhada pela Mintus estará sujeita a verificação e avaliação independentes. As obras de arte serão mantidas em uma instalação de armazenamento de arte segura e especializada. Entre os investidores qualificados estão investidores certificados de alto patrimônio líquido e investidores sofisticados autocertificados. Os investidores podem se certificar como parte do processo de inscrição.

A Mintus gerenciará ativamente os investimentos em arte até que, por fim, as obras sejam vendidas para permitir que os investidores saiam do investimento.

A Mintus conta com profissionais de empresas de gestão de investimentos, tecnologia e arte em toda a equipe de gestão, conselho de liderança e conselho consultivo:

  • Maarten Slendebroek, presidente da Mintus e membro do conselho. Ele é o atual presidente da Robeco, a principal gerente europeia de ESG. Antes dessa função, ele foi CEO da Jupiter Fund Management de 2014 a 2019. 
  • Tamer Ozmen, fundador e diretor executivo da Mintus. Ele era executivo sênior na Microsoft, administrando seus serviços no Reino Unido, e anteriormente fez parte da equipe que iniciou, lançou e flutuou a Priceline.com (agora, Bookings Holding Inc).  
  • Nicky Clark, diretor administrativo da Divisão de Belas Artes da Mintus. Anteriormente, ele foi diretor de negócios do departamento de arte contemporânea da Sotheby's em Nova York. Ele trabalhou em vários leilões, inclusive nas vendas de USD 50 milhões do Study for a Head de Francis Bacon e Sem Título de Mark Rothko. 
  • Brett Gorvy, membro do conselho consultivo e curador-chefe da Mintus. Brett é sócio-gerente da LGDR, uma das principais galerias de arte contemporânea e colaborações criativas do mundo, foi pioneiro do boom da arte contemporânea como presidente e diretor internacional de arte pós-guerra e arte contemporânea na Christie's. 

Entre os membros do conselho estão também: Chris Kaladeen, diretor da Rothschild & Co's, empresa bancária de seguros e gestão de investimentos; e Daglar Cizmeci, presidente executivo de uma empresa de realidade aumentada e metaverso. Também faz parte do conselho consultivo Tad Smith, ex-presidente e CEO da Sotheby's e ex-CEO da Madison Square Garden.

Os detalhes completos do investimento e dos riscos estão incluídos nos documentos de investimento disponíveis para todos os investidores qualificados que concluírem com sucesso o processo de inscrição junto à Mintus. Pede-se a atenção dos investidores para os seguintes riscos importantes:

  • Liquidez. As ações detidas pelos investidores não são negociadas em uma bolsa de investimentos reconhecida. Os investimentos são de longo prazo. A Mintus poderá permitir transações secundárias em ações por meio de seu site no futuro.
  • Risco de perdas. Todos os investimentos em ações envolvem um alto grau de risco, e não haverá indenização por perdas de investimentos.
  • Falta de diversificação. As ações detidas pelos investidores representam interesses em uma obra de arte específica e pré-identificada, e o desempenho passado do mercado de arte, da obra de um artista em particular ou de uma determinada obra de arte não é um indicador confiável de seu desempenho futuro.

A Mintus Trading Limited é limitada e autorizada e regulamentada pela Autoridade de Conduta Financeira sob o número de referência de empresa 942522.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1797557/Mintus_1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1797559/Mintus_2.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1797560/Mintus_3.jpg

 

 

 

FONTE Mintus

Você acabou de ler:

''Possua o Impossuível'': Mintus dá aos investidores a chance de comprar ações e investir em obras contemporâneas, de Warhol a Condo

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/possua-o-impossuivel-mintus-da-aos-investidores-a-chance-de-comprar-acoes-e-investir-em-obras-contemporaneas-de-warhol-a-condo/