Primeiro produto da Cellpraxis tem patente concedida no Brasil

ReACT® é uma formulação celular indicada para o tratamento de angina refratária, condição crônica e incapacitante que atinge milhares de pessoas no mundo

RIO DE JANEIRO, 24 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- O ReAct®, primeiro produto da Cellpraxis, uma formulação celular específica que visa melhorar a condição clínica e funcional de pacientes em tratamento de angina refratária, doença crônica e incapacitante que atinge milhares de pessoas no mundo, teve sua patente concedida no Brasil pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) - órgão do governo federal ligado ao Ministério da Economia. A patente, sob o título "Uso de células de linhagem monocitária enriquecidas para tratar isquemia e para tratar angina pectoris", foi concedida, até março de 2031, a Cryopraxis/Cellpraxis, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a University of South Florida (USF).

Para Eduardo Cruz, sócio e fundador do Grupo Axis Biotec, composto pelas empresas Cryopraxis, Cellpraxis, Pharmapraxis e Silvestre Labs, o ReACT segue a missão do Grupo: transformar pesquisas em produtos e serviços inovadores e comercialmente viáveis.

– O ReAct® é uma formulação ceular específica que deve ser infundida no miocárdio isquêmico, promovendo a neoangiogênese e a consequente reperfusão miocárdica. Nos pacientes tratados com o produto, pudemos constatar uma melhora clínica e funcional significativa, impactando positivamente a qualidade de vida e reduzindo os custos médicos – explica Eduardo Cruz.

O ReAct®, que já tem patentes em países da Europa, como a Rússia, nos Estados Unidos e no Japão, foi testado clinicamente no Brasil com critérios de inclusão padronizados, credenciamento e educação médica continuada, além de estar em concordância com as Boas Práticas Clínicas (BPC). O produto é resultado da conclusão do estudo clínico fase II com células-tronco de medula óssea autóloga, feito em conjunto pela Cellpraxis, Cryopraxis, Unifesp e USF, e já foi apresentado no V International Symposium of New Abilities in Cardiac Surgery e também no Congresso Internacional de Insuficiência Coronariana como exemplo do dinamismo do Brasil em pesquisas que envolvem Biotecnologia. 

- A Cellpraxis foi criada, em 2008, como uma empresa de Bioengenharia para desenvolver produtos inovadores nas áreas de Medicina Regenerativa e Terapia Celular, especialmente para doenças para as quais as alternativas de tratamentos eram inexistentes ou não se apresentavam viáveis ou eficazes. Investimos então nas pesquisas com o ReAct indo ao encontro com o DNA de todos os nossos negócios – destaca Simone Cruz, sócia do Grupo Axis Biotec.

cellpraxis.com.br  

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1517089/cellpraxis_react.jpg

FONTE Cellpraxis

ReACT® é uma formulação celular indicada para o tratamento de angina refratária, condição crônica e incapacitante que atinge milhares de pessoas no mundo

RIO DE JANEIRO, 24 de maio de 2021 /PRNewswire/ -- O ReAct®, primeiro produto da Cellpraxis, uma formulação celular específica que visa melhorar a condição clínica e funcional de pacientes em tratamento de angina refratária, doença crônica e incapacitante que atinge milhares de pessoas no mundo, teve sua patente concedida no Brasil pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) - órgão do governo federal ligado ao Ministério da Economia. A patente, sob o título "Uso de células de linhagem monocitária enriquecidas para tratar isquemia e para tratar angina pectoris", foi concedida, até março de 2031, a Cryopraxis/Cellpraxis, a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a University of South Florida (USF).

Para Eduardo Cruz, sócio e fundador do Grupo Axis Biotec, composto pelas empresas Cryopraxis, Cellpraxis, Pharmapraxis e Silvestre Labs, o ReACT segue a missão do Grupo: transformar pesquisas em produtos e serviços inovadores e comercialmente viáveis.

– O ReAct® é uma formulação ceular específica que deve ser infundida no miocárdio isquêmico, promovendo a neoangiogênese e a consequente reperfusão miocárdica. Nos pacientes tratados com o produto, pudemos constatar uma melhora clínica e funcional significativa, impactando positivamente a qualidade de vida e reduzindo os custos médicos – explica Eduardo Cruz.

O ReAct®, que já tem patentes em países da Europa, como a Rússia, nos Estados Unidos e no Japão, foi testado clinicamente no Brasil com critérios de inclusão padronizados, credenciamento e educação médica continuada, além de estar em concordância com as Boas Práticas Clínicas (BPC). O produto é resultado da conclusão do estudo clínico fase II com células-tronco de medula óssea autóloga, feito em conjunto pela Cellpraxis, Cryopraxis, Unifesp e USF, e já foi apresentado no V International Symposium of New Abilities in Cardiac Surgery e também no Congresso Internacional de Insuficiência Coronariana como exemplo do dinamismo do Brasil em pesquisas que envolvem Biotecnologia. 

- A Cellpraxis foi criada, em 2008, como uma empresa de Bioengenharia para desenvolver produtos inovadores nas áreas de Medicina Regenerativa e Terapia Celular, especialmente para doenças para as quais as alternativas de tratamentos eram inexistentes ou não se apresentavam viáveis ou eficazes. Investimos então nas pesquisas com o ReAct indo ao encontro com o DNA de todos os nossos negócios – destaca Simone Cruz, sócia do Grupo Axis Biotec.

cellpraxis.com.br  

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1517089/cellpraxis_react.jpg

FONTE Cellpraxis

Você acabou de ler:

Primeiro produto da Cellpraxis tem patente concedida no Brasil

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/primeiro-produto-da-cellpraxis-tem-patente-concedida-no-brasil/