Principais acadêmicos de grupo de educação financeira juntam-se para viabilizar pesquisas e soluções para a crise de finanças pessoais

Nova rede global para aprimorar estudos de educação financeira e de finanças pessoais para ajudar as pessoas mais atingidas pela pandemia da COVID-19

WASHINGTON, 9 de dezembro de 2021 /PRNewswire/ -- Com famílias e nações lutando para sobreviver durante a montanha-russa da economia durante a pandemia da COVID-19, mais de 50 pesquisadores renomados de todo o mundo estão se reunindo na Rede de Educação Financeira e de Pesquisa de Finanças Pessoais G53. O novo grupo tem como objetivo viabilizar as pesquisas e soluções que possam ajudar as pessoas a se ajustar e preparar melhor para as grandes (ou pequenas) crises financeiras.

"A pandemia colocou em evidência o sofrimento pela crise financeira e as pessoas precisam desenvolver anticorpos não apenas contra o vírus, mas também contra a fragilidade financeira", disse Annamaria Lusardi, cofundadora da nova rede, além de professora universitária e diretora acadêmica do Centro de Excelência em Alfabetização Financeira Global (GFLEC), da Universidade George Washington, onde será a sede da nova G53 Network.

A iniciativa reúne os melhores pesquisadores na área de educação financeira e finanças pessoais para facilitar o intercâmbio de ideias, promover pesquisas baseadas em evidências e orientar os formuladores de políticas e o setor privado.

O grupo se autodenominou G53 Network em alusão ao código acadêmico G53, que representa a área de educação financeira. Em consonância com o número, a rede foi lançada com 53 membros fundadores de todas as partes do mundo. 

"Desde mudanças em termos de demografia, a mudanças nos mercados financeiros até o surgimento da pandemia, vimos como é fundamental dispor de habilidades básicas para lidar com eventos esperados e imprevistos", disse o copresidente da G53 Network Panu Kalmi, professor de economia e vice-reitor da Faculdade de Contabilidade e Finanças da Universidade de Vaasa, na Finlândia. "Embora os formuladores de políticas estejam realmente se conscientizando sobre as consequências do analfabetismo financeiro, ainda existem muitas questões a serem examinadas para entender melhor os benefícios da educação em finanças pessoais, especialmente para populações historicamente carentes."

Com as mulheres e as comunidades marginalizadas sofrendo de maneira desproporcional os impactos econômicos da COVID-19 e outras questões de nosso tempo, a expansão da educação financeira é fundamental não apenas para os indivíduos, mas também para a recuperação econômica nacional e mundial.

"O estudo sobre a educação financeira tem crescido exponencialmente e sua importância tem sido cada vez mais reconhecida na última década", observou Annamaria. "Ao viabilizar uma pesquisa mais rigorosa, buscamos abordar os desafios globais em educação financeira e finanças pessoais para influenciar a mudança de políticas, o trabalho do setor privado e capacitar as pessoas a alcançar melhores resultados em suas vidas. Em outras palavras, é uma pesquisa que causa impacto."

A G53 Network também está empenhada em construir a próxima geração de pesquisadores por meio de mentoria e treinamento de jovens acadêmicos e estudantes de pós-graduação.

Entre os membros da rede Global, com mais participantes futuros, estão colegas e colaboradores de pesquisa da Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Finlândia, Alemanha, Itália, Holanda, Singapura, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e dos Estados Unidos. Os membros agregam experiência em economia, finanças, negócios, políticas públicas, contabilidade, marketing e direito, demonstrando o amplo alcance da educação financeira e da pesquisa de finanças pessoais.

Uma lista de membros e informações sobre a rede estão disponíveis em www.g53network.org e no Twitter e LinkedIn. A G53 Network é impulsionada pelo GFLEC da Escola de Negócios da Universidade George Washington e pelo Instituto Sim Kee Boon de Economia Financeira da Singapore Management University.

CONTATO PARA A IMPRENSA:

Lisa Fels Davitt

+1 973-886-1917

lisa@successioncommunications.com 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1704609/G53_Network_Logo.jpg

 

FONTE The Global Financial Literacy Excellence Center (GFLEC)

Nova rede global para aprimorar estudos de educação financeira e de finanças pessoais para ajudar as pessoas mais atingidas pela pandemia da COVID-19

WASHINGTON, 9 de dezembro de 2021 /PRNewswire/ -- Com famílias e nações lutando para sobreviver durante a montanha-russa da economia durante a pandemia da COVID-19, mais de 50 pesquisadores renomados de todo o mundo estão se reunindo na Rede de Educação Financeira e de Pesquisa de Finanças Pessoais G53. O novo grupo tem como objetivo viabilizar as pesquisas e soluções que possam ajudar as pessoas a se ajustar e preparar melhor para as grandes (ou pequenas) crises financeiras.

"A pandemia colocou em evidência o sofrimento pela crise financeira e as pessoas precisam desenvolver anticorpos não apenas contra o vírus, mas também contra a fragilidade financeira", disse Annamaria Lusardi, cofundadora da nova rede, além de professora universitária e diretora acadêmica do Centro de Excelência em Alfabetização Financeira Global (GFLEC), da Universidade George Washington, onde será a sede da nova G53 Network.

A iniciativa reúne os melhores pesquisadores na área de educação financeira e finanças pessoais para facilitar o intercâmbio de ideias, promover pesquisas baseadas em evidências e orientar os formuladores de políticas e o setor privado.

O grupo se autodenominou G53 Network em alusão ao código acadêmico G53, que representa a área de educação financeira. Em consonância com o número, a rede foi lançada com 53 membros fundadores de todas as partes do mundo. 

"Desde mudanças em termos de demografia, a mudanças nos mercados financeiros até o surgimento da pandemia, vimos como é fundamental dispor de habilidades básicas para lidar com eventos esperados e imprevistos", disse o copresidente da G53 Network Panu Kalmi, professor de economia e vice-reitor da Faculdade de Contabilidade e Finanças da Universidade de Vaasa, na Finlândia. "Embora os formuladores de políticas estejam realmente se conscientizando sobre as consequências do analfabetismo financeiro, ainda existem muitas questões a serem examinadas para entender melhor os benefícios da educação em finanças pessoais, especialmente para populações historicamente carentes."

Com as mulheres e as comunidades marginalizadas sofrendo de maneira desproporcional os impactos econômicos da COVID-19 e outras questões de nosso tempo, a expansão da educação financeira é fundamental não apenas para os indivíduos, mas também para a recuperação econômica nacional e mundial.

"O estudo sobre a educação financeira tem crescido exponencialmente e sua importância tem sido cada vez mais reconhecida na última década", observou Annamaria. "Ao viabilizar uma pesquisa mais rigorosa, buscamos abordar os desafios globais em educação financeira e finanças pessoais para influenciar a mudança de políticas, o trabalho do setor privado e capacitar as pessoas a alcançar melhores resultados em suas vidas. Em outras palavras, é uma pesquisa que causa impacto."

A G53 Network também está empenhada em construir a próxima geração de pesquisadores por meio de mentoria e treinamento de jovens acadêmicos e estudantes de pós-graduação.

Entre os membros da rede Global, com mais participantes futuros, estão colegas e colaboradores de pesquisa da Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Finlândia, Alemanha, Itália, Holanda, Singapura, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e dos Estados Unidos. Os membros agregam experiência em economia, finanças, negócios, políticas públicas, contabilidade, marketing e direito, demonstrando o amplo alcance da educação financeira e da pesquisa de finanças pessoais.

Uma lista de membros e informações sobre a rede estão disponíveis em www.g53network.org e no Twitter e LinkedIn. A G53 Network é impulsionada pelo GFLEC da Escola de Negócios da Universidade George Washington e pelo Instituto Sim Kee Boon de Economia Financeira da Singapore Management University.

CONTATO PARA A IMPRENSA:

Lisa Fels Davitt

+1 973-886-1917

lisa@successioncommunications.com 

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1704609/G53_Network_Logo.jpg

 

FONTE The Global Financial Literacy Excellence Center (GFLEC)

Você acabou de ler:

Principais acadêmicos de grupo de educação financeira juntam-se para viabilizar pesquisas e soluções para a crise de finanças pessoais

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/principais-academicos-de-grupo-de-educacao-financeira-juntam-se-para-viabilizar-pesquisas-e-solucoes-para-a-crise-de-financas-pessoais/