Prysmian ganha contrato para o projeto Viking Link avaliado em quase 700 milhões de euros

Projeto inclui ligação completa por cabos submarinos e aproveita os recursos do novo navio de assentamento de cabos

Todos os cabos terrestres serão fornecidos para a rota do Reino Unido

"Temos orgulho de apoiar a National Grid e a Energinet na construção do mais longo sistema de ligação do mundo", declarou V. Battista, diretor executivo da Prysmian

MILÃO, 24 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- O Prysmian Group, líder mundial no setor de cabos de telecomunicação e energia, recebeu carta de confirmação de contrato da National Grid Viking Link Limited e da Energinet para a construção do Viking Link, o primeiro cabo submarino entre o Reino Unido e a Dinamarca. O contrato, no valor de quase 700 milhões de euros, inclui a concepção, fabricação e instalação do mais longo sistema de ligação do mundo, com um total de 1.250 km de cabos para a rota submarina e todos os aproximadamente 135 km de cabos terrestres na parte do Reino Unido, para os 4 dos 5 lotes conseguidos.

"Estamos orgulhosos de ter a oportunidade de apoiar dois dos nossos clientes mais importantes, a National Grid e a Energinet, na construção dessa infraestrutura estratégica, que será um marco para a atualização de toda a rede de transmissão de energia da União Europeia", declarou Valerio Battista, diretor executivo do Prysmian Group.

O sistema de ligação de corrente contínua em alta tensão (High Voltage Direct Current – HVDC) funcionará a ± 525 kV CC e permitirá transmitir até 1.400 MW de energia entre os dois países através das águas do Reino Unido, Holanda, Alemanha e Dinamarca. Serão utilizados cabos monocondutores, com isolamento de papel e impregnados com massa. O sistema de cabo HVDC ligará a estação de conversão em Biker Fen, em Lincolnshire, Reino Unido, à estação de conversão de Revsing, no sul da Jutlândia, Dinamarca, para melhorar o acesso a fontes de energia renováveis e sustentáveis para mais de 1,4 milhão de famílias, reduzindo os custos de eletricidade no Reino Unido e garantindo mais confiabilidade ao sistema.

"Esse projeto reafirma a nossa liderança indiscutível no mercado e no setor de tecnologia. Nosso compromisso é garantir todos os recursos necessários para auxiliar nossos clientes a fazer a transição para um futuro energético mais sustentável e inteligente", disse Hakan Ozmen, vice-presidente executivo de projetos do Prysmian Group.

Todos os cabos serão fabricados no centro de excelência do grupo em Arco Felice, Itália. As operações de cabos ultramarinos serão realizadas no novo navio de assentamento de cabos de última geração da Prysmian, que será o de maior capacidade no mercado. Com um investimento de mais de 170 milhões de euros, esse ativo estratégico reforçará o posicionamento da Prysmian como fornecedora de soluções completas, capaz de oferecer uma maior flexibilidade de projeto graças aos seus recursos avançados. O comissionamento do projeto está previsto para o final de 2023.

Prysmian Group

O Prysmian Group é líder mundial no setor de sistemas de cabos de telecomunicações e energia. Com quase 140 anos de experiência, vendas superiores a 11 bilhões de euros, cerca de 29.000 funcionários em mais de 50 países e 112 fábricas, o grupo ocupa uma posição sólida nos mercados de alta tecnologia e oferece a mais ampla gama de produtos, serviços, tecnologias e know-how. O grupo atua no ramo de cabos e sistemas submarinos e subterrâneos, sistemas de transmissão e distribuição de energia elétrica, cabos especiais para aplicações em diversos setores industriais e cabos de média e baixa tensão para os setores de construção e infraestrutura. No setor de telecomunicações, o grupo fabrica cabos e acessórios para transmissão de voz, vídeo e dados, e oferece uma série completa de fibras ópticas, cabos de cobre e ópticos e sistemas de conectividade. A Prysmian é uma empresa de capital aberto com ações negociadas na Bolsa de Valores de Milão com o índice FTSE MIB.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/951144/Prysmian_Group.jpg

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/951143/Prysmian_Group_Logo.jpg

 

 

FONTE Prysmian S.p.A

Projeto inclui ligação completa por cabos submarinos e aproveita os recursos do novo navio de assentamento de cabos

Todos os cabos terrestres serão fornecidos para a rota do Reino Unido

"Temos orgulho de apoiar a National Grid e a Energinet na construção do mais longo sistema de ligação do mundo", declarou V. Battista, diretor executivo da Prysmian

MILÃO, 24 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- O Prysmian Group, líder mundial no setor de cabos de telecomunicação e energia, recebeu carta de confirmação de contrato da National Grid Viking Link Limited e da Energinet para a construção do Viking Link, o primeiro cabo submarino entre o Reino Unido e a Dinamarca. O contrato, no valor de quase 700 milhões de euros, inclui a concepção, fabricação e instalação do mais longo sistema de ligação do mundo, com um total de 1.250 km de cabos para a rota submarina e todos os aproximadamente 135 km de cabos terrestres na parte do Reino Unido, para os 4 dos 5 lotes conseguidos.

"Estamos orgulhosos de ter a oportunidade de apoiar dois dos nossos clientes mais importantes, a National Grid e a Energinet, na construção dessa infraestrutura estratégica, que será um marco para a atualização de toda a rede de transmissão de energia da União Europeia", declarou Valerio Battista, diretor executivo do Prysmian Group.

O sistema de ligação de corrente contínua em alta tensão (High Voltage Direct Current – HVDC) funcionará a ± 525 kV CC e permitirá transmitir até 1.400 MW de energia entre os dois países através das águas do Reino Unido, Holanda, Alemanha e Dinamarca. Serão utilizados cabos monocondutores, com isolamento de papel e impregnados com massa. O sistema de cabo HVDC ligará a estação de conversão em Biker Fen, em Lincolnshire, Reino Unido, à estação de conversão de Revsing, no sul da Jutlândia, Dinamarca, para melhorar o acesso a fontes de energia renováveis e sustentáveis para mais de 1,4 milhão de famílias, reduzindo os custos de eletricidade no Reino Unido e garantindo mais confiabilidade ao sistema.

"Esse projeto reafirma a nossa liderança indiscutível no mercado e no setor de tecnologia. Nosso compromisso é garantir todos os recursos necessários para auxiliar nossos clientes a fazer a transição para um futuro energético mais sustentável e inteligente", disse Hakan Ozmen, vice-presidente executivo de projetos do Prysmian Group.

Todos os cabos serão fabricados no centro de excelência do grupo em Arco Felice, Itália. As operações de cabos ultramarinos serão realizadas no novo navio de assentamento de cabos de última geração da Prysmian, que será o de maior capacidade no mercado. Com um investimento de mais de 170 milhões de euros, esse ativo estratégico reforçará o posicionamento da Prysmian como fornecedora de soluções completas, capaz de oferecer uma maior flexibilidade de projeto graças aos seus recursos avançados. O comissionamento do projeto está previsto para o final de 2023.

Prysmian Group

O Prysmian Group é líder mundial no setor de sistemas de cabos de telecomunicações e energia. Com quase 140 anos de experiência, vendas superiores a 11 bilhões de euros, cerca de 29.000 funcionários em mais de 50 países e 112 fábricas, o grupo ocupa uma posição sólida nos mercados de alta tecnologia e oferece a mais ampla gama de produtos, serviços, tecnologias e know-how. O grupo atua no ramo de cabos e sistemas submarinos e subterrâneos, sistemas de transmissão e distribuição de energia elétrica, cabos especiais para aplicações em diversos setores industriais e cabos de média e baixa tensão para os setores de construção e infraestrutura. No setor de telecomunicações, o grupo fabrica cabos e acessórios para transmissão de voz, vídeo e dados, e oferece uma série completa de fibras ópticas, cabos de cobre e ópticos e sistemas de conectividade. A Prysmian é uma empresa de capital aberto com ações negociadas na Bolsa de Valores de Milão com o índice FTSE MIB.

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/951144/Prysmian_Group.jpg

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/951143/Prysmian_Group_Logo.jpg

 

 

FONTE Prysmian S.p.A

Você acabou de ler:

Prysmian ganha contrato para o projeto Viking Link avaliado em quase 700 milhões de euros

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/prysmian-ganha-contrato-para-o-projeto-viking-link-avaliado-em-quase-700-milhoes-de-euros/