QS World University Rankings by Subject 2022

Universidades brasileiras ficam entre as melhores do mundo em 51 Disciplinas

LONDRES, 6 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Impulsionada por desempenhos excepcionais em Odontologia, Engenharia de Petróleo e Engenharia de Minas, a Universidade de São Paulo (USP) tem o maior número de cursos top-100 da América Latina. A décima segunda edição do QS World University Rankings by Subject , lançada hoje por analistas internacionais de educação superior, vê 41 programas na USP nomeados entre os top-100 globais por suas disciplinas, mais do que qualquer um dos concorrentes continentais da USP. Destas 41 disciplinas, 11 fazem parte do top-50. Somente a Universidade Nacional Autônoma do México possui mais programas entre as 50 primeiras posições.

O desempenho mais impressionante da USP é alcançado no ranking de Odontologia da QS, que agora se encontra no 15º lugar globalmente, caindo duas posições na comparação anual. A odontologia é um ponto forte para as universidades brasileiras, com mais duas universidades entre as 50 melhores. Estas incluem a Universidade Estadual Paulista em 36º lugar, enquanto a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ocupa o 32º. Enquanto isso, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul estréia no top-100 para a disciplina (faixa 51-70).

A edição de 2022 do ranking global de desempenho universitário da QS oferece dados independentes sobre o desempenho de 313 programas em 32 universidades brasileiras, em 51 disciplinas acadêmicas. A QS descobriu que:

·  32% dos programas do Brasil caíram na classificação este ano, enquanto 23% melhoraram sua posição.

·  O setor de ensino superior brasileiro também demonstra ótimo desempenho em Engenharia de Petróleo, com a Unicamp (31º) e a USP (32º) ficando entre as 50 primeiras posições.

·  Refletindo a importância da agricultura para a economia brasileira, o Brasil está altamente representado no ranking da QS para Agricultura & Silvicultura, com 18 universidades classificadas.

·  O Brasil está mais bem representado apenas no ranking de Medicina da QS (21 universidades brasileiras incluídas).  

·  A USP é a única universidade a entrar no top-50 deste ano em disciplinas relacionados a esporte (49º).

 

QS World University Rankings por Disciplina 2022: Programas Top-50 brasileiros

2022

2021

Instituição

Disciplina

15

13

Universidade de São Paulo

Odontologia

31

34

Universidade de São Paulo

Engenharia - Mineral & Mineração

31

28

 Unicamp

Engenharia de Petróleo

32

26

Unicamp

Odontologia

32

29

Universidade de São Paulo

Engenharia de Petróleo

36

22=

UNESP

Odontologia

38

46

Universidade de São Paulo

Geografia

41

40=

Universidade de São Paulo

Medicina veterinária

41=

47

Universidade de São Paulo

Línguas modernas

42=

44=

Universidade de São Paulo

Antropologia

44

48=

Universidade de São Paulo

Arquitetura / Ambiente Construído

47

49=

 Unicamp

Agricultura e silvicultura

48=

46=

Universidade de São Paulo

Agricultura e silvicultura

49=

63=

Universidade de São Paulo

Sociologia

49=

51-100

Universidade de São Paulo

Disciplinas relacionadas a esporte

© QS Quacquarelli Symonds 2004-2022 https://www.TopUniversities.com/. Todos os direitos reservados

 

Ben Sowter, vice-presidente sênior da QS, disse: "A edição deste ano do QS World University Rankings por Disciplina fornece algumas notícias positivas para o setor de ensino superior brasileiro: sua principal universidade continua a afirmar seu status como potência de pesquisa no continente".

Sowter continuou: "Entretanto, vimos também que as universidades federais brasileiras continuam a liderar em pesquisa e colaboração. Para continuar melhorando em nossos rankings, as instituições brasileiras devem continuar engajando-se em parcerias internacionais de pesquisa, com ênfase em pesquisas que tenham claras implicações práticas".

Os rankings, compilados pelos analistas globais de ensino superior QS Quacquarelli Symonds, fornecem análises comparativas independentes sobre o desempenho de 15.200 programas universitários individuais, oferecidos a estudantes em 1.543 universidades, que podem ser encontrados em 88 locais em todo o mundo, em 51 disciplinas acadêmicas e em cinco grandes Áreas de Ensino. Eles fazem parte do portfólio anual do QS World University Rankings, o qual foi consultado mais de 147 milhões de vezes em 2021, e mencionado 96.000 vezes pela mídia e instituições. 

Metodologia      

A QS usa quatro métricas-chave para compilar a classificação das disciplinas. A ponderação precisa de cada métrica varia de acordo com o assunto para refletir as diferentes culturas de publicação entre as disciplinas. Por exemplo, o desempenho da pesquisa, baseado na análise da base de dados bibliométricos Scopus/Elsevier, é considerado como um indicador mais forte da potência institucional na Medicina, onde a disciplina é altamente dependente da disseminação da pesquisa, do que nas Artes Cênicas, onde a disciplina é de natureza mais vocacional.  Introduzimos pela primeira vez um indicador adicional, a Rede Internacional de Pesquisa, nas amplas tabelas de áreas do ensino (Artes & Humanidades, Ciências da Vida e Medicina, Ciências Naturais, Engenharia & Tecnologia e Ciências Sociais e Administração).

  

Informações metodológicas detalhadas podem ser encontradas em

https://www.TopUniversities.com/subject-rankings/methodology.     

O ranking completo pode ser encontrado em https://www.TopUniversities.com/subject-rankings/2022      

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1503777/QS_World_University_Rankings_Logo.jpg

 

 

 

FONTE QS Quacquarelli Symonds

Universidades brasileiras ficam entre as melhores do mundo em 51 Disciplinas

LONDRES, 6 de abril de 2022 /PRNewswire/ -- Impulsionada por desempenhos excepcionais em Odontologia, Engenharia de Petróleo e Engenharia de Minas, a Universidade de São Paulo (USP) tem o maior número de cursos top-100 da América Latina. A décima segunda edição do QS World University Rankings by Subject , lançada hoje por analistas internacionais de educação superior, vê 41 programas na USP nomeados entre os top-100 globais por suas disciplinas, mais do que qualquer um dos concorrentes continentais da USP. Destas 41 disciplinas, 11 fazem parte do top-50. Somente a Universidade Nacional Autônoma do México possui mais programas entre as 50 primeiras posições.

O desempenho mais impressionante da USP é alcançado no ranking de Odontologia da QS, que agora se encontra no 15º lugar globalmente, caindo duas posições na comparação anual. A odontologia é um ponto forte para as universidades brasileiras, com mais duas universidades entre as 50 melhores. Estas incluem a Universidade Estadual Paulista em 36º lugar, enquanto a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ocupa o 32º. Enquanto isso, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul estréia no top-100 para a disciplina (faixa 51-70).

A edição de 2022 do ranking global de desempenho universitário da QS oferece dados independentes sobre o desempenho de 313 programas em 32 universidades brasileiras, em 51 disciplinas acadêmicas. A QS descobriu que:

·  32% dos programas do Brasil caíram na classificação este ano, enquanto 23% melhoraram sua posição.

·  O setor de ensino superior brasileiro também demonstra ótimo desempenho em Engenharia de Petróleo, com a Unicamp (31º) e a USP (32º) ficando entre as 50 primeiras posições.

·  Refletindo a importância da agricultura para a economia brasileira, o Brasil está altamente representado no ranking da QS para Agricultura & Silvicultura, com 18 universidades classificadas.

·  O Brasil está mais bem representado apenas no ranking de Medicina da QS (21 universidades brasileiras incluídas).  

·  A USP é a única universidade a entrar no top-50 deste ano em disciplinas relacionados a esporte (49º).

 

QS World University Rankings por Disciplina 2022: Programas Top-50 brasileiros

2022

2021

Instituição

Disciplina

15

13

Universidade de São Paulo

Odontologia

31

34

Universidade de São Paulo

Engenharia - Mineral & Mineração

31

28

 Unicamp

Engenharia de Petróleo

32

26

Unicamp

Odontologia

32

29

Universidade de São Paulo

Engenharia de Petróleo

36

22=

UNESP

Odontologia

38

46

Universidade de São Paulo

Geografia

41

40=

Universidade de São Paulo

Medicina veterinária

41=

47

Universidade de São Paulo

Línguas modernas

42=

44=

Universidade de São Paulo

Antropologia

44

48=

Universidade de São Paulo

Arquitetura / Ambiente Construído

47

49=

 Unicamp

Agricultura e silvicultura

48=

46=

Universidade de São Paulo

Agricultura e silvicultura

49=

63=

Universidade de São Paulo

Sociologia

49=

51-100

Universidade de São Paulo

Disciplinas relacionadas a esporte

© QS Quacquarelli Symonds 2004-2022 https://www.TopUniversities.com/. Todos os direitos reservados

 

Ben Sowter, vice-presidente sênior da QS, disse: "A edição deste ano do QS World University Rankings por Disciplina fornece algumas notícias positivas para o setor de ensino superior brasileiro: sua principal universidade continua a afirmar seu status como potência de pesquisa no continente".

Sowter continuou: "Entretanto, vimos também que as universidades federais brasileiras continuam a liderar em pesquisa e colaboração. Para continuar melhorando em nossos rankings, as instituições brasileiras devem continuar engajando-se em parcerias internacionais de pesquisa, com ênfase em pesquisas que tenham claras implicações práticas".

Os rankings, compilados pelos analistas globais de ensino superior QS Quacquarelli Symonds, fornecem análises comparativas independentes sobre o desempenho de 15.200 programas universitários individuais, oferecidos a estudantes em 1.543 universidades, que podem ser encontrados em 88 locais em todo o mundo, em 51 disciplinas acadêmicas e em cinco grandes Áreas de Ensino. Eles fazem parte do portfólio anual do QS World University Rankings, o qual foi consultado mais de 147 milhões de vezes em 2021, e mencionado 96.000 vezes pela mídia e instituições. 

Metodologia      

A QS usa quatro métricas-chave para compilar a classificação das disciplinas. A ponderação precisa de cada métrica varia de acordo com o assunto para refletir as diferentes culturas de publicação entre as disciplinas. Por exemplo, o desempenho da pesquisa, baseado na análise da base de dados bibliométricos Scopus/Elsevier, é considerado como um indicador mais forte da potência institucional na Medicina, onde a disciplina é altamente dependente da disseminação da pesquisa, do que nas Artes Cênicas, onde a disciplina é de natureza mais vocacional.  Introduzimos pela primeira vez um indicador adicional, a Rede Internacional de Pesquisa, nas amplas tabelas de áreas do ensino (Artes & Humanidades, Ciências da Vida e Medicina, Ciências Naturais, Engenharia & Tecnologia e Ciências Sociais e Administração).

  

Informações metodológicas detalhadas podem ser encontradas em

https://www.TopUniversities.com/subject-rankings/methodology.     

O ranking completo pode ser encontrado em https://www.TopUniversities.com/subject-rankings/2022      

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1503777/QS_World_University_Rankings_Logo.jpg

 

 

 

FONTE QS Quacquarelli Symonds

Você acabou de ler:

QS World University Rankings by Subject 2022

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/qs-world-university-rankings-by-subject-2022/