Quais fatores fazem os carros falharem? O Portal Carro Bonito explica

CURITIBA, Brasil, 14 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Quando um automóvel começa a apresentar falhas, problemas de funcionamento, certamente é hora de se dirigir a uma mecânica especializada, dado que a maioria das pessoas que possuem carro não são mecânicos.

Entretanto, os especialistas são quase unânimes: todas as falhas e defeitos que um automóvel possa apresentar, com o tempo, são normais, devido a uma série de fatores que estão dentro do uso contínuo e desgaste de peças, entre outros.

Deste modo, todos os modelos produzidos no mundo, no passado, no presente e, provavelmente, no futuro já falharam, falham e falharão, perdendo grande parte de sua potência.

Os motores enfraquecem, e muitas vezes não chegam mais a avançar ao topo de uma ladeira, sendo que o mesmo pode até apagar várias vezes, ao logo de um percurso. Nesta linha, razoavelmente decadente, o veículo acaba consumindo mais combustível, o motor custa a funcionar ou mesmo acionar, ou seja, o envelhecimento, desgaste e uso vão tornando o carro menos eficiente e pré-disposto a falhas.

Todos esses problemas são oriundos do carburador, velas, cabos, platinado e condensador.

Com relação ao carburador, trata-se de uma peça que precisa ser constantemente lavada, às vezes substituído. As velas, devido ao desgaste, começar a apresentar defeitos - elas podem chegar da fábrica com defeito, o qual aparece mais tarde. Os cabos de velas, o chamado platinado e o condensador também apresentam problemas com o tempo.

Na atualidade, todos os defeitos ligados a essas peças e funções tornaram-se bem menos frequentes, dado o advento da chamada ignição eletrônica. Entretanto, nem tudo são flores.

A criação e instalação, nos automóveis de hoje, do sistema injeção eletrônica foi uma verdadeira benção, porém, embora se tenha cultivado a crença de que certos problemas seriam completamente sanados, não foi bem isso que se verificou.

Embora o carburador tenha sido abolido, o sistema de velas, de cabos e até mesmo combustíveis de péssima qualidade continuar a fluir ou equipar os veículos mais atuais. Nesse quesito, o aperfeiçoamento desejado ainda permanece no papel. As peças clássicas, que estão sujeitas a desgaste, a problemas de estrutura, ou por defeitos que inevitavelmente possam conter, são fundamentais para a configuração do motor. Portanto, as constantes revisões sobre o estado das velas e da bobina de ignição continuarão a fazer parte das preocupações dos motoristas.

Dicas:

Se uma falha surge e parece oriunda de um "sopro" no motor, sobretudo no momento em que se acelera o carro (caso em que o mesmo enfraquece, e não pega velocidade), é hora de se checar os cabos e as velas. Às vezes, trata-se somente de um cabo de vela que está um pouco frouxo, resultando no que os mecânicos explicam como: escapamento da centelha diretamente ao bloco do motor ou demais partes metálicas do mesmo.

Esses casos se dão depois de o motor ser lavado de modo inadequado. Portanto, será necessário, apenas, conectar o cabo de modo firme, novamente (fazer isso com o motor desligado!). Mesmo assim, velas e cabos velhos precisam ser substituídos por novos.

Com relação à bobina, sua luz de injeção tende a sinalizar o problema e um diagnóstico preciso deverá ser realizado.

Com relação aos bicos injetores, embora estes dificilmente apresentem falhas, é necessária atenção sobre eles. Se eles falharem, ou pararem de pulsar, o cilindro para de queimar devido à falta do combustível. A luz da injeção vai acusar a falha, que deverá ser imediatamente verificada.

Problemas possíveis: uma das tomadas do bico pode estar com defeito ou mesmo solta. A dica fundamental aqui está em evitar abastecer em postos de estrada, que, muitas vezes, vendem combustível adulterado, o que resulta e problemas para o motor, em todos os sentidos.

No site Carro Bonito você encontra diversas dicas sobre como cuidar do seu automóvel, além de informações atualizadas sobre os últimos modelos de veículos lançados, com suas especificações, ficha técnica, novidades. Acesse o portal https://www.carrobonito.com e fique por dentro das últimas informações sobre o mundo automobilístico.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Portal Carro Bonito

CURITIBA, Brasil, 14 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Quando um automóvel começa a apresentar falhas, problemas de funcionamento, certamente é hora de se dirigir a uma mecânica especializada, dado que a maioria das pessoas que possuem carro não são mecânicos.

Entretanto, os especialistas são quase unânimes: todas as falhas e defeitos que um automóvel possa apresentar, com o tempo, são normais, devido a uma série de fatores que estão dentro do uso contínuo e desgaste de peças, entre outros.

Deste modo, todos os modelos produzidos no mundo, no passado, no presente e, provavelmente, no futuro já falharam, falham e falharão, perdendo grande parte de sua potência.

Os motores enfraquecem, e muitas vezes não chegam mais a avançar ao topo de uma ladeira, sendo que o mesmo pode até apagar várias vezes, ao logo de um percurso. Nesta linha, razoavelmente decadente, o veículo acaba consumindo mais combustível, o motor custa a funcionar ou mesmo acionar, ou seja, o envelhecimento, desgaste e uso vão tornando o carro menos eficiente e pré-disposto a falhas.

Todos esses problemas são oriundos do carburador, velas, cabos, platinado e condensador.

Com relação ao carburador, trata-se de uma peça que precisa ser constantemente lavada, às vezes substituído. As velas, devido ao desgaste, começar a apresentar defeitos - elas podem chegar da fábrica com defeito, o qual aparece mais tarde. Os cabos de velas, o chamado platinado e o condensador também apresentam problemas com o tempo.

Na atualidade, todos os defeitos ligados a essas peças e funções tornaram-se bem menos frequentes, dado o advento da chamada ignição eletrônica. Entretanto, nem tudo são flores.

A criação e instalação, nos automóveis de hoje, do sistema injeção eletrônica foi uma verdadeira benção, porém, embora se tenha cultivado a crença de que certos problemas seriam completamente sanados, não foi bem isso que se verificou.

Embora o carburador tenha sido abolido, o sistema de velas, de cabos e até mesmo combustíveis de péssima qualidade continuar a fluir ou equipar os veículos mais atuais. Nesse quesito, o aperfeiçoamento desejado ainda permanece no papel. As peças clássicas, que estão sujeitas a desgaste, a problemas de estrutura, ou por defeitos que inevitavelmente possam conter, são fundamentais para a configuração do motor. Portanto, as constantes revisões sobre o estado das velas e da bobina de ignição continuarão a fazer parte das preocupações dos motoristas.

Dicas:

Se uma falha surge e parece oriunda de um "sopro" no motor, sobretudo no momento em que se acelera o carro (caso em que o mesmo enfraquece, e não pega velocidade), é hora de se checar os cabos e as velas. Às vezes, trata-se somente de um cabo de vela que está um pouco frouxo, resultando no que os mecânicos explicam como: escapamento da centelha diretamente ao bloco do motor ou demais partes metálicas do mesmo.

Esses casos se dão depois de o motor ser lavado de modo inadequado. Portanto, será necessário, apenas, conectar o cabo de modo firme, novamente (fazer isso com o motor desligado!). Mesmo assim, velas e cabos velhos precisam ser substituídos por novos.

Com relação à bobina, sua luz de injeção tende a sinalizar o problema e um diagnóstico preciso deverá ser realizado.

Com relação aos bicos injetores, embora estes dificilmente apresentem falhas, é necessária atenção sobre eles. Se eles falharem, ou pararem de pulsar, o cilindro para de queimar devido à falta do combustível. A luz da injeção vai acusar a falha, que deverá ser imediatamente verificada.

Problemas possíveis: uma das tomadas do bico pode estar com defeito ou mesmo solta. A dica fundamental aqui está em evitar abastecer em postos de estrada, que, muitas vezes, vendem combustível adulterado, o que resulta e problemas para o motor, em todos os sentidos.

No site Carro Bonito você encontra diversas dicas sobre como cuidar do seu automóvel, além de informações atualizadas sobre os últimos modelos de veículos lançados, com suas especificações, ficha técnica, novidades. Acesse o portal https://www.carrobonito.com e fique por dentro das últimas informações sobre o mundo automobilístico.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Portal Carro Bonito