Quantinuum conclui atualização de hardware e atinge 20 qubits totalmente conectados

O computador quântico H1-1, que foi atualizado recentemente, passou por testes extensos a fim de verificar seu desempenho e sua funcionalidade. O cliente JPMorgan Chase estava entre os que o testou e publicou seus resultados 

BROOMFIELD, Colorado, 15 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- A Quantinuum anunciou hoje uma grande atualização na tecnologia de seu System Model H1, que inclui a expansão para 20 qubits totalmente conectados e o aumento do número de operações quânticas que podem ser concluídas em paralelo. 

As melhorias reforçam significativamente os recursos computacionais do computador quântico  H1-1, suportado pela Honeywell, que estabeleceu vários recordes do setor para volume quântico, uma medida de desempenho geral, desde que foi lançado no segundo semestre de 2020.    

"Com essas atualizações, os desenvolvedores podem realizar cálculos mais complexos do que antes sem sacrificar o desempenho", disse Tony Uttley, presidente e diretor de operações da Quantinuum. "Esta atualização é mais um exemplo de nosso modelo de negócios único de atualização contínua de nossos sistemas, mesmo depois de serem lançados comercialmente, no intuito de oferecer o melhor desempenho a nossos usuários." 

O sistema atualizado passou por extensos testes por usuários internos e externos a fim de verificar o desempenho e a funcionalidade, incluindo uma prévia privada pelo JP Morgan Chase.  

"A equipe de computação quântica do JPMorgan Chase tem usado o computador quântico da Quantinuum para realizar experimentos que utilizam medição de circuito médio, reutilização e lógica condicional quântica, tirando proveito do volume quântico muito alto do computador", disse Marco Pistoia, Ph.D., engenheiro distinto e diretor de pesquisa de computação quântica e comunicação do banco. "Em nossos experimentos, usamos os 20 qubits do computador H1-1 em um algoritmo quântico de processamento de linguagem natural para sumarização extrativa de texto. Os resultados foram quase idênticos aos valores de referência calculados com um simulador sem ruído, validando a alta fidelidade do computador, conforme mostrado em nossa recente pré-impressão do arXiv. Graças a isso, o computador da Quantinuum continua sendo um recurso essencial para nossa pesquisa em computação quântica."

Várias atualizações foram feitas pela equipe Quantinuum para a máquina H1-1, incluindo: 

  • Aumento do número de qubits totalmente conectados de 12 para 20, preservando simultaneamente os baixos erros de porta de dois qubits (fidelidades de desempenho típicas de 99,7% com fidelidades de até 99,8%) e recursos críticos, como medição de circuito médio, reutilização de qubit, lógica condicional quântica e conectividade "all-to-all".
  • Aumento do número de zonas de portas de três para cinco, permitindo que o H1-1 complete mais operações quânticas simultaneamente, e possibilitando uma paralelização maior na execução de circuitos.

Uttley disse que essas atualizações provam ser um próximo passo importante no roteiro da série H, que é a capacidade de aumentar o número de qubit e o número de zonas de portas sem comprometer a fidelidade da porta.  

A segunda versão do System Model H1, o H1-2, está programada para receber atualizações semelhantes ainda este ano.

"Esses últimos avanços mostram que entendemos o que é preciso fazer para ampliar nosso hardware quântico de íons aprisionados e que continuamos a realizar o progresso esperado em nosso roteiro de tecnologia", disse Uttley. "Estamos adicionando qubits e mantendo a fidelidade sem comprometer nenhum recurso, o que é absolutamente essencial à medida que escalamos para as futuras gerações de nossa série H."  

A Quantinuum utiliza as máquinas do System Model H1 para desenvolver soluções totalmente integradas, como a Quantum Origin, sua oferta de segurança cibernética e o InQuanto, seu recém-lançado software de química computacional quântica. (o acesso às máquinas H1 é oferecido com licenças para o software InQuanto.)

A Quantinuum também oferece acesso comercial a seus computadores quânticos de íons aprisionados, o H1-1 e o H1-2, bem como aos emuladores H1 por meio doAzure Quantum da Microsoft

"A atualização contínua dos sistemas da Quantinuum tem sido um grande benefício para os clientes da Microsoft. A Microsoft tem o prazer de oferecer os novos recursos do H1-1 com 20 qubits para clientes que acessam os sistemas Quantinuum H por meio do Microsoft Azure Quantum e do nosso programa Azure Quantum Credits, que oferece acesso gratuito ao hardware quântico aos clientes", disse Fabrice Frachon, gerente principal de programação da Azure Quantum. 

Para mais informações sobre o recém-atualizado H1-1, acesse http://quantinuum.com/n20.

Sobre a Quantinuum 

A Quantinuum é a maior empresa de computação quântica integrada do mundo, formada pela combinação do hardware líder mundial da Honeywell Quantum Solutions com as aplicações e middleware líderes da categoria da Cambridge Quantum. 

A Quantinuum acelera a computação quântica e o desenvolvimento de aplicações em química, segurança cibernética, finanças e otimização. O kit de ferramentas para desenvolvedores de código aberto TKET da empresa oferece acesso com plataforma inclusiva aos principais hardware e simuladores quânticos do mundo e aprimora o desempenho de todos os produtos Quantinuum. A Quantinuum emprega mais de 400 pessoas, incluindo 300 cientistas, em oito unidades nos EUA, Europa e Japão. 

Suportada pela Honeywell, a tecnologia de hardware System Model H1 da Quantinuum foi a primeira a passar no benchmark 4096 de volume quântico padrão do setor. Em março de 2020, a Quantinuum (como Honeywell Quantum Solutions) se comprometeu a aumentar o volume quântico de seus computadores quânticos comerciais da série H em uma ordem de magnitude a cada ano nos próximos cinco anos. 

A marca comercial Honeywell é utilizada sob licença da Honeywell International Inc. A Honeywell International Inc. não faz representações ou garantias relacionadas a esse produto.  Esse produto é produzido pela Quantinuum. 

 

FONTE Quantinuum

O computador quântico H1-1, que foi atualizado recentemente, passou por testes extensos a fim de verificar seu desempenho e sua funcionalidade. O cliente JPMorgan Chase estava entre os que o testou e publicou seus resultados 

BROOMFIELD, Colorado, 15 de junho de 2022 /PRNewswire/ -- A Quantinuum anunciou hoje uma grande atualização na tecnologia de seu System Model H1, que inclui a expansão para 20 qubits totalmente conectados e o aumento do número de operações quânticas que podem ser concluídas em paralelo. 

As melhorias reforçam significativamente os recursos computacionais do computador quântico  H1-1, suportado pela Honeywell, que estabeleceu vários recordes do setor para volume quântico, uma medida de desempenho geral, desde que foi lançado no segundo semestre de 2020.    

"Com essas atualizações, os desenvolvedores podem realizar cálculos mais complexos do que antes sem sacrificar o desempenho", disse Tony Uttley, presidente e diretor de operações da Quantinuum. "Esta atualização é mais um exemplo de nosso modelo de negócios único de atualização contínua de nossos sistemas, mesmo depois de serem lançados comercialmente, no intuito de oferecer o melhor desempenho a nossos usuários." 

O sistema atualizado passou por extensos testes por usuários internos e externos a fim de verificar o desempenho e a funcionalidade, incluindo uma prévia privada pelo JP Morgan Chase.  

"A equipe de computação quântica do JPMorgan Chase tem usado o computador quântico da Quantinuum para realizar experimentos que utilizam medição de circuito médio, reutilização e lógica condicional quântica, tirando proveito do volume quântico muito alto do computador", disse Marco Pistoia, Ph.D., engenheiro distinto e diretor de pesquisa de computação quântica e comunicação do banco. "Em nossos experimentos, usamos os 20 qubits do computador H1-1 em um algoritmo quântico de processamento de linguagem natural para sumarização extrativa de texto. Os resultados foram quase idênticos aos valores de referência calculados com um simulador sem ruído, validando a alta fidelidade do computador, conforme mostrado em nossa recente pré-impressão do arXiv. Graças a isso, o computador da Quantinuum continua sendo um recurso essencial para nossa pesquisa em computação quântica."

Várias atualizações foram feitas pela equipe Quantinuum para a máquina H1-1, incluindo: 

  • Aumento do número de qubits totalmente conectados de 12 para 20, preservando simultaneamente os baixos erros de porta de dois qubits (fidelidades de desempenho típicas de 99,7% com fidelidades de até 99,8%) e recursos críticos, como medição de circuito médio, reutilização de qubit, lógica condicional quântica e conectividade "all-to-all".
  • Aumento do número de zonas de portas de três para cinco, permitindo que o H1-1 complete mais operações quânticas simultaneamente, e possibilitando uma paralelização maior na execução de circuitos.

Uttley disse que essas atualizações provam ser um próximo passo importante no roteiro da série H, que é a capacidade de aumentar o número de qubit e o número de zonas de portas sem comprometer a fidelidade da porta.  

A segunda versão do System Model H1, o H1-2, está programada para receber atualizações semelhantes ainda este ano.

"Esses últimos avanços mostram que entendemos o que é preciso fazer para ampliar nosso hardware quântico de íons aprisionados e que continuamos a realizar o progresso esperado em nosso roteiro de tecnologia", disse Uttley. "Estamos adicionando qubits e mantendo a fidelidade sem comprometer nenhum recurso, o que é absolutamente essencial à medida que escalamos para as futuras gerações de nossa série H."  

A Quantinuum utiliza as máquinas do System Model H1 para desenvolver soluções totalmente integradas, como a Quantum Origin, sua oferta de segurança cibernética e o InQuanto, seu recém-lançado software de química computacional quântica. (o acesso às máquinas H1 é oferecido com licenças para o software InQuanto.)

A Quantinuum também oferece acesso comercial a seus computadores quânticos de íons aprisionados, o H1-1 e o H1-2, bem como aos emuladores H1 por meio doAzure Quantum da Microsoft

"A atualização contínua dos sistemas da Quantinuum tem sido um grande benefício para os clientes da Microsoft. A Microsoft tem o prazer de oferecer os novos recursos do H1-1 com 20 qubits para clientes que acessam os sistemas Quantinuum H por meio do Microsoft Azure Quantum e do nosso programa Azure Quantum Credits, que oferece acesso gratuito ao hardware quântico aos clientes", disse Fabrice Frachon, gerente principal de programação da Azure Quantum. 

Para mais informações sobre o recém-atualizado H1-1, acesse http://quantinuum.com/n20.

Sobre a Quantinuum 

A Quantinuum é a maior empresa de computação quântica integrada do mundo, formada pela combinação do hardware líder mundial da Honeywell Quantum Solutions com as aplicações e middleware líderes da categoria da Cambridge Quantum. 

A Quantinuum acelera a computação quântica e o desenvolvimento de aplicações em química, segurança cibernética, finanças e otimização. O kit de ferramentas para desenvolvedores de código aberto TKET da empresa oferece acesso com plataforma inclusiva aos principais hardware e simuladores quânticos do mundo e aprimora o desempenho de todos os produtos Quantinuum. A Quantinuum emprega mais de 400 pessoas, incluindo 300 cientistas, em oito unidades nos EUA, Europa e Japão. 

Suportada pela Honeywell, a tecnologia de hardware System Model H1 da Quantinuum foi a primeira a passar no benchmark 4096 de volume quântico padrão do setor. Em março de 2020, a Quantinuum (como Honeywell Quantum Solutions) se comprometeu a aumentar o volume quântico de seus computadores quânticos comerciais da série H em uma ordem de magnitude a cada ano nos próximos cinco anos. 

A marca comercial Honeywell é utilizada sob licença da Honeywell International Inc. A Honeywell International Inc. não faz representações ou garantias relacionadas a esse produto.  Esse produto é produzido pela Quantinuum. 

 

FONTE Quantinuum

Você acabou de ler:

Quantinuum conclui atualização de hardware e atinge 20 qubits totalmente conectados

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/quantinuum-conclui-atualizacao-de-hardware-e-atinge-20-qubits-totalmente-conectados/