RDIF e o Serum Institute of India, o maior fabricante mundial de vacinas, iniciarão a produção da ''Sputnik'' nas instalações da empresa em setembro

- Início do processo de transferência e cultivo tecnológico se realizará após obtenção da aprovação do Controlador Geral de Medicamentos da Índia (DCGI).

- As partes planejam produzir mais de 300 milhões de doses da vacina anualmente na Índia, com o primeiro lote previsto para ser lançado em setembro de 2021.

MOSCOU, 13 d ejulho de 2021 /PRNewswire/ -- O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF, o fundo de riqueza soberana da Federação Russa) anuncia a cooperação com a empresa farmacêutica indiana Serum Institute of India (SII), maior fabricante mundial de vacinas, para produzir a vacina russa "Sputnik" contra o coronavírus na Índia.

O SII é a maior fabricante mundial de vacinas contra o coronavírus, com mais de 500 milhões de doses já produzidas. O SII é uma das empresas líderes da Índia na luta contra o coronavírus por meio de uma série de parcerias estratégicas. Além de desenvolver sua própria vacina, o SII está produzindo atualmente a Covishield (desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford), Covovax (desenvolvida pela Novavax), e também está conduzindo pesquisas sobre a Codagenix no Reino Unido.



Espera-se que o primeiro lote da vacina russa seja lançado pelo fabricante em setembro. Mais de 300 milhões de doses da vacina russa estão planejadas para serem produzidas anualmente nas instalações do SII na Índia.

Como parte do processo de transferência tecnológica, o SII já recebeu amostras de células e vetores do Centro Gamaleia, que foram aprovadas pelo Controlador Geral de Medicamentos da Índia (DCGI), e iniciaram o processo de cultivo.

A Índia é o principal centro de fabricação da vacina "Sputnik". Anteriormente, o RDIF celebrou acordos com vários fabricantes de produtos farmacêuticos na Índia (Gland Pharma, Hetero Biopharma, Panacea Biotec, Stelis Biopharma, Virchow Biotech e Morepen) para a produção da vacina.

Até o momento, a vacina "Sputnik V" foi registrada em 67 países com uma população total de mais de 3,5 bilhões de pessoas. Dados regulatórios de vários países, incluindo Argentina, Sérvia, Bahrein, Hungria, México, San Marino, Emirados Árabes Unidos e outros países, obtidos durante a vacinação da população, demonstram que a "Sputnik V" é uma das vacinas mais seguras e eficazes contra o coronavírus.

Kirill Dmitriev, CEO do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), afirmou:

 "O Fundo de Investimento Direto Russo tem o prazer de anunciar uma parceria com o Serum Institute of India, o maior fabricante mundial de vacinas. Esta parceria estratégica é um passo importante e fundamental no aumento de nossas capacidades de manufatura e exemplifica a união de forças e experiência para salvar vidas na Índia e em todo o mundo. Atualmente, o processo de transferência tecnológica está em andamento, esperamos o lançamento dos primeiros lotes da vacina nos próximos meses."

Adar Poonawalla, С EO do Serum Institute of India, comentou:

"Estou muito satisfeito com a parceria com o Fundo de Investimento Direto da Rússia para a produção da vacina 'Sputnik'. Esperamos produzir milhões de doses nos próximos meses após o início da produção de teste em setembro. É imperativo que a vacina 'Sputnik', com suas altas taxas de segurança e eficácia, esteja disponível para pessoas na Índia e em todo o mundo. Dadas as incertezas que cercam o vírus, é importante que as instituições internacionais e os governos trabalhem juntos para combater ainda mais a pandemia. "

A vacina Sputnik V tem vantagens importantes:

  • A eficácia da vacina é de 97,6% com base na análise de dados de incidência de coronavírus entre russos vacinados com os dois componentes da droga no período de 5 de dezembro de 2020 a 31 de março de 2021.
  • A vacina "Sputnik V" é baseada em uma plataforma comprovada e bem estudada de vetores adenovirais humanos que causam o resfriado comum e aos quais a humanidade foi exposta por milênios.
  • A vacina "Sputnik V" usa uma abordagem de reforço heterogênea, que se baseia no uso de dois vetores diferentes para duas injeções durante o processo de vacinação. Essa abordagem cria uma imunidade mais forte em comparação com as vacinas que usam o mesmo mecanismo de aplicação para ambas as injeções.
  • A segurança, eficácia e ausência de efeitos adversos de longo prazo das vacinas de adenovírus foram comprovadas em mais de 250 estudos clínicos ao longo de duas décadas.
  • A "Sputnik V" não causa alergias graves.
  • A temperatura de armazenamento da "Sputnik V" de + 2 + 8 graus Celsius permite que seja armazenado em um refrigerador convencional sem a necessidade de investir em infraestrutura adicional de cadeia de frio.

***

O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) foi fundado em 2011 para investir no capital de empresas principalmente na Rússia, juntamente com os principais investidores financeiros e estratégicos estrangeiros. O fundo atua como um catalisador para o investimento direto na economia russa. No momento, o RDIF tem um histórico de sucesso na implementação conjunta de mais de 80 projetos com parceiros estrangeiros com um volume total de mais de 2,1 trilhão de rublos, cobrindo 95% das regiões russas. As empresas do portfólio do RDIF empregam mais de 1000.000 funcionários e sua receita anual é de 6% do PIB da Rússia. O RDIF estabeleceu parcerias estratégicas conjuntas com os principais co-investidores internacionais de 18 países, totalizando mais de US$ 40 bilhões. Mais informações podem ser encontradas no site: rdif.ru

Serum Institute of India Pvt, Ltd. (SIIPL) é o maior fabricante mundial de vacinas em número de doses produzidas e vendidas (mais de 1,5 bilhão), fornecendo as vacinas mais acessíveis e aprovadas pela OMS para 170 países. A empresa foi fundada em 1966 com o objetivo de fabricar produtos imunobiológicos vitais, incluindo vacinas, em todo o mundo. Em linha com as metas globais de saúde, o SII baixou os preços de novas vacinas, incluindo difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenzae tipo b, BCG, r-hepatite B, sarampo, caxumba e rubéola. Tecnologia de classe mundial está sendo trazida para a Índia pela SII, que possui uma fábrica multifuncional de última geração em Manjri (Pune). A empresa está fazendo parceria com a Zipline e agências governamentais para desenvolver medicamentos de emergência e cuidados intensivos, e está liderando o caminho no desenvolvimento de vacinas contra o coronavírus.

Contato para informações adicionais:

Alexey Urazov

Fundo de Investimento Direto Russo

Diretor de Comunicações Externas

Celular: +7 915 312 76 65

E-mail: Alexey.Urazov@rdif.ru

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1140939/Russian_Direct_Investment_Fund_Logo.jpg

FONTE Russian Direct Investment Fund (RDIF)

- Início do processo de transferência e cultivo tecnológico se realizará após obtenção da aprovação do Controlador Geral de Medicamentos da Índia (DCGI).

- As partes planejam produzir mais de 300 milhões de doses da vacina anualmente na Índia, com o primeiro lote previsto para ser lançado em setembro de 2021.

MOSCOU, 13 d ejulho de 2021 /PRNewswire/ -- O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF, o fundo de riqueza soberana da Federação Russa) anuncia a cooperação com a empresa farmacêutica indiana Serum Institute of India (SII), maior fabricante mundial de vacinas, para produzir a vacina russa "Sputnik" contra o coronavírus na Índia.

O SII é a maior fabricante mundial de vacinas contra o coronavírus, com mais de 500 milhões de doses já produzidas. O SII é uma das empresas líderes da Índia na luta contra o coronavírus por meio de uma série de parcerias estratégicas. Além de desenvolver sua própria vacina, o SII está produzindo atualmente a Covishield (desenvolvida pela AstraZeneca e a Universidade de Oxford), Covovax (desenvolvida pela Novavax), e também está conduzindo pesquisas sobre a Codagenix no Reino Unido.



Espera-se que o primeiro lote da vacina russa seja lançado pelo fabricante em setembro. Mais de 300 milhões de doses da vacina russa estão planejadas para serem produzidas anualmente nas instalações do SII na Índia.

Como parte do processo de transferência tecnológica, o SII já recebeu amostras de células e vetores do Centro Gamaleia, que foram aprovadas pelo Controlador Geral de Medicamentos da Índia (DCGI), e iniciaram o processo de cultivo.

A Índia é o principal centro de fabricação da vacina "Sputnik". Anteriormente, o RDIF celebrou acordos com vários fabricantes de produtos farmacêuticos na Índia (Gland Pharma, Hetero Biopharma, Panacea Biotec, Stelis Biopharma, Virchow Biotech e Morepen) para a produção da vacina.

Até o momento, a vacina "Sputnik V" foi registrada em 67 países com uma população total de mais de 3,5 bilhões de pessoas. Dados regulatórios de vários países, incluindo Argentina, Sérvia, Bahrein, Hungria, México, San Marino, Emirados Árabes Unidos e outros países, obtidos durante a vacinação da população, demonstram que a "Sputnik V" é uma das vacinas mais seguras e eficazes contra o coronavírus.

Kirill Dmitriev, CEO do Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF), afirmou:

 "O Fundo de Investimento Direto Russo tem o prazer de anunciar uma parceria com o Serum Institute of India, o maior fabricante mundial de vacinas. Esta parceria estratégica é um passo importante e fundamental no aumento de nossas capacidades de manufatura e exemplifica a união de forças e experiência para salvar vidas na Índia e em todo o mundo. Atualmente, o processo de transferência tecnológica está em andamento, esperamos o lançamento dos primeiros lotes da vacina nos próximos meses."

Adar Poonawalla, С EO do Serum Institute of India, comentou:

"Estou muito satisfeito com a parceria com o Fundo de Investimento Direto da Rússia para a produção da vacina 'Sputnik'. Esperamos produzir milhões de doses nos próximos meses após o início da produção de teste em setembro. É imperativo que a vacina 'Sputnik', com suas altas taxas de segurança e eficácia, esteja disponível para pessoas na Índia e em todo o mundo. Dadas as incertezas que cercam o vírus, é importante que as instituições internacionais e os governos trabalhem juntos para combater ainda mais a pandemia. "

A vacina Sputnik V tem vantagens importantes:

  • A eficácia da vacina é de 97,6% com base na análise de dados de incidência de coronavírus entre russos vacinados com os dois componentes da droga no período de 5 de dezembro de 2020 a 31 de março de 2021.
  • A vacina "Sputnik V" é baseada em uma plataforma comprovada e bem estudada de vetores adenovirais humanos que causam o resfriado comum e aos quais a humanidade foi exposta por milênios.
  • A vacina "Sputnik V" usa uma abordagem de reforço heterogênea, que se baseia no uso de dois vetores diferentes para duas injeções durante o processo de vacinação. Essa abordagem cria uma imunidade mais forte em comparação com as vacinas que usam o mesmo mecanismo de aplicação para ambas as injeções.
  • A segurança, eficácia e ausência de efeitos adversos de longo prazo das vacinas de adenovírus foram comprovadas em mais de 250 estudos clínicos ao longo de duas décadas.
  • A "Sputnik V" não causa alergias graves.
  • A temperatura de armazenamento da "Sputnik V" de + 2 + 8 graus Celsius permite que seja armazenado em um refrigerador convencional sem a necessidade de investir em infraestrutura adicional de cadeia de frio.

***

O Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) foi fundado em 2011 para investir no capital de empresas principalmente na Rússia, juntamente com os principais investidores financeiros e estratégicos estrangeiros. O fundo atua como um catalisador para o investimento direto na economia russa. No momento, o RDIF tem um histórico de sucesso na implementação conjunta de mais de 80 projetos com parceiros estrangeiros com um volume total de mais de 2,1 trilhão de rublos, cobrindo 95% das regiões russas. As empresas do portfólio do RDIF empregam mais de 1000.000 funcionários e sua receita anual é de 6% do PIB da Rússia. O RDIF estabeleceu parcerias estratégicas conjuntas com os principais co-investidores internacionais de 18 países, totalizando mais de US$ 40 bilhões. Mais informações podem ser encontradas no site: rdif.ru

Serum Institute of India Pvt, Ltd. (SIIPL) é o maior fabricante mundial de vacinas em número de doses produzidas e vendidas (mais de 1,5 bilhão), fornecendo as vacinas mais acessíveis e aprovadas pela OMS para 170 países. A empresa foi fundada em 1966 com o objetivo de fabricar produtos imunobiológicos vitais, incluindo vacinas, em todo o mundo. Em linha com as metas globais de saúde, o SII baixou os preços de novas vacinas, incluindo difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenzae tipo b, BCG, r-hepatite B, sarampo, caxumba e rubéola. Tecnologia de classe mundial está sendo trazida para a Índia pela SII, que possui uma fábrica multifuncional de última geração em Manjri (Pune). A empresa está fazendo parceria com a Zipline e agências governamentais para desenvolver medicamentos de emergência e cuidados intensivos, e está liderando o caminho no desenvolvimento de vacinas contra o coronavírus.

Contato para informações adicionais:

Alexey Urazov

Fundo de Investimento Direto Russo

Diretor de Comunicações Externas

Celular: +7 915 312 76 65

E-mail: Alexey.Urazov@rdif.ru

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1140939/Russian_Direct_Investment_Fund_Logo.jpg

FONTE Russian Direct Investment Fund (RDIF)

Você acabou de ler:

RDIF e o Serum Institute of India, o maior fabricante mundial de vacinas, iniciarão a produção da ''Sputnik'' nas instalações da empresa em setembro

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/rdif-e-o-serum-institute-of-india-o-maior-fabricante-mundial-de-vacinas-iniciarao-a-producao-da-sputnik-nas-instalacoes-da-empresa-em-setembro/