Relatório informa sobre a saúde da população chinesa em 2020

HANGZHOU, China, 5 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- Mais de 60% dos entrevistados adotaram uma atitude positiva em relação às expectativas do sistema de saúde da China e ao potencial de tecnologias, conforme constatado em um relatório de saúde.

Na sexta-feira, foi publicado o relatório sobre saúde do aplicativo China Daily e do DX Doctor (DXY), uma plataforma de compartilhamento de informações sobre saúde.

Ao realizar uma pesquisa on-line com 56.196 residentes chineses e analisar dados de suas plataformas, o aplicativo China Daily e o DX Doctor pretendem obter um retrato da saúde geral do povo chinês em um ano assolado pelo novo coronavírus.

Durante a luta contra a pandemia da COVID-19, o sistema de saúde da China resistiu ao grande desafio. Foram emitidas para o público inúmeras versões das diretrizes para prevenir e controlar a disseminação do novo coronavírus; a capacidade de realizar testes de ácido nucleico aumentou para 15 milhões em um dia; a orientação médica on-line foi amplamente utilizada; vacinas produzidas localmente foram aprovadas e administradas no país e no exterior.

De acordo com o relatório, a pandemia causou impacto na vida diária dos chineses, desde o trabalho até a locomoção e as viagens, mas também levou a mudanças positivas no estilo de vida e nas relações familiares.

Um total de 29% dos entrevistados disse que a pandemia teve um impacto negativo em seu estilo de vida, enquanto 42% declararam uma influência positiva. Um total de 12% dos entrevistados disse que a pandemia afetou negativamente as relações familiares, enquanto 29% perceberam uma influência positiva.

A pesquisa constatou que a saúde física continua sendo uma prioridade de vida, com altos níveis de expectativa de saúde das pessoas de 8,8 pontos em um total de 10.

A saúde mental recebeu atenção especial. Por dois anos consecutivos, a saúde mental foi considerada a maior preocupação com a saúde das pessoas, especialmente entre os jovens.

A maioria dos entrevistados considera que fatores pessoais, tais como estilo de vida, trabalho e situação econômica, exercem o maior impacto sobre sua condição de saúde.

Um total de 98% dos entrevistados admitiu ter preocupação com questões de saúde. Inalterados desde o ano passado, os três principais problemas foram questões emocionais, distúrbios na pele e insatisfação com a aparência corporal.

Ao mesmo tempo, as pessoas não consideram que tenham se esforçado o suficiente para se manter saudáveis, atribuindo uma nota de apenas 5,5 por seus esforços.

Os homens fizeram mais esforços do que as mulheres para manter a forma física, e as pessoas mais idosas tendem a ser mais ativas do que as mais jovens para levar uma vida saudável.

Com base nos dados da pesquisa com os clientes da Decathlon, corrida e caminhada foram os exercícios mais frequentes, seguidos por dança e jogos com bola.

O serviço de aconselhamento on-line teve um aumento significativo na demanda pública durante a pandemia. A maioria dos entrevistados disse que escolheu o aconselhamento on-line devido a sua conveniência e rápida resposta. As pessoas das cidades de terceiro e quarto nível também recorreram ao aconselhamento on-line.

O aplicativo China Daily é a fonte mais procurada da China para conteúdos de alta qualidade em inglês, incluindo notícias de última hora, transmissões ao vivo, vídeos, comentários e reportagens mais aprofundadas.

O DX Doctor foi fundado em 2014 visando preencher a lacuna da falta de comunicação entre profissionais médicos e leigos. O grupo divulgou seu relatório de saúde por três anos consecutivos.

FONTE DXY

HANGZHOU, China, 5 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ -- Mais de 60% dos entrevistados adotaram uma atitude positiva em relação às expectativas do sistema de saúde da China e ao potencial de tecnologias, conforme constatado em um relatório de saúde.

Na sexta-feira, foi publicado o relatório sobre saúde do aplicativo China Daily e do DX Doctor (DXY), uma plataforma de compartilhamento de informações sobre saúde.

Ao realizar uma pesquisa on-line com 56.196 residentes chineses e analisar dados de suas plataformas, o aplicativo China Daily e o DX Doctor pretendem obter um retrato da saúde geral do povo chinês em um ano assolado pelo novo coronavírus.

Durante a luta contra a pandemia da COVID-19, o sistema de saúde da China resistiu ao grande desafio. Foram emitidas para o público inúmeras versões das diretrizes para prevenir e controlar a disseminação do novo coronavírus; a capacidade de realizar testes de ácido nucleico aumentou para 15 milhões em um dia; a orientação médica on-line foi amplamente utilizada; vacinas produzidas localmente foram aprovadas e administradas no país e no exterior.

De acordo com o relatório, a pandemia causou impacto na vida diária dos chineses, desde o trabalho até a locomoção e as viagens, mas também levou a mudanças positivas no estilo de vida e nas relações familiares.

Um total de 29% dos entrevistados disse que a pandemia teve um impacto negativo em seu estilo de vida, enquanto 42% declararam uma influência positiva. Um total de 12% dos entrevistados disse que a pandemia afetou negativamente as relações familiares, enquanto 29% perceberam uma influência positiva.

A pesquisa constatou que a saúde física continua sendo uma prioridade de vida, com altos níveis de expectativa de saúde das pessoas de 8,8 pontos em um total de 10.

A saúde mental recebeu atenção especial. Por dois anos consecutivos, a saúde mental foi considerada a maior preocupação com a saúde das pessoas, especialmente entre os jovens.

A maioria dos entrevistados considera que fatores pessoais, tais como estilo de vida, trabalho e situação econômica, exercem o maior impacto sobre sua condição de saúde.

Um total de 98% dos entrevistados admitiu ter preocupação com questões de saúde. Inalterados desde o ano passado, os três principais problemas foram questões emocionais, distúrbios na pele e insatisfação com a aparência corporal.

Ao mesmo tempo, as pessoas não consideram que tenham se esforçado o suficiente para se manter saudáveis, atribuindo uma nota de apenas 5,5 por seus esforços.

Os homens fizeram mais esforços do que as mulheres para manter a forma física, e as pessoas mais idosas tendem a ser mais ativas do que as mais jovens para levar uma vida saudável.

Com base nos dados da pesquisa com os clientes da Decathlon, corrida e caminhada foram os exercícios mais frequentes, seguidos por dança e jogos com bola.

O serviço de aconselhamento on-line teve um aumento significativo na demanda pública durante a pandemia. A maioria dos entrevistados disse que escolheu o aconselhamento on-line devido a sua conveniência e rápida resposta. As pessoas das cidades de terceiro e quarto nível também recorreram ao aconselhamento on-line.

O aplicativo China Daily é a fonte mais procurada da China para conteúdos de alta qualidade em inglês, incluindo notícias de última hora, transmissões ao vivo, vídeos, comentários e reportagens mais aprofundadas.

O DX Doctor foi fundado em 2014 visando preencher a lacuna da falta de comunicação entre profissionais médicos e leigos. O grupo divulgou seu relatório de saúde por três anos consecutivos.

FONTE DXY

Você acabou de ler:

Relatório informa sobre a saúde da população chinesa em 2020

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/relatorio-informa-sobre-a-saude-da-populacao-chinesa-em-2020/