Relatório ''Startup the Bank'' do PKO Bank Polski já está disponível

Startups estão transformando um dos maiores setores bancários da Europa Central e Oriental

VARSÓVIA, Polônia, 21 de abril de 2020 /PRNewswire/ -- "Startup the Bank" é o mais recente relatório sobre startups cujas soluções estão transformando o setor bancário da Polônia. De acordo com o estudo, não são somente as empresas fintech tradicionais que têm chance de se tornarem parceiras tecnológicas dos bancos e, após um projeto piloto bem sucedido, 7 em cada 10 empresas continuam a cooperar. O relatório, preparado pelo maior banco da região, juntamente com parceiros, oferece um estudo de 100 empresas do setor fintech.

Na era da transformação digital, a adaptação de tecnologias inovadoras é a única forma de conquistar o mercado. As despesas com o desenvolvimento de inovações no setor bancário da Polônia estão crescendo em média 14,5% por ano; em 2019 somaram PLN 1,6 bilhão. Uma parte significativa das soluções é criada pelos bancos em conjunto com seus parceiros tecnológicos. Quem são os autores das ferramentas mais avançadas para o setor bancário? Qual é o curso do desenvolvimento das empresas inovadoras? Quem são seus clientes e quanto tempo leva para obtê-los? As respostas a essas e muitas outras perguntas estão no relatório "Startup the Bank", preparado conjuntamente pelos seguintes bancos: PKO Bank Polski, PKO VC, The Domestic Cloud Provider e The Heart.

Como "juntar-se" com um banco

Os bancos da região são mais especializados em uma abordagem sistêmica da cooperação com startups do que qualquer outro setor, pois criam programas dedicados e equipes de inovação. A aceleração das ofertas dos bancos oferece uma garantia 3 vezes maior de assinar um contrato do que com outros setores (onde a venda tradicional tem melhor desempenho). O modo mais eficiente de criar uma cooperação é através de um projeto piloto. Quase 9 em cada 10 startups que cooperam com bancos fizeram projetos "pilotos" de suas soluções. Para 70% delas, isso levou à assinatura de um contrato comercial. Segundo 40% dos pesquisados, suas soluções são indispensáveis para um setor bancário moderno. Três grandes áreas de implementação incluem: análise de dados, otimização de processos internos e atendimento ao cliente.

As vantagens financeiras são o aspecto mais importante da cooperação apenas para 17% das empresas. A maioria está mais interessada em vantagens relacionadas com a imagem ou acesso à base de clientes, juntamente com o feedback do parceiro profissional. Os resultados mostram que, além da Polônia, o mercado para as startups pesquisadas inclui Reino Unido, Alemanha, EUA, Espanha e Singapura.

O relatório completo está disponível gratuitamente no seguinte site: www.startupthebank.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1122171/PKO_Bank_Polski.jpg

Contato 

prasa@pkobp.pl 

fintech@pkobp.pl

Telefone: +48-225-219-932

FONTE PKO Bank Polski

Startups estão transformando um dos maiores setores bancários da Europa Central e Oriental

VARSÓVIA, Polônia, 21 de abril de 2020 /PRNewswire/ -- "Startup the Bank" é o mais recente relatório sobre startups cujas soluções estão transformando o setor bancário da Polônia. De acordo com o estudo, não são somente as empresas fintech tradicionais que têm chance de se tornarem parceiras tecnológicas dos bancos e, após um projeto piloto bem sucedido, 7 em cada 10 empresas continuam a cooperar. O relatório, preparado pelo maior banco da região, juntamente com parceiros, oferece um estudo de 100 empresas do setor fintech.

Na era da transformação digital, a adaptação de tecnologias inovadoras é a única forma de conquistar o mercado. As despesas com o desenvolvimento de inovações no setor bancário da Polônia estão crescendo em média 14,5% por ano; em 2019 somaram PLN 1,6 bilhão. Uma parte significativa das soluções é criada pelos bancos em conjunto com seus parceiros tecnológicos. Quem são os autores das ferramentas mais avançadas para o setor bancário? Qual é o curso do desenvolvimento das empresas inovadoras? Quem são seus clientes e quanto tempo leva para obtê-los? As respostas a essas e muitas outras perguntas estão no relatório "Startup the Bank", preparado conjuntamente pelos seguintes bancos: PKO Bank Polski, PKO VC, The Domestic Cloud Provider e The Heart.

Como "juntar-se" com um banco

Os bancos da região são mais especializados em uma abordagem sistêmica da cooperação com startups do que qualquer outro setor, pois criam programas dedicados e equipes de inovação. A aceleração das ofertas dos bancos oferece uma garantia 3 vezes maior de assinar um contrato do que com outros setores (onde a venda tradicional tem melhor desempenho). O modo mais eficiente de criar uma cooperação é através de um projeto piloto. Quase 9 em cada 10 startups que cooperam com bancos fizeram projetos "pilotos" de suas soluções. Para 70% delas, isso levou à assinatura de um contrato comercial. Segundo 40% dos pesquisados, suas soluções são indispensáveis para um setor bancário moderno. Três grandes áreas de implementação incluem: análise de dados, otimização de processos internos e atendimento ao cliente.

As vantagens financeiras são o aspecto mais importante da cooperação apenas para 17% das empresas. A maioria está mais interessada em vantagens relacionadas com a imagem ou acesso à base de clientes, juntamente com o feedback do parceiro profissional. Os resultados mostram que, além da Polônia, o mercado para as startups pesquisadas inclui Reino Unido, Alemanha, EUA, Espanha e Singapura.

O relatório completo está disponível gratuitamente no seguinte site: www.startupthebank.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1122171/PKO_Bank_Polski.jpg

Contato 

prasa@pkobp.pl 

fintech@pkobp.pl

Telefone: +48-225-219-932

FONTE PKO Bank Polski

Você acabou de ler:

Relatório ''Startup the Bank'' do PKO Bank Polski já está disponível

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/relatorio-startup-the-bank-do-pko-bank-polski-ja-esta-disponivel/