Renascimento do espírito da Rota da Seda em Xi'an enquanto a antiga cidade chinesa recebe o Fórum Cultural Sino-Francês

XI'AN, China, 21 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- Xi'an, a cidade chinesa de 3.100 anos, conhecida por seus Guerreiros e Cavalos de Terracota, recebeu o Fórum Cultural Sino-Francês, marcando mais um passo nos esforços da China de ligar o oriente e o ocidente em um renascimento espiritual do mito da cidade como o ponto de partida da antiga Rota da Seda.

O fórum, que foi realizado de 17 a 20 de setembro na cidade capital da província de Shaanxi no oeste da China, foi um festival de ideias para os principais especialistas e acadêmicos das áreas da cultura, música, arquitetura e design de todo o mundo. Durante o evento, os participantes apreciaram o passado, contemplaram o presente e analisaram o futuro enquanto discutiram uma variedade de tópicos, que variaram de proteção do patrimônio e pesquisa histórica, até preservação cultural e desenvolvimento urbano.

"A comunicação e as trocas entre diferentes civilizações é uma parte inevitável do desenvolvimento e da evolução humana", disse Chen Zhu, vice-presidente do conselho do Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo, durante o Fórum Cultural Sino-Francês. "A antiga Rota da Seda preparou o caminho para a integração das civilizações do mundo e a atual Iniciativa Cinturão e Estrada (BRI - Belt and Road Initiative) é a reencarnação dos dias atuais do espírito da Rota da Seda. Espero que as populações da China e da França possam aproveitar os enormes potenciais de suas respectivas heranças culturais para, em conjunto, criarem um futuro melhor para toda a humanidade".

O fórum, com duração de quatro dias, colocou Xi'an em evidência global, apresentando para o mundo o duradouro fascínio de uma cidade chinesa que está classificada, juntamente com Roma, Atenas e Cairo, como um dos berços da civilização humana.

O tema do fórum se concentrou na Iniciativa Cinturão e Estrada, o moderno projeto chinês da Rota da Seda, o qual pretende unir a China aos países da Eurásia, através de uma série de projetos de infraestrutura que seguem as antigas rotas de comércio.

Não há melhor local para iniciar o discurso sobre museus do que Xi'an, a cidade chamada de "museu a céu aberto da China", e o fórum atraiu curadores dos principais museus da Europa e da China, incluindo o Museu das Confluências, o Museu Rodin, o Museu Arqueológico Nacional de Atenas, o Museu do Palácio e o Museu dos Guerreiros de Terracota.

O fórum também contou com personalidades que incluíram Wu Weishan, renomado escultor e curador do Museu Nacional de Arte da China e o mundialmente famoso arquiteto Paul Andreu, que trocaram ideias sobre vários tópicos, tais como engenharia, pintura e arte.

O fórum atraiu participantes de várias cidades, incluindo as cidades chinesas de Suzhou, Zhuhai e Quanzhou, bem como as cidades francesas de Nice, Tours, Saint-Étienne, Angoulême e Lyon.

Para mais informações, visite o endereço: http://www.xian.gov.cn/ptl/def/def/index_1121_6774_ci_trid_2957895.html

Sobre Xi'an

Xi'an, a capital da província Shaanxi no oeste da China, é um destino turístico internacional com mais de 3.000 anos de história e atrações de renome mundial como os Guerreiros e Cavalos de Terracota e sua antiga Muralha da Cidade. A cidade, chamada de "museu a céu aberto da China", foi o ponto de partida da Rota da Seda, uma antiga rede de rotas estabelecida oficialmente durante a Dinastia Han da China, a qual conectava o oriente e o ocidente através do comércio.

Foto -

https://mma.prnewswire.com/media/748044/Revival_of_Silk_Road_Spirit_In_XiAn.jpg

 

FONTE XI'an Municipal Government

XI'AN, China, 21 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- Xi'an, a cidade chinesa de 3.100 anos, conhecida por seus Guerreiros e Cavalos de Terracota, recebeu o Fórum Cultural Sino-Francês, marcando mais um passo nos esforços da China de ligar o oriente e o ocidente em um renascimento espiritual do mito da cidade como o ponto de partida da antiga Rota da Seda.

O fórum, que foi realizado de 17 a 20 de setembro na cidade capital da província de Shaanxi no oeste da China, foi um festival de ideias para os principais especialistas e acadêmicos das áreas da cultura, música, arquitetura e design de todo o mundo. Durante o evento, os participantes apreciaram o passado, contemplaram o presente e analisaram o futuro enquanto discutiram uma variedade de tópicos, que variaram de proteção do patrimônio e pesquisa histórica, até preservação cultural e desenvolvimento urbano.

"A comunicação e as trocas entre diferentes civilizações é uma parte inevitável do desenvolvimento e da evolução humana", disse Chen Zhu, vice-presidente do conselho do Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo, durante o Fórum Cultural Sino-Francês. "A antiga Rota da Seda preparou o caminho para a integração das civilizações do mundo e a atual Iniciativa Cinturão e Estrada (BRI - Belt and Road Initiative) é a reencarnação dos dias atuais do espírito da Rota da Seda. Espero que as populações da China e da França possam aproveitar os enormes potenciais de suas respectivas heranças culturais para, em conjunto, criarem um futuro melhor para toda a humanidade".

O fórum, com duração de quatro dias, colocou Xi'an em evidência global, apresentando para o mundo o duradouro fascínio de uma cidade chinesa que está classificada, juntamente com Roma, Atenas e Cairo, como um dos berços da civilização humana.

O tema do fórum se concentrou na Iniciativa Cinturão e Estrada, o moderno projeto chinês da Rota da Seda, o qual pretende unir a China aos países da Eurásia, através de uma série de projetos de infraestrutura que seguem as antigas rotas de comércio.

Não há melhor local para iniciar o discurso sobre museus do que Xi'an, a cidade chamada de "museu a céu aberto da China", e o fórum atraiu curadores dos principais museus da Europa e da China, incluindo o Museu das Confluências, o Museu Rodin, o Museu Arqueológico Nacional de Atenas, o Museu do Palácio e o Museu dos Guerreiros de Terracota.

O fórum também contou com personalidades que incluíram Wu Weishan, renomado escultor e curador do Museu Nacional de Arte da China e o mundialmente famoso arquiteto Paul Andreu, que trocaram ideias sobre vários tópicos, tais como engenharia, pintura e arte.

O fórum atraiu participantes de várias cidades, incluindo as cidades chinesas de Suzhou, Zhuhai e Quanzhou, bem como as cidades francesas de Nice, Tours, Saint-Étienne, Angoulême e Lyon.

Para mais informações, visite o endereço: http://www.xian.gov.cn/ptl/def/def/index_1121_6774_ci_trid_2957895.html

Sobre Xi'an

Xi'an, a capital da província Shaanxi no oeste da China, é um destino turístico internacional com mais de 3.000 anos de história e atrações de renome mundial como os Guerreiros e Cavalos de Terracota e sua antiga Muralha da Cidade. A cidade, chamada de "museu a céu aberto da China", foi o ponto de partida da Rota da Seda, uma antiga rede de rotas estabelecida oficialmente durante a Dinastia Han da China, a qual conectava o oriente e o ocidente através do comércio.

Foto -

https://mma.prnewswire.com/media/748044/Revival_of_Silk_Road_Spirit_In_XiAn.jpg

 

FONTE XI'an Municipal Government

Você acabou de ler:

Renascimento do espírito da Rota da Seda em Xi'an enquanto a antiga cidade chinesa recebe o Fórum Cultural Sino-Francês

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/renascimento-do-espirito-da-rota-da-seda-em-xian-enquanto-a-antiga-cidade-chinesa-recebe-o-forum-cultural-sino-frances/