Reunião de referência pede priorização de água e saneamento para colocar as metas de saúde, clima e economia de volta ao caminho certo

JACARTA, Indonesia, 18 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- Mais de 350 participantes de 57 países reuniram-se hoje em Jacarta para a abertura da Reunião de Ministros do Setor que tem como objetivo estabelecer a priorização urgente do acesso à água e saneamento em todo o mundo. 

Entre eles, encontram-se 55 ministros responsáveis por água, saneamento, saúde, meio ambiente e economia, que se reuniram para discutir como a pandemia de COVID-19, as dificuldades da economia global e a emergência climática ameaçam décadas de progresso em desenvolvimento sustentável. O evento foi organizado pelo Governo da Indonésia e convocado pela parceria global SWA, hospedada pelas Nações Unidas, e pela UNICEF. 

Abrindo o evento, Patrick Moriarty, presidente do Comité Diretos da SWA, disse aos participantes que esta tripla crise está profundamente entrelaçada com água e saneamento, tornando vital a priorização governamental dessas questões. 

"Água e saneamento são indispensáveis para prevenir emergências de saúde pública, essenciais para apoiar o desenvolvimento económico e imperativos para tornar pessoas e comunidades resilientes às mudanças climáticas", disse ele. 

O acesso a água e a sabão pode gerar US$ 45 mil milhões por ano e reduziria até 20% propagação de infecções numa epidemia semelhante à COVID-19. 

Aproximadamente 74% de todos os desastres naturais entre 2001 e 2018 foram relacionados com a água. Quarenta por cento da população global é altamente vulnerável ao impacto das mudanças climáticas.  

O acesso universal a sanitários, com resíduos geridos com segurança, gerará US$ 86 mil milhões por ano em maior produtividade e na redução de custos de saúde. 

"Água e saneamento são a base de todo o desenvolvimento sustentável – e a chave para ajudar as crianças a sobreviver e crescer. Quando 300.000 crianças ainda morrem todos os anos de doenças ligadas à água imprópria e saneamento inadequado, sabemos que precisamos de fazer mais", disse Catherine Russell, Diretora Executiva do UNICEF. 

A Reunião Ministerial vai equipar os líderes políticos com os dados e as melhores práticas para priorizar os investimentos em água e saneamento, que por sua vez apoiam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Também visa transformar a colaboração inter-ministerial a nível nacional em torno dos direitos humanos à água e ao saneamento, bem como a aprendizagem e a cooperação internacional. 

Esta reunião foi precedida por um processo preparatório de seis meses a nível global e nacional, envolvendo 126 governos e organizações. 

 //FIM 

SOBRE A PARCERIA SANITATION AND WATER FOR ALL (SWA) 

Sanitation and Water for All (SWA) é uma parceria multissetorial de governos e parceiros da sociedade civil, setor privado, agências da ONU, instituições de pesquisa e aprendizagem e a comunidade filantrópica. Juntos, os parceiros da SWA estimulam o diálogo político de alto nível - a nível nacional, regional e global - e coordenam e monitorizam o progresso em direção às metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU relacionadas ao saneamento, à água e à higiene. Para mais informações, visite www.sanitationandwaterforall.org.  

SOBRE A UNICEF 

O UNICEF trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do mundo, para conseguir alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Presentes em mais de 190 países e territórios, trabalhamos para todas as crianças, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos. O trabalho do UNICEF é financiado inteiramente por meio do apoio voluntário de milhões de pessoas em todo o mundo e os nossos parceiros do governo, da sociedade civil e do setor privado. Siga a UNICEF no Twitter e no Facebook

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1820527/WhatsApp_Image_2022_05_17_at_7_15_02_PM.jpg

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1441352/Sanitation_and_Water_for_All_Logo.jpg

FONTE Sanitation and Water for All (hosted by UNICEF)

JACARTA, Indonesia, 18 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- Mais de 350 participantes de 57 países reuniram-se hoje em Jacarta para a abertura da Reunião de Ministros do Setor que tem como objetivo estabelecer a priorização urgente do acesso à água e saneamento em todo o mundo. 

Entre eles, encontram-se 55 ministros responsáveis por água, saneamento, saúde, meio ambiente e economia, que se reuniram para discutir como a pandemia de COVID-19, as dificuldades da economia global e a emergência climática ameaçam décadas de progresso em desenvolvimento sustentável. O evento foi organizado pelo Governo da Indonésia e convocado pela parceria global SWA, hospedada pelas Nações Unidas, e pela UNICEF. 

Abrindo o evento, Patrick Moriarty, presidente do Comité Diretos da SWA, disse aos participantes que esta tripla crise está profundamente entrelaçada com água e saneamento, tornando vital a priorização governamental dessas questões. 

"Água e saneamento são indispensáveis para prevenir emergências de saúde pública, essenciais para apoiar o desenvolvimento económico e imperativos para tornar pessoas e comunidades resilientes às mudanças climáticas", disse ele. 

O acesso a água e a sabão pode gerar US$ 45 mil milhões por ano e reduziria até 20% propagação de infecções numa epidemia semelhante à COVID-19. 

Aproximadamente 74% de todos os desastres naturais entre 2001 e 2018 foram relacionados com a água. Quarenta por cento da população global é altamente vulnerável ao impacto das mudanças climáticas.  

O acesso universal a sanitários, com resíduos geridos com segurança, gerará US$ 86 mil milhões por ano em maior produtividade e na redução de custos de saúde. 

"Água e saneamento são a base de todo o desenvolvimento sustentável – e a chave para ajudar as crianças a sobreviver e crescer. Quando 300.000 crianças ainda morrem todos os anos de doenças ligadas à água imprópria e saneamento inadequado, sabemos que precisamos de fazer mais", disse Catherine Russell, Diretora Executiva do UNICEF. 

A Reunião Ministerial vai equipar os líderes políticos com os dados e as melhores práticas para priorizar os investimentos em água e saneamento, que por sua vez apoiam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Também visa transformar a colaboração inter-ministerial a nível nacional em torno dos direitos humanos à água e ao saneamento, bem como a aprendizagem e a cooperação internacional. 

Esta reunião foi precedida por um processo preparatório de seis meses a nível global e nacional, envolvendo 126 governos e organizações. 

 //FIM 

SOBRE A PARCERIA SANITATION AND WATER FOR ALL (SWA) 

Sanitation and Water for All (SWA) é uma parceria multissetorial de governos e parceiros da sociedade civil, setor privado, agências da ONU, instituições de pesquisa e aprendizagem e a comunidade filantrópica. Juntos, os parceiros da SWA estimulam o diálogo político de alto nível - a nível nacional, regional e global - e coordenam e monitorizam o progresso em direção às metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU relacionadas ao saneamento, à água e à higiene. Para mais informações, visite www.sanitationandwaterforall.org.  

SOBRE A UNICEF 

O UNICEF trabalha em alguns dos lugares mais difíceis do mundo, para conseguir alcançar as crianças mais desfavorecidas do mundo. Presentes em mais de 190 países e territórios, trabalhamos para todas as crianças, em todos os lugares, para construir um mundo melhor para todos. O trabalho do UNICEF é financiado inteiramente por meio do apoio voluntário de milhões de pessoas em todo o mundo e os nossos parceiros do governo, da sociedade civil e do setor privado. Siga a UNICEF no Twitter e no Facebook

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1820527/WhatsApp_Image_2022_05_17_at_7_15_02_PM.jpg

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1441352/Sanitation_and_Water_for_All_Logo.jpg

FONTE Sanitation and Water for All (hosted by UNICEF)

Você acabou de ler:

Reunião de referência pede priorização de água e saneamento para colocar as metas de saúde, clima e economia de volta ao caminho certo

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/reuniao-de-referencia-pede-priorizacao-de-agua-e-saneamento-para-colocar-as-metas-de-saude-clima-e-economia-de-volta-ao-caminho-certo/