Ronald S. Lauder junta-se ao Movimento de Discriminação Zero liderado pela primeira-dama Lorena Castillo de Varela do Panamá

DENTRO DO CONTEXTO DA ASSEMBLEIA GERAL DA ONU, IMPORTANTES LÍDERES SE JUNTAM PARA FOCAR NA CONSTRUÇÃO DA PAZ

NOVA YORK, 27 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O filantropo norte-americano, empresário e proprietário da JCS International, Ronald S. Lauder, uniu-se ao movimento de Discriminação Zero, liderado em nível global pela primeira-dama da República do Panamá e embaixadora especial do UNAIDS para a América Latina, Lorena Castillo de Varela.

O movimento Discriminação Zero busca conscientizar sobre os efeitos nocivos da discriminação e promover os direitos de todos para uma vida plena, digna e produtiva.

"A primeira-dama Valera é uma poderosa defensora dos direitos das crianças e é um privilégio participar do movimento de Discriminação Zero", disse o embaixador Ronald S. Lauder. "Espero colaborar por muitos anos, especialmente no Prêmio JCS International para Jovens Criativos, que tenho orgulho de patrocinar".

Lauder foi presidente do Congresso Judaico Mundial por mais de uma década. Ele também é um "Embaixador da Paz" da Associação Mulheres pela Paz da ONU. A primeira-dama Valera foi homenageada no almoço do Dia Internacional da Mulher de 2018 da UNWFPA com o prestigiado Prêmio de Liderança do grupo. Lauder se uniu ao movimento de Discriminação Zero depois de conhecer o trabalho global da primeira-dama para garantir os direitos humanos.

O movimento de Discriminação Zero acompanha a histórica defesa do Panamá na promoção do diálogo, do consenso, da paz e dos direitos humanos.

Durante um jantar privado em Nova York, Lauder ficou sabendo dos esforços da organização Laureados y Líderes Por Los Niños na proteção integral dos direitos humanos das crianças. O evento também contou com a presença da liderança da Academia Internacional de Artes e Ciências Televisivas, incluindo o membro do conselho e presidente da JCS International, Michal Grayevsky, que lançou o Prêmio JCS International Jovens Criativos com a Academia Internacional. O tema do prêmio em 2018 é "Stand Up for Peace".

Lauder manifestou interesse na declaração feita pelo Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, que pediu que a comunidade internacional e a ONU dobrassem seus esforços para preservar os direitos das crianças - especialmente os trabalhadores infantis - e salvaguardar o acesso delas à educação, nutrição, proteção e saúde física e mental.

Para mais informações, entre em contato com a JCS International, office@mg745fifth.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/751158/edited_0P9A0528.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/751159/edited_0P9A0452.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/751160/edited0P9A0563.jpg

FONTE JCS International

DENTRO DO CONTEXTO DA ASSEMBLEIA GERAL DA ONU, IMPORTANTES LÍDERES SE JUNTAM PARA FOCAR NA CONSTRUÇÃO DA PAZ

NOVA YORK, 27 de setembro de 2018 /PRNewswire/ -- O filantropo norte-americano, empresário e proprietário da JCS International, Ronald S. Lauder, uniu-se ao movimento de Discriminação Zero, liderado em nível global pela primeira-dama da República do Panamá e embaixadora especial do UNAIDS para a América Latina, Lorena Castillo de Varela.

O movimento Discriminação Zero busca conscientizar sobre os efeitos nocivos da discriminação e promover os direitos de todos para uma vida plena, digna e produtiva.

"A primeira-dama Valera é uma poderosa defensora dos direitos das crianças e é um privilégio participar do movimento de Discriminação Zero", disse o embaixador Ronald S. Lauder. "Espero colaborar por muitos anos, especialmente no Prêmio JCS International para Jovens Criativos, que tenho orgulho de patrocinar".

Lauder foi presidente do Congresso Judaico Mundial por mais de uma década. Ele também é um "Embaixador da Paz" da Associação Mulheres pela Paz da ONU. A primeira-dama Valera foi homenageada no almoço do Dia Internacional da Mulher de 2018 da UNWFPA com o prestigiado Prêmio de Liderança do grupo. Lauder se uniu ao movimento de Discriminação Zero depois de conhecer o trabalho global da primeira-dama para garantir os direitos humanos.

O movimento de Discriminação Zero acompanha a histórica defesa do Panamá na promoção do diálogo, do consenso, da paz e dos direitos humanos.

Durante um jantar privado em Nova York, Lauder ficou sabendo dos esforços da organização Laureados y Líderes Por Los Niños na proteção integral dos direitos humanos das crianças. O evento também contou com a presença da liderança da Academia Internacional de Artes e Ciências Televisivas, incluindo o membro do conselho e presidente da JCS International, Michal Grayevsky, que lançou o Prêmio JCS International Jovens Criativos com a Academia Internacional. O tema do prêmio em 2018 é "Stand Up for Peace".

Lauder manifestou interesse na declaração feita pelo Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, que pediu que a comunidade internacional e a ONU dobrassem seus esforços para preservar os direitos das crianças - especialmente os trabalhadores infantis - e salvaguardar o acesso delas à educação, nutrição, proteção e saúde física e mental.

Para mais informações, entre em contato com a JCS International, office@mg745fifth.com

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/751158/edited_0P9A0528.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/751159/edited_0P9A0452.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/751160/edited0P9A0563.jpg

FONTE JCS International

Você acabou de ler:

Ronald S. Lauder junta-se ao Movimento de Discriminação Zero liderado pela primeira-dama Lorena Castillo de Varela do Panamá

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/ronald-s-lauder-junta-se-ao-movimento-de-discriminacao-zero-liderado-pela-primeira-dama-lorena-castillo-de-varela-do-panama/