Sango - o primeiro sistema monetário nacional digital criado pela República Centro-Africana, baseado em Blockchain

BANGUI, República Centro-Africana, 19 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- O mundo foi surpreendido quando o Presidente da República Centro-Africana, Faustin-Archange Touadéra, anunciou a adoção da Bitcoin como moeda oficial em 21 de abril, e posterior implementação da moeda SANGO (https://sango.org/) em 3 de julho.

Para visualizar o comunicado multimídia à imprensa, clique em: 

https://www.multivu.com/players/uk/9070251-sango-first-national-digital-monetary-system-built-by-central-african-republic/

Assim, a República Centro-Africana, país localizado no coração da África, uma região com potencial de crescimento inexplorado, está trabalhando em uma nova estrutura para sua economia, abrindo caminho para um futuro digital:

"Já existe uma visão para a África: uma criptomoeda comum e um mercado de capitais integrado que podem estimular o comércio e impulsionar o crescimento." Faustin-Archange Touadéra, presidente da República Centro-Africana.

A República Centro-Africana planeja arrecadar um total de USD 1 bilhão, emitindo a primeira moeda oficial digital, chamada SANGO. Uma vez arrecadado, o capital será utilizado para tokenizar os recursos do país, oferecendo aos investidores mundiais a oportunidade de contribuir, beneficiar-se e criar toda a infraestrutura digital, com base na blockchain Sango, uma nova cadeia de Bitcoin de segunda camada.

Com mais de 2,2 trilhões de dólares em minério de ferro e mais de 60 bilhões de dólares em ouro, petróleo, diamantes e lítio, individualmente, a República Centro-Africana está liderando o caminho para a democratização do acesso a recursos. A tokenização oferece acesso ao capital global de forma democrática e transparente, permitindo que investidores de todos os tamanhos comprem ativos fracionados representando os recursos do país.

Desde a descentralização e a tokenização de seus recursos até a oferta de cidadania, residência eletrônica e terras por meio da fixação da nova moeda, a Sango governará todo o ecossistema econômico da República Centro-Africana. Outros países africanos já indicam ter interesse significativo em encontrar soluções digitais semelhantes.

A iniciativa já se popularizou, sendo respaldada pela administração do país e também aplaudida por grandes nomes no setor e na África.  Changpeng Zhao (Binance), Michael Saylor (MicroStrategy), Ricardo Salinas Pliego (Salinas Group) e Reuben Abati (porta-voz presidencial nigeriano) estão entre aqueles que demonstraram seu apoio no Twitter desde o anúncio oficial.

O documento oficial GENESIS PAPER {https://sango.org/genesis-paper.pdf} da Sango foi publicado junto com o Concept Deck, visando o entendimento da complexidade técnica e dos benefícios do ambicioso projeto da República Centro-Africana. SANGO, a primeira moeda nacional digital também é a primeira moeda a ser apoiada fracionalmente pelo "ouro digital" da Bitcoin.

A partir de ontem, a plataforma também está aberta para inscrições e KYC. A data oficial de lançamento da SANGO GENESIS foi definida para 25 de julho e marcará o início de uma nova era para a República Centro-Africana e talvez para o mundo inteiro.

Esta nova abordagem econômica lança mais luz sobre a integração e a possível participação de todo o mundo no desenvolvimento de um país, com possibilidades de investimento ilimitadas para qualquer pessoa no âmbito de criptomoedas e além dele.

Para mais detalhes sobre a Sango: https://sango.org/

Twitter: https://twitter.com/sangoproject

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1860550/SANGO.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1860551/Sango_Logo.jpg

 

 

FONTE Sango

BANGUI, República Centro-Africana, 19 de julho de 2022 /PRNewswire/ -- O mundo foi surpreendido quando o Presidente da República Centro-Africana, Faustin-Archange Touadéra, anunciou a adoção da Bitcoin como moeda oficial em 21 de abril, e posterior implementação da moeda SANGO (https://sango.org/) em 3 de julho.

Para visualizar o comunicado multimídia à imprensa, clique em: 

https://www.multivu.com/players/uk/9070251-sango-first-national-digital-monetary-system-built-by-central-african-republic/

Assim, a República Centro-Africana, país localizado no coração da África, uma região com potencial de crescimento inexplorado, está trabalhando em uma nova estrutura para sua economia, abrindo caminho para um futuro digital:

"Já existe uma visão para a África: uma criptomoeda comum e um mercado de capitais integrado que podem estimular o comércio e impulsionar o crescimento." Faustin-Archange Touadéra, presidente da República Centro-Africana.

A República Centro-Africana planeja arrecadar um total de USD 1 bilhão, emitindo a primeira moeda oficial digital, chamada SANGO. Uma vez arrecadado, o capital será utilizado para tokenizar os recursos do país, oferecendo aos investidores mundiais a oportunidade de contribuir, beneficiar-se e criar toda a infraestrutura digital, com base na blockchain Sango, uma nova cadeia de Bitcoin de segunda camada.

Com mais de 2,2 trilhões de dólares em minério de ferro e mais de 60 bilhões de dólares em ouro, petróleo, diamantes e lítio, individualmente, a República Centro-Africana está liderando o caminho para a democratização do acesso a recursos. A tokenização oferece acesso ao capital global de forma democrática e transparente, permitindo que investidores de todos os tamanhos comprem ativos fracionados representando os recursos do país.

Desde a descentralização e a tokenização de seus recursos até a oferta de cidadania, residência eletrônica e terras por meio da fixação da nova moeda, a Sango governará todo o ecossistema econômico da República Centro-Africana. Outros países africanos já indicam ter interesse significativo em encontrar soluções digitais semelhantes.

A iniciativa já se popularizou, sendo respaldada pela administração do país e também aplaudida por grandes nomes no setor e na África.  Changpeng Zhao (Binance), Michael Saylor (MicroStrategy), Ricardo Salinas Pliego (Salinas Group) e Reuben Abati (porta-voz presidencial nigeriano) estão entre aqueles que demonstraram seu apoio no Twitter desde o anúncio oficial.

O documento oficial GENESIS PAPER {https://sango.org/genesis-paper.pdf} da Sango foi publicado junto com o Concept Deck, visando o entendimento da complexidade técnica e dos benefícios do ambicioso projeto da República Centro-Africana. SANGO, a primeira moeda nacional digital também é a primeira moeda a ser apoiada fracionalmente pelo "ouro digital" da Bitcoin.

A partir de ontem, a plataforma também está aberta para inscrições e KYC. A data oficial de lançamento da SANGO GENESIS foi definida para 25 de julho e marcará o início de uma nova era para a República Centro-Africana e talvez para o mundo inteiro.

Esta nova abordagem econômica lança mais luz sobre a integração e a possível participação de todo o mundo no desenvolvimento de um país, com possibilidades de investimento ilimitadas para qualquer pessoa no âmbito de criptomoedas e além dele.

Para mais detalhes sobre a Sango: https://sango.org/

Twitter: https://twitter.com/sangoproject

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1860550/SANGO.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1860551/Sango_Logo.jpg

 

 

FONTE Sango

Você acabou de ler:

Sango - o primeiro sistema monetário nacional digital criado pela República Centro-Africana, baseado em Blockchain

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/sango-o-primeiro-sistema-monetario-nacional-digital-criado-pela-republica-centro-africana-baseado-em-blockchain/