Sasol apresentou um sólido conjunto de resultados para o ano encerrado em 30 de junho de 2021

JOANESBURGO, 18 de agosto de 2021 /PRNewswire/ -- A Sasol apresentou um sólido conjunto de resultados para o ano encerrado em 30 de junho de 2021. Nosso lucro antes dos juros e impostos (EBIT) de R16,6 bilhões aumentou em mais de 100% em comparação com o ano anterior. Esse desempenho foi sustentado por um desempenho de custos altos, capital de giro e gastos de capital, apesar do impacto contínuo da pandemia da COVID-19 e eventos climáticos adversos.

Uma notável recuperação de margem bruta foi registrada no segundo semestre do ano fiscal, apoiada pelo impacto combinado de preços mais altos do petróleo bruto (Brent) preços de produtos químicos, compensados por uma taxa de câmbio rand/USD mais favorável.

Nossos ganhos foram impactados principalmente pelos seguintes ajustes não monetários, cujo valor líquido foi de R15,4 bilhões:

  • Prejuízos líquidos de R28,7 bilhões, principalmente devido aos ajustes à nossa perspectiva de longo prazo de taxa de câmbio e custo mais alto para adquirir gás no longo prazo;
  • Lucro líquido de R2,2 bilhões sobre o descarte de empresas, incluindo as unidades de separação do ar;
  • Ganho de R3,4 bilhões na realização da reserva de conversão de moeda estrangeira (FCTR), principalmente no desinvestimento de uma participação de 50% no negócio da LCCP Base Chemicals;
  • Ganhos de R5,5 bilhões na conversão de ativos e passivos monetários devido a um fortalecimento de 18% da taxa cambial de fechamento do rand/USD em comparação com junho de 2020; e
  • Ganhos de R2,3 bilhões na valorização de instrumentos financeiros e contratos de derivativos.

Principais métricas 

2021

2020

Variação % 



Corrigido 



EBIT/(LBIT) (R milhões)

16.619

(111.926)

>100

EBITDA ajustado1(R milhões)

48.420

34.976

38

Lucro nominal por ação/(perda) (R milhões)

24.503

(7.106)

>100

Ganhos básicos/(perda) por ação (Rand)

14,57

(148,49)

>100

Lucro nominal/(perda) por ação (Rand)

39,53

(11,50)

>100

Lucros nominais sustentáveis por ação2 (Rand)

27,74

15,08

84

Dividendos por ação (Rand)







-  Parcial (Rand)

-

-

-

-  Final (Rand)

-

-

-



1.  O EBITDA ajustado é calculado ajustando o EBIT por depreciação, amortização, pagamentos com base em ações, itens de remensuração, alteração nas taxas de desconto das provisões ambientais, todos os ganhos e perdas de conversão não realizados e todos os ganhos e perdas não realizados em nossos derivativos e atividades de hedging. Acreditamos que o EBITDA ajustado é uma medida útil do desempenho do fluxo de caixa subjacente do Grupo. No entanto, este não é um termo definido sob a IFRS e pode não ser comparável a medidas com títulos similares relatadas por outras empresas. (O EBITDA ajustado constitui informações financeiras pro forma em termos dos requisitos de cotização limitada da JSE e deve ser lido em conjunto com a base de preparação e as informações financeiras pro forma, conforme estabelecido no conjunto completo de demonstrações financeiras sumarizadas e auditadas).

 

2  Os lucros nominais sustentáveis (Core HEPS) são calculados ajustando-se os lucros nominais por ação com itens não recorrentes, perdas de ganhos de projetos de investimentos significativos (ultrapassando R4 bilhões) que alcançaram operação favorável e ainda estão aumentando, todos os ganhos e perdas de conversão (realizados e não realizados), todos os ganhos e perdas em nossas atividades de derivativos e de hedging (realizadas e não realizadas), e pagamentos de ações na implementação de transações B-BBEE. Os ajustes em relação à avaliação de nossos derivativos no final do período são para remover a volatilidade dos ganhos, uma vez que esses instrumentos são avaliados usando curvas a termo e outros fatores de mercado na data de relatório e podem variar de período para período. Acreditamos que os lucros nominais sustentáveis sejam uma medida útil do desempenho operacional sustentável do Grupo. (Os ganhos principais por ação constituem informações financeiras pro forma em termos dos JSE Limited Listings Requirements e devem ser lidos em conjunto com a base de preparação e as informações financeiras pro forma, conforme estabelecido no conjunto completo de demonstrações financeiras sumarizadas e auditadas.

 

Valor líquido de ativos 

2021

2020

Variação % 



Corrigido 



Ativos totais (R milhões)

360.743

474.535

-24

Passivos totais (R milhões)

208.272

318.618

53

Patrimônio total (R milhões) 

152.471

155.917

-2





Faturamento 



EBIT/(LBIT) 

2020

2021



2021

2020









Corrigido 

R milhões 

R milhões 



R milhões 

R milhões 





Energia 





19.981

21.704

Mineração

3.227

2.756

12.419

10.990

Gás

6.656

5.527

62.553

60.649

Combustíveis

(18.170)

(11.609)





Produtos químicos 





54.310

60.597

África

6.957

(17.035)

28.809

29.360

América

8.116

(77.556)

39.989

46.038

Eurásia

4.680

(894)

30

26

Centro corporativo 

5.153

(13.115)

218.001

229.364

Desempenho do Grupo 

16.619

(111.926)

(27.634)

(27.454)

Faturamento interssegmentar



190.367

201.910

Faturamento externo 



Gestão do balanço 

O caixa gerado pelas atividades operacionais foi de R45,1 bilhões, um aumento de 6% em comparação com o ano anterior. Isso, juntamente com o programa de desinvestimento de ativos, permitiu amortizar aproximadamente R81 bilhões de dívidas, incluindo a liquidação de nossos programas de assistência financeira, denominados em Rand, de aproximadamente R4 bilhões.

As despesas de capital capital totalizaram R16,4 bilhões em comparação com R35,2 bilhões durante 2020. A redução nas despesas de capital foi executada cuidadosamente como resultado de nosso foco otimizado em gestão de riscos, ao mesmo tempo em que garantiu que a integridade dos ativos e a segurança não fossem comprometidas.

Nossa dívida líquida com a margem EBITDA em 30 de junho de 2021, com base na linha de crédito rotativa (RCF) e na definição do acordo de empréstimos em dólar dos EUA a termo, foi de 1,5 vez, significativamente abaixo do nível de limite acordado. Embora essa razão atenda à nossa dívida líquida direcionada ao nível EBITDA, continuaremos com nossos esforços para reduzir ainda mais a alavancagem e os níveis de dívida absoluta. Isso criará uma valiosa flexibilidade financeira à medida que executarmos nossa estratégia Future Sasol em meio a um ambiente macroeconômico incerto. Nosso objetivo continua sendo orientar as métricas do balanço em direção à restauração de nossos níveis de grau de investimento.

Durante o ano, títulos de USD 1,5 bilhão (R21,4 bilhões) foram emitidos e listados na Bolsa de Valores de Nova York. Em 30 de junho de 2021, nossa dívida total era de R102,9 bilhões em comparação com R189,7 bilhões em 30 de junho de 2020. Durante o ano, utilizamos os recursos de nossos desinvestimentos em ativos para restituir o empréstimo sindicalizado em USD, uma parte de nossos empréstimos RCF e a prazo, reduzindo nossa dívida denominada em dólares americanos em quase R76 bilhões (USD 5 bilhões).

Nossa alavancagem financeira passou de 117,0% em 30 de junho de 2020 para 61,5% em 30 de junho de 2021, principalmente devido à amortização da dívida em USD e à taxa cambial mais alta de fechamento do rand/USD.

Em 30 de junho de 2021, nossa margem de liquidez foi de R84 bilhões (USD 5,9 bilhões), bem acima de nossa perspectiva de manter a liquidez superior a USD 1 bilhão, com fundos disponíveis em Rand e USD melhorando à medida que avançamos em nossas ações focadas em gestão. Não temos vencimentos significativos da dívida antes de novembro de 2022, quando vence o título de USD $1 bilhão.

Em linha com nossa estrutura de gestão de riscos financeiros, continuamos a progredir com a cobertura de nossa moeda estrangeira, petróleo bruto e exposição de etano. Tivemos sucesso em hedging de nossa exposição total ao petróleo para 2022, o que aumenta a certeza dos futuros fluxos de caixa para reduzir os níveis de dívida e habilitar a execução da estratégia Future Sasol. Para mais detalhes sobre nossas posições de hedge abertas, consulte o nosso Analyst Book (www.sasol.com).

Dividendos 

O restabelecimento dos dividendos é uma prioridade importante, mas no contexto do alto nível de incerteza macroeconômica, o Conselho acredita que é prudente não anunciar dividendos nesta fase.

Mudanças nos diretores 

A seguinte mudança no Conselho ocorreu após a publicação dos resultados financeiros intermediários da empresa em 22 de fevereiro de 2021:

O Sr. S. Subramoney foi nomeado diretor não executivo independente e membro do comitê de auditoria com efeito a partir de 1º de março de 2021. A empresa anunciou a nomeação da Sra. GMB Kennealy, uma diretora não executiva independente, como presidente do comitê de auditoria a partir de 1º de setembro de 2021 após a aposentadoria do Sr. C. Beggs como diretor não executivo independente e presidente do comitê de auditoria em 31 de agosto de 2021.

O Sr. P. Victor informou à empresa que deixará o cargo de diretor financeiro (CFO) e diretor executivo da Sasol Limited em 30 de junho de 2022. O Sr. H. Rossouw foi nomeado como CFO designado e diretor executivo designado da Sasol para suceder o Sr. Victor. Ele se incorporará à Sasol em 4 de abril de 2022 e sucederá o Sr. Victor como diretor executivo e CFO em 1º de julho de 2022.

Declaração simplificada 

Essa comunicação é de responsabilidade dos diretores. As informações nesta declaração simplificada, incluindo as informações financeiras sobre as quais a perspectiva se baseia, não foram auditadas e relatadas pelos auditores externos da Sasol Limited. Os números financeiros nesta declaração foram corretamente extraídos dos resultados financeiros auditados. Os resultados financeiros auditados foram auditados pelos auditores do grupo, a PwC, que expressou uma opinião não modificada neste documento. Um importante assunto de auditoria relacionado à "avaliação de danos de propriedade, planta, equipamentos e investimentos em subsidiárias" é abordado no relatório da auditoria independente PwC. Este comunicado não inclui as informações exigidas de acordo com o parágrafo 16A(j) dos relatórios financeiros provisórios da IAS 34. É apenas um sumário das informações contidas no comunicado completo e não contém detalhes totais ou completos. Qualquer decisão de investimento também deve levar em consideração as informações contidas no comunicado completo, publicadas na SENS em 16 de agosto de 2021, por meio do link da JSE. O comunicado completo e os resultados financeiros auditados do ano fiscal de 2021, que inclui o relatório da auditoria, estarão disponíveis no site da empresa em https://www.sasol.com/investor-centre/financial-reporting/annual-integrated-reporting-set.

Dia de Mercados de Capital 

O Presidente e CEO da Sasol, Fleetwood Grobler, juntamente com sua equipe de liderança executiva, realizará virtualmente um Dia de Mercados de Capital, incluindo uma sessão de perguntas e respostas, na quarta-feira, 22 de setembro de 2021 às 12:00 (horário da África do Sul).

Junte-se a nós para o nosso Dia de Mercados de Capital virtual de 2021, em que forneceremos uma atualização sobre a estratégia de longo prazo e as ambições de sustentabilidade da Sasol, incluindo nosso caminho de transição até 2050.

Os detalhes da agenda e da participação serão apresentados na proximidade do evento. Direcione qualquer dúvida para: investor.relations@sasol.com ou ligue para +27 10 344 9280.

Nota aos editores:

A apresentação pré-gravada está disponível no seguinte link: 

https://www.corpcam.com/Sasol16082021 

O link JSE é o seguinte: https://senspdf.jse.co.za/documents/2021/JSE/ISSE/SOL/FY21Result.pdf

O Presidente e CEO e o CFO realizarão uma teleconferência via webcast na segunda-feira, 16 de agosto de 2021, às 15h (horário da África do Sul) para discutir os resultados e fornecer uma atualização do negócio.

Link para a teleconferência ao vivo:

https://www.corpcam.com/Sasol16082021Q 

Detalhes da teleconferência: 







Segunda-feira, 16 de agosto de 2021 

Hora 





África do Sul 

15:00





Reino Unido 

13:00





Estados Unidos (ET) 

08:00













Emitido por: 

Matebello Motloung

Gerente: Relações de mídia do Grupo

Telefone direto: +27 (0) 10 344 9256

Celular: +27 (0) 82 773 9457

matebello.motloung@sasol.com

Alex Anderson

gerente sênior: Comunicações externas do Grupo

Telefone direto: +27 (0) 10 344 6509

Celular: +27 (0) 71 600 9605

alex.anderson@sasol.com 

FONTE Sasol Limited

JOANESBURGO, 18 de agosto de 2021 /PRNewswire/ -- A Sasol apresentou um sólido conjunto de resultados para o ano encerrado em 30 de junho de 2021. Nosso lucro antes dos juros e impostos (EBIT) de R16,6 bilhões aumentou em mais de 100% em comparação com o ano anterior. Esse desempenho foi sustentado por um desempenho de custos altos, capital de giro e gastos de capital, apesar do impacto contínuo da pandemia da COVID-19 e eventos climáticos adversos.

Uma notável recuperação de margem bruta foi registrada no segundo semestre do ano fiscal, apoiada pelo impacto combinado de preços mais altos do petróleo bruto (Brent) preços de produtos químicos, compensados por uma taxa de câmbio rand/USD mais favorável.

Nossos ganhos foram impactados principalmente pelos seguintes ajustes não monetários, cujo valor líquido foi de R15,4 bilhões:

  • Prejuízos líquidos de R28,7 bilhões, principalmente devido aos ajustes à nossa perspectiva de longo prazo de taxa de câmbio e custo mais alto para adquirir gás no longo prazo;
  • Lucro líquido de R2,2 bilhões sobre o descarte de empresas, incluindo as unidades de separação do ar;
  • Ganho de R3,4 bilhões na realização da reserva de conversão de moeda estrangeira (FCTR), principalmente no desinvestimento de uma participação de 50% no negócio da LCCP Base Chemicals;
  • Ganhos de R5,5 bilhões na conversão de ativos e passivos monetários devido a um fortalecimento de 18% da taxa cambial de fechamento do rand/USD em comparação com junho de 2020; e
  • Ganhos de R2,3 bilhões na valorização de instrumentos financeiros e contratos de derivativos.

Principais métricas 

2021

2020

Variação % 



Corrigido 



EBIT/(LBIT) (R milhões)

16.619

(111.926)

>100

EBITDA ajustado1(R milhões)

48.420

34.976

38

Lucro nominal por ação/(perda) (R milhões)

24.503

(7.106)

>100

Ganhos básicos/(perda) por ação (Rand)

14,57

(148,49)

>100

Lucro nominal/(perda) por ação (Rand)

39,53

(11,50)

>100

Lucros nominais sustentáveis por ação2 (Rand)

27,74

15,08

84

Dividendos por ação (Rand)







-  Parcial (Rand)

-

-

-

-  Final (Rand)

-

-

-



1.  O EBITDA ajustado é calculado ajustando o EBIT por depreciação, amortização, pagamentos com base em ações, itens de remensuração, alteração nas taxas de desconto das provisões ambientais, todos os ganhos e perdas de conversão não realizados e todos os ganhos e perdas não realizados em nossos derivativos e atividades de hedging. Acreditamos que o EBITDA ajustado é uma medida útil do desempenho do fluxo de caixa subjacente do Grupo. No entanto, este não é um termo definido sob a IFRS e pode não ser comparável a medidas com títulos similares relatadas por outras empresas. (O EBITDA ajustado constitui informações financeiras pro forma em termos dos requisitos de cotização limitada da JSE e deve ser lido em conjunto com a base de preparação e as informações financeiras pro forma, conforme estabelecido no conjunto completo de demonstrações financeiras sumarizadas e auditadas).

 

2  Os lucros nominais sustentáveis (Core HEPS) são calculados ajustando-se os lucros nominais por ação com itens não recorrentes, perdas de ganhos de projetos de investimentos significativos (ultrapassando R4 bilhões) que alcançaram operação favorável e ainda estão aumentando, todos os ganhos e perdas de conversão (realizados e não realizados), todos os ganhos e perdas em nossas atividades de derivativos e de hedging (realizadas e não realizadas), e pagamentos de ações na implementação de transações B-BBEE. Os ajustes em relação à avaliação de nossos derivativos no final do período são para remover a volatilidade dos ganhos, uma vez que esses instrumentos são avaliados usando curvas a termo e outros fatores de mercado na data de relatório e podem variar de período para período. Acreditamos que os lucros nominais sustentáveis sejam uma medida útil do desempenho operacional sustentável do Grupo. (Os ganhos principais por ação constituem informações financeiras pro forma em termos dos JSE Limited Listings Requirements e devem ser lidos em conjunto com a base de preparação e as informações financeiras pro forma, conforme estabelecido no conjunto completo de demonstrações financeiras sumarizadas e auditadas.

 

Valor líquido de ativos 

2021

2020

Variação % 



Corrigido 



Ativos totais (R milhões)

360.743

474.535

-24

Passivos totais (R milhões)

208.272

318.618

53

Patrimônio total (R milhões) 

152.471

155.917

-2





Faturamento 



EBIT/(LBIT) 

2020

2021



2021

2020









Corrigido 

R milhões 

R milhões 



R milhões 

R milhões 





Energia 





19.981

21.704

Mineração

3.227

2.756

12.419

10.990

Gás

6.656

5.527

62.553

60.649

Combustíveis

(18.170)

(11.609)





Produtos químicos 





54.310

60.597

África

6.957

(17.035)

28.809

29.360

América

8.116

(77.556)

39.989

46.038

Eurásia

4.680

(894)

30

26

Centro corporativo 

5.153

(13.115)

218.001

229.364

Desempenho do Grupo 

16.619

(111.926)

(27.634)

(27.454)

Faturamento interssegmentar



190.367

201.910

Faturamento externo 



Gestão do balanço 

O caixa gerado pelas atividades operacionais foi de R45,1 bilhões, um aumento de 6% em comparação com o ano anterior. Isso, juntamente com o programa de desinvestimento de ativos, permitiu amortizar aproximadamente R81 bilhões de dívidas, incluindo a liquidação de nossos programas de assistência financeira, denominados em Rand, de aproximadamente R4 bilhões.

As despesas de capital capital totalizaram R16,4 bilhões em comparação com R35,2 bilhões durante 2020. A redução nas despesas de capital foi executada cuidadosamente como resultado de nosso foco otimizado em gestão de riscos, ao mesmo tempo em que garantiu que a integridade dos ativos e a segurança não fossem comprometidas.

Nossa dívida líquida com a margem EBITDA em 30 de junho de 2021, com base na linha de crédito rotativa (RCF) e na definição do acordo de empréstimos em dólar dos EUA a termo, foi de 1,5 vez, significativamente abaixo do nível de limite acordado. Embora essa razão atenda à nossa dívida líquida direcionada ao nível EBITDA, continuaremos com nossos esforços para reduzir ainda mais a alavancagem e os níveis de dívida absoluta. Isso criará uma valiosa flexibilidade financeira à medida que executarmos nossa estratégia Future Sasol em meio a um ambiente macroeconômico incerto. Nosso objetivo continua sendo orientar as métricas do balanço em direção à restauração de nossos níveis de grau de investimento.

Durante o ano, títulos de USD 1,5 bilhão (R21,4 bilhões) foram emitidos e listados na Bolsa de Valores de Nova York. Em 30 de junho de 2021, nossa dívida total era de R102,9 bilhões em comparação com R189,7 bilhões em 30 de junho de 2020. Durante o ano, utilizamos os recursos de nossos desinvestimentos em ativos para restituir o empréstimo sindicalizado em USD, uma parte de nossos empréstimos RCF e a prazo, reduzindo nossa dívida denominada em dólares americanos em quase R76 bilhões (USD 5 bilhões).

Nossa alavancagem financeira passou de 117,0% em 30 de junho de 2020 para 61,5% em 30 de junho de 2021, principalmente devido à amortização da dívida em USD e à taxa cambial mais alta de fechamento do rand/USD.

Em 30 de junho de 2021, nossa margem de liquidez foi de R84 bilhões (USD 5,9 bilhões), bem acima de nossa perspectiva de manter a liquidez superior a USD 1 bilhão, com fundos disponíveis em Rand e USD melhorando à medida que avançamos em nossas ações focadas em gestão. Não temos vencimentos significativos da dívida antes de novembro de 2022, quando vence o título de USD $1 bilhão.

Em linha com nossa estrutura de gestão de riscos financeiros, continuamos a progredir com a cobertura de nossa moeda estrangeira, petróleo bruto e exposição de etano. Tivemos sucesso em hedging de nossa exposição total ao petróleo para 2022, o que aumenta a certeza dos futuros fluxos de caixa para reduzir os níveis de dívida e habilitar a execução da estratégia Future Sasol. Para mais detalhes sobre nossas posições de hedge abertas, consulte o nosso Analyst Book (www.sasol.com).

Dividendos 

O restabelecimento dos dividendos é uma prioridade importante, mas no contexto do alto nível de incerteza macroeconômica, o Conselho acredita que é prudente não anunciar dividendos nesta fase.

Mudanças nos diretores 

A seguinte mudança no Conselho ocorreu após a publicação dos resultados financeiros intermediários da empresa em 22 de fevereiro de 2021:

O Sr. S. Subramoney foi nomeado diretor não executivo independente e membro do comitê de auditoria com efeito a partir de 1º de março de 2021. A empresa anunciou a nomeação da Sra. GMB Kennealy, uma diretora não executiva independente, como presidente do comitê de auditoria a partir de 1º de setembro de 2021 após a aposentadoria do Sr. C. Beggs como diretor não executivo independente e presidente do comitê de auditoria em 31 de agosto de 2021.

O Sr. P. Victor informou à empresa que deixará o cargo de diretor financeiro (CFO) e diretor executivo da Sasol Limited em 30 de junho de 2022. O Sr. H. Rossouw foi nomeado como CFO designado e diretor executivo designado da Sasol para suceder o Sr. Victor. Ele se incorporará à Sasol em 4 de abril de 2022 e sucederá o Sr. Victor como diretor executivo e CFO em 1º de julho de 2022.

Declaração simplificada 

Essa comunicação é de responsabilidade dos diretores. As informações nesta declaração simplificada, incluindo as informações financeiras sobre as quais a perspectiva se baseia, não foram auditadas e relatadas pelos auditores externos da Sasol Limited. Os números financeiros nesta declaração foram corretamente extraídos dos resultados financeiros auditados. Os resultados financeiros auditados foram auditados pelos auditores do grupo, a PwC, que expressou uma opinião não modificada neste documento. Um importante assunto de auditoria relacionado à "avaliação de danos de propriedade, planta, equipamentos e investimentos em subsidiárias" é abordado no relatório da auditoria independente PwC. Este comunicado não inclui as informações exigidas de acordo com o parágrafo 16A(j) dos relatórios financeiros provisórios da IAS 34. É apenas um sumário das informações contidas no comunicado completo e não contém detalhes totais ou completos. Qualquer decisão de investimento também deve levar em consideração as informações contidas no comunicado completo, publicadas na SENS em 16 de agosto de 2021, por meio do link da JSE. O comunicado completo e os resultados financeiros auditados do ano fiscal de 2021, que inclui o relatório da auditoria, estarão disponíveis no site da empresa em https://www.sasol.com/investor-centre/financial-reporting/annual-integrated-reporting-set.

Dia de Mercados de Capital 

O Presidente e CEO da Sasol, Fleetwood Grobler, juntamente com sua equipe de liderança executiva, realizará virtualmente um Dia de Mercados de Capital, incluindo uma sessão de perguntas e respostas, na quarta-feira, 22 de setembro de 2021 às 12:00 (horário da África do Sul).

Junte-se a nós para o nosso Dia de Mercados de Capital virtual de 2021, em que forneceremos uma atualização sobre a estratégia de longo prazo e as ambições de sustentabilidade da Sasol, incluindo nosso caminho de transição até 2050.

Os detalhes da agenda e da participação serão apresentados na proximidade do evento. Direcione qualquer dúvida para: investor.relations@sasol.com ou ligue para +27 10 344 9280.

Nota aos editores:

A apresentação pré-gravada está disponível no seguinte link: 

https://www.corpcam.com/Sasol16082021 

O link JSE é o seguinte: https://senspdf.jse.co.za/documents/2021/JSE/ISSE/SOL/FY21Result.pdf

O Presidente e CEO e o CFO realizarão uma teleconferência via webcast na segunda-feira, 16 de agosto de 2021, às 15h (horário da África do Sul) para discutir os resultados e fornecer uma atualização do negócio.

Link para a teleconferência ao vivo:

https://www.corpcam.com/Sasol16082021Q 

Detalhes da teleconferência: 







Segunda-feira, 16 de agosto de 2021 

Hora 





África do Sul 

15:00





Reino Unido 

13:00





Estados Unidos (ET) 

08:00













Emitido por: 

Matebello Motloung

Gerente: Relações de mídia do Grupo

Telefone direto: +27 (0) 10 344 9256

Celular: +27 (0) 82 773 9457

matebello.motloung@sasol.com

Alex Anderson

gerente sênior: Comunicações externas do Grupo

Telefone direto: +27 (0) 10 344 6509

Celular: +27 (0) 71 600 9605

alex.anderson@sasol.com 

FONTE Sasol Limited

Você acabou de ler:

Sasol apresentou um sólido conjunto de resultados para o ano encerrado em 30 de junho de 2021

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/sasol-apresentou-um-solido-conjunto-de-resultados-para-o-ano-encerrado-em-30-de-junho-de-2021/