Sasol atinge operação de beneficiamento de segunda instalação de produção do Lake Charles Chemicals Project

Segunda de sete unidades de óxido de etileno/etilenoglicol entra em linha

LAKE CHARLES, Louisiana, 4 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Sasol anunciou hoje a operação de beneficiamento de sua nova instalação de produção de óxido de etileno (OE) em seu Lake Charles Chemicals Project (LCCP). Conforme anunciado em 22 de maio de 2019, a Sasol conquistou a operação de beneficiamento da instalação de etilenoglicol (EG). A unidade combinada de óxido de etileno/etilenoglicol (OE/EG) é a segunda das sete instalações de produção do LCCP a entrar em linha.

"O LCCP continua a transformar a América do Norte em uma parte importante do negócio global da Sasol, entregando valor a todas as partes interessadas da Sasol", declarou Bernard Klingenberg, vice-presidente executivo de operações. "Nossa equipe de funcionários, empreiteiras e parceiros do setor da Sasol continua promovendo o LCCP com o início de nossa segunda unidade de processos."

"Estamos trabalhando diligentemente para entregar as cinco unidades de produção LCCP remanescentes durante 2019 e 2020", acrescentou ele.

"A produção de óxido de etileno desempenha um papel importante em nossa estratégia de crescimento de álcool e surfactantes", declarou Fleetwood Grobler, vice-presidente executivo de negócios químicos. "O início dessa unidade permite a Sasol estar totalmente integrada em etano, etileno, álcoois até surfactantes em nossa local em Lake Charles. Isso também nos permite produzir etilenoglicóis usando nossa capacidade de fabricação internacional e alavancando a expertise e o alcance global de nosso parceiro Helm AG. Juntos, esses produtos criarão valor significativo para tais clientes."

A unidade, que usa tecnologia de Design Científico, possui uma capacidade nominal de 300.000 toneladas por ano (300 ktpa) de óxido de etileno (OE). O OE é usado como matéria-prima para produzir dois produtos principais: surfactantes, que são o ingrediente ativo em muitos limpadores domésticos e industriais; e etilenoglicóis, que são usados para fabricar fibras de poliéster para roupas, estofados e carpete, bem como fluidos resfriadores e anticongelantes para motores automotivos.

A fábrica de OE/EG também fornecerá óxido de etileno como matéria-prima para a atual unidade de 130 ktpa de etoxilatos (ETO) da Lake Charles, bem como a nova usina de ETO do LCCP de 100 ktpa em construção. Espera-se que a operação de beneficiamento dessa unidade esteja em funcionamento até o final do ano calendário de 2019.

Sobre a Sasol: 

A Sasol é uma empresa global integrada de produtos químicos e energia. Através de nossos talentosos funcionários, criamos, de forma segura e sustentável, valor superior para nossos clientes, acionistas e outros grupos de interesse. Integramos tecnologias sofisticadas em instalações operacionais em escala mundial para produzir e comercializar mercadorias e produtos químicos especializados, combustíveis gasosos e líquidos e eletricidade com teor mais baixo de carbono.

Declarações preditivas: 

A Sasol pode, neste documento, fazer certas declarações que não são fatos históricos e se relacionam a análises e outras informações que são baseadas em previsões de resultados futuros e estimativas de quantias ainda não determináveis. Tais declarações também podem se relacionar aos nossos futuros prospectos, desenvolvimentos e estratégias de negócios. Alguns exemplos de tais declarações preditivas são, entre outros, declarações sobre flutuações da taxa cambial, crescimento de volume, aumentos na fatia de mercado, retorno total ao acionista, execução de nossos projetos de crescimento (incluindo o LCCP), reservas de petróleo e gás, reduções de custos, nosso programa de Melhoria Contínua (CI, Continuous Improvement) e panorama de desempenho de negócios. Palavras como "acredita-se", "antecipa-se", "espera-se", "pretende-se", "busca-se", "vai" "planeja-se", "poderia", "pode", "empenho", "alvo", previsão" e "projeta-se", e expressões similares têm a intenção de identificar tais declarações preditivas, mas não são os únicos meios de identificação de tais declarações. Por sua própria natureza, as declarações preditivas envolvem riscos e incertezas inerentes, tanto gerais quanto específicos, e há riscos de que as previsões, projeções, prognósticos e outras declarações preditivas não sejam atingidos. Se um ou mais desses riscos se materializar, ou caso suposições subjacentes venham a se provar incorretas, nossos resultados reais podem diferir materialmente daqueles antecipados. Deve-se entender que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais sejam materialmente diferentes dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressos em tais declarações preditivas. Esses fatores são discutidos mais amplamente em nosso relatório anual mais recente no Formulário 20-F enviado em 28 de agosto de 2018 e em outros envios à Comissão de Títulos e Valores dos Estados Unidos (SEC dos EUA). A lista de fatores discutidos nele não é exaustiva; ao confiar em declarações preditivas para a tomada de decisões de investimento, você deve considerar cuidadosamente ambos os fatores e outras incertezas e eventos. As declarações preditivas se aplicam somente a até a data em que foram feitas, e não nos responsabilizamos por nenhuma obrigação de atualizá-las ou revisá-las, como resultado de novas informações, eventos futuros, entre outros.

 

FONTE Sasol Limited

Segunda de sete unidades de óxido de etileno/etilenoglicol entra em linha

LAKE CHARLES, Louisiana, 4 de junho de 2019 /PRNewswire/ -- Sasol anunciou hoje a operação de beneficiamento de sua nova instalação de produção de óxido de etileno (OE) em seu Lake Charles Chemicals Project (LCCP). Conforme anunciado em 22 de maio de 2019, a Sasol conquistou a operação de beneficiamento da instalação de etilenoglicol (EG). A unidade combinada de óxido de etileno/etilenoglicol (OE/EG) é a segunda das sete instalações de produção do LCCP a entrar em linha.

"O LCCP continua a transformar a América do Norte em uma parte importante do negócio global da Sasol, entregando valor a todas as partes interessadas da Sasol", declarou Bernard Klingenberg, vice-presidente executivo de operações. "Nossa equipe de funcionários, empreiteiras e parceiros do setor da Sasol continua promovendo o LCCP com o início de nossa segunda unidade de processos."

"Estamos trabalhando diligentemente para entregar as cinco unidades de produção LCCP remanescentes durante 2019 e 2020", acrescentou ele.

"A produção de óxido de etileno desempenha um papel importante em nossa estratégia de crescimento de álcool e surfactantes", declarou Fleetwood Grobler, vice-presidente executivo de negócios químicos. "O início dessa unidade permite a Sasol estar totalmente integrada em etano, etileno, álcoois até surfactantes em nossa local em Lake Charles. Isso também nos permite produzir etilenoglicóis usando nossa capacidade de fabricação internacional e alavancando a expertise e o alcance global de nosso parceiro Helm AG. Juntos, esses produtos criarão valor significativo para tais clientes."

A unidade, que usa tecnologia de Design Científico, possui uma capacidade nominal de 300.000 toneladas por ano (300 ktpa) de óxido de etileno (OE). O OE é usado como matéria-prima para produzir dois produtos principais: surfactantes, que são o ingrediente ativo em muitos limpadores domésticos e industriais; e etilenoglicóis, que são usados para fabricar fibras de poliéster para roupas, estofados e carpete, bem como fluidos resfriadores e anticongelantes para motores automotivos.

A fábrica de OE/EG também fornecerá óxido de etileno como matéria-prima para a atual unidade de 130 ktpa de etoxilatos (ETO) da Lake Charles, bem como a nova usina de ETO do LCCP de 100 ktpa em construção. Espera-se que a operação de beneficiamento dessa unidade esteja em funcionamento até o final do ano calendário de 2019.

Sobre a Sasol: 

A Sasol é uma empresa global integrada de produtos químicos e energia. Através de nossos talentosos funcionários, criamos, de forma segura e sustentável, valor superior para nossos clientes, acionistas e outros grupos de interesse. Integramos tecnologias sofisticadas em instalações operacionais em escala mundial para produzir e comercializar mercadorias e produtos químicos especializados, combustíveis gasosos e líquidos e eletricidade com teor mais baixo de carbono.

Declarações preditivas: 

A Sasol pode, neste documento, fazer certas declarações que não são fatos históricos e se relacionam a análises e outras informações que são baseadas em previsões de resultados futuros e estimativas de quantias ainda não determináveis. Tais declarações também podem se relacionar aos nossos futuros prospectos, desenvolvimentos e estratégias de negócios. Alguns exemplos de tais declarações preditivas são, entre outros, declarações sobre flutuações da taxa cambial, crescimento de volume, aumentos na fatia de mercado, retorno total ao acionista, execução de nossos projetos de crescimento (incluindo o LCCP), reservas de petróleo e gás, reduções de custos, nosso programa de Melhoria Contínua (CI, Continuous Improvement) e panorama de desempenho de negócios. Palavras como "acredita-se", "antecipa-se", "espera-se", "pretende-se", "busca-se", "vai" "planeja-se", "poderia", "pode", "empenho", "alvo", previsão" e "projeta-se", e expressões similares têm a intenção de identificar tais declarações preditivas, mas não são os únicos meios de identificação de tais declarações. Por sua própria natureza, as declarações preditivas envolvem riscos e incertezas inerentes, tanto gerais quanto específicos, e há riscos de que as previsões, projeções, prognósticos e outras declarações preditivas não sejam atingidos. Se um ou mais desses riscos se materializar, ou caso suposições subjacentes venham a se provar incorretas, nossos resultados reais podem diferir materialmente daqueles antecipados. Deve-se entender que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais sejam materialmente diferentes dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressos em tais declarações preditivas. Esses fatores são discutidos mais amplamente em nosso relatório anual mais recente no Formulário 20-F enviado em 28 de agosto de 2018 e em outros envios à Comissão de Títulos e Valores dos Estados Unidos (SEC dos EUA). A lista de fatores discutidos nele não é exaustiva; ao confiar em declarações preditivas para a tomada de decisões de investimento, você deve considerar cuidadosamente ambos os fatores e outras incertezas e eventos. As declarações preditivas se aplicam somente a até a data em que foram feitas, e não nos responsabilizamos por nenhuma obrigação de atualizá-las ou revisá-las, como resultado de novas informações, eventos futuros, entre outros.

 

FONTE Sasol Limited

Você acabou de ler:

Sasol atinge operação de beneficiamento de segunda instalação de produção do Lake Charles Chemicals Project

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/sasol-atinge-operacao-de-beneficiamento-de-segunda-instalacao-de-producao-do-lake-charles-chemicals-project/