Seegene transporta 1,7 milhão de testes de COVID-19 para Israel em avião fretado para combater variante Ômicron

  • Em 29 de dezembro, a Seegene entregará o Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay, que pode detectar preventivamente a variante Ômicron na etapa de triagem inicial
  • No início deste mês, a empresa contratou um avião particular para entregar 2,8 milhões de testes de diagnóstico da COVID-19 para países europeus, incluindo Itália, Espanha, Bélgica, República Tcheca e Lituânia

SEUL, Coreia do Sul, 4 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- A Seegene Inc. (KQ 096530), principal empresa de diagnóstico molecular da Coreia do Sul, anunciou hoje que transportará reagentes de testes da COVID-19 em um avião particular para Israel, que está passando por uma escassez aguda relacionada ao surgimento de novos casos devido à variante Ômicron. Um total de 1,7 milhão de Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assays e suprimentos associados serão enviados em 29 de dezembro.

O Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay da Seegene pode determinar se uma pessoa está infectada com o vírus SARS-CoV-2 e se contraiu a variante Ômicron. Ele tem como alvo quatro genes (E, RdRP, N e S), juntamente com cinco mutações: deleção do HV69/70, deleção do Y144, E484K, N501Y e P681H. Entre estas, a HV69/70, N501Y e P681H sinalizam a presença da Ômicron com base nas variantes que circulam atualmente. De acordo com pesquisas clínicas em um laboratório da África do Sul, os resultados dos testes utilizando o Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay corresponderam 100% com os resultados obtidos de outros sequenciamentos, confirmando que o teste pode detectar com precisão a Ômicron.

Esta é a segunda remessa emergencial para Israel; a primeira foi em abril de 2020. Desta vez, o avião foi contratado pela parceira israelense da Seegene, a HY Laboratories, que almeja ajudar a atender a demanda atual do país.

Em 19 de dezembro, a empresa também contratou um avião particular para entregar 2,8 milhões de testes de COVID-19 para países europeus, incluindo Itália, Espanha, Bélgica, República Tcheca e Lituânia, já que o número de novas infecções aumentou devido ao surgimento da Ômicron.

"A demanda por testes aumentou drasticamente após o surgimento e a rápida disseminação da variante Ômicron", disse o Dr. Jong-Yoon Chun, fundador e CEO da Seegene. "Embora os gastos e o esforço relacionados ao fretamento dos aviões possam parecer extremos, acreditamos que seja uma prioridade e nossa responsabilidade apoiar o combate global à pandemia. Esperamos poder ajudar todos estes países."

Seegene Inc.

Jessica Park 

Tel.: +82-2-2240-0

E-mail: jypark2@seegene.com

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

FONTE Seegene Inc.

  • Em 29 de dezembro, a Seegene entregará o Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay, que pode detectar preventivamente a variante Ômicron na etapa de triagem inicial
  • No início deste mês, a empresa contratou um avião particular para entregar 2,8 milhões de testes de diagnóstico da COVID-19 para países europeus, incluindo Itália, Espanha, Bélgica, República Tcheca e Lituânia

SEUL, Coreia do Sul, 4 de janeiro de 2022 /PRNewswire/ -- A Seegene Inc. (KQ 096530), principal empresa de diagnóstico molecular da Coreia do Sul, anunciou hoje que transportará reagentes de testes da COVID-19 em um avião particular para Israel, que está passando por uma escassez aguda relacionada ao surgimento de novos casos devido à variante Ômicron. Um total de 1,7 milhão de Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assays e suprimentos associados serão enviados em 29 de dezembro.

O Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay da Seegene pode determinar se uma pessoa está infectada com o vírus SARS-CoV-2 e se contraiu a variante Ômicron. Ele tem como alvo quatro genes (E, RdRP, N e S), juntamente com cinco mutações: deleção do HV69/70, deleção do Y144, E484K, N501Y e P681H. Entre estas, a HV69/70, N501Y e P681H sinalizam a presença da Ômicron com base nas variantes que circulam atualmente. De acordo com pesquisas clínicas em um laboratório da África do Sul, os resultados dos testes utilizando o Allplex™ SARS-CoV-2 Master Assay corresponderam 100% com os resultados obtidos de outros sequenciamentos, confirmando que o teste pode detectar com precisão a Ômicron.

Esta é a segunda remessa emergencial para Israel; a primeira foi em abril de 2020. Desta vez, o avião foi contratado pela parceira israelense da Seegene, a HY Laboratories, que almeja ajudar a atender a demanda atual do país.

Em 19 de dezembro, a empresa também contratou um avião particular para entregar 2,8 milhões de testes de COVID-19 para países europeus, incluindo Itália, Espanha, Bélgica, República Tcheca e Lituânia, já que o número de novas infecções aumentou devido ao surgimento da Ômicron.

"A demanda por testes aumentou drasticamente após o surgimento e a rápida disseminação da variante Ômicron", disse o Dr. Jong-Yoon Chun, fundador e CEO da Seegene. "Embora os gastos e o esforço relacionados ao fretamento dos aviões possam parecer extremos, acreditamos que seja uma prioridade e nossa responsabilidade apoiar o combate global à pandemia. Esperamos poder ajudar todos estes países."

Seegene Inc.

Jessica Park 

Tel.: +82-2-2240-0

E-mail: jypark2@seegene.com

Logo - https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

FONTE Seegene Inc.

Você acabou de ler:

Seegene transporta 1,7 milhão de testes de COVID-19 para Israel em avião fretado para combater variante Ômicron

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/seegene-transporta-17-milhao-de-testes-de-covid-19-para-israel-em-aviao-fretado-para-combater-variante-omicron/