Shanghai Electric trabalha com parceiros para garantir o progresso de seus projetos internacionais

XANGAI, 20 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- A Shanghai Electric ("Shanghai Electric" ou "a Empresa") (601727.SS e 02727. HK) anunciou que foi cumprida uma série de etapas de seus principais projetos internacionais desde o início deste ano. Como provedora líder mundial de soluções de energia, a empresa continua a intensificar seus esforços para acelerar o progresso de seus empreendimentos de construção em todo o mundo, em meio às incertezas globais provocadas por novos surtos da COVID-19 e interrupções prolongadas da cadeia de suprimentos.

Dois de seus projetos marcantes – o projeto da usina de ciclo combinado de 800 megawatts Rupsha e o projeto da usina de energia fotovoltaica Yakai do Japão – estão em andamento, e a Shanghai Electric Guoxuan New Energy Technology Co., Ltd (Electric Guoxuan), uma subsidiária do Shanghai Electric Power Generation Group, assinou recentemente um contrato com o Pacific Green Technologies Group (PGTK) do projeto de armazenamento de energia de bateria REP 1&2 no Reino Unido durante a conferência on-line.

Projeto de armazenamento de energia REP 1&2 do Reino Unido

Consistindo em duas unidades com capacidade total de 100 MW/100 MWH, o projeto de armazenamento de energia REP 1&2 do Reino Unido, localizado no Parque Energético de Ridgeborough, em Kent, faz parte do contrato exclusivo entre o PGTK e a TUPA Energy Limited para desenvolver até 1.100 MW de sistemas de armazenamento de energia de bateria ("BESS") no país.

É a primeira vez que o Shanghai Electric Power Generation Group participa de um projeto internacional como principal contratante, trabalhando em conjunto com o PGTK para reunir o melhor de sua experiência e recursos para ajudar o Reino Unido a acelerar a transformação energética. As duas partes iniciaram o processo de elaboração do projeto, com o primeiro lote de suprimentos previsto para ser entregue no terceiro trimestre de 2022.

Projeto da usina de ciclo combinado de 800 megawatts Rupsha de Bangladesh

Financiado pelo Banco Asiático de Desenvolvimento, o projeto conta com duas turbinas a gás de ciclo combinado de classe F individuais e será a maior central de turbinas a gás já construída no país. Situado na divisão de Khulna, a segunda maior divisão de Bangladesh, o projeto tem como objetivo reduzir a pressão relacionada ao fornecimento de energia nas regiões do sudoeste do país, como parte da estratégia nacional de Bangladesh de fortalecer ainda mais sua segurança energética, desempenhar um papel essencial no impulsionamento da economia nacional e oferecer mais oportunidades de emprego aos moradores locais.

Recentemente, a construção do projeto fez grandes progressos após a Shanghai Electric ter anunciado que o trabalho de içamento da primeira turbina a gás havia sido concluído, abrindo caminho para a etapa de instalação de seus principais equipamentos. O anúncio veio após a operação de construção no local ter sido interrompida devido a vários desafios causados pela pandemia da COVID-19 e pela estiagem, que prejudicaram a entrega de materiais de construção de grande porte. Diante das dificuldades e desafios, a Shanghai Electric se coordenou com todas as equipes para garantir que as entregas fossem feitas no prazo, acelerando significativamente o progresso geral.

Projeto da usina de energia fotovoltaica Yakai do Japão

Em 14 de abril, a usina de energia fotovoltaica Yakai no Japão foi conectada com sucesso à rede elétrica com o apoio de subcontratantes e empresas de energia locais. A usina solar, a primeira desse tipo desenvolvida pela Shanghai Electric no país, já opera com capacidade total para oferecer mais de 20 megawatts de energia renovável a residências e empresas locais.

A conclusão do projeto dentro do prazo foi o resultado dos esforços conjuntos das equipes da Shanghai Electric e de seus parceiros para mitigar o impacto da sétima onda de surtos da COVID-19 no Japão e do terremoto de magnitude 7.3 que atingiu Fukushima em 16 de março. A Shanghai Electric também se coordenou com o governo e empresas de energia locais para permitir que a usina de energia entrasse em operação comercial antes do previsto, em conformidade com as leis e regulamentações locais, permitindo que o proprietário maximizasse os retornos do projeto.

 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1822475/image_1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1822476/image_2.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1800747/logo_new_Logo.jpg

FONTE Shanghai Electric

XANGAI, 20 de maio de 2022 /PRNewswire/ -- A Shanghai Electric ("Shanghai Electric" ou "a Empresa") (601727.SS e 02727. HK) anunciou que foi cumprida uma série de etapas de seus principais projetos internacionais desde o início deste ano. Como provedora líder mundial de soluções de energia, a empresa continua a intensificar seus esforços para acelerar o progresso de seus empreendimentos de construção em todo o mundo, em meio às incertezas globais provocadas por novos surtos da COVID-19 e interrupções prolongadas da cadeia de suprimentos.

Dois de seus projetos marcantes – o projeto da usina de ciclo combinado de 800 megawatts Rupsha e o projeto da usina de energia fotovoltaica Yakai do Japão – estão em andamento, e a Shanghai Electric Guoxuan New Energy Technology Co., Ltd (Electric Guoxuan), uma subsidiária do Shanghai Electric Power Generation Group, assinou recentemente um contrato com o Pacific Green Technologies Group (PGTK) do projeto de armazenamento de energia de bateria REP 1&2 no Reino Unido durante a conferência on-line.

Projeto de armazenamento de energia REP 1&2 do Reino Unido

Consistindo em duas unidades com capacidade total de 100 MW/100 MWH, o projeto de armazenamento de energia REP 1&2 do Reino Unido, localizado no Parque Energético de Ridgeborough, em Kent, faz parte do contrato exclusivo entre o PGTK e a TUPA Energy Limited para desenvolver até 1.100 MW de sistemas de armazenamento de energia de bateria ("BESS") no país.

É a primeira vez que o Shanghai Electric Power Generation Group participa de um projeto internacional como principal contratante, trabalhando em conjunto com o PGTK para reunir o melhor de sua experiência e recursos para ajudar o Reino Unido a acelerar a transformação energética. As duas partes iniciaram o processo de elaboração do projeto, com o primeiro lote de suprimentos previsto para ser entregue no terceiro trimestre de 2022.

Projeto da usina de ciclo combinado de 800 megawatts Rupsha de Bangladesh

Financiado pelo Banco Asiático de Desenvolvimento, o projeto conta com duas turbinas a gás de ciclo combinado de classe F individuais e será a maior central de turbinas a gás já construída no país. Situado na divisão de Khulna, a segunda maior divisão de Bangladesh, o projeto tem como objetivo reduzir a pressão relacionada ao fornecimento de energia nas regiões do sudoeste do país, como parte da estratégia nacional de Bangladesh de fortalecer ainda mais sua segurança energética, desempenhar um papel essencial no impulsionamento da economia nacional e oferecer mais oportunidades de emprego aos moradores locais.

Recentemente, a construção do projeto fez grandes progressos após a Shanghai Electric ter anunciado que o trabalho de içamento da primeira turbina a gás havia sido concluído, abrindo caminho para a etapa de instalação de seus principais equipamentos. O anúncio veio após a operação de construção no local ter sido interrompida devido a vários desafios causados pela pandemia da COVID-19 e pela estiagem, que prejudicaram a entrega de materiais de construção de grande porte. Diante das dificuldades e desafios, a Shanghai Electric se coordenou com todas as equipes para garantir que as entregas fossem feitas no prazo, acelerando significativamente o progresso geral.

Projeto da usina de energia fotovoltaica Yakai do Japão

Em 14 de abril, a usina de energia fotovoltaica Yakai no Japão foi conectada com sucesso à rede elétrica com o apoio de subcontratantes e empresas de energia locais. A usina solar, a primeira desse tipo desenvolvida pela Shanghai Electric no país, já opera com capacidade total para oferecer mais de 20 megawatts de energia renovável a residências e empresas locais.

A conclusão do projeto dentro do prazo foi o resultado dos esforços conjuntos das equipes da Shanghai Electric e de seus parceiros para mitigar o impacto da sétima onda de surtos da COVID-19 no Japão e do terremoto de magnitude 7.3 que atingiu Fukushima em 16 de março. A Shanghai Electric também se coordenou com o governo e empresas de energia locais para permitir que a usina de energia entrasse em operação comercial antes do previsto, em conformidade com as leis e regulamentações locais, permitindo que o proprietário maximizasse os retornos do projeto.

 

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1822475/image_1.jpg

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1822476/image_2.jpg

Logotipo - https://mma.prnewswire.com/media/1800747/logo_new_Logo.jpg

FONTE Shanghai Electric

Você acabou de ler:

Shanghai Electric trabalha com parceiros para garantir o progresso de seus projetos internacionais

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/shanghai-electric-trabalha-com-parceiros-para-garantir-o-progresso-de-seus-projetos-internacionais/