Site BolsaValor.com.br dá Dicas de Como Diminuir a Conta de Energia Elétrica

CURITIBA, Brasil, 16 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- Hoje a conta de luz está bem mais custosa. Os brasileiros, em geral, estão descontentes com os valores nas contas de luz, que parecem crescer de modo vertiginoso a cada mês. O que fazer diante disso? É claro que a palavra 'economia' deve ter um papel preponderante nas consciências, no sentido de se evitar todo gasto desnecessário. Porém, como fazer para reduzir, inteligentemente, a conta de energia elétrica? Não é tão simples como parece, como também não precisamos viver no escuro. Apenas pequenas e progressivas adaptações na rotina. Seguem as dicas:

A – A substituição das lâmpadas tradicionais, incandescentes, pelas de tipo LED, que consomem menos, e geram iluminação mais saudável. Essas lâmpadas são mais caras, porém, duram mais, além de consumirem menos. Esse tipo de lâmpada chega a economizar até 70% sobre os gastos com iluminação, considerando que o dispositivo de LED consome, na média, somente 9 watts, ao passo que as incandescentes consomem entre 15 e 75 watts.

B – Desligar todos os aparelhos elétricos da tomada, enquanto os mesmos não estiverem sendo utilizados. A questão aqui é que o modo stand-by consome energia sim, e não é pouca. Esses pequenos detalhes podem fazer uma grande diferença no fim do mês, de até 12% de economia.

C – Saber aproveitar a luz natural durante o dia. Às vezes até o luar ajuda, à noite. Você quer ler, saia para o jardim e, se estiver muito quente, acomode-se sob uma árvore. À noite, se a lua estiver cheia, leia na janela, na varanda, no jardim. Ligue o interruptor somente quando for realmente necessário. Janelas abertas. Estude em ambientes frescos e bem iluminados pelo sol.

D – Ajustar as temperaturas dos eletrodomésticos, sobretudo do chuveiro. Há duas modalidades no chuveiro: verão e inverno. Isso vale para o refrigerador, não sendo recomendável manter o ajuste em temperaturas muito baixas. Se for possível, ajuste outros aparelhos em casa, sobretudo o Ar Condicionado, caso você tenha.

E – Uma das melhores dicas é adquirir aparelhos que portem o famoso selo da PROCEL. Portanto, é melhor o consumidor optar por esses eletrodomésticos e também demais aparelhos eletrônicos que portam o selo da PROCEL, ou o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica.

F – Aprenda a fazer a correta leitura da conta de energia. Isso é muito importante, pois, se for necessário corrigir imprecisões, você poderá exigir seus direitos, pois é necessário compreender como operam as tarifas e as bandeiras. Esse procedimento se dá na verificação das cores de tarifas, tais como verde, amarela e vermelha. Cada uma dessas cores é indicação de como se dão os aumentos na tarifa, em cada mês.

G – Utilizar com muita moderação qualquer tipo de aparelho elétrico em casa. Conforme o tipo do aparelho, o consumo de energia é alto. Saiba ser moderado, aproveite a vida sendo menos dependente dos objetos materiais. Não que você deva rejeitá-los, mas colocá-los numa escala de valores de modo mais proporcional. Por exemplo: deixe o aparelho celular um pouco de lado e converse com quem está em sua frente, assim, você não vai precisar recarregar ele com frequência.

H – Essa dica não é comum, mas se você tiver condições, faça: Instale um sistema de energia solar. Esse tipo de dispositivo pode durar mais de vinte anos e se bem instalado pode gerar muita boa energia, que será cambiada em energia elétrica, proporcionando mais de 90% de economia na conta de luz mensal.

Para conferir mais dicas e notícias sobre Economia, acesse o site https://www.bolsavalor.com.br/.

Expediente:

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Site Bolsa Valor

CURITIBA, Brasil, 16 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- Hoje a conta de luz está bem mais custosa. Os brasileiros, em geral, estão descontentes com os valores nas contas de luz, que parecem crescer de modo vertiginoso a cada mês. O que fazer diante disso? É claro que a palavra 'economia' deve ter um papel preponderante nas consciências, no sentido de se evitar todo gasto desnecessário. Porém, como fazer para reduzir, inteligentemente, a conta de energia elétrica? Não é tão simples como parece, como também não precisamos viver no escuro. Apenas pequenas e progressivas adaptações na rotina. Seguem as dicas:

A – A substituição das lâmpadas tradicionais, incandescentes, pelas de tipo LED, que consomem menos, e geram iluminação mais saudável. Essas lâmpadas são mais caras, porém, duram mais, além de consumirem menos. Esse tipo de lâmpada chega a economizar até 70% sobre os gastos com iluminação, considerando que o dispositivo de LED consome, na média, somente 9 watts, ao passo que as incandescentes consomem entre 15 e 75 watts.

B – Desligar todos os aparelhos elétricos da tomada, enquanto os mesmos não estiverem sendo utilizados. A questão aqui é que o modo stand-by consome energia sim, e não é pouca. Esses pequenos detalhes podem fazer uma grande diferença no fim do mês, de até 12% de economia.

C – Saber aproveitar a luz natural durante o dia. Às vezes até o luar ajuda, à noite. Você quer ler, saia para o jardim e, se estiver muito quente, acomode-se sob uma árvore. À noite, se a lua estiver cheia, leia na janela, na varanda, no jardim. Ligue o interruptor somente quando for realmente necessário. Janelas abertas. Estude em ambientes frescos e bem iluminados pelo sol.

D – Ajustar as temperaturas dos eletrodomésticos, sobretudo do chuveiro. Há duas modalidades no chuveiro: verão e inverno. Isso vale para o refrigerador, não sendo recomendável manter o ajuste em temperaturas muito baixas. Se for possível, ajuste outros aparelhos em casa, sobretudo o Ar Condicionado, caso você tenha.

E – Uma das melhores dicas é adquirir aparelhos que portem o famoso selo da PROCEL. Portanto, é melhor o consumidor optar por esses eletrodomésticos e também demais aparelhos eletrônicos que portam o selo da PROCEL, ou o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica.

F – Aprenda a fazer a correta leitura da conta de energia. Isso é muito importante, pois, se for necessário corrigir imprecisões, você poderá exigir seus direitos, pois é necessário compreender como operam as tarifas e as bandeiras. Esse procedimento se dá na verificação das cores de tarifas, tais como verde, amarela e vermelha. Cada uma dessas cores é indicação de como se dão os aumentos na tarifa, em cada mês.

G – Utilizar com muita moderação qualquer tipo de aparelho elétrico em casa. Conforme o tipo do aparelho, o consumo de energia é alto. Saiba ser moderado, aproveite a vida sendo menos dependente dos objetos materiais. Não que você deva rejeitá-los, mas colocá-los numa escala de valores de modo mais proporcional. Por exemplo: deixe o aparelho celular um pouco de lado e converse com quem está em sua frente, assim, você não vai precisar recarregar ele com frequência.

H – Essa dica não é comum, mas se você tiver condições, faça: Instale um sistema de energia solar. Esse tipo de dispositivo pode durar mais de vinte anos e se bem instalado pode gerar muita boa energia, que será cambiada em energia elétrica, proporcionando mais de 90% de economia na conta de luz mensal.

Para conferir mais dicas e notícias sobre Economia, acesse o site https://www.bolsavalor.com.br/.

Expediente:

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Site Bolsa Valor