Site Dieta Light ensina como Calcular o IMC

CURITIBA, Brasil, 5 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- IMC é a sigla para "Índice de Massa Corporal". O índice foi desenvolvido inicialmente pelo astrônomo, demógrafo e sociólogo belga Adolphe Quetelet, entre os anos de 1830 e 1850. Hoje o índice é usado para detecção de casos de desnutrição ou de obesidade em indivíduos e em populações. A OMS (Organização Mundial da Saúde) usa essa classificação oficialmente para a detecção de subnutrição, sobrepeso e obesidade nas populações do mundo inteiro.

O cálculo é simples: basta multiplicar a altura em centímetros por ela mesma e depois dividir o peso em quilogramas pelo resultado do cálculo anterior. Mas esse cálculo não leva em consideração a composição corporal do indivíduo, que pode ser músculos, gordura ou estrutura óssea. Por isso que o cálculo sozinho não deve servir de diagnóstico de forma alguma. O aconselhável é sempre procurar um médico.

Calcule seu próprio IMC

Como já explicado acima, o cálculo é simples. Vamos dar um exemplo para facilitar o entendimento:

Uma pessoa com 1,83 m e 88 kg vai fazer da seguinte forma:

  • Multiplicar a altura por ela mesma: 1,83 x 1,83 = 3,3489
  • Massa (peso) divido pelo resultado anterior = 88/3,3489 = 26,27

Com isso, sabemos que o IMC dessa pessoa é de 26.

Mas o que significa isso? Vamos às informações:

Resultados:

  • Abaixo do peso: resultados menores do que 18,5
  • Peso normal: resultados entre 18,5 e 24,9
  • Sobrepeso: resultados entre 25 e 29,9
  • Obesidade grau 1: resultados entre 30 e 34,9
  • Obesidade grau 2: resultados entre 35 e 39,9
  • Obesidade grau 3: resultados maiores que 40

A pessoa que fizer o cálculo acima para exemplificar, com seu IMC de 26, está com sobrepeso.

Vamos agora exemplificar o significado de cada um desses resultados:

1 – Abaixo do Peso (IMC abaixo de 18,5)

Apesar de muitas pessoas considerarem que o problema maior é sempre a obesidade, a realidade não é exatamente assim. Estar abaixo do peso ideal para sua altura pode significar que você não está se alimentando adequadamente para seu tipo corporal. Muitas vezes as pessoas que estão abaixo do peso têm deficiências de vitaminas no corpo e deve procurar orientação médica para que possa entrar no peso ideal.

Como ganhar peso?

Muitas pessoas têm a ideia errônea de que ganhar peso é fácil, sendo apenas necessário comer mais e comer mais alimentos calóricos. Mas a realidade é que alimentos com alta quantidade de calorias e pobres em nutrientes não são bons para a saúde. E apesar desses alimentos realmente te fazerem ganhar peso, eles irão te deixar doente. A alimentação ideal para quem quer ganhar peso de forma equilibrada e saudável é ingerir alimentos com muitos nutrientes e com pouca gordura saturada e gordura trans.

2 – Peso normal (IMC entre 18,5 e 24,9)

Estar no peso normal é o ideal. Não seria necessário dizer. Ter um IMC considerado "normal" indica a possibilidade da saúde da pessoa estar indo bem. Mas ela deve estar sempre alerta para que mantenha o peso dentro do normal e deve fazer sempre os exames de rotina para detectar algum problema, se tiver. Ter o peso "normal" não significa estar imune a doenças.

3 – Sobrepeso (IMC entre 25 e 29,9)

Pessoas com sobrepeso geralmente eram pessoas magras que começaram a levar um estilo de vida sedentário, com alimentação pobre e muito calórica. Pessoas com sobrepeso têm tendência ao desenvolvimento de alguns problemas de saúde como colesterol alto, diabetes do tipo 2, triglicérides altas, hipertensão etc.

Para voltar ao peso ideal a pessoa precisa mudar a rotina de atividades físicas e a alimentação. Dependendo da causa do sobrepeso, a pessoa precisa aumentar a rotina de exercícios juntamente com uma dieta balanceada, evitando alimentos como queijo prato, leite integral, manteiga etc.

Obesidade (IMC acima de 30)

Se você fez o cálculo do IMC e o resultado foi de 30 para cima, há um alto risco de você estar com obesidade. Mas o cálculo do IMC sozinho não é capaz de diagnosticar Obesidade. São necessárias outras informações como estatura e outras medições. Por isso a importância de se procurar um médico independente do resultado do cálculo.

O que fazer?

Mais uma vez: qualquer resultado do cálculo de Índice de Massa Corporal deve ser interpretado como um sinal sobre o seu quadro geral de saúde, não como um diagnóstico. Procure um médico para realização de exames de sangue e outros exames. Tente manter um ritmo de vida saudável, caminhando pelo menos 10 quilômetros por semana e ingerindo alimentos naturais e com pouca quantidade de gordura.

Quem conferir mais notícias sobre saúde e alimentação, então confira o nosso site www.dietalight.net.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Site Dieta Light

CURITIBA, Brasil, 5 de julho de 2019 /PRNewswire/ -- IMC é a sigla para "Índice de Massa Corporal". O índice foi desenvolvido inicialmente pelo astrônomo, demógrafo e sociólogo belga Adolphe Quetelet, entre os anos de 1830 e 1850. Hoje o índice é usado para detecção de casos de desnutrição ou de obesidade em indivíduos e em populações. A OMS (Organização Mundial da Saúde) usa essa classificação oficialmente para a detecção de subnutrição, sobrepeso e obesidade nas populações do mundo inteiro.

O cálculo é simples: basta multiplicar a altura em centímetros por ela mesma e depois dividir o peso em quilogramas pelo resultado do cálculo anterior. Mas esse cálculo não leva em consideração a composição corporal do indivíduo, que pode ser músculos, gordura ou estrutura óssea. Por isso que o cálculo sozinho não deve servir de diagnóstico de forma alguma. O aconselhável é sempre procurar um médico.

Calcule seu próprio IMC

Como já explicado acima, o cálculo é simples. Vamos dar um exemplo para facilitar o entendimento:

Uma pessoa com 1,83 m e 88 kg vai fazer da seguinte forma:

  • Multiplicar a altura por ela mesma: 1,83 x 1,83 = 3,3489
  • Massa (peso) divido pelo resultado anterior = 88/3,3489 = 26,27

Com isso, sabemos que o IMC dessa pessoa é de 26.

Mas o que significa isso? Vamos às informações:

Resultados:

  • Abaixo do peso: resultados menores do que 18,5
  • Peso normal: resultados entre 18,5 e 24,9
  • Sobrepeso: resultados entre 25 e 29,9
  • Obesidade grau 1: resultados entre 30 e 34,9
  • Obesidade grau 2: resultados entre 35 e 39,9
  • Obesidade grau 3: resultados maiores que 40

A pessoa que fizer o cálculo acima para exemplificar, com seu IMC de 26, está com sobrepeso.

Vamos agora exemplificar o significado de cada um desses resultados:

1 – Abaixo do Peso (IMC abaixo de 18,5)

Apesar de muitas pessoas considerarem que o problema maior é sempre a obesidade, a realidade não é exatamente assim. Estar abaixo do peso ideal para sua altura pode significar que você não está se alimentando adequadamente para seu tipo corporal. Muitas vezes as pessoas que estão abaixo do peso têm deficiências de vitaminas no corpo e deve procurar orientação médica para que possa entrar no peso ideal.

Como ganhar peso?

Muitas pessoas têm a ideia errônea de que ganhar peso é fácil, sendo apenas necessário comer mais e comer mais alimentos calóricos. Mas a realidade é que alimentos com alta quantidade de calorias e pobres em nutrientes não são bons para a saúde. E apesar desses alimentos realmente te fazerem ganhar peso, eles irão te deixar doente. A alimentação ideal para quem quer ganhar peso de forma equilibrada e saudável é ingerir alimentos com muitos nutrientes e com pouca gordura saturada e gordura trans.

2 – Peso normal (IMC entre 18,5 e 24,9)

Estar no peso normal é o ideal. Não seria necessário dizer. Ter um IMC considerado "normal" indica a possibilidade da saúde da pessoa estar indo bem. Mas ela deve estar sempre alerta para que mantenha o peso dentro do normal e deve fazer sempre os exames de rotina para detectar algum problema, se tiver. Ter o peso "normal" não significa estar imune a doenças.

3 – Sobrepeso (IMC entre 25 e 29,9)

Pessoas com sobrepeso geralmente eram pessoas magras que começaram a levar um estilo de vida sedentário, com alimentação pobre e muito calórica. Pessoas com sobrepeso têm tendência ao desenvolvimento de alguns problemas de saúde como colesterol alto, diabetes do tipo 2, triglicérides altas, hipertensão etc.

Para voltar ao peso ideal a pessoa precisa mudar a rotina de atividades físicas e a alimentação. Dependendo da causa do sobrepeso, a pessoa precisa aumentar a rotina de exercícios juntamente com uma dieta balanceada, evitando alimentos como queijo prato, leite integral, manteiga etc.

Obesidade (IMC acima de 30)

Se você fez o cálculo do IMC e o resultado foi de 30 para cima, há um alto risco de você estar com obesidade. Mas o cálculo do IMC sozinho não é capaz de diagnosticar Obesidade. São necessárias outras informações como estatura e outras medições. Por isso a importância de se procurar um médico independente do resultado do cálculo.

O que fazer?

Mais uma vez: qualquer resultado do cálculo de Índice de Massa Corporal deve ser interpretado como um sinal sobre o seu quadro geral de saúde, não como um diagnóstico. Procure um médico para realização de exames de sangue e outros exames. Tente manter um ritmo de vida saudável, caminhando pelo menos 10 quilômetros por semana e ingerindo alimentos naturais e com pouca quantidade de gordura.

Quem conferir mais notícias sobre saúde e alimentação, então confira o nosso site www.dietalight.net.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Site Dieta Light