Site DietaLight.net explica os Benefícios da Vitamina D

CURITIBA, Brasil, 24 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- Você sabia que o Sol é um dos maiores aliados para sua qualidade de vida? Ele não só ilumina os seus dias, como lhe dá a energia necessária para viver com vitalidade, já que ele é a sua principal fonte de produção de Vitamina D.

A questão vai muito além de preferir o verão ou o inverno. Às vezes, os dias de Sol parecem intensos, mas acredite, basta o Sol sumir por alguns momentos e você com certeza sentirá falta dele.

Os hormônios presentes na Vitamina D atuam no regulamento do metabolismo. Para que esta vitamina seja parte do seu corpo, é preciso estar em contato com o Sol, já que são os raios solares que a produzem.

Há também alguns alimentos que contam com a Vitamina D, como os frutos do mar, por exemplo, peixes, salmão, sardinha, entre outros. Porém, eles são responsáveis apenas por uma parcela da produção da substância no corpo humano.

Se você quer saber mais sobre como a Vitamina D pode ajudar você a ter uma saúde melhor e até quais os riscos que a falta desse componente tão importante para o corpo pode desencadear, confira as informações abaixo.

Por que o Sol é tão importante?

Os estudos indicam que o mínimo recomendado para a exposição solar é de pelo menos 5 minutos por dia. Além da parte óssea do corpo, o Sol é responsável também por ajudar no sistema imunológico.

Sem eles, algumas doenças, como diabetes, podem se instalar mais facilmente. Apesar dos estudos ainda não saberem definir exatamente como a Vitamina D atua em relações às doenças, acredita-se que ela tenha um papel essencial para a sua prevenção.

Porém, cuidado: a exposição solar muito prolongada também pode causar problemas, como o envelhecimento de pele ou a insolação.

O que é a Vitamina D?

Ela é responsável por fornecer, acima de tudo, cálcio ao organismo. Sem ela, você pode sofrer uma deficiência da Vitamina, que deve ser tratada com um médico.

Os níveis de Vitamina D indicados para uma vida saudável variam de acordo com a sua idade. Para bebês até os 12 meses de idade, o recomendável é ter no mínimo 400 UI. A partir daqui, por um grande período da sua vida, até os 70 anos, o indicado é ter 600 UI.

Após os 70 anos, o valor sobe para 800 UI (isso porque a falta de Vitamina D pode causar fraturas e fraqueza dos ossos). As gestantes devem ter cerca de 600 UI. Consulte o seu médico para saber como está o seu UI.

Em relação aos alimentos, o melhor é consultar um nutricionista, pois cada alimento contém uma quantidade específica de UI. Uma dieta balanceada irá mostrar a você quais deles é necessário consumir, a depender do seu caso.

O que pode ser um problema?

Caso você consulte um médico e descubra que está com deficiência de Vitamina D, saiba que há alguns pontos que devem ser analisados. São eles: aqueles que não possuem uma dieta equilibrada, rica em alimentos que contam com o componente, e aqueles que não recebem luz solar suficiente em sua rotina.

Outros problemas de saúde, como dificuldade dos rins em absorver a vitamina ou ainda medicamentos específicos, podem levar ao problema.

Pessoas que fizeram cirurgias, grávidas, quem está amamentando, pessoas que possuem outras doenças podem estar em um grupo de risco. Para saber mais informações, consulte o seu médico.

Agora que você já sabe que é importante ter uma dieta adequada, mas que nada substitui um bom passeio à luz do Sol. Caso você note alguma alteração na sua falta de energia ou perceba que não está se alimentando bem, consulte um médico para exames mais aprofundados.

Para conferir mais dicas e notícias sobre Nutrição, acesse o site https://www.dietalight.net.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Dieta Light

CURITIBA, Brasil, 24 de janeiro de 2020 /PRNewswire/ -- Você sabia que o Sol é um dos maiores aliados para sua qualidade de vida? Ele não só ilumina os seus dias, como lhe dá a energia necessária para viver com vitalidade, já que ele é a sua principal fonte de produção de Vitamina D.

A questão vai muito além de preferir o verão ou o inverno. Às vezes, os dias de Sol parecem intensos, mas acredite, basta o Sol sumir por alguns momentos e você com certeza sentirá falta dele.

Os hormônios presentes na Vitamina D atuam no regulamento do metabolismo. Para que esta vitamina seja parte do seu corpo, é preciso estar em contato com o Sol, já que são os raios solares que a produzem.

Há também alguns alimentos que contam com a Vitamina D, como os frutos do mar, por exemplo, peixes, salmão, sardinha, entre outros. Porém, eles são responsáveis apenas por uma parcela da produção da substância no corpo humano.

Se você quer saber mais sobre como a Vitamina D pode ajudar você a ter uma saúde melhor e até quais os riscos que a falta desse componente tão importante para o corpo pode desencadear, confira as informações abaixo.

Por que o Sol é tão importante?

Os estudos indicam que o mínimo recomendado para a exposição solar é de pelo menos 5 minutos por dia. Além da parte óssea do corpo, o Sol é responsável também por ajudar no sistema imunológico.

Sem eles, algumas doenças, como diabetes, podem se instalar mais facilmente. Apesar dos estudos ainda não saberem definir exatamente como a Vitamina D atua em relações às doenças, acredita-se que ela tenha um papel essencial para a sua prevenção.

Porém, cuidado: a exposição solar muito prolongada também pode causar problemas, como o envelhecimento de pele ou a insolação.

O que é a Vitamina D?

Ela é responsável por fornecer, acima de tudo, cálcio ao organismo. Sem ela, você pode sofrer uma deficiência da Vitamina, que deve ser tratada com um médico.

Os níveis de Vitamina D indicados para uma vida saudável variam de acordo com a sua idade. Para bebês até os 12 meses de idade, o recomendável é ter no mínimo 400 UI. A partir daqui, por um grande período da sua vida, até os 70 anos, o indicado é ter 600 UI.

Após os 70 anos, o valor sobe para 800 UI (isso porque a falta de Vitamina D pode causar fraturas e fraqueza dos ossos). As gestantes devem ter cerca de 600 UI. Consulte o seu médico para saber como está o seu UI.

Em relação aos alimentos, o melhor é consultar um nutricionista, pois cada alimento contém uma quantidade específica de UI. Uma dieta balanceada irá mostrar a você quais deles é necessário consumir, a depender do seu caso.

O que pode ser um problema?

Caso você consulte um médico e descubra que está com deficiência de Vitamina D, saiba que há alguns pontos que devem ser analisados. São eles: aqueles que não possuem uma dieta equilibrada, rica em alimentos que contam com o componente, e aqueles que não recebem luz solar suficiente em sua rotina.

Outros problemas de saúde, como dificuldade dos rins em absorver a vitamina ou ainda medicamentos específicos, podem levar ao problema.

Pessoas que fizeram cirurgias, grávidas, quem está amamentando, pessoas que possuem outras doenças podem estar em um grupo de risco. Para saber mais informações, consulte o seu médico.

Agora que você já sabe que é importante ter uma dieta adequada, mas que nada substitui um bom passeio à luz do Sol. Caso você note alguma alteração na sua falta de energia ou perceba que não está se alimentando bem, consulte um médico para exames mais aprofundados.

Para conferir mais dicas e notícias sobre Nutrição, acesse o site https://www.dietalight.net.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Dieta Light