Site SeminovosCarros.com.br dá Dicas para Valorizar o Carro na Hora da Venda

CURITIBA, Brasil, 9 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- Os carros usados têm seus preços estabelecidos de acordo com o ano da sua fabricação, a versão do seu acabamento, o seu modelo e os quilômetros que já foram rodados. Porém, a aparência - tanto do interior quanto do exterior - e o nível de conservação do carro são fatores que contribuem - tanto positivamente quanto negativamente - para a realização de uma transação.

Caso a sua intenção seja colocar o seu carro à venda, é bom que algumas precauções sejam tomadas antes que o anúncio seja realizado. Essas preocupações envolvem gasto financeiro e tomam um certo tempo, entretanto, aumentarão tanto a quantia de dinheiro que você receberá pelo seu carro quanto fará com que você consiga o vender mais depressa.

Para isso, listamos algumas dicas. Aproveite!

1 - Manutenções em dia e documentadas

Fazer as revisões do carro, além de ser um requisito obrigatório para que a garantia continue sendo válida, também é uma forma de valorizar ainda mais o veículo no momento da revenda.

Porém, além de manter essas manutenções em dia, é importante possuir o histórico que comprove essa prática. Ou seja, armazenar os comprovantes tanto das manutenções em si quanto de reparos pontuais que precisem ser efetuados.

Entretanto, se houver a necessidade de realizar algum tipo de reparo especificamente para a revenda do carro, só o faça se o valor não ultrapassar 20% do preço pretendido para a venda.

2 - Pintura conservada

A pintura do carro é uma das coisas que mais chamam a atenção dos eventuais compradores do seu carro usado. O quão mais próxima de intacta ela estiver, maior será o valor que você poderá pedir – e receber – pelo veículo.

Para que isso seja possível, é importante tomar alguns cuidados, como, por exemplo, evitar estacionar o automóvel embaixo de árvores (pois aves e frutas podem danificar a pintura) e também exposto ao sol durante muito tempo.

3 - Documentos devidamente organizados

Um ponto crucial para conseguir de fato efetuar a venda é ter em mãos todos os documentos do carro, além de não possuir multas ou impostos atrasados. Cheque o CRV (Certificado de Registro do Veículo) e armazene-o em um lugar seguro.

4 - Mantenha o carro limpo

Além do automóvel estar funcionando perfeitamente, ele também precisa aparentar isso. Portanto, de uma boa geral no seu carro antes de mostra-lo para os potenciais compradores, além de atentar-se também para o cheiro presente no interior do veículo. Caso seja desagradável, leve-o em uma empresa especializada para uma limpeza mais profunda.

5 - Preserve os pneus

Além de passarem uma má impressão para os compradores, pneus carecas são um enorme risco para a segurança. Preservá-los é algo que engloba a manutenção, porém, não é necessário trocá-los com muita frequência se você cuidar deles da forma correta durante a utilização.

6 - Guarde a chave reserva e o manual

Possuir tudo o que foi recebido no momento da aquisição do veículo, incluindo o manual e a chave reserva, elevam o custo do seu carro usado porque o valoriza aos olhos dos compradores, aumentando a confiança.

7 - Mantenha o automóvel nas especificações originais

Carros modificados não são tão bem vistos quanto carros originais, pois muitos podem estar infringindo as leis de trânsito e, mesmo que não estejam, as modificações não agradam a todos. Portanto, se possível, não as faça.

8 - Preserve o ar condicionado

Automóveis que possuem ar condicionado têm muito mais procura, porém, é necessário que esse equipamento esteja funcionando corretamente. Adicione-o como mais um item na lista de checkups a serem feitos antes da venda.

9 - Faça uma revisão geral

Não custa muito fazer uma manutenção básica para checar itens como filtros, óleos e etc. Caso algo precise ser trocado, armazene o comprovante juntamente com os demais que você já possuir.

10 - Pesquise os preços de revenda

E por último, mas não menos importante: para repassar o seu veículo mais rápido é essencial saber o quanto ele vale. Portanto, consulte a tabela fipe antes de anunciar a venda do seu automóvel.

Para conferir mais dicas e notícias sobre Carros, acesse o site https://www.seminovoscarros.com.br/.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Seminovos

CURITIBA, Brasil, 9 de dezembro de 2019 /PRNewswire/ -- Os carros usados têm seus preços estabelecidos de acordo com o ano da sua fabricação, a versão do seu acabamento, o seu modelo e os quilômetros que já foram rodados. Porém, a aparência - tanto do interior quanto do exterior - e o nível de conservação do carro são fatores que contribuem - tanto positivamente quanto negativamente - para a realização de uma transação.

Caso a sua intenção seja colocar o seu carro à venda, é bom que algumas precauções sejam tomadas antes que o anúncio seja realizado. Essas preocupações envolvem gasto financeiro e tomam um certo tempo, entretanto, aumentarão tanto a quantia de dinheiro que você receberá pelo seu carro quanto fará com que você consiga o vender mais depressa.

Para isso, listamos algumas dicas. Aproveite!

1 - Manutenções em dia e documentadas

Fazer as revisões do carro, além de ser um requisito obrigatório para que a garantia continue sendo válida, também é uma forma de valorizar ainda mais o veículo no momento da revenda.

Porém, além de manter essas manutenções em dia, é importante possuir o histórico que comprove essa prática. Ou seja, armazenar os comprovantes tanto das manutenções em si quanto de reparos pontuais que precisem ser efetuados.

Entretanto, se houver a necessidade de realizar algum tipo de reparo especificamente para a revenda do carro, só o faça se o valor não ultrapassar 20% do preço pretendido para a venda.

2 - Pintura conservada

A pintura do carro é uma das coisas que mais chamam a atenção dos eventuais compradores do seu carro usado. O quão mais próxima de intacta ela estiver, maior será o valor que você poderá pedir – e receber – pelo veículo.

Para que isso seja possível, é importante tomar alguns cuidados, como, por exemplo, evitar estacionar o automóvel embaixo de árvores (pois aves e frutas podem danificar a pintura) e também exposto ao sol durante muito tempo.

3 - Documentos devidamente organizados

Um ponto crucial para conseguir de fato efetuar a venda é ter em mãos todos os documentos do carro, além de não possuir multas ou impostos atrasados. Cheque o CRV (Certificado de Registro do Veículo) e armazene-o em um lugar seguro.

4 - Mantenha o carro limpo

Além do automóvel estar funcionando perfeitamente, ele também precisa aparentar isso. Portanto, de uma boa geral no seu carro antes de mostra-lo para os potenciais compradores, além de atentar-se também para o cheiro presente no interior do veículo. Caso seja desagradável, leve-o em uma empresa especializada para uma limpeza mais profunda.

5 - Preserve os pneus

Além de passarem uma má impressão para os compradores, pneus carecas são um enorme risco para a segurança. Preservá-los é algo que engloba a manutenção, porém, não é necessário trocá-los com muita frequência se você cuidar deles da forma correta durante a utilização.

6 - Guarde a chave reserva e o manual

Possuir tudo o que foi recebido no momento da aquisição do veículo, incluindo o manual e a chave reserva, elevam o custo do seu carro usado porque o valoriza aos olhos dos compradores, aumentando a confiança.

7 - Mantenha o automóvel nas especificações originais

Carros modificados não são tão bem vistos quanto carros originais, pois muitos podem estar infringindo as leis de trânsito e, mesmo que não estejam, as modificações não agradam a todos. Portanto, se possível, não as faça.

8 - Preserve o ar condicionado

Automóveis que possuem ar condicionado têm muito mais procura, porém, é necessário que esse equipamento esteja funcionando corretamente. Adicione-o como mais um item na lista de checkups a serem feitos antes da venda.

9 - Faça uma revisão geral

Não custa muito fazer uma manutenção básica para checar itens como filtros, óleos e etc. Caso algo precise ser trocado, armazene o comprovante juntamente com os demais que você já possuir.

10 - Pesquise os preços de revenda

E por último, mas não menos importante: para repassar o seu veículo mais rápido é essencial saber o quanto ele vale. Portanto, consulte a tabela fipe antes de anunciar a venda do seu automóvel.

Para conferir mais dicas e notícias sobre Carros, acesse o site https://www.seminovoscarros.com.br/.

BLOGOLANDIA LTDA.

Avenida Cândido de Abreu, 776 / 803 – Centro Cívico

CEP: 80.530-000 – Curitiba – Paraná – Brasil

www.blogolandialtda.com.br

blogolandiabrasil@gmail.com

+55 (41) 2105-5913

+55 (41) 9 9142 0228

+55 (41) 9 9255 7758

FONTE Seminovos