SPDB e Huawei lançam SPDB Finwarehouse, incorporando finanças digitais e armazenamento

SHENZHEN, China, 27 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- O Shanghai Pudong Development Bank (SPD Bank) e a Huawei apresentaram a solução SPDB Finwarehouse durante a celebração da HUAWEI CONNECT 2021. A solução é uma das maiores conquistas dentro da inovação conjunta para a digitalização financeira. Também é um passo para a consolidação do Banco das Coisas, uma vez que a solução utiliza IoT para garantir as promessas de bens móveis, fazendo com que cada objeto seja identificável, cada alarme rastreável e cada elemento seja confiável.

No ano passado, o SPD Bank e a Huawei publicaram o Informe Técnico Bank of Things, através do qual se propõe um novo modelo e sistema de serviços financeiros. Após isso, o SPD Bank começou a aplicar tecnologias digitais inovadoras para promover o Banco das Coisas, associando-se à Huawei para "mergulhar no digital". O SPDB Finwarehouse é uma das iniciativas importantes que resultaram dessa parceria e direcionamento.

A solução foi projetada para uso em cadeias de suprimentos industriais e é uma forma inovadora de administrar os compromissos de bens móveis de armazenamento. Tendo sido anteriormente uma área de serviços financeiros que não estava experimentando uma digitalização extensa, os bens móveis representam um espaço de mercado de inovação avaliada em bilhões de yuans.

SPDB Finwarehouse: Gestão segura e simples de bens móveis

Normalmente, os bens móveis estão sujeitos a vários riscos. Por exemplo, é possível que a titularidade não seja clara, de modo que a propriedade é penhorada várias vezes. Ao mesmo tempo, é possível que as empresas de supervisão nem sempre sejam completamente éticas, existindo com isso a possibilidade de adulteração. Ainda que seja precisa, a supervisão é onerosa quando não dispõe de meios digitais. E sem uma plataforma de descarte, as mercadorias são difíceis de monetizar.

Em resposta a esses problemas, o SPD Bank desenvolveu uma solução mais precisa e confiável. O SPDB Finwarehouse utiliza RFID, dispositivos de pesagem e dispositivos PDA blockchain com o objetivo de obter o registro da informações objetivas e passá-las diretamente ao armazém. As mercadorias recebidas são equiparadas com o financiamento e os empréstimos, ao mesmo tempo em que as mercadorias de saída são atreladas ao reembolso. Isso torna a supervisão de mercadorias muito mais fácil e eficaz.

A solução também ajuda a determinar com precisão o valor das mercadorias. Ela integra informações de mercado, percepção e comércio verificadas e as utiliza para determinar a propriedade, a valoração e a disposição eficiente. Em essência, os fluxos logísticos, comerciais, de capital e de informação são centralizados, proporcionando os dados necessários para avaliar adequadamente os ativos móveis. As empresas a montante e a jusante agora podem dispor de acesso a serviços financeiros precisos, que englobam a totalidade da cadeia de suprimentos.

Ilustração: SPDB Finwarehouse: propriedades móveis confiáveis, gerenciáveis e fáceis de descartar

Grupo de ativos de confiança impulsionado por meio da Smart IoT

A logística e os armazéns utilizam com frequência tecnologias digitais. Desta forma, a Huawei e o SPD Bank estão implementando dispositivos IoT inteligentes nos armazéns, juntamente com a introdução de recursos de inteligência artificial e verificação de dados multidimensionais. Isso transforma os armazéns habituais em financeiros, integrando os serviços financeiros nos processos de gestão e de negócios.

Com base na plataforma HUAWEI CLOUD, o Finwarehouse SPDB permite que cada objeto seja identificável, cada alarme rastreável e cada elemento seja confiável. A solução dispõe das seguintes tecnologias: 

  • A RFID distribuída situa os objetos em metros, faz o inventário automaticamente e o rastreamento dos itens em tempo real.
  • Com os modelos do Pangu, a maioria dos modelos pode ser reutilizada, o que diminui o número de amostras necessárias para a capacitação e reduz o período de desenvolvimento do projeto.
  • A plataforma Huawei IoT implementa a modelagem assistida por GUI, define e constrói modelos de forma flexível e os administra de maneira centralizada. Ela realiza uma validação cruzada de dados por meio da tecnologia de gêmeos digitais e realiza uma análise integral de riscos das mercadorias, dos processos, do pessoal e do entorno do depósito.

O centro de monitoramento garante a autenticidade das mercadorias recebidas

No centro de monitoramento SPDB Finwarehouse, os operadores podem verificar de forma simples a autenticidade das mercadorias recebidas. Elas podem contar as pilhas de carga com uso dos modelos Pangu e verificá-las utilizando o código de digitalização, os dados de peso e os dados comerciais anteriores.

"O SPDB Finwarehouse é um projeto piloto de financiamento digital. Realizamos uma avaliação aprofundada das necessidades do mercado de serviços empresariais. Agora, devemos continuar buscando formas de transformar nossa lógica empresarial e reconstruir nossos recursos técnicos para mantermos a digitalização", explicou Chen Haining, diretor geral do departamento de TI do SPD Bank. Chen complementou: "Ao integrar tecnologias digitais nas indústrias, podemos utilizar os recursos digitais com a finalidade de aprofundar nos cenários da cadeia de suprimento de vários setores da economia real. O SPD Bank espera começar a trabalhar com a Huawei para integrar as finanças com a economia real."

Em um mundo onde tudo está conectado, novos cenários e modelos de negócios continuarão a emergir.

"A Huawei e o SPD Bank continuarão a inovar, oferecendo produtos de tecnologia líderes e soluções de infraestrutura em nuvem de pilha completa para atualizações de finanças digitais. Usaremos a inovação tecnológica para realizar atualizações de serviços financeiros mais rápidas, trabalhando juntos para interconectar ainda mais os setores que dispõem de uma inovação financeira personalizada", comentou Jason Cao, presidente da Unidade Global de Negócios Financeiros da Huawei Enterprise BG, "A Huawei tem contribuído com suas tecnologias integradas para aplicar a solução SPDB Finwarehouse com o SPD Bank. Em conjunto com os nossos clientes, estamos nos inserindo no universo digital e atualizando o setor de finanças digitais. Esperamos impulsionar a economia real com o poder das finanças. A Huawei se compromete a ajudar as instituições financeiras à medida que se atualizam constantemente em termos de agilidade, inteligência, serviços da indústria e construção do ecossistemas. Estamos ajudando as instituições financeiras ao longo de sua jornada de transformação digital e construindo juntos um setor financeiro totalmente conectado, inteligente e baseado no ecossistema."

O SPD Bank e a Huawei criaram um laboratório inovação conjunto em 2018, o que resultou em vários projetos de sucesso. Em agosto de 2020, eles assinaram um acordo de cooperação estratégica integral e, juntos, publicaram The Bank of Things White Paper - um marco importante. O SPD Bank se concentrará na experiência do usuário, aplicará tecnologias digitais e inovará em setores como varejo, comunicações, transporte e saúde, para impulsionar a economia digital.

Em um mundo onde tudo está conectado, as finanças, a tecnologia e a indústria estarão intimamente conectadas. A Huawei e o SPD Bank estão aproveitando o poder da FinTech baseada em nuvem para atender à comunidade, habilitar os clientes e criar um novo valor para a indústria.

A Huawei sedia o HUAWEI CONNECT 2021 on-line de 23 de setembro a 31 de outubro. O tema do evento deste ano é Mergulhar no Mundo Digital. Vamos nos aprofundar na aplicação prática de tecnologias como nuvem, IA e 5G em todos os setores, e como elas podem tornar as organizações de todas as formas e tamanhos mais eficientes, mais versáteis e, em última análise, mais resilientes à medida que avançamos em direção à recuperação da economia.

Para mais informações, entre em contato com nossa equipe local ou acesse https://www.huawei.com/en/events/huaweiconnect

FONTE Huawei

SHENZHEN, China, 27 de setembro de 2021 /PRNewswire/ -- O Shanghai Pudong Development Bank (SPD Bank) e a Huawei apresentaram a solução SPDB Finwarehouse durante a celebração da HUAWEI CONNECT 2021. A solução é uma das maiores conquistas dentro da inovação conjunta para a digitalização financeira. Também é um passo para a consolidação do Banco das Coisas, uma vez que a solução utiliza IoT para garantir as promessas de bens móveis, fazendo com que cada objeto seja identificável, cada alarme rastreável e cada elemento seja confiável.

No ano passado, o SPD Bank e a Huawei publicaram o Informe Técnico Bank of Things, através do qual se propõe um novo modelo e sistema de serviços financeiros. Após isso, o SPD Bank começou a aplicar tecnologias digitais inovadoras para promover o Banco das Coisas, associando-se à Huawei para "mergulhar no digital". O SPDB Finwarehouse é uma das iniciativas importantes que resultaram dessa parceria e direcionamento.

A solução foi projetada para uso em cadeias de suprimentos industriais e é uma forma inovadora de administrar os compromissos de bens móveis de armazenamento. Tendo sido anteriormente uma área de serviços financeiros que não estava experimentando uma digitalização extensa, os bens móveis representam um espaço de mercado de inovação avaliada em bilhões de yuans.

SPDB Finwarehouse: Gestão segura e simples de bens móveis

Normalmente, os bens móveis estão sujeitos a vários riscos. Por exemplo, é possível que a titularidade não seja clara, de modo que a propriedade é penhorada várias vezes. Ao mesmo tempo, é possível que as empresas de supervisão nem sempre sejam completamente éticas, existindo com isso a possibilidade de adulteração. Ainda que seja precisa, a supervisão é onerosa quando não dispõe de meios digitais. E sem uma plataforma de descarte, as mercadorias são difíceis de monetizar.

Em resposta a esses problemas, o SPD Bank desenvolveu uma solução mais precisa e confiável. O SPDB Finwarehouse utiliza RFID, dispositivos de pesagem e dispositivos PDA blockchain com o objetivo de obter o registro da informações objetivas e passá-las diretamente ao armazém. As mercadorias recebidas são equiparadas com o financiamento e os empréstimos, ao mesmo tempo em que as mercadorias de saída são atreladas ao reembolso. Isso torna a supervisão de mercadorias muito mais fácil e eficaz.

A solução também ajuda a determinar com precisão o valor das mercadorias. Ela integra informações de mercado, percepção e comércio verificadas e as utiliza para determinar a propriedade, a valoração e a disposição eficiente. Em essência, os fluxos logísticos, comerciais, de capital e de informação são centralizados, proporcionando os dados necessários para avaliar adequadamente os ativos móveis. As empresas a montante e a jusante agora podem dispor de acesso a serviços financeiros precisos, que englobam a totalidade da cadeia de suprimentos.

Ilustração: SPDB Finwarehouse: propriedades móveis confiáveis, gerenciáveis e fáceis de descartar

Grupo de ativos de confiança impulsionado por meio da Smart IoT

A logística e os armazéns utilizam com frequência tecnologias digitais. Desta forma, a Huawei e o SPD Bank estão implementando dispositivos IoT inteligentes nos armazéns, juntamente com a introdução de recursos de inteligência artificial e verificação de dados multidimensionais. Isso transforma os armazéns habituais em financeiros, integrando os serviços financeiros nos processos de gestão e de negócios.

Com base na plataforma HUAWEI CLOUD, o Finwarehouse SPDB permite que cada objeto seja identificável, cada alarme rastreável e cada elemento seja confiável. A solução dispõe das seguintes tecnologias: 

  • A RFID distribuída situa os objetos em metros, faz o inventário automaticamente e o rastreamento dos itens em tempo real.
  • Com os modelos do Pangu, a maioria dos modelos pode ser reutilizada, o que diminui o número de amostras necessárias para a capacitação e reduz o período de desenvolvimento do projeto.
  • A plataforma Huawei IoT implementa a modelagem assistida por GUI, define e constrói modelos de forma flexível e os administra de maneira centralizada. Ela realiza uma validação cruzada de dados por meio da tecnologia de gêmeos digitais e realiza uma análise integral de riscos das mercadorias, dos processos, do pessoal e do entorno do depósito.

O centro de monitoramento garante a autenticidade das mercadorias recebidas

No centro de monitoramento SPDB Finwarehouse, os operadores podem verificar de forma simples a autenticidade das mercadorias recebidas. Elas podem contar as pilhas de carga com uso dos modelos Pangu e verificá-las utilizando o código de digitalização, os dados de peso e os dados comerciais anteriores.

"O SPDB Finwarehouse é um projeto piloto de financiamento digital. Realizamos uma avaliação aprofundada das necessidades do mercado de serviços empresariais. Agora, devemos continuar buscando formas de transformar nossa lógica empresarial e reconstruir nossos recursos técnicos para mantermos a digitalização", explicou Chen Haining, diretor geral do departamento de TI do SPD Bank. Chen complementou: "Ao integrar tecnologias digitais nas indústrias, podemos utilizar os recursos digitais com a finalidade de aprofundar nos cenários da cadeia de suprimento de vários setores da economia real. O SPD Bank espera começar a trabalhar com a Huawei para integrar as finanças com a economia real."

Em um mundo onde tudo está conectado, novos cenários e modelos de negócios continuarão a emergir.

"A Huawei e o SPD Bank continuarão a inovar, oferecendo produtos de tecnologia líderes e soluções de infraestrutura em nuvem de pilha completa para atualizações de finanças digitais. Usaremos a inovação tecnológica para realizar atualizações de serviços financeiros mais rápidas, trabalhando juntos para interconectar ainda mais os setores que dispõem de uma inovação financeira personalizada", comentou Jason Cao, presidente da Unidade Global de Negócios Financeiros da Huawei Enterprise BG, "A Huawei tem contribuído com suas tecnologias integradas para aplicar a solução SPDB Finwarehouse com o SPD Bank. Em conjunto com os nossos clientes, estamos nos inserindo no universo digital e atualizando o setor de finanças digitais. Esperamos impulsionar a economia real com o poder das finanças. A Huawei se compromete a ajudar as instituições financeiras à medida que se atualizam constantemente em termos de agilidade, inteligência, serviços da indústria e construção do ecossistemas. Estamos ajudando as instituições financeiras ao longo de sua jornada de transformação digital e construindo juntos um setor financeiro totalmente conectado, inteligente e baseado no ecossistema."

O SPD Bank e a Huawei criaram um laboratório inovação conjunto em 2018, o que resultou em vários projetos de sucesso. Em agosto de 2020, eles assinaram um acordo de cooperação estratégica integral e, juntos, publicaram The Bank of Things White Paper - um marco importante. O SPD Bank se concentrará na experiência do usuário, aplicará tecnologias digitais e inovará em setores como varejo, comunicações, transporte e saúde, para impulsionar a economia digital.

Em um mundo onde tudo está conectado, as finanças, a tecnologia e a indústria estarão intimamente conectadas. A Huawei e o SPD Bank estão aproveitando o poder da FinTech baseada em nuvem para atender à comunidade, habilitar os clientes e criar um novo valor para a indústria.

A Huawei sedia o HUAWEI CONNECT 2021 on-line de 23 de setembro a 31 de outubro. O tema do evento deste ano é Mergulhar no Mundo Digital. Vamos nos aprofundar na aplicação prática de tecnologias como nuvem, IA e 5G em todos os setores, e como elas podem tornar as organizações de todas as formas e tamanhos mais eficientes, mais versáteis e, em última análise, mais resilientes à medida que avançamos em direção à recuperação da economia.

Para mais informações, entre em contato com nossa equipe local ou acesse https://www.huawei.com/en/events/huaweiconnect

FONTE Huawei

Você acabou de ler:

SPDB e Huawei lançam SPDB Finwarehouse, incorporando finanças digitais e armazenamento

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/spdb-e-huawei-lancam-spdb-finwarehouse-incorporando-financas-digitais-e-armazenamento/