Supermicro dará suporte ao DPU NVIDIA BlueField-2 no mais amplo portfólio de servidores do setor otimizados para cargas de trabalho computacionais aceleradas em IA, AR/DR e análise de dados

O compromisso da Supermicro de ser o primeiro a chegar no mercado continua com o DPU NVIDIA BlueField-2, que permite serviços de data center acelerados por hardware e definidos por software em um chip com segurança aprimorada e sobrecarga de CPU zero

SAN JOSE, Califórnia, 6 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Super Micro Computer, Inc. (Nasdaq: SMCI), líder global em computação empresarial, armazenamento, soluções de rede e tecnologia de computação verde, anunciou hoje sua intenção de apoiar o novo GPU NVIDIA BlueField-2 (unidade de processamento de dados). O DPU NVIDIA BlueField-2 está em amostragem agora, e a Supermicro conduzirá um programa de certificação agressivo para o DPU NVIDIA BlueField-2, abrangendo uma ampla gama de sistemas da Supermicro líderes de mercado com disponibilidade planejada para 2021. Estas incluirão sistemas GPU de montagem em rack em 1U, 2U, 4U, Ultra, BigTwin™, SuperBlade 8U e soluções integradas adicionais. Os produtos da Supermicro atendem aos requisitos de dados avançados, desde a borda até a nuvem.

"A Supermicro é uma das principais colaboradoras de tecnologia da NVIDIA e está pronta para oferecer soluções em nuvem de ponta a ponta, usando os DPUs NVIDIA", disse Charles Liang, presidente e CEO da Supermicro. "Aproveitando as bem conhecidas capacidades de lançamento no mercado da Supermicro, esperamos oferecer muitos dos primeiros sistemas do setor que incorporam o DPU BlueField-2 para impulsionar o desempenho em todas as cargas de trabalho aceleradas para clientes em mercados dinâmicos em crescimento."

Muitos dos produtos da Supermicro podem aproveitar as últimas tecnologias de aceleração do DPU NVIDIA. O SuperBlade da Supermicro tem servidores GPU blade construídos em PCIe Gen4.0 junto com um switch InfiniBand HDR de 200 Gbps sem bloqueio, que fornece a infraestrutura necessária para os DPUs descarregarem tarefas de gerenciamento de dados da CPU. 

O novo DPU NVIDIA BlueField-2 combina uma CPU ARM multi-core programável, rede SmartNIC 200G/100G de última geração, interface PCIe de alto desempenho e um conjunto poderoso de aceleradores de rede, armazenamento e segurança. O DPU NVIDIA descarrega tarefas críticas e libera a CPU do host para executar aplicativos enquanto aumenta a segurança, a eficiência e a capacidade de gerenciamento de servidores que executam qualquer sistema operacional ou hipervisor.

"Os DPUs NVIDIA estão se tornando o elemento mais crítico de um data center seguro e acelerado, um componente necessário para os tempos modernos", disse Manuvir Das, chefe de computação corporativa da NVIDIA. "Ao incorporar o DPU BlueField-2 em sua linha futura, a Supermicro está oferecendo aos seus clientes aquela vantagem extra necessária na corrida de hoje para construir um centro de dados moderno."

Siga a Supermicro no LinkedIn, Twitter, e Facebook para receber as últimas notícias e anúncios.

Sobre a Super Micro Computer, Inc. 

A Supermicro (Nasdaq: SMCI), principal inovadora em tecnologia de servidores de alto desempenho e alta eficiência, é a principal fornecedora de Building Block Solutions® de servidores avançados para centro de dados, computação em nuvem, TI empresarial, Hadoop/Big Data, HPC e sistemas integrados em todo o mundo. A Supermicro assumiu o compromisso de proteger o meio ambiente através da iniciativa "We Keep IT Green®" e oferece aos clientes as soluções mais energeticamente eficientes e amigáveis ao meio ambiente disponíveis no mercado.

Supermicro, Server Building Block Solutions e We Keep IT Green são marcas comerciais e/ou marcas registradas da Super Micro Computer, Inc.

Todas as demais marcas, nomes e marcas comerciais pertencem a suas respectivas proprietárias.

SMCI-F

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1307485/Super_Micro_Computer___NVIDIA.jpg

FONTE Super Micro Computer, Inc.

O compromisso da Supermicro de ser o primeiro a chegar no mercado continua com o DPU NVIDIA BlueField-2, que permite serviços de data center acelerados por hardware e definidos por software em um chip com segurança aprimorada e sobrecarga de CPU zero

SAN JOSE, Califórnia, 6 de outubro de 2020 /PRNewswire/ -- Super Micro Computer, Inc. (Nasdaq: SMCI), líder global em computação empresarial, armazenamento, soluções de rede e tecnologia de computação verde, anunciou hoje sua intenção de apoiar o novo GPU NVIDIA BlueField-2 (unidade de processamento de dados). O DPU NVIDIA BlueField-2 está em amostragem agora, e a Supermicro conduzirá um programa de certificação agressivo para o DPU NVIDIA BlueField-2, abrangendo uma ampla gama de sistemas da Supermicro líderes de mercado com disponibilidade planejada para 2021. Estas incluirão sistemas GPU de montagem em rack em 1U, 2U, 4U, Ultra, BigTwin™, SuperBlade 8U e soluções integradas adicionais. Os produtos da Supermicro atendem aos requisitos de dados avançados, desde a borda até a nuvem.

"A Supermicro é uma das principais colaboradoras de tecnologia da NVIDIA e está pronta para oferecer soluções em nuvem de ponta a ponta, usando os DPUs NVIDIA", disse Charles Liang, presidente e CEO da Supermicro. "Aproveitando as bem conhecidas capacidades de lançamento no mercado da Supermicro, esperamos oferecer muitos dos primeiros sistemas do setor que incorporam o DPU BlueField-2 para impulsionar o desempenho em todas as cargas de trabalho aceleradas para clientes em mercados dinâmicos em crescimento."

Muitos dos produtos da Supermicro podem aproveitar as últimas tecnologias de aceleração do DPU NVIDIA. O SuperBlade da Supermicro tem servidores GPU blade construídos em PCIe Gen4.0 junto com um switch InfiniBand HDR de 200 Gbps sem bloqueio, que fornece a infraestrutura necessária para os DPUs descarregarem tarefas de gerenciamento de dados da CPU. 

O novo DPU NVIDIA BlueField-2 combina uma CPU ARM multi-core programável, rede SmartNIC 200G/100G de última geração, interface PCIe de alto desempenho e um conjunto poderoso de aceleradores de rede, armazenamento e segurança. O DPU NVIDIA descarrega tarefas críticas e libera a CPU do host para executar aplicativos enquanto aumenta a segurança, a eficiência e a capacidade de gerenciamento de servidores que executam qualquer sistema operacional ou hipervisor.

"Os DPUs NVIDIA estão se tornando o elemento mais crítico de um data center seguro e acelerado, um componente necessário para os tempos modernos", disse Manuvir Das, chefe de computação corporativa da NVIDIA. "Ao incorporar o DPU BlueField-2 em sua linha futura, a Supermicro está oferecendo aos seus clientes aquela vantagem extra necessária na corrida de hoje para construir um centro de dados moderno."

Siga a Supermicro no LinkedIn, Twitter, e Facebook para receber as últimas notícias e anúncios.

Sobre a Super Micro Computer, Inc. 

A Supermicro (Nasdaq: SMCI), principal inovadora em tecnologia de servidores de alto desempenho e alta eficiência, é a principal fornecedora de Building Block Solutions® de servidores avançados para centro de dados, computação em nuvem, TI empresarial, Hadoop/Big Data, HPC e sistemas integrados em todo o mundo. A Supermicro assumiu o compromisso de proteger o meio ambiente através da iniciativa "We Keep IT Green®" e oferece aos clientes as soluções mais energeticamente eficientes e amigáveis ao meio ambiente disponíveis no mercado.

Supermicro, Server Building Block Solutions e We Keep IT Green são marcas comerciais e/ou marcas registradas da Super Micro Computer, Inc.

Todas as demais marcas, nomes e marcas comerciais pertencem a suas respectivas proprietárias.

SMCI-F

Foto - https://mma.prnewswire.com/media/1307485/Super_Micro_Computer___NVIDIA.jpg

FONTE Super Micro Computer, Inc.

Você acabou de ler:

Supermicro dará suporte ao DPU NVIDIA BlueField-2 no mais amplo portfólio de servidores do setor otimizados para cargas de trabalho computacionais aceleradas em IA, AR/DR e análise de dados

Compartilhe

https://prnewswire.com.br/releases/supermicro-dara-suporte-ao-dpu-nvidia-bluefield-2-no-mais-amplo-portfolio-de-servidores-do-setor-otimizados-para-cargas-de-trabalho-computacionais-aceleradas-em-ia-ar-dr-e-analise-de-dados/